A DINÂMICA DAS AGRESSÕES.

A DINÂMICA DAS AGRESSÕES.

Por trás de toda pessoa agressiva há uma criança assustada.

Agredir, violentar, insultar, intimidar,

todas são práticas cotidianas de nossa humanidade

que ignora o real princípio de vida que a anima.

Essas práticas são ainda mais acentuadas

quando nossa humanidade se pensa anônima,

como quando dirige seus carros

ou publica opiniões

em blogs e meios de comunicação na Internet.

Os humanos selvagens agressivos,

que não passam de crianças assustadas,

sempre partem do princípio de que seus semelhantes

estão errados e são motivados por péssimas intenções,

pois só assim seria possível legitimar a violência

que eles e elas perpetram.

Porém, como são crianças são os primeiros

a choramingar quando alguma agressão lhes é dirigida.

.

O ânimo briguento que circula por aí pode eventualmente bater na sua porta e aí você terá de decidir se vale ou não a pena se envolver nessa onda. Brigar por uma boa causa é legítimo, mas isso é raro acontecer.

.

A imprudência nunca é motivada por idéias tolas, as pessoas cometem atos imprudentes convencidas de ter a razão de seu lado. Por isso, sempre será sábio questionar suas certezas antes de virarem imprudências.

.

As pessoas andam muito nervosas e nem sequer reconhecem o estado de ânimo que tomou conta delas. Trate isso com cuidado, pois qualquer deslize pode converter sua alma na culpada principal pelo nervosismo delas.

.

As razões que motivariam você a tomar atitudes agressivas devem ser questionadas, pois é real a possibilidade de que sejam tolas e desproporcionais. Use sua inteligência, honre sua humanidade, não reaja.

.

As atitudes que muitas pessoas andam tomando parecem ameaçar seus princípios, mas será melhor não reagir ainda. Será melhor você protelar a atitude que normalmente tomaria até ter certeza do acontecimento.

.

A essa altura do ano já deveriam soprar ventos leves e alegres, com todas as pessoas se imbuindo do espírito natalino e confraternizando. Porém, as coisas andam estranhas ao ponto de não parecer fim de ano.

.

As ameaças são explícitas e requerem resposta. Porém, resposta não é reação, a resposta é uma maneira ordenada de agir que resulta de profunda reflexão. Por isso, evite a precipitação e modere o ânimo.

.

Desconfie das pessoas que se acham na crista da onda e que arvoram certezas inamovíveis. Essas pessoas, na melhor das hipóteses, estão enganadas, porém, na pior das hipóteses, são motivadas por péssimas intenções.

.

As certezas se tornaram tão fugazes e transitórias que atualmente se parecem todas com dúvidas. Normalmente as certezas são transitórias, mas duram o suficiente para parecerem estáveis. Isso não é assim atualmente.

.

Saiba que é inútil tentar fazer dar certo em pouco tempo o que levaria anos para amadurecer. Considere que o tempo é seu aliado e não seu inimigo, isso evitará que você se contamine com a onda vigente de precipitações.

.

Tudo que considerar mais importante neste momento de sua vida deve ser desempenhado e processado na mais absoluta discrição. Isso evitará atrair atenção indesejada e ouvir opiniões que em nada ajudariam você.

.

Saiba que será melhor não enfrentar a mesquinharia, pois essa onda se alimentaria do confronto e você veria suas razões enfraquecidas. Melhor deixar passar ainda que isso pareça a coisa mais difícil do mundo.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

Anúncios

~ por arauto do futuro em dezembro 2, 2011 sexta-feira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s