O DIVINO.

O DIVINO.

O sagrado,

o Divino está ao alcance da compreensão humana,

se encontra transparente nas manifestações da natureza

e surge espontâneo de dentro do próprio coração,

além de, evidentemente,

se encontrar explicado nos escritos sagrados de todas as religiões,

cada uma com suas idiossincrasias e métodos de aproximação.

Porém, do mundo Divino não se pode entender

uma letra sequer até o humano se tornar capaz

de experimentar o Divino

e identificá-lo em ação através de si mesmo.

O erro fundamental das religiões e do materialismo também

é ter distanciado o Divino,

um artifício eficiente para manter

a humanidade sob domínio e controle.

Qualquer ser humano pode conversar diretamente com o Divino

sem precisar de intermediários,

pois Deus é a dimensão em que vivemos,

nos movimentamos e experimentamos ser.

.

Fazer com que as pessoas próximas se sintam bem com sua presença é uma maneira de expressar espiritualidade. Não parece, pois normalmente se associa espiritualidade ao misticismo, porém, faça e comprove os resultados.

.

Pense objetivamente, mas rejeite toda idéia que venha a servir exclusivamente ao seu próprio benefício. Neste momento será melhor pensar em beneficiar a maior quantidade possível de pessoas, este é o espírito dominante.

.

Diga as coisas mais lindas, mas se por acaso não sentir suficiente inspiração, chegou o momento de buscá-la através de leituras que sirvam a esse propósito. Há tanta literatura disponível! É só buscar!

.

As idéias não são de ninguém, circulam livremente pela mente, que tampouco é propriedade exclusiva de ninguém. Porém, aquele humano que arregaçar as mangas para concretizar a idéia, esse sim poderá reclamar autoria.

.

As novidades são tentadoras, porém, há tanta coisa ao seu redor que também precisa de atenção que seria confuso ir em busca das novidades e negligenciar o que já existe. Reconsidere seus passos e se organize melhor.

.

A intensidade que circula à solta e que sua alma antenada percebe com clareza deve servir para você aumentar o entusiasmo e se excitar com situações elevadas. Se tudo degringola para a irritação, algo estará errado.

.

Cuidar bem dos bens e objetos que você adquiriu no passado é infinitamente mais importante do que continuar adquirindo outros. A riqueza depende menos de acúmulo e novidade e mais da boa preservação do que já existe.

.

Muitas coisas podem ser feitas neste breve período, porém, tudo dependerá do grau de discrição que você for capaz de manter enquanto empreende a realização. Dependendo desse grau, nada ou tudo pode acontecer.

.

Aos poucos, mas firmemente, as pessoas ficarão mais receptivas aos seus anseios. Porém, você não deve imaginar que isso acontecerá espontaneamente, elas não têm obrigação de adivinhar seus desejos.

.

Os melhores relacionamentos nem sempre começam com sorrisos e simpatia, mas por meio de conflitos que expõem a força do caráter das pessoas envolvidas. Muito sorriso e tapinha nas costas acabam dando o que desconfiar.

.

Todas as aventuras devem ser experimentadas, a alma humana é livre e precisa compreender os limites e possibilidades através da prática e não da teoria. Porém, é necessário você se proteger sob o manto da discrição.

.

Tudo que você tem deve servir para desfrutar. Também deve ser notado que a melhor maneira de desfrutar sempre será através do ato de compartilhar. Está posta assim a fórmula de felicidade e bem-estar. Agora é só começar.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

Anúncios

~ por arauto do futuro em novembro 8, 2011 terça-feira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s