AINDA ESTÁ LONGE…

AINDA ESTÁ LONGE…

A compreensão mutua entre os humanos

não nasce de um dia para outro,

são necessários muitos testes,

feitos adversidades,

para que emerja a confiança e o respeito.

Não é casual que na antiguidade se exigisse um longo tempo

de reclusão antes de os neófitos ingressarem

nas escolas esotéricas.

Pitágoras, por exemplo,

pedia aos discípulos que ficassem em silêncio durante 5 anos

antes de fazer qualquer tipo de pergunta.

A incapacidade de permanecer em silêncio,

a recusa de aceitar de forma respeitosa

as opiniões diferentes e as diversas ameaças inteligentes

que se fazem para prevenir as pessoas

de se lançarem à aventura do conhecimento,

tudo isso denuncia o quanto nossa humanidade

está longe ainda de construir uma civilização

justa e verdadeira.

.

Promover a desconfiança em nome da prudência é tudo que de perverso se pode fazer entre as pessoas. Acontece que sem confiança não há nem como iniciar um bom relacionamento, quanto menos em plena desconfiança.

.

A esta altura dos acontecimentos, você já devia ter mudado a atitude, promovendo concórdia e respeito mutuo. Se isso não ocorreu, há grandes chances de você perder o bonde da história. Ainda dá tempo, é possível fazê-lo.

.

Sua única proteção consiste em permanecer com a alma firmemente agarrada aos ideais. Torne irrelevantes as limitações materiais ou as desavenças, mire constantemente na direção dos mais elevados ideais.

.

É tentador fazer uso de estratagemas e segredos para desqualificar os adversários da atualidade, mas isso não faria melhorar seu desempenho e valor. Pelo contrário, o uso dessas armas seria decepcionante.

.

Desde que você deposite confiança no ideal que persegue, ainda que não conquiste a vitória, nada será uma derrota tampouco, porque se levantará novamente e continuará no caminho até o último suspiro.

.

Descanso e conforto não devem ser objetivos principais, mas efeitos colaterais da incessante luta pelo progresso. Descanse sempre o mínimo indispensável e não gaste muito em conforto, que gera lassidão e preguiça.

.

Só se pode convencer quem quiser mudar de opinião, o resto é conversa fiada. É interessante que haja opiniões diversas, porque é do mosaico de diferenças que germina a perspectiva de harmonia tão sonhada.

.

Você não precisa explicar tudo que pretende fazer, mesmo porque grande parte seria inexplicável ainda, é fruto da vontade apenas. Seria melhor ter como objetivo explicar-se através dos fatos e não das palavras.

.

Permita-se o descanso que um sorriso casual oferece, ainda que fique por isso mesmo. Vale a pena aproveitar a eventualidade de uma injeção de ânimo, melhor isso do que insistir em aprofundar-se na encrenca.

.

O fim nada mais do que um novo começo, enquanto você respirar entre o céu e a terra tudo continuará em andamento, o céu continuará tentando se expressar com plenitude através de sua presença. O resto será mutação.

.

Ajuda será sempre bem-vinda, desde que oferecida por pessoas que não a estendam para aproveitar-se de um momento frágil. Para evitar essa eventualidade, seria melhor que você continuasse tentando com suas próprias forças.

.

Nada precisa ser árduo e difícil, mas as coisas se dão assim nos relacionamentos, porque todo mundo quer estar com a razão e ninguém quer ceder. Assim não há como as coisas não serem árduas e difíceis.

Fonte: Quiroga

Anúncios

~ por arauto do futuro em março 9, 2010 terça-feira.

Uma resposta to “AINDA ESTÁ LONGE…”

  1. O problema é que quando se mudam os paradigmas, quando uma visão de mundo não mais nos sustenta e por isso deve ser substituída, aqueles que mais poderiam nos ajudar na transição (parentes e amigos próximos) são justamente os que mais nos oferecem resistência, sem entender que não podemos nem devemos mais ser o que éramos antes, porque isso significaria morrer aos poucos. Então, eu considero válidas as reações de nossa parte, às vezes veementes, às vezes violentas, porque se já é difícil encontrar e se sustentar em novos paradigmas, pior fica com a resistência daqueles que amamos e que pensam estar agindo pelo nosso bem. Dar ouvido à essas pessoas, infelizmente, é dar ouvido ao inimigo oculto que nos controlava, e que ainda controla esses indivíduos.
    Concordo que não devemos ter ódio, mas é difícil assumir a postura proposta acima, antes de estarmos bem firmes em nossos novos propósitos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s