SÓ A CRIATIVIDADE NOS TORNA HUMANOS.

SÓ A CRIATIVIDADE

NOS TORNA HUMANOS.

 

Data estelar: Lua míngua Vazia em Peixes o dia inteiro.

Hoje é um daqueles dias em que seria infinitamente

melhor não ter nenhuma obrigação para cumprir.

Porém, ainda que haja deveres e tarefas

aparentemente inevitáveis,

a alma humana precisa lembrar que aquilo

que a torna humana é a faísca criativa

que sempre irá muito além do inevitável.

Tudo pode ser mudado,

tudo pode ser diferente e em casos como o de hoje,

ainda que haja tarefas e deveres aparentemente inevitáveis

se pode enfrentá-los com ânimo diferente.

Colocar a criatividade a serviço da alma

é a melhor atitude para enfrentar o tempo atual,

nada deve ser repetido sem questionamento,

tudo pode ser processado de forma diferente da habitual,

até as coisas banais como por exemplo

tentar um caminho diferente

para chegar ao mesmo lugar de sempre.

Só a criatividade nos torna humanos.

.

Sua única e verdadeira proteção contra todas as fraudes e mentiras que se praticam por aí será transitar pela vida com leveza e alegria, interessando-se apenas nas questões que alimentem esses estados de ânimo.

.

Passe em revista todas as informações que ouvir hoje, não saia por aí acreditando em tudo que lê ou que ouve. Porém, tampouco faça da desconfiança sua bandeira, apenas transite pela vida com mais cuidado e atenção.

.

Observe e descanse, tire de cima a obrigação de agir objetivamente justo num momento em que sua alma não se sente inclinada a isso. Pelo contrário, tudo indica que se deva descansar como se hoje fosse feriado.

.

Duvidar das próprias certezas pode ser vantajoso também, apesar do desconforto e da inquietação que um exercício assim traria. Porém, valerá a pena colocar em dúvida as certezas que motivam as tomadas de decisão.

.

Lide com a ambiguidade em vez de criticá-la, porque ela é um dos fatos da vida humana, a mais fiel expressão da contradição da alma humana infinita que está confinada a um corpo físico limitado e finito.

.

Cair na armadilha estendida pelas miragens é algo que acontece como resultado da pura vontade de iludir-se para superar dificuldades que só com muito empenho e esforço seriam dribladas. Para que cair num conto desses?

.

Você não precisa explicar seus sentimentos, mas se por acaso alguém pedir isso você terá de encontrar uma saída inteligente e elegante ou, talvez, lançar mão de algum poema para descrever o indescritível.

.

Poucas, muito poucas são as pessoas nobres o suficiente para reconhecer erros e exageros cometidos por elas. É dessas poucas pessoas que você deve aproximar-se para absorver um pouco de nobreza e dignidade.

.

Preserve a clareza dos objetivos que pretende realizar para não correr o risco de gastar esforço em vão. Todos os dias é necessário empenhar-se em alguma tarefa, mas essa só fará sentido em relação aos objetivos.

.

Aquiete-se! É desnecessário continuar fazendo coisas que não provocam entusiasmo, mas que respondem apenas a obrigações e deveres. Saiba que há um dever maior, o de sintonizar-se com o tempo real, o tempo do céu.

.

As atitudes livres sempre complicam tudo, já que inserem o fator imprevisível a tudo, especialmente aos relacionamentos. Pessoas livres são pessoas imprevisíveis também, já que podem mudar de atitude a qualquer momento.

.

Quando não souber o que fazer nem o que dizer, melhor será sair de cena enquanto esse estado alterado de consciência perdurar. Você não precisa estar sempre no centro do palco, você também tem o direito de sumir.

.

Fonte: Quiroga

 

Anúncios

~ por arauto do futuro em abril 1, 2011 sexta-feira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s