O OPOSTO.

O OPOSTO.

O dinheiro é a religião oficial dos países,

é o Deus autoritário que impõe suas próprias regras

e subverte quaisquer outras que se atrevam a contê-lo.

O dinheiro é o dogma promotor de preconceito,

ignorância e miséria cujo ritual é o desespero

que se manifesta nos gritos que se ouvem a todo momento

surgir das casas de família em todas as cidades do mundo.

Até pouco tempo atrás

ainda valiam as regras prudentes dos sábios humanos

que fundaram as sociedades modernas

e que eram cientes do terrível monstro

que aninhava no ventre do dinheiro.

Porém, a imprudência, que é irmã gêmea da cobiça,

ganhou força nas gerações modernas

e a esse monstro foi dada rédea solta. Resultado?

O oposto, como bem explicaram os filósofos.

Só miséria, que no início foi apenas moral,

mas que anuncia a material também.

.

Preservar a integridade é uma tarefa aparentemente impossível hoje em dia. Porém, quem leva a sério essa empreitada não tem opção de fazer diferente, pois o dano causado por uma infração seria avassalador.

.

De repente, sem mais nem menos, a rede de segurança que você confiava haver disponível se torna nula e se desintegra. Porém, também de repente sua alma percebe que essa era inútil e por isso descartável também.

.

Tudo depende dos propósitos que você busca realizar, a natureza do caminho que você trilha e as circunstâncias favoráveis e adversas que surgirão, tudo depende da natureza dos propósitos que você busca realizar.

.

Só a honestidade fornece a necessária clareza mental para perceber que se houve atraso isso só aconteceu devido a uma recusa da alma a seguir pelo melhor caminho. Sim, o que parecia incrível é o que aconteceu.

.

O ciúme parece natural e correto, mas na prática é um desvio de caráter que precisa ser corrigido. Sim, por trás do ciúme viceja o tolo pensamento de que as pessoas devem ser dominadas e controladas.

.

A inspiração aparece como um raio e tão velozmente quanto surgiu desaparece sem deixar rastros. Por isso, é imprescindível manter-se vigilante quando se depende de inspiração para solucionar algum assunto.

.

A ansiedade espreita e será necessário fazer até o impossível para exorcizá-la. Preserve a honestidade em relação à sua própria alma reconhecendo com clareza esse estado de ânimo insidioso e perturbador.

.

Você vive num mundo que produz contrariedades e dificuldades, compartilhando-as generosamente com quem não tem nada a ver com elas. Assim é que os planos particulares se vêem obstaculizados pelos eventos mundiais.

.

A regra do jogo evolutivo do mundo humano é, sem lugar a dúvida, o livre arbítrio. Por isso, nunca tente se convencer de que toma essa ou aquela decisão por não ter outra opção disponível. Tudo é decisão livre.

.

A pouca eficiência em administrar seus recursos, tanto materiais quanto a saúde também, não pode ser responsabilizada a mais ninguém a não ser a sua própria alma. Isso não é acusação, mas chamado a entrar em campo.

.

A obediência deveria ser plena de luz e alegria, reconhecendo que seria o caminho para garantir que as coisas funcionassem da melhor forma possível. Enxergar a obediência com enfado dá o que pensar, não lhe parece?

.

Integre sua mente, coração e corpo numa só unidade existencial, envolvendo-se intensamente nos acontecimentos, imaginando que restariam poucos dias de vida e que por isso você deveria aproveitar cada momento.

.

Fonte: Quiroga.

Anúncios

~ por arauto do futuro em julho 7, 2011 quinta-feira.

Uma resposta to “O OPOSTO.”

  1. O grande problema nesse aspecto é a concentração de renda, a má distribuição da riqueza: cobiça, sim! Explícita quando se revela, mas as disposições internas que a causam, poucos as percebem.
    Porque a gente é levado à isso, à um salve-se quem puder sem sentido, à disputa sem sentido, á exploração de um ser humano por outro, em detrimento do segundo? Uma vez que a cooperação é mais eficiente e existe mesmo recursos para todos, além de tecnologias e ciência capaz para ampliar ainda mais tais recursos, porque a opção miserável e ignorante, por mais que ela compre ternos caros e amarre gravatas luxuosas?
    Tem mesmo muita coisa subtraída da consciência humana para que ela não perceba a armadilha, estendida a ricos e pobres, sem excessão, uma vez que ambos vivem em perpétua ilusão sobre suas reais possibilidades.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s