EM NOME DE MAIOR HARMONIA.

EM NOME DE

MAIOR HARMONIA.


Egoísmo e altruísmo,

o lucro de uns e a perda dos outros,

aceitação e rebeldia, pecado e virtude, céu e inferno,

destruição e proteção,

tudo tem seu lugar e função no processo universal,

que é a manifestação de um plano de tamanha

magnitude que mente humana alguma seria

capaz de imaginar.

Porém, que não haja precipitação

anunciando-se que então daria na mesma

ser criminoso ou benfeitor;

no plano maior tudo encontra lugar,

mas na prática periférica, onde nós habitamos,

os resultados de uns papéis são diferentes dos outros.

Em nome da harmonia precisamos descobrir

a unidade que subjaz por trás da aparente diversidade,

reconhecendo que papel acelera a conquista

deste objetivo e qual se torna obstáculo

para tal reconhecimento.

.

Em muitos casos a gente se ilude com as próprias razões e teima nesse caminho até vir alguém a rasgar o véu da ilusão. A primeira reação ante a desilusão é justificar-se, mas seria melhor passar rápido por isso.

.

Agora você decide o teor e qualidade das atitudes que tomará imediatamente e não há como saber o resultado dessas antecipadamente. É momento de assumir riscos, mas de assumir também a responsabilidade pelas próprias decisões.

.

Ocupar o lugar de vítima não é uma condição que possa livrar sua alma da responsabilidade de ter chegado até aí, nem fará alguma diferença para sair dessa incômoda posição. Afinal, ser vítima não serve para nada!

.

Quando você compara sua evolução com a das pessoas próximas comete o erro de perder de vista suas peculiaridades e, assim, perde também de vista a verdadeira dimensão de seu progresso. Evite comparações enganosas.

.

Entreter-se e divertir-se não é o mesmo que fugir dos problemas, inclusive porque para enfrentá-los com eficiência seria melhor ter a alma leve e alegre do que pesada e preocupada com tudo que acontece por aí.

.

Queixas e mais queixas! O coro das lamúrias é imenso e intenso no seio de nossa humanidade! Se você quiser juntar-se a esse coro, então se prepare também para ouvir queixas ainda maiores das que você seria capaz de imaginar.

.

Tornar-se consciente de como as coisas são só pode levar a alma a se tornar mais graciosa e alegre. Se por acaso acontecer o contrário, isso não pode ser atribuído à consciência, mas a reação da alma diante dessa.

.

Demonstre seu apreço, evite deixá-lo confinado à intimidade de seus pensamentos e emoções, pois apesar de haver algo virtuoso nisso, não é suficiente, é imprescindível compartilhar o apreço e demonstrá-lo à pessoa certa.

.

Volte às raízes, faça tudo que for básico para o bem-estar e saúde, não apenas do ponto de vista físico, pela alimentação e exercício, mas também da perspectiva de se rodear de pessoas verdadeiramente familiares.

.

Guardar segredos significa desconfiar. Esta atitude contradiz o espírito do momento, que exige das pessoas envolvidas o sacrifício de ir além do espírito de competição, começando a estabelecer laços de cooperação mutua.

.

Assim como o universo é generoso na demonstração de apreço, também mostra com ênfase os sinais que induzam sua alma a perceber o despropósito de certas atitudes. Por isso, importante é manter limpos os canais de percepção.

.

Com certeza, você não deseja compartilhar tudo que sente e pensa. Assim é que segredos vão se acumulando no fundo do coração. Intenções ocultas, motivos secretos, há um mundo desconhecido se desenvolvendo no coração.

.

Fonte: Quiroga

EM NOME DE MAIOR HARMONIA.
Data Estelar: Vênus em sextil com Netuno e quadratura com Urano; Lua míngua em Capricórnio.
Egoísmo e altruísmo, o lucro de uns e a perda dos outros, aceitação e rebeldia, pecado e virtude, céu e inferno, destruição e proteção, tudo tem seu lugar e função no processo universal, que é a manifestação de um plano de tamanha magnitude que mente humana alguma seria capaz de imaginar. Porém, que não haja precipitação anunciando-se que então daria na mesma ser criminoso ou benfeitor; no plano maior tudo encontra lugar, mas na prática periférica, onde nós habitamos, os resultados de uns papéis são diferentes dos outros. Em nome da harmonia precisamos descobrir a unidade que subjaz por trás da aparente diversidade, reconhecendo que papel acelera a conquista deste objetivo e qual se torna obstáculo para tal reconhecimento.
Anúncios

~ por arauto do futuro em janeiro 31, 2011 segunda-feira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s