A FORÇA DA TRANSFORMAÇÃO

A FORÇA

DA TRANSFORMAÇÃO

Quem vivenciou no corpo e no espírito a ”força da transformação”, através do pensamento, sabe o que estou oferecendo aos que buscam soluções e respostas para suas dúvidas e angústias.

Quando a mente desiste de renovar os conhecimentos e pára de criar novos objetivos na vida, seu corpo passa a fazer parte da mesma ilusão do relógio e suas células também desistirão de se renovarem, como reflexo do seu comportamento inativo.

Os monges do Tibete, ao chegarem aos cem anos de idade, começam a aprender algo novo, como tocar violino, por exemplo, porque sabem que a mente que quer sempre aprender permanecerá jovem e ativa e, conseqüentemente, seu corpo também.

Enfim, eis os primeiros passos a serem tomados para rejuvenescer:

1) Pare de resmungar das pessoas e da vida. Veja sempre o lado bom e alegre das coisas. Mesmo que isso lhe pareça impossível, persista, pois você só está vendo o que lhe convém. Deixe de se sentir a ”vítima” do mundo e reaja para conseguir seus objetivos. Se você ficar esperando as pessoas mudarem para que você possa ser feliz, é bom sentar e arrumar uma bengala para quando você quiser ir ao banheiro.

2) Seu coração deverá estar amando, seja o que for ou quem for. O amor, dentro de nós é o bálsamo que renova as células e faz brilhar a pele e o olhar.

3) Observe os jovens de cabeça boa e aja como eles e com eles.

4) As pessoas que acreditam no ridículo da idade passam a envelhecer. A cada ano que passa elas acham que têm de mudar até a vestimenta para que ela se adapte à idade. Isso sim é ridículo! Seja natural, faça o que seu coração mandar e esqueça os padrões da sociedade. Somos aceitos pelo amor e respeito às pessoas e não pelo nosso modo de vestir e de viver. Sem dúvida nenhuma, é muito importante uma boa aparência e discrição em determinadas situações, mas aparentar ser jovem e elegante é mais admirável ainda.

5) Saiba que os jovens adoram pessoas amadurecidas e participantes. Muitos deles trocariam — e trocam — dez amigos da idade deles, por um ”jovem” maduro.

6) Programe-se. Interesse-se por assuntos novos e alegres. Faça cursos de piano, ou culinária, ou ainda de dança de salão, jazz, ginástica e tudo que seja diferente daquilo que você está vivendo hoje. Deixe de lado o medo de perder a individualidade, faça novos amigos e saia para divertimentos.

7) Sinta-se confortável com você mesmo e agradavelmente posicionado em qualquer situação ou ambiente. Procure gostar mais de você e da vida. com certeza, há muitas coisas que você pode fazer para despertar alegria em seu coração. É só fazer uma reflexão sincera e sem medo de admitir a realidade. Às vezes pensamos que o que queremos é impossível ou absurdo, mas na verdade esse pensamento de medo ou vergonha foi criado e enraizado em nós ao longo do nosso processo de educação. Nada é impossível ou imoral. Tudo é belo quando desejado com pureza e sinceridade. Analise esta questão e perceba também se essa desculpa de achar que os outros são culpados pelas nossas frustrações é a saída típica de quem não conhece as leis de ”causa e efeito”. Nós somos totalmente responsáveis pelas nossas decisões e, se acaso não reagimos contra nossos opositores, é porque, de alguma forma, isso nos é conveniente.

8) Os jovens acham tudo engraçado. Ache você também! Preserve dentro de você aquilo que o ser humano tem de mais precioso, que é a alegria no coração. No começo pode ser um tanto difícil, mas, aos poucos, a atmosfera jovial fará parte de sua vida e de seus hábitos. com isso, você passará realmente a achar engraçadas as coisas mais simples… que os adultos esqueceram.

Acredite que seu corpo e seu rosto fazem parte de uma unidade cósmica que desconhece o ”tempo e o espaço”. Portanto, só dependerá de você continuar a propagar a luz da Verdade que reside no espírito jovem que ama a vida.

Reconcilie-se com as pessoas e fique de bem com a vida. Se você não consegue perdoar é porque pensa que, com sua teimosia, pode mudar a vida das pessoas. Deixe de ser teimoso e de se sentir injustiçado. Esse sentimento de vítima não vai resolver absolutamente nada, apenas tornará tudo complicado e manterá a sua vida amarrada. Liberte quem você está acusando e amoleça seu coração, desapegando- se dessa pessoa, seja ela quem for. Acredite que a vida deve fluir como água corrente. Todo sentimento de posse ou de controle deriva de sua própria insegurança. Solte-se para ver e experimentar a leveza e a descontração do pós-perdão.

Possessivos, sinto muito afirmar: ninguém é possuído. As pessoas se deixam dominar por conveniência e, quando menos esperamos, tudo pode se inverter.

Velhice é endurecimento das atitudes e dos pensamentos.

Seja mais alegre, seja feliz e rejuvenesça!

Autor: HELENA ANCONA

Mensagem recebida por email

~ por arauto do futuro em setembro 8, 2010 quarta-feira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s