POR QUE DESTA CARNIFICINA MORTAL?

“Não sei se não cometi um erro terrível e criei algo monstruoso” –
disse Edward Jenner (1749 a 1823) – o inventor das vacinas.

.………………………………………………………………………

POR QUE DESTA CARNIFICINA MORTAL?

ou, O LADO ESCURO DAS VACINAS Parte II.

Qual o objetivo das ‘otoridades’ mundiais em destruir a saúde das populações – de países industrializados como os do Terceiro-Mundo – e de exterminaála? É dificil presumir as intenções das pessoas, sobretudo quando não as conhecemos de perto. Alguém, em algum lugar, tem certamente o interesse a manter as vacinações, promovendo-as através de campanhas massivas. Uma coisa é certa: isso não é do interesse nosso, os pacientes. Por falta de conhecer os beneficios e os beneficiários, examinemos as CONSEQUÊNCIAS dos programas de vacinaçao massiva e tiremos nossas conclusões.

1 – A vacinação custa caro: cerca de um milhao de US$/ano. Então como já vimos acima, ela traz beneficios à industria: multinacionais de vacinas e farmacêuticas. Uma vende as vacinas, a outra todo o material medical p/responder as numerosas complicaçoes que dela surgem. Lucros galopantes para elas, despesas galopantes para nós… até que estejamos enforcados e prontos a aceitar o inaceitável… como a medicina socializada nos EUA, por ex.

2 – A vacinação afeta o sistema imunitário/imunológico (defesa do organismo). Repetida, ela enfraquece o sistema imunitário. Ela oferece uma segurança enganosa, pois que ela abre as portas a todas outras doenças, notadamente as doenças da aids que podem se desenvolver num corpo cujo sistema imunitário encontra-se perturbado. Ela faz explodir a aids silenciosa. Ela assegura um mercado de doença perpetualmente florescente.

3 – A vacinação engendra a violência social e o crime. Qual melhor maneira de destabilizar um pais, de desarmar seus habitantes e de reforçar os controles policiais e militares? As autoridades criam sutilmente as situaçoes de pânico e medo na populaçao que, por sua vez, reclama o reforço de “medidas de proteção”, tal qual o veto de porte de arma pelo cidadão. As autoridades aparecem entao, como salvadoras e apertam seu controle. Para impor o exército mundial único, necessário faz-se desarmar todos os cidadãos de todos os países.
É necessário portanto, criar a violência para fazer as pessoas abandonar suas armas, sobretudo nos EUA, onde esse direito é garantido pela Constituição!

4 – A vacinação cria a dependência médica e reforça a crença na ineficácia do nosso SISTEMA IMUNITÁRIO. Ela cria pessoas que devem ser assistidas permanentemente. Ela substitui a confiança em si próprio pela confiança cega no que vem de fora. Ela provoca a dependência financeira e engendra a perda da dignidade pessoal. Ela nos arrasta dentro do círculo vicioso da doença (medo – pobreza – submissão) e garante assim, a submissão da tropa, para melhor dominá-la, explorá-la e conduzi-lá ao abatedouro. A vacinaçaã provoca a dependência moral e financieira dos países do Terceio Mundo em prol dos paiíes ocidentais (dons, vacinas, equipamentos para os administrar…) A vacinação perpetua o controle social e econômico dos países ocidentais sobre os do Terceiro-Mundo.

5 – A vacinação esconde os verdadeiros problemas sócio-políticos (pobreza de uns graças a exploração de outros), trazendo pseudo-soluções tecno-científicas tão complicadas e sofisticadas que os pacientes não podem compreender. Desviando os fundos que deveriam servir ao melhoramento das condiçoes de vida e dirigindo-os aos bancos das multinacionais, a vacinação cava ainda mais a fossa entre os ricos dominadores e os pobres explorados.

6 – A vacinação dezima as populações. De maneira aguda nos paises do Terceiro-Mundo, de maneira crnica, nos paises industrializados. A esse efeito, escutemos Robert McNamara, antigo presidente do Banco Mundial, antigo secret^´ario de Estado dos EUA, que ordena os bombardeios massivos do Vietnam: “É necessario tomar medidas draconianas de reeducaçao demográfica contra a vontade das populações. Reduzir as taxas de natalidade, mostrou-se impossível ou insuficiente. É necessário portanto aumentar a taxa de mortalidade. Como? Através de meios naturais: a fome e a doença. (“J’ai tout compris” – editora Machiavel, fevereiro 1987).

7 – A vacinação permite a seleção das populaçoes a serem dizimadas. Ela facilita os genocidios localizados. Ela permite matar as pessoas de uma certa raça, de um certo grupo, de uma certa região… e deixando outras irreparáveis… em nome da saúde e bem estar de todos, evidentemente.

Comunidade O LADO ESCURO DAS VACINAS no orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=10863510

Outra fonte para pesquisa:

Livro de autoria da médica canadense Dra. Ghislaine Lanctôt.:

The Medical Mafia
Sutítulo: Como se livrar dela (vivo) e recuperar sua saúde e riqueza.

O arquivo pdf do original do livro, em inglês, edição de 2002.
O 4Shared é meio chato para se achar onde clicar para baixar o arquivo:
Vá até o final da página, aí veja escrito em letras pequenas: “download file” que está acima e à direita do quadrinho de “add your comment”:

http://www.4shared.com/file/34075922/7d2db586/Ghislaine_Lanctot_-_The_Medical_Mafia.html?dirPwdVerified=3e45301

Mas, isso tudo tem um porquê:

Laboratórios têm a dosagem da corrupção

Archibaldo Figueira

Para manter os 300 mil médicos brasileiros escravos de seus remédios, o monopólio farmacêutico transnacional promove congressos científicos nas mais atraentes cidades turísticas, sorteia automóveis de último tipo, e paga passagens aéreas, alimentação, hospedagem e diversão, incluindo “acompanhantes”, pouco importando a eficácia das drogas que serão prescritas a partir dali.

Segundo dados oficiais, 13 mil remédios estão à venda, além de 2 mil medicamentos genéricos. O mercado farmacêutico brasileiro está entre os 10 maiores de todo o mundo: em todas as cidades vão surgindo mais farmácias do que padarias. Ao que parece, o pão de trigo está sendo substituído por comprimidos, drágeas e xaropes. Haverá alguma fiscalização sobre esta avalanche de medicamentos?

Leia matéria completa:
http://www.anovademocracia.com.br/index.php/Laboratorios-tem-a-dosagem-da-corrupcao.html

~ por arauto do futuro em novembro 19, 2008 quarta-feira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s