O BEM COMUM

O BEM COMUM.

Lua que míngua será Vazia a partir das 13h25, horário de Brasília.

Enquanto o bem particular

continuar sendo mais desejável do que o bem comum,

reunir-se em cidades e construir países

também continuará sendo apenas um experimento

que no mais das vezes é fracassado.

Enquanto cada cidadão e cidadã

pensar exclusivamente em seu bem particular

empurrando aos semelhantes o cuidado com o bem comum,

o caos dominará as cidades e o crime vencerá de goleada

todo o esforço de promover a ética e a moralidade.

Só quando o bem comum for prioridade

e essa tendência estimulada da mais tenra idade

em todos os seres humanos,

a reunião em países e cidades começará a ter em seu ventre

a promoção de uma sociedade justa

onde todas as pessoas tenham oportunidade de progredir

estudando, trabalhando e se divertindo.

.

Melhor você encontrar lazer e divertimento nas necessárias tarefas que precisam ser cumpridas, porque certamente essas vão imperar sobre quaisquer outras perspectivas que você desejaria experimentar.

.

Evite cair no conto das facilidades, porque o momento não comporta atalhos nem maneiras rápidas de superar as circunstâncias reinantes. Melhor aceitar a realidade como ela é para, depois, superá-la vitoriosamente.

.

É tentador lançar mão de atitudes agressivas para dar fim ao que sua alma considera injusto. Porém, a eficiência de tais atitudes seria muito pequena, inclusive incorrendo no perigo de o tiro sair pela culatra.

.

Passe em revista seus desejos para conferir se não há nesses algum mal embutido que se mascare de legitimidade. É bastante comum que os seres humanos sejam os responsáveis dos problemas sobre os quais depois se queixam.

.

Por que você se importaria com a opinião das pessoas justo no momento em que a ação necessária é, também, a mais impopular de todas? Alguém precisa fazer o necessário e a alma escolhida para isso é a sua.

.

Enfrentar em campo aberto as pessoas que teimam em provocar problemas pareceria justo e necessário, mas no momento não é propício em absoluto. Divida esses problemas e enfrente, por enquanto, os menores.

.

A melhor ajuda com que os amigos podem brindar você nem sempre chega na forma de uma mão compassiva e doce, mas na de um empurrão forte para que você recupere o juízo e continue no caminho da retidão.

.

Tratar dos assuntos importantes que estão em marcha, mas que empacaram, com atitudes irritadas, só fará com que se compliquem além da conta. Faça o necessário para conter sua irritação ainda que isso pareça impossível.

.

Quanto mais você tentar se explicar para desfazer um mal-entendido, mais as pessoas acreditarão nesse e o tiro sairá pela culatra. Deixe as informações erradas se esgotarem por si sós, não lute contra elas.

.

Sua alma se viu obrigada a participar de negociações com as quais não concorda nem remotamente. Porém, se tornou inevitável sua presença nelas e isso deve servir para dar a devida atenção, a despeito do desgosto.

.

Todo mal deve ser cortado pela raiz para que nunca mais volte a se desenvolver. Essa atitude é difícil de tomar, pois em muitos casos atinge relacionamentos de longa data com pessoas próximas e familiares.

.

A boa vontade de atender os assuntos menores e corriqueiros será sobrelevada pelos acontecimentos mundiais que afetarão sua vida. Mantenha a vigilância sobre as tendências que se prefiguram para não ser pego de surpresa.

.

Fonte: Quiroga.

Anúncios

~ por arauto do futuro em junho 27, 2011 segunda-feira.

2 Respostas to “O BEM COMUM”

  1. As vezes penso que esse bem comum deveria partir dos maiores, por exemplo os governos. Esses sim deveriam acima de tudo pensar no bem comum e é exatamente onde acontece o contrário, os governates pensam mais em seus bens particulares do que em qualquer outra pessoa da população. Talvez por estarem no poder ou mais próximos da “tentação”.

    E nisso diminui a capacidade das pessoas de pensarem no bem comum já que estão sendo masacradas pelos roubos e dificuldades empurradas pelos governos, se vendo quase que na obrigação de pensar em seu bem particular se quiser “sobreviver” ou ter um “mínimo” em suas vidas.

    Mas ainda assim é possível pensar no bem comum, sendo um pouco mais dificil e procurado por pessoas que realmente pensam que estamos aqui para nos ajudar e aprendermos uns com os outros.

  2. O buraco como sempre é mais embaixo. A base da sociedade é a família e o primeiro bem comum a ser providenciado é o de se ter uma vida lúcida e rica em família, respeitando as inclinações e interêsses reais de cada um, cuidando do fortalecimento dos elos de respeito, amor e amizade, crescendo em conjunto, nã permitindo que vetores de distorção, diminuição, competividade , consumo e prostração incidam sobre ela.
    Mas se vc não tiver uma visão clara sobre si mesmo, jamais terá uma visão clara dos poderes que partem e incidem sobre sua família, através dos dons e insuficiências de cada um.
    Compreendendo os desafios normais da própria família é que se compreende e se respeita os desafios das demais. Assim, passamos a nos preocupar com o bairro, a cidade, o país e o mundo, mas tudo parte de um centro objetivo.
    Eu agradeço por ter tido a sorte de me livrar da TV já faz uns anos e mesmo assim ter filhos muito bem informados, criativos e atentos, sem precisar de pilhas de consumo e frustração pré-elaborada. Mesmo assim, confesso que só ultimamente conseguí ter um olhar mais apurado sobre as verdadeiras entidades que vivem comigo, e que pegam carona comigo nessa vida. O valor de um ser humano é incomensurável.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s