“DO PÂNICO DE 2008 AO COLAPSO DE 2009”

DO PÂNICO DE 2008

AO COLAPSO DE 2009

RUMO A 2012

Oportuno comentário muma parede do Bairro Alto, em Lisboa. Só é pena que não esteja traduzida em Gringuês para envio aos inventores da dita “subprime”.

Leia -»

Para além da recessão:

No princípio da segunda etapa

da crise global


TEXTOS RELACIONADOS: Gerald Celente: Do pânico de 2008 ao colapso de 2009

Gerald Celente prediz revolução, rebeliões por comida e por causa de imposto até 2012

Prognosticador de tendências, conhecido pela sua precisão no passado, diz que a América deixará de ser uma nação desenvolvida dentro de 4 anos, a crise será “pior do que a grande depressão”

Paul Joseph Watson
Prison Planet.com

13 de novembro de 2008

O homem que previu o impacto do mercado acionário em 1987, e da queda da União Soviética está agora com uma previsão de revolução na América, distúrbios alimentares e rebeliões fiscais – tudo dentro de quatro anos, enquanto adverte que colocar comida na mesa será uma preocupação mais premente do que comprar presentes de natal em 2012.

Gerald Celente, the CEO of Trends Research Institute é conhecido pela sua acurácia em predizer eventos futuros e econômicos no mundo, fato que irá nos dar um calafrio na espinha, devido ao que ele disse a FOX NEWS esta semana.

Celente diz que a América em 2012 se tornará uma nação subdesenvolvida, que haverá uma revolução acentuada por revoltas de comida, rebeliões para ocupação de propriedades alheias, revoltas fiscais e marchas trabalhistas, e que em feriados e festas as pessoas irão querer comida ao invés de presentes.

Nós iremos ver o fim do varejo de natal, iremos ver uma mudança fundamental tomar o lugar, colocar comida na mesa irá ser mais importante do que colocar presentes em árvore de natal, disse Celeste. acrescentando que a situação irá ser “pior do que a grande depressão”.

A América irá passar por uma transição pela qual ninguém está preparado, disse Celeste. Lembrando que as pessoas se recusam a aceitar que a América está entrando em recessão, e ainda destaca que o grande problema está nessa negação, e que isso atrapalha para que todos estejam prontos para a real dimensão da crise.

Celente, previu com sucesso a crise monetária da Ásia em 1997, o colapso do subprime hipotecário, e desvalorização acentuada do dólar nos EUA, disse a UPI em novembro do ano passado que o ano seguinte seria conhecido como “O Pânico de 2008” , acrescentando que “gigantes iriam levar um tombo para a morte”, que é exatamente o que temos assistido com o colapso da Lehman Brothers, Bear Stearns e outros. Ele também disse que acabaria por ser o dólar desvalorizado em mais de 90 por cento.

A consequência daquilo que iríamos ver desdobrar ao longo do ano iria levar a uma redução dos padrões de vida, Celente predisse um ano atrás, que está sendo corroborado pelos dados de quedas das vendas à varejo.

A perspectiva de uma revolução era um conceito que foi ecoado pelo Ministério britânico da Defesa no relatório do ano passado, que previa que dentro de 30 anos, o crescente fosso entre os super ricos e a classe média junto com uma subclasse urbana significaria uma ameaça a ordem social. “As classes médias do “mundo” poderiam se unir, utilizando o acesso aos conhecimentos, competências e recursos para modelar processos transnacionais no interesse de sua classe”, e que” As classes médias poderiam se tornar uma classe revolucionária. “

Numa recente entrevista separada, Celente foi mais longe sobre o tema da revolução na América.

“Haverá uma revolução neste país”, disse ele. Não virá já, mas passará do nível aceitável, e o que foi o catalisador para isso: a posse de Washington DC em pleno dia em Wall Street neste incruento golpe. E isso vai acontecer pois as condições para isso continuam a agravar-se. “

“A primeira coisa a fazer é organizar as revoltas contra impostos. Isso vai ocorrer em grande quantidade porque as pessoas não têm dinheiro para pagar mais imposto escola, propriedade fiscal, qualquer tipo de imposto. Nós iremos começar a ver estes tipos de protestos começarem a desenvolver-se. “

“Vai ser muito sombrio, muito triste. Iremos ver muitas pessoas sem abrigo, coisa nunca vista antes. Barracas nas cidades estão brotando por todo o país e nós iremos ver muito mais.

“Iremos começar a ver grandes áreas com imóveis vagos, e também desabrigados que habitarão estes imóveis. Irá ser um panorama que os americanos não estão acostumados a ver. Isto virá com um grande choque e existirá uma grande quantidade de crimes. E a criminalidade irá ser bem pior do que antes, pois na Grande Depressão de 1929, as mentes das pessoas não eram tão corrompidas com estas drogas modernas, drogas vendidas sem receita médica, metanfetamina, ou qualquer coisas parecidas com isso. Então teremos uma enorme subclasse de pessoas desesperadas com suas mentes quimicamente transtornadas além da compreensão humana. O blog George Washington compilou uma lista das citações que comprovam a exatidão de Celente,com relação aos seus prognósticos.

“Quando a CNN quer saber sobre as Grandes Tendências, ela pede a Gerald Celente”
— CNN Headline News

“Uma rede de 25 peritos cuja gama de especialidades iria rivalizar com muitas faculdades universitárias”.
– The Economist

“Gerald Celente tem um talento pra pegar o espírito certo”.
— USA Today

“Não existe um prognosticador de tendência melhor do que Gerald Celente. O homem sabe o que ele está falando. ”
– CNBC

Aqueles que levam a sério as suas previsões…. Trends Research Institute.”
– O Wall Street Journal

“Gerald Celente está sempre a frente da curva das tendências, e sinistramente sobre a marca….ele é um dos mais precisos prognosticadores que temos”
— The Atlanta Journal-Constitution

“O Sr. Celente dá pistas e direções no mundo social, econômico e empresarial para clientes corporativos.
— The New York Times

“O Sr. Celente é um cara muito inteligente. Nós somos capazes de aprender sobre as tendências a partir de uma autoridade ”
— 48 Hours, CBS News

“Gerald Celente possui um sólido histórico. Ele previu tudo, desde o colapso bolsista de 1987 e o desaparecimento da União Soviética para o “marketing verde” e a redução corporativa “.
— The Detroit News

“Gerald Celente, previu o impacto no mercado acionário de 1987, “marketing verde”, e o crescimento rápido dos cafés gourmets”
— Chicago Tribune

“The Trends Research Institute é o Padrão e Pobre da Cultura Popular”
— The Los Angeles Times

“Se Nostradamus estivesse vivo hoje, ele faria um páreo duro com Gerald Celente”
— New York Post

fonte: Prison Planet

CRÉDITO: TRADUÇÃO RÁPIDA – FIMDOSTEMPOS.NET

Veja os vídeos:

.

.


.

Leia mais:

*Relatório do exército “Strategic shock” diz que tropas podem ser necessárias para conter revolta civil nos EUA

*Kissinger defende um novo sistema internacional como forma de combater a crise mundial

*América Latina em recessão, Brasil estagnado: JPMorgan vê 2009 com pessimismo

*Chefe do FMI alerta para desordem social como conseqüencia da Crise Econômica

*FMI alerta que 2009 vai ser o ano do desemprego

*A maior fraude da história – moneychangers

*Rachman se diz horrorizado com a reação ao editorial “O Governo Mundial”

* Editorial do Financial Times admite agenda para criação de um governo mundial ditatorial

*O que estão prevendo agora, as pessoas que previram a crise financeira?

~ por arauto do futuro em dezembro 23, 2008 terça-feira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s