CONFESSE SEUS PECADOS, MAS NÃO FIQUE SÓ NISSO.

CONFESSE SEUS PECADOS,

MAS NÃO FIQUE SÓ NISSO.

Confesse seus pecados e será perdoado!

Sim, é verdade, o espírito é amoroso e perdoa

nossas faltas de omissão ou intenção mesmo.

Porém, nem o perdão nos livra de ter de colher

o resultado de nossos erros e redimir na prática

a beleza que transformamos em aberração.

Por isso, além de buscar perdão

erguendo as mãos ao céu,

também devemos arregaçar as mangas

e superar a preguiça que nos fez omitir

a participação ativa para erradicar a injustiça

que outrora celebrávamos

porque não nos atingia diretamente,

circulava por aí e caia na horta dos semelhantes,

próximos e distantes.

Confesse seus pecados,

mas para adquirir coragem de redimi-los,

para sair desse estado letárgico omisso

que dá a deixa para os malignos intencionais

manipularem você.

.

Praticar o desapego é um ato eminentemente espiritual, tão elevado que poucas vezes nós conseguimos nos atrever a sequer experimentá-lo. Porém, em nome da independência, só o desapego traz verdadeira liberdade.

.

Resista às distrações, há assuntos importantes em pauta que requerem toda sua atenção. Ainda que você preveja o resultado vitorioso desses, a celebração não deve ser antecipada, porque fará você perder o foco.

.

Condenar-se por ter cometido erros não seria uma atitude sábia. A crua e sincera contemplação dos erros e exageros cometidos há de servir para, imediatamente, tomar as atitudes que corrijam a ajustem os erros.

.

A injustiça provoca respostas agressivas, porque ofende. Porém, nem toda agressividade resulta da injustiça, em muitos casos ela serve para mascarar atitudes injustas. Meça sua agressividade e considere a verdade.

.

O oposto do amor não é o ódio, mas a mesquinharia. É que o amor é a virtude que faz você oferecer ao mundo o melhor de sua alma. Fazer o contrário é a essência da mesquinharia e, por isso, o oposto do amor.

.

Preserve o pensamento positivo, mas não se convença de que só pensando positivamente tudo será resolvido. Agregue ao pensamento positivo a ação afirmativa, que demonstre na prática que você acredita em seus pensamentos.

.

Trate seus assuntos com total responsabilidade, assuma o comando de tudo que estiver ao seu alcance e não tire o foco de nada. Agora será necessário ter mais cuidado com tudo, mas sem isso diminuir o bom humor.

.

Só quando você conseguir compreender que os problemas alheios são seus também viverá o verdadeiro amor. Nesse momento, se tornará capaz de também celebrar o sucesso alheio como se fosse o próprio. Um dia será assim.

.

Um dia inspirado será sempre aquele em que sua alma se encontra disposta a encarar tudo com a certeza de cada momento ser destinado à realização dos propósitos. É assim que é, mas nem sempre é assim.

.

Ainda que a maioria das circunstâncias seja adversa à satisfação de suas pretensões, movimente-se com abertura mental e emocional, já que nada ficará como está, tudo mudará a passo acelerado. Confie em seu taco.

.

Atualize a consciência do mais elevado propósito que você teve alguma vez em mente. A elevação você comprovará pelo ardor que imediatamente sentirá no coração depois de imaginá-lo. Sem esse, você não vive, só sobrevive.

.

Fazer planos é bom, mas limita a espontaneidade. Por isso, continue fazendo seus planos e tentando se ajustar a estes. Porém, quando surpresas acontecerem, não tema sair dos planos e agir espontaneamente.

.

Fonte: Quiroga

Anúncios

~ por arauto do futuro em setembro 11, 2010 sábado.

5 Respostas to “CONFESSE SEUS PECADOS, MAS NÃO FIQUE SÓ NISSO.”

  1. No Daime, tem uma coisa à princípio difícil de entender, que é um pedido de muitos hinos, e trata a coisa assim: “meus irmãos, vamos se humilhar”.
    Eu demorei a entender que, compreender um erro e dele se arrepender nos dá vergonha durante o processo. A gente pensa que está no tom de qualquer coisa, e se descobre flagrantemente fora dele, fazendo até o opsto, em muitos aspectos.
    Então, pra se descobrir, primeiro é preciso entender que é vantajoso ter humildade, que não é depreciativo. De preciativo é ficar num patamar baixo e se achar no alto.
    Depois que a gente descobre que a depreciação que causamos precisa ser redimida, é preciso tapar os buracos sem abrir mais outros. Somente depois de tapar o buraco, é que recebemos nossa integridade de volta.
    Agora, quem é sempre perfeito é incapaz de fazer esse movimento.

  2. Tem mais outro dado que gostaria de acrescentar, que é a questão de nossas obsessões. Um padrão comportamental reforça e atrai estrutura energética semelhante. Fui “pego” por padrões mentais distorcidos desde criança e os fui levando e deixando crescer sem consciência. Quando adquirí alguma consciência, foi só pra perceber que tinha um monstro doente dentro. E aí, o que que o sujeito faz? Se culpa, se mata? Não, ele entende o que alimenta aquele padrão e substitue-o pelo alimento adequado, com muita calma, porque vai enfrentar uma resistência interna de enlouquecer. Mas se negando a dar o alimento errado, aquela energia obsessora vai perdendo os encaixes, até se retirar ou ser reabsorvida dentro de um padrão de crescimento.
    O que o Quiroga deixou, pra mim, é um sério aviso de ação consciente e muito atenta:

    “Confesse seus pecados,
    mas para adquirir coragem de redimi-los,
    para sair desse estado letárgico omisso
    que dá a deixa para os malignos intencionais
    manipularem você”.

  3. Amigo Beijamim, não tenho nenhum conhecimento sobre o Daime, nem sei bem do se trata. Será que voce poderia passar algo sobre a sua essência para que eu podesse entendê-lo?

    Abs.

  4. Com prazer, amigo. Eu vou tentar expplicar
    O Daime na verdade é nome que se dá a uma prática de religação espiritual que faz uso de um enteógeno ( substância que traz consciência, não alucinação), usada há milhares de anos, chamada de Hayahuaska, e composta por duas plantas: o cipó jagube (energia masculina) e a folha do arbusto Chacrona ou Rainha, como o chamamos (energia feminina).
    Em resumo, a gente bebe o chá num ritual que pode durar de duas, (concentração ou trabalho de meditação), a até 12 horas, que são os trabalhos de bailado.
    O ritual não tem pastor, não tem intermediário humano que dê conta de todos, temos certa hierarquia, mas quem manda mesmo é a força do Daime e dos seres evocados da natureza e das falanges crísticas. Mas tem trabalhos ou igrejas de Daime que já se abriram pra umbanda, outras pras falanges orientais, principalmente as de raiz hindú. O Daime foi feito pra soma, ele é uma espécie de Soma, no sentido do hinduísmo, mas também se soma (no português) com tudo o que é viável e bom, sabendo manter as estruturas básicas do “trabalho”, que é forma de organização do ritual.
    A gente evoca as forças da terra e do céu, cantando hinos e se limpando com o poder da bebida, num bailado simples com um movimento à esquerda e outro para a direita, coletivamente, mulheres de um lçado da roda, homens de outro.
    Essa disposição e movimento circular, mais os hinos (ícaros ou mantras), mais o poder do enteógeno, é o que faz a gente se ver por dentro e ir acessando os mundos internos, ou nossas conexões astrais, boas e ruins, pra ir dando conta delas e entendendo nosso verdadeiro papel no mundo, nosso raio de ação verdadeiro.
    A limpeza se dá por muitas formas. Se você estiver carregado mesmo, é por vômito ou diarréia, mas sempre há tempo e aviso para você se limpar adequadamente.
    Geralmente, abrigamos enquanto humanidade destes tempos, e sem o perceber, energias bem perversas que, no final das contas, só nos obstruem e ao nosso entorno. A desobstrução se faz por via física, como já disse, mas podemos observar muito bem o que está sendo mandado pra fora, com os olhos ou com a consciência. Eu sempre digo que limpar no Daime é tirar toneladas das costas e economizar uns dez anos de terapia.
    Fora essa parte, depois de limpo, tudo começa a ser visto, interna e externamente, você percebe, por exemplo, que as plantas e pessoas têm luz própria, refletida da própria essência, lembra do filme Avatar, aquelas luzes todas nas plantas e na natureza? Aqui é igualzinho e a gente nem percebe, por conta de tanta obstrução.
    Também de tanto ver os próprios defeitos (isso é pra quem busca, o Daime também tem seus acomodados que aprendem a tomar só um pouquinho pra não entrarem nas vias de fato), vai entendendo que aquele irmão que te incomoda não é assim tão diferente, sofre e goza com as mesmas coisas, está aqui nesse mundão enfrentando aquilo que nem conhece e que já está dentro dele. E de tanto ver isso e outras coisas, a gente vai se convencendo de que não adianta nada culpar os outros ou o que seja, é melhor identificar logo o que te trava e transmutar isso com amor, mas amor com firmeza, equilibrado, porque não adianta ir lá alisar os chifres do cão, entendido como qualquer energia desvirtuada, que trabalha por ignorância contra a própria criação da qual emergiu.

    Em resumo é isso, é um trabalho pra ver e não apenas crer, saber e não apenas acreditar. Mesmo assim, tem gente que fica lá patinando por anos e aprende muito pouco, ou bem devagar. Livre-arbítrio existe, e as pessoas estão em graus de compreensão diferentes.É um sério erro pensar que você só vai encontrar santos e santas encarnados no Daime. Geralmente é gente que já tomou muita pancada pela vida àfora, e nem todos estão plenamente recuperados em suas próprias feridas.
    Qualquer outra dúvida, estou aqui pra responder, só não posso convidar, porque Daime não se convida, vai quem realmente está a fim de se ver e começar a enxergar o mundo com outras conexões.

  5. Só para lembrar: Daime é enteógeno, vai mexer com tua mente, é necessário um preparo de três dias sem sexo ou alimentos pesados antes de qualquer trabalho espiritual, pra você poder ter energia de superação das travas. EU NÂO ACONSELHO DAIME para quem tem histórico de esquisofrenia na família e ainda não verificou em avaliação psicológica o seu próprio estado. NÂO ACONSELHO à quem quer misturar com pó ou qualquer outra droga química, é caminho certo pra loucura. Tudo oque a gente faz tem suas regras. Não se pula de um avião sem pára-quedas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s