OS TUMULTOS.

OS TUMULTOS.

Os tumultos que desorganizam

o bom andamento dos assuntos de seu interesse

não são punições divinas

cujo objetivo seria anular seu merecido divertimento.

O raciocínio de nossa humanidade é,

no mais das vezes, simplista demais

em relação às questões espirituais,

imagina que Deus está sempre atento para punir os desvios.

Os desvios são todos nossos e são em si mesmos as punições,

não é necessário que Deus intervenha.

Além disso, os tumultos da atualidade não são punições,

mas a oportunidade de todos sustentarmos

o árduo processo de integração mundial,

uma condição que até pouco tempo atrás

não dava sequer para imaginar que seria possível.

Essa já avançou ao ponto de não ser possível recuar,

mas mesmo assim há poderes que querem isso mesmo,

o recuo, e junto com esse a destruição de tudo.

.

Tentar explicar seus motivos só vai resultar em conflito contraproducente. Neste momento seria melhor você fazer o que tem vontade sem comunicar nada a ninguém; só através da ação sua alma será compreendida.

.

Tendo um objetivo em mente e conhecendo os instrumentos necessários para conquistá-lo, só resta arregaçar as mangas e fazer o necessário. Porém, se não houver boa vontade, tenha certeza que nada acontecerá.

.

Você só tem idéias, mas não pense que isso seja pouco. Essa é a riqueza potencial, aquilo que você deverá trabalhar para arrancar da virtualidade e converter em realidade consumada. As idéias são fonte de riqueza.

.

O estresse é irrelevante, pois só interessa que você lute a favor de seus ideais e abrace a causa desses com todo fervor. Certamente haverá estresse envolvido nesse caminho, mas o que importa isso?

.

Aquilo que você não aprecia é exatamente o que precisa de mais atenção. Nem sempre dá para viver de acordo com a própria vontade, em muitos casos é imprescindível agir pela necessidade e não pela vontade.

.

Faça luzir a diplomacia, é a única forma de fazer com que as coisas andem. Haverá críticas profundas que poderiam ser feitas e pareceria oportuno fazê-las, mas isso dificultaria colocar tudo no caminho novamente.

.

Filtre todas suas vontades, passe-as pelo crivo da realidade e dos instrumentos disponíveis para você realizá-las. Dessa forma você vai se organizar melhor e como resultado perderá menos tempo também.

.

Você acostumou as pessoas a entender você através das razões e agora vai ser mais difícil compartilhar com elas seus sentimentos. Porém, é necessário empreender a tentativa, porque os sentimentos estão em alta.

.

Além de ser necessário inovar na forma de fazer as mesmas tarefas de sempre, a maior e mais importante inovação de todas e consiste em você unir esforços com as pessoas que até aqui eram objeto de discórdia.

.

As incertezas são profundas, mas afortunadamente não há tempo disponível para debruçar-se sobre essas e utilizá-las para não tomar nenhuma atitude. O tempo urge e você deve agir ainda que não tenha certeza.

.

As discórdias podem ser úteis, servirão para que sua mente fique lúcida. Se todo mundo estivesse em concordância com suas intenções, talvez alguns erros de estratégia nunca seriam descobertos nem solucionados.

.

Muitas reviravoltas aconteceram e tantas outras foram provocadas por você, porém, é necessário aquietar-se e privilegiar a ordem, principalmente porque só através dessa será possível beneficiar a todos os envolvidos.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

Anúncios

~ por arauto do futuro em novembro 26, 2011 sábado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s