DOMINGO.

É domingo na agenda cultural,

mas cosmicamente é o tempo que é,

no qual você cumpre seus deveres de pai, mãe, filho,

cidadão e principalmente o de ser humano, entidade

criativa que tem sob sua responsabilidade a construção

de uma ponte eficiente que una a margem dos sonhos

com a da realização concreta. Essas funções hão de ser

desempenhadas o tempo inteiro, sem descanso,

sem sequer ser limitadas pela hora de dormir,

pois a consciência continua trabalhando

no sono, enquanto sonha.

Que seja domingo agora é apenas um detalhe que,

talvez, torne um pouco mais difícil do que o habitual

resistir à indolência, aquela inimiga mortal que faz sua

alma sempre expressar menos do que poderia e,

no fim da existência, você acaba percebendo

que acabou sendo infinitamente menos

do que poderia ter sido.

.

Contrarie as contrariedades, faça tudo diferente do normal. Hoje, por exemplo, que é domingo e certos hábitos seriam postos em marcha, decida, simplesmente decida contrariá-los e faça algo diferente.

.

Tudo parece conspirar para que você perca o foco e se disperse; o barulho, as conversas aparentemente interessantes, a Internet e as notícias e comentários, tudo, enfim. Porém, é importante você manter o foco.

.

Para que gastar vitalidade buscando lógica em tudo? A lógica é apenas uma pequena parte do infinito Universo, mas de grandes pretensões. O que você vive não pode ser explicado, pelo menos por enquanto.

.

O pouco disponível pode ser bem satisfatório. Porém, se você o desprezar mentalmente a satisfação disponível desaparecerá e você ficará apenas com o estresse de correr atrás de uma grandeza elusiva e fantasiosa.

.
A mãe do destino é a necessidade. Por isso, sempre medite sobre seus desejos com sinceridade, buscando saber se as pretensões respondem a reais necessidades. Se assim for, o resultado sempre será benéfico.

.

Seria ideal manter o juízo constantemente, nunca perdê-lo, mas isso é impossível. A alma deseja ardentemente aproveitar uma brecha do destino para se entregar à Vida sem questionamentos nem impor condição alguma.

.

O brilho da inteligência não há de servir apenas a assuntos considerados importantes enquanto as tarefas domésticas, por exemplo, são deixadas ao léu. Coloque sua inteligência a serviço dessas tarefas também.

.

O que for realmente valioso e importante não deve ser exposto ao ridículo, comentando-o com pessoas que opinarão de forma leviana. Valerá mais silenciar e continuar meditando no íntimo da alma a respeito disso.

.

Este é um momento propício para você renunciar a sua vontade particular e dar preferência ao que as pessoas mais importantes de sua vida desejarem. Facilite o caminho, ajude-as a realizar desejos.

.

Ainda que a situação exija urgência, contenha o impulso e repense tudo antes de tomar atitudes concretas. A urgência nunca será boa aliada numa hora dessas, sempre é provocada pela ansiedade do mundo e das pessoas.

.

Tudo é potencial, por enquanto, encare as coisas assim para não se enganar com o ilusório brilho de algumas oportunidades. O tempo será aliado importante, porque a ilusão não lhe resiste, acaba se esvaindo por si só.

.

Antes de seguir em frente considere com mais racionalidade suas decisões. Tomar atitudes no calor do entusiasmo pode parecer bom, mas nem sempre as coisas são assim. Às vezes é necessário temperar com racionalidade.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

.

Anúncios

~ por arauto do futuro em janeiro 29, 2012 domingo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s