EU E MEU.

EU E MEU.

EU e MEU,

nestas duas palavras reside

a diferença entre Ser e a mera imagem de ser.

Por que somos capazes de afirmar a palavra EU?

Porque identificamos que dentro de certos limites

somos deuses que criamos, preservamos e destruímos

de acordo com nossas competências,

méritos e deméritos.

A experiência de Ser é misteriosa,

infunde a sutil idéia de imortalidade, plenitude,

glória, beleza, verdade

e integração ao infinito Universo.

A mera imagem de ser aponta para outro lado,

tentando apropriar-se de algo que lhe é maior,

desviando um tanto de Vida Infinita

para objetivos pouco nobres,

afirmando que tais coisas, atributos ou

relacionamentos são posses e que tais nos pertencem.

Contudo, quando a existência acaba

o EU prevalece e o MEU morre.

.

Agora vem o tempo de tirar as idéias das prateleiras abstratas e aproximá-las do estado de obras concretas. Isso, literalmente, é como tentar passar camelos por buracos de agulhas. Improvável, mas possível.

.

Certos aspectos do relacionamento que eram tratados de forma irrelevante começam a tornar-se mais importantes, mas ainda sua alma não sabe bem como tratá-los. Uma coisa é certa, delicadeza e tato são fundamentais.

.

A esperança não se caracteriza tanto por ser a última a morrer, apesar de ser famosa assim. Sua mais forte característica não é essa, mas a de ser a primeira a renascer das cinzas daquilo que parecia fracasso.

.

Nas semanas que vêm por aí será propício você estar em movimento, de modo que as coisas se tornem mais dinâmicas. Velhos conflitos precisam ser superados, inclusive porque não serviram para absolutamente nada.

.

A partir deste momento não será suficiente progredir e conquistar, você terá de formular estratégias para que o resultado de suas conquistas beneficie a maior quantidade possível de pessoas. Isso sim será conquista.

.

Será necessário expor-se um pouco além do habitual para avançar e criar possibilidades maiores de realizar seus anseios. A exposição é motivo de ansiedade, mas quando feita em nome de algo maior recebe proteção.

.

Agora as coisas se tornam um pouco mais árduas e difíceis do que vinham sendo até aqui. Redobre a boa vontade e a firme disposição, mas cuide para que estas virtudes não se transformem no vício da arrogância.

.

Tudo que foi iniciado nas últimas semanas e meses precisará agora de um esforço maior para ser preservado em bom andamento. Esta parte do caminho não será tão divertida quanto a anterior, mas produtiva e eficiente.

.

A retenção está no fim e começa o período em que só as atitudes tomadas de forma prática valerão alguma coisa. Por isso, melhor deixar logo de lado os dilemas e questionamentos, preparando-se para agir.

.

Quando as pessoas estabelecem vínculos de cooperação mutua, elas fazem muito mais do que fariam cada uma por si além de, também, reconhecerem a si mesmas como pessoas melhores. Todo mundo ganha com a cooperação.

.

Tudo vai adquirir um ritmo mais lento logo mais. Em certo aspecto, sua alma respirará aliviada com isso, sentindo-se mais segura. Em outro aspecto, a falta de adrenalina provocará certa saudade peculiar também.

.

Nada será tão direto e claro quanto você gostaria, as palavras são distorcidas, os relacionamentos embrenham-se pelos caminhos tortuosos onde as almas se contorcem. Mesmo assim, dá para ser feliz, você não acha?

.

Fonte: Quiroga

~ por arauto do futuro em outubro 11, 2010 segunda-feira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s