O MÉTODO HISTÉRICO

O MÉTODO HISTÉRICO.

Definitivamente, o crescimento é um

processo positivo, o resultado do empenho

para se atingir propósitos justos e

meritórios. Enquanto isso há também o

método histérico de crescimento,

que consiste em menosprezar

sistematicamente aqueles que crescem ou

já cresceram para assim parecer que pela

diminuição alheia aconteça o crescimento.

Desafortunadamente, nossa humanidade

pensa que a histeria seja ainda aqueles

surtos frenéticos em que as pessoas

arrancam os cabelos e gritam.

Não, a histeria se modernizou e se tornou

até elegante, se mune de sofisticados

argumentos e mantém uma pose, mas seu

método é o mais burro de todos, já que

intencionalmente decide que em vez de

crescer haverá de menosprezar o resto do

mundo e, assim, parecerá crescer ao

explorar as fraquezas dos grandes e

brilhantes.

.

Há muito desgaste envolvido, o que indica não ser propício tomar decisões que envolvam prazos muito longos por enquanto. Acontece que o desgaste não é bom conselheiro. Melhor descansar bastante antes de decidir.

.

Quando sobrevém o impulso de gastar, nenhum argumento poderá lhe resistir. No fim, esse impulso vencerá, porque se alimenta de si mesmo e existe ensimesmado. Depois virá a conta e a razão será chamada a intervir.

.

Fazer concessões é sinal de racionalidade, de brilho inteligente. É propício fazer concessões, pois ainda que você tenha de lidar com a brutalidade teimosa de algumas pessoas, lutando contra você não a vencerá.

.

Quando a alma se sente enlameada e sobrepujada por circunstâncias que despreza e ocasionalmente se vê perante a beleza alheia, nesse momento tem de lidar com sentimentos terríveis que surgem do coração.

.

As pessoas discutem muito por aí, mas raramente as discussões consistem em difíceis trocas de idéias para se chegar a um resultado. A maioria das discussões consiste em monólogos acalorados com testemunhas.

.

No calor da discussão é realmente difícil preservar a razão, essa é a primeira que desaparece para dar lugar ao ímpeto do poder, o de impor a todas as pessoas os argumentos que nesse momento parecem ser os maiores.

.

Na prática, não deve haver queixas, o movimento do progresso está em marcha e sua alma participa ativamente desses. Porém, é de suma importância que esse movimento não sirva para atropelar ninguém.

.

As coisas andam bem, mas também andam mal. Tornou-se muito difícil conciliar a vida pessoal com a pública, pois parecem nunca concordar, se uma anda bem a outra anda mal e vice-versa. Conciliar tudo é o tema.

.

A leveza é necessária, mas se for praticada em meio a situações graves acabará parecendo insultante, e isso nunca deve acontecer, pois se assim for essa leveza seria apenas aparente e não verdadeira.

.

Pensar apenas em si e exclusivamente em proveito próprio; ninguém em seu são juízo aceitaria uma coisa dessas. Porém, na prática é isso mesmo que acontece a maior parte do tempo. Assim andam as coisas!

.

As circunstâncias que temporariamente não seja possível superar são as que requerem que você lhes preste serviço, independente de ao fazer isso ter de deixar de lado assuntos que você consideraria mais importantes.

.

Os melhores sentimentos são os mais necessários na atualidade, porém, são também os mais difíceis de expressar, já que as circunstâncias são tão cruas e brutais que não servem para evocá-los ou propiciá-los.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

 

.

Anúncios

~ por arauto do futuro em janeiro 30, 2012 segunda-feira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s