A LÁSTIMA.

A LÁSTIMA.

Apegados como somos a uma consciência fragmentada

que pressente o infinito em seu Ser,

mas não consegue sustentá-lo,

é inevitável que façamos uma leitura fragmentada da realidade

e por isso equivocada.

Porém, cheios de nós mesmos como somos,

em vez de assumir nosso engano

passamos a culpar o mundo

e nossos semelhantes porque nos enganam,

só que para fazer isso temos de inventar argumentos

e ideações que são verdadeiras barricadas mentais

que erguemos contra nós mesmos,

nos convencendo de que essas servem

para nos defender contra os que nos enganam.

Passamos a maior parte da existência

na sombra de nosso próprio engano s

ó porque não tomamos a iniciativa

de revelar a luz que carregamos

em nossos próprios corações.

Uma lástima!

.

Amadureça melhor as reclamações que interiormente você faz, pois ainda que sua revolta seja legítima não chegou o momento de manifestá-la. Fazê-lo prematuramente significaria desperdiçar bons cartuchos.

.

Dentre todos os dilemas que açoitam sua mente na atualidade, procure não dar a menor importância a essas idéias que sugerem ser melhor ficar na moita e se abster de qualquer ação. Isso seria impossível.

.

Há coisas que seria impossível realizar contando apenas com seus recursos e esforços particulares. Porém, essas mesmas coisas se realizariam com facilidade e alegria conjugando esforços com as pessoas próximas.

.

Os conflitos são incômodos e desgastantes, mas bem administrados podem conduzir a soluções criativas. Essa é a melhor hipótese para os conflitos, mas precisa da boa vontade de todos os envolvidos.

.

O entusiasmo dos novos inícios deve ser tratado com cuidado, para que não seja mais um fogo de palha que se transforme em decepção. Entusiasmo bom é aquele que pode ser preservado o tempo inteiro.

.

Os relacionamentos são complicados, parta dessa idéia que é fiel reflexo da realidade. Porém, a complexidade envolvida é inerente à perspectiva de, juntas, as pessoas fazerem o que seria impossível isoladamente.

.

Evite envolver-se em discussões e argumentações, pois mesmo que essas sejam motivadas pela boa vontade de esclarecer, acabarão produzindo o efeito contrário. Neste momento as dúvidas se resolvem na prática.

.

Enquanto você continuar dialogando com sua própria alma, as certezas se tornarão cada vez mais firmes, porém, rígidas. No momento de dialogar com outras pessoas, você verá que tais certezas não eram tão firmes assim.

.

Reunir um grupo grande de pessoas e convencê-las a empreender uma atividade em conjunto, eis uma questão de elevada complexidade. Porém, é isso que vem por aí e será melhor se munir de boa vontade.

.

Entre a dúvida de agir ou ficar na sua, prefira agir, pois será muito melhor se frustrar depois de ter tentado do que se frustrar por não ter feito o necessário e ficar imaginando o que poderia ter acontecido.

.

Por enquanto, se acostume com a idéia de haver muita mais intensidade e profundidade nos seus estados subjetivos de ânimo do que nos fatos produzidos cotidianamente. Essa incompatibilidade é molesta, mas vai passar.

.

Tudo é cabível, menos perder tempo. Por isso, se as pessoas que deveriam fazer isso ou aquilo negligenciarem os deveres, será melhor você assumir o comando e fazer por si o que elas deveriam ter concluído.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

Anúncios

~ por arauto do futuro em novembro 15, 2011 terça-feira.

Uma resposta to “A LÁSTIMA.”

  1. Ai, este aqui serve bem para o que andei passando…uma lástima! Deveria pregar na parede do quarto, para não esquecer.
    Não vou justificar enganos e fraquezas. Tem coisas que são somente isso, uma lástima, e reconhecê-lo é o melhor que podemos fazer para corrigir a rota equivocada.
    Erros só servem para isso, para serem reconhecidos como os tais que são, algo como uma pulga gritando contra um elefante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s