MEDO, AGRESSÃO E VERGONHA

MEDO, AGRESSÃO E VERGONHA.

Seres humanos amedrontados são inseguros e agressivos.

Aqueles que sentem vergonha de assumir essa condição

são os cidadãos comuns,

mas há também os que enveredam pelo crime.

Seres humanos amedrontados, agressivos e envergonhados

são também consumidores

de apólices de seguro e créditos bancários.

A existência das instituições bancárias depende inteiramente

de nossa civilização preservar e incentivar

o medo, a agressão e a vergonha,

já que seres humanos livres, felizes e despojados

não serviriam aos seus propósitos.

No íntimo de todo coração há mais energia e riqueza

das que se poderiam consumir em toda a existência;

quem fizer o esforço sistemático de fazer esse contato

aumentará o tamanho da revolução que está em andamento.

.

As novidades servem para que o entusiasmo sopre novamente, produzindo alegria. Essa condição é de inestimável valor, mas de nada serve em si mesma, você deve conduzi-la pela própria vontade a um objetivo maior.

.

Novos ventos podem soprar e renovar os relacionamentos, mas apesar de esses já soprarem nada acontecerá sem você tomar a iniciativa de conduzir os relacionamentos a uma nova fase de desenvolvimento.

.

Peça ao céu tudo que desejar, mas não fique esperando que as coisas aconteçam automaticamente. Enquanto você pede, você deve fazer acontecer também, porque de outro modo tudo passará, literalmente, em brancas nuvens.

.

Os excessos são atrativos, mas produzem consequências que depois será difícil limpar. Por isso, se não for estritamente necessário incorrer nesses excessos talvez seja hora de reconsiderar a sua vontade.

.

Queira o bem das pessoas, especialmente das mais próximas. Compartilhe com elas o melhor que acontecer a você, abrindo seu coração sem apegar-se aos resultados, já que delas provavelmente só virão críticas.

.

Há portas que se abriram escancaradamente, mas mesmo assim dará trabalho atravessar. A realidade fez o que pôde para ajudar você, mas só até o ponto daquilo que você deveria desempenhar. Agora faça você a sua parte.

.

Faça suas apostas pelo mero prazer de agir assim, desapegando-se dos resultados. Sem medo de perder e sem esperança de ganhar, só assim sua alma conseguirá experimentar a verdadeira liberdade.

.

Você reconhecerá que sua alma é protegida na hora em que isso for necessário. Por isso, quando algo acontecer e você levar um susto, em vez de permanecer nessa condição enxergue.

.

Pequenas tarefas podem parecer chatas enquanto sua alma espera por grandes conquistas. Porém, na prática é assim que o grande se conquista, através de muitas pequenas tarefas que fazem a delícia da vida cotidiana.

.

As melhores comidas se cozinham em fogo lento, muito lento. Por isso, faça amizade com o tempo e não tema prolongar a gestação de seus planos, pois, quanto mais você os amadurecer melhores também serão os frutos colhidos.

.

Vigie as pessoas, mas sem criar fantasias sobre elas que alimentem sentimentos de perseguição. É real que você tenha motivos para observá-las bem, mas isso deve ser feito com cuidado para não incorrer em abusos.

.

A generosidade não pode nem deve ser calculada, mas espontânea. Quando atitudes generosas respondem a interesses calculados, tenha certeza que essas não merecem o nome que levam, pois servem a uma idéia bem menor.

.

Fonte: Quiroga

Anúncios

~ por arauto do futuro em março 15, 2011 terça-feira.

Uma resposta to “MEDO, AGRESSÃO E VERGONHA”

  1. simplesmente espetacular……parabéns.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s