BEM-ESTAR E CONFORTO.

BEM-ESTAR E CONFORTO.

Bem-estar não é o mesmo que conforto.

O bem-estar promove dinamismo

e evoca contínua boa vontade

para continuar agindo de acordo

com o que a necessidade determinar,

sem queixas nem lamúrias.

O conforto, por sua vez, é enganoso,

pois se revestindo do argumento de ser necessário ao bem-estar

acaba promovendo a indolência.

Na prática, o conforto torna as pessoas embotadas e indolentes,

faz com que elas tenham mais dificuldade para agir.

Se você pensa que esta seja uma apologia do desconforto

como meio de libertação, você errou.

Quero apenas advertir que a busca de bem-estar é legítima,

mas que ela acaba se confundindo tanto com o conforto

que é imprescindível discernir o quanto as duas condições

diferem e conduzem a caminhos irreconciliáveis.

O bem-estar é necessário, o conforto é dispensável.

.

Aja com naturalidade e entusiasmo, como se a Vida fosse um imenso campo de brincadeiras no qual você só obterá recompensas. Pense positivo e aja de forma positiva também, isso fechará o ciclo de realizações.

.

Pense menos em si e mais nas pessoas próximas. Trabalhe mentalmente com a certeza de que um exercício desses nunca será em vão nem tampouco fará você perder tempo ou recursos. Pelo contrário, só ajudará.

.

Bons ventos podem soprar provindos de adversidades. Por isso, não se precipite em fazer cara feia quando acontecerem situações que não lhe agradam, pense que o destino sempre quer seu melhor e não o contrário.

.

Quanto menos você dependa de circunstâncias para que seus planos prosperem, melhor será. Na prática isso significa que sua vontade deve prevalecer, sem que isso, porém, se transforme num ciclo de imposições.

.

A persistência é importante e necessária, porém, é necessário também ter um mínimo de flexibilidade porque as condições e circunstâncias podem mudar a qualquer momento e será importante você se adaptar.

.

Uns relacionamentos se desintegram enquanto outros se renovam ou surgem novos por aí. Assim são as coisas, as pessoas vão mudando, você inclusive, e os relacionamentos acompanham inevitavelmente esse processo.

.

O entusiasmo sempre será muito bom, mas em algum momento você precisará dominá-lo, pois de outra forma e pelo impulso inerente a esse, você acabará se comprometendo com mais assunto do que seria capaz de administrar.

.

Você não precisa experimentar tudo concretamente para saber se serve ou não ao seu caminho. É para isso que a mente funciona, para conseguir antecipar-se à experiência concreta sem ter de participar em todas.

.

Transmita sua alegria com a mesma intensidade com que em outro momento, e em outro estado de ânimo, você teria transmitido seu enfado. As pessoas precisam reconhecer que sua intensidade abrange todos os ânimos.

.

Vale a pena agir com generosidade mesmo que não haja agradecimento por isso. Aliás, o princípio da generosidade não depende do agradecimento, porque o ato é gracioso em si mesmo. Nunca contenha a generosidade.

.

Os bons momentos podem acontecer espontaneamente, mas no caso da atualidade será melhor você não depender da sorte, porém, fazer a própria. É propício você se divertir sem esperar que as circunstâncias façam tudo por você.

.

A ajuda esperada pode não ter acontecido, mas o misterioso destino continua em marcha e essa chegará através de outros canais e pessoas. Por isso, não deve haver motivo de queixa. Siga em frente sem preocupações.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

Anúncios

~ por arauto do futuro em janeiro 21, 2012 sábado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s