OS VICIOSOS PROBLEMÁTICOS.

OS VICIOSOS PROBLEMÁTICOS.

Neste mundo terrestre há dois tipos de humanos,

os viciosos e os virtuosos

e são os primeiros o grande problema atual,

que atravanca o salto qualitativo

que nossa civilização poderia dar.

Os viciosos consideram o mundo falso e ilusório,

sem fundamento nem arquitetura divina,

convencidos de que este se mantém em movimento

não por efeito da mutua interação entre o espírito e a matéria,

mas apenas pelas paixões humanas,

colocadas eternamente no centro de todas as decisões.

Assim, os viciosos, de violento,

mas politicamente correto proceder,

atrasam o desenvolvimento evolutivo de nossa civilização,

pois, dominados pelo orgulho, a vaidade e a insolência,

se dedicam a propósitos incorretos

e se entregam a desordenados desígnios.

.

O avanço acontecerá apesar de todas as críticas e fofocas que se tecem por aí. Em muitos casos, você terá mesmo de perdoar essas pessoas que fofocam, porque elas não sabem o mal que causam, acham tudo inofensivo.

.

Deixe passar em branco as aparentes provocações, porque talvez muitas dessas nem o sejam verdadeiramente. Acontece que sua alma pode estar um pouco mais irritada do que o normal e ver provocações onde só há desorientação.

.

Você não permitiria que sua vida fosse aquém do merecido, não é? Por isso, combata todos os vícios que se transformaram em hábitos e que deixaram de ser questionados. Esses vícios substituem o progresso disponível.

.

Mude a perspectiva para assim garantir uma nova visão dos mesmos assuntos de sempre. Desta forma talvez você descubra que os aparentemente intransponíveis problemas não eram tão cabeludos quanto imaginados.

.

Haverá oportunidades de avanço, mas no meio dessas sua alma será tentada a competir sem muita dignidade, seduzida pela perspectiva de avançar rapidamente. Contudo, esse avanço logo se converteria em fracasso.

.

Quando as pessoas se tornam habituais elas vão perdendo todo o charme do reconhecimento inicial. Isso é uma pena, mas não é obrigatório as coisas serem assim, é só cada pessoa preservar um pouco de mistério.

.

Em alguns momentos e perante determinadas circunstâncias, será sempre propício agir de forma fulminante, quase agressiva, para evitar danos maiores. Porém, este tipo de atitude não deve converter-se em habitual.

.

Faça diferente dessa vez, em vez de atrapalhar-se com o nervosismo que paira no ar e que vem de dentro também, busque uma forma de transformá-lo em atitudes eficientes, que abram caminho e não produzam problemas.

.

Faça tudo que tem em mente atualmente, mas dessa vez tente não perder o fio da meada quando seus planos e estratégias começarem a ficar complicados demais para se lembrar do caminho inteiro. Preserve a lucidez.

.

Nada tema, a não ser suas próprias atitudes, que de tão normais são desconsideradas, mas que na prática significam retrocesso e estagnação. O momento não comporta essas atitudes, tome a iniciativa de erradicá-las.

.

Quando as coisas são devidamente planejadas elas acontecem com mínima resistência da parte das pessoas. Contudo, avanço desordenado tende a evocar resposta negativa até das pessoas que supostamente seriam as beneficiadas.

.

Aproveite e tensão, que não apenas paira no ar como também vem de dentro de todas as pessoas, para avançar significativamente na direção de objetivos interessantes. Isto é completamente possível, só basta manter o foco

.

Fonte: Quiroga

Anúncios

~ por arauto do futuro em agosto 3, 2010 terça-feira.

Uma resposta to “OS VICIOSOS PROBLEMÁTICOS.”

  1. Eu vejo sinceramente a grande maioria aí neste patamar, eu incluso. Isso porque de tanto ver falsidades e de tanto vê-las triunfar, ou as pessoas aderem ou se recolhem e adquirem alguns vícios para ter alento.
    Perdemos a noção de que fazemos parte de qualquer arquitetura lógica e benevolente, por mais que ela ainda se mostre, nossa atenção está condicionada para não vê-la ou, por constatá-la tão infimamente, passamos a acreditar no Caos como doador das cartas que estão na mesa. Resta então uma vontade iludida, que quer mais, mas não encontra apoio ou lógica adequada de como prosseguir sem ilusões, porque é isso o que ela conhece e vê, a maior parte do tempo.
    Difícil é matar este que parece nós mesmos, nós nem conhecemos o outro, capaz de abrir mão de todas essas besteiras e respirar. Parece que sem pagar o preço de morrer, ninguém é capaz mesmo de nascer pra si mesmo em verdade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s