O ANO PASSOU RÁPIDO DEMAIS.

O ANO PASSOU

RÁPIDO DEMAIS

 

É raro encontrar um ser humano

que não tenha percebido que este ano

prestes a se encerrar passou mais rápido que de costume.

Muitas teorias se levantam para explicar essa percepção,

algumas singelas e outras

mais difíceis de entender do que a filosofia de Spinoza.

Na prática, a percepção dispensa explicações,

mas a alma humana se preocupa

com que o tempo passe mais rápido,

pois assim as oportunidades de realizar

o que o coração manda se tornariam mais escassas ou,

pelo menos, a prática preguiçosa de perder tempo

com banalidades se tornaria perigosa.

A experiência de ser, esse mistério da Vida,

é feita de tempo;

somos um ser antigo feito de lembranças,

outro feito de atualidade

e ainda outro construído a golpes de esperanças.

Se o tempo ficar curto, que faremos com nosso Ser?

.

É tudo uma questão de tempo, o que permanece oculto por não ser oportuno manifestar se expressará em algum momento não muito distante do futuro. Porém, enquanto isso, o ocultamento continuará sendo a regra.

.

Como deixar de seguir o ritmo tresloucado que seu próprio coração toca? Nada de sensato ou aparentemente correto pareceria resultar desse ritmo, mas como deixar de segui-lo, se é a música de seu próprio coração?

.

É mais do que legítimo você reclamar o direito de experimentar o que tiver vontade. Porém, é legítimo também que você reconheça a diferença entre o que é desejável fazer e o que é necessário empreender.

.

Não é tão difícil encontrar seu destino. Afinal, que outra coisa seria o destino do que realizar o que deseja e escolher se vai ou não seguir por aí? Dito assim parece fácil, mas na prática as coisas são complexas.

.

Guardar sentimentos por tempo demais degringola em ressentimentos e, também, passar tempo demais sem fazer o que você tenha vontade resulta em períodos de maior agressividade. Administre melhor sua energia.

.

As pessoas devem ser livres inclusive para errar, porque somente assim se tornam capazes de fazer as devidas correções, se o desejarem. Limitar a liberdade alheia é algo que não se deve fazer nem em nome de virtudes.

.

Usar o poder de raciocínio para descobrir a melhor forma de lucrar com a realidade é um uso inteligente da criatividade. Porém, algo aconteceu nos últimos anos e nossa humanidade terá de rever esse caminho criativo.

.

Você não precisa carregar o mundo em suas costas, mas tampouco seria sábio fugir da raia de suas responsabilidades. Há uma linha média entre os dois extremos que é a mais sábia maneira de lidar com a realidade.

.

Vai dar trabalho fazer todas as mudanças que você almeja, porém, sem esse trabalho você não ganharia a consciência que tornariam definitivas essas mudanças. De outro modo, as coisas não passariam de maquiagem.

.

A liberdade é uma glória que destroça o fígado de nossa humanidade. A liberdade é uma virtude que deve ser preservada ainda que não apreciemos em particular o que nossos semelhantes façam ou digam.

.

É duro constatar que as pessoas que supostamente deveriam apoiar você nas difíceis decisões que precisa tomar são justamente as que emitem críticas mais negativas. Não importa, considere isso bom sinal do seu avanço.

.

Ontem, há muito pouco tempo, a vida parecia uma brincadeira fácil. Porém, as coisas se complicaram, só que sua alma não deve enxergar nisso algo ruim. Assim são as coisas, o jogo da liberdade é complexo.

.

Fonte: Quiroga

 

Anúncios

~ por arauto do futuro em dezembro 14, 2010 terça-feira.

2 Respostas to “O ANO PASSOU RÁPIDO DEMAIS.”

  1. gostei!

  2. Acelerados somos nós.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s