NOSSOS MUNDOS.

NOSSOS MUNDOS.

Nós, humanos,

somos eficientes organismos cósmicos de criação

e adoramos nos sentir no domínio.

Porém, como intimamente reconhecemos que da vida

será sempre muito mais o que ignorarmos

isso afeta nossa pretensão de domínio.

Para contra-arrestar essa mágoa

inventamos bolhas existenciais que chamamos

de “nossos mundos”

e nos encerramos nelas para evitar

a constrangedora certeza de levitarmos no infinito.

Porém, para nos relacionar mutuamente

ou com a natureza e tudo o mais

precisamos ir além do limite de “nossos mundos”,

e aí perdemos o rebolado.

Inventamos o distanciamento artificial da natureza

e hoje em dia temos dificuldade de nos reinserir nela.

Inventamos a individualidade isolada

e temos dificuldade de nos relacionar de forma colaborativa.

Somos eficientes organismos criativos.

.

Em muitos casos, na hora de ter de ajudar alguém a realizar uma tarefa necessária, a alma humana se vê produzindo um conhecimento que antes de praticá-lo não sabia que o sabia. Isso tem um nome certo, intuição.

.

Sabedoria é colocar em prática o conhecimento adquirido. Muitas pessoas são grandes conhecedoras de certos assuntos, mas por falta de prática se distanciam da imprescindível sabedoria que as tornaria radiantes de felicidade.

.

Surpreenda tudo que surpreendeu você. Em vez de continuar resmungando porque as coisas não são mais como outrora, dê um passo à frente, tome a iniciativa e reformule o mais radicalmente possível seu cotidiano.

.

Faça amizade com o senso de limitação atual que se manifesta através de situações constrangedoras. Além do desconforto experimentado através dessas acena a perspectiva de você se deter e rever seus passos.

.

Enquanto o estado atual de coisas continuar empatando a necessária transformação do mundo, você continuará experimentando essa incômoda incoerência que se manifesta de forma gritante nos relacionamentos.

.

Sua segurança futura não depende de acumular recursos materiais, mas de incentivar sua circulação. Acontece que os recursos que você permite circular são os mesmos que retornarão acrescidos e melhorados.

.

Dê um nó em suas preocupações tentando enxergá-las de outra perspectiva completamente diferente da habitual. Tome a iniciativa e assuste você os pensamentos que de outra forma seriam assustadores para você.

.

Os pequenos assuntos da vida cotidiana encerram as grandes transformações que você precisa executar. De pouco em pouco, repetindo todos os dias, você se aproximará com segurança do objetivo pretendido. Experimente.

.

Agora não é um momento para conversar ou teorizar, é um tempo de colocar em prática o que a alma sabe. As devidas informações ocorreram ao longo dos últimos meses, por isso é desnecessário conversar.

.

Quando menos a gente espera, as pessoas que supostamente deviam apoiar e incentivar nos dão as costas. Isso não significa que elas sejam más, apenas que no momento suas mentes se encontram sintonizadas em outra onda.

.

O bem comum não é nem nunca será o bem de pequenos grupos ou sistemas empresariais. O bem comum é o necessário investimento individual para que a sociedade humana promova progresso, bem-estar e felicidade.

.

Encontre divertimento e alegria no ato de empreender novos assuntos, pois ainda que pareça insensato fazê-lo você deve lembrar que nossa humanidade é um exemplo de heroísmo, sempre avança além das adversidades.

.

Fonte: Quiroga..

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

Anúncios

~ por arauto do futuro em julho 26, 2011 terça-feira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s