A REPARAÇÃO.

A REPARAÇÃO.

Quem tiver vendido a alma ao diabo

comprometendo princípios

deve recuperá-la em nome da própria vida

sem a qual nem sequer essa falha poderia ter acontecido.

Não importa a profundidade dos erros

que tenham sido cometidos,

lamentar-se seria reincidir na insanidade que foi cometida,

o assunto consiste em tornar-se definitivamente adulto

e reparar os danos cometidos.

Pensar em si mesmo e em nada além disso

é o ponto crucial que faz o humano ceder

à tentação de negociar o que é inegociável.

Pensar além de si mesmo é o antídoto,

a força inesgotável que promove o milagre.

Você pode ser crente ou agnóstico,

isso é irrelevante,

mas todo aquele que defende os princípios fundamentais

sem os quais não haveria civilização

é um iniciado espiritualizado

e tem a força inesgotável da vida ao seu favor.

.

Muita gente nervosa demais, quase enlouquecendo, não é um dos panoramas mais agradáveis para vislumbrar. Ao mesmo tempo, isso corresponde à oportunidade de as coisas que nunca foram enfrentadas começarem a se solucionar.

.

O processo que se colocou em marcha é longo, sinuoso e árduo. Poderia ser simples se as pessoas envolvidas decidissem ser sinceras e honestas, principalmente consigo mesmas. Essa perspectiva está longe de acontecer.

.

O que de melhor se pode fazer agora é arregaçar as mangas e trabalhar. O que de pior se pode fazer agora é se aprofundar nos questionamentos e dilemas que só paralisariam a necessária atividade atual.

.

Há situações em que estar com a razão do seu lado não seria suficiente para você dominá-las. Nesse momento, o melhor a fazer é medir com sabedoria o alcance de seu poder e, se for pouco, melhor adiar a decisão.

.

Mais vale enfrentar o que é temível o mais rapidamente possível do que protelar a situação por essa evocar um medo que parece insuportável. O medo não é insuportável, insuportável é protelar o inevitável.

.

Envolver-se na batalha se tornou inevitável. Por isso a necessidade urgente de você refletir para ver se assumiu a defesa do lado bom da história, ou se por acaso não tropeça, como é comum, no velho egoísmo.

.

O problema de dar explicações é que se pode iniciar um processo de discussão estéril. Enquanto isso, se você explicar sua posição através do exemplo, todas as pessoas compreenderão e não haverá contestação.

.

Uma dose de ambiguidade é inevitável, o panorama da vida é misterioso e complexo. Porém, viver defendendo a ambiguidade é, em si mesmo, uma postura firme, ainda que às avessas. Experimente outra coisa, algo novo.

.

Perceber os efeitos colaterais e empurrá-los para baixo do tapete, já que a realização de suas pretensões seria mais importante, não é uma atitude que venha a resultar em verdadeira vitória. O futuro nunca perdoa.

.

Quando não der tempo para refletir sobre os acontecimentos, dado as circunstâncias evocarem medidas emergenciais, você não deve criar ansiedade por isso, pois sempre terá a intuição ao seu favor para ajudar.

.

Os ânimos andam quentes e não é propício pregar a mansidão, inclusive porque elevar esse discurso seria se expor para levar pedrada e paulada de tudo quanto é lado. Se não quiser participar, silencie.

.

As guerras justas se vencem através da sustentação de ideais e não se resolvem em poucas batalhas, se prolongam através de gerações e em tempos tão longos que não é difícil perder o fio da meada de como tudo começou.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

.

Anúncios

~ por arauto do futuro em outubro 2, 2011 domingo.

Uma resposta to “A REPARAÇÃO.”

  1. Antes de pensar numa insanidade destas será que ainda não entendeu este Bem que DEUS nos deu, compartilhado as dores e emoções sem precisar de fazer acordos, O SENHOR é o maior, pense BEM.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s