A BRUTALIDADE.

•janeiro 24, 2012 terça-feira • 1 Comentário

A BRUTALIDADE.

A brutalidade está à solta.

Poderia ser diferente

e nossa humanidade, depois de tantos anos

de se gabar de ter conquistado a racionalidade,

ter tornado a brutalidade algo eventual

e não a nota dominante da civilização.

Talvez seja necessário chegar ao ponto de se fartar tanto

e de se enojar tão profundamente da brutalidade que, aí sim,

se crie um ponto de inflexão e se mude a vibração.

Porém, ainda esse não é o caso,

a brutalidade toma formas abstratas

e aparentemente inofensivas,

como aproveitar o anonimato na Internet

para publicar comentários vis e degradantes.

O ciclo de brutalidade encontra alimento por todos os lados

e não se pode combatê-lo com violência, isso o fortaleceria.

O combate à brutalidade é íntimo,

cada um de nós deve se abster

voluntariamente

de participar dessa.

.

Há assuntos que não se pode evitar, é necessário enfrentá-los na mesma medida em que surgirem para que não cresçam e se tornem mais difíceis do que já seriam em si mesmos. Nada pior do que protelar o inevitável.

.

As exigências precisam ser ouvidas com atenção, mesmo que à primeira vista você reaja com enfado e nem queira ouvi-las. Há, por trás dessas exigências, algo importante que merece toda sua atenção e cuidado.

.

Às vezes acontece que a boa vontade empenhada em solucionar um caso qualquer acaba resultando no contrário, em complicar. Isso porque a atitude foi empreendida fora da hora certa, adiantando-se por pura ansiedade.

.

A boa vontade encontra muitos percalços e não seria estranho se as pessoas perdessem a paciência e ficassem tentadas a mandar tudo para o inferno. Este é um momento estranho que requer presença de espírito.

.

Insistir não é o mesmo que persistir. No caso da insistência haverá sempre uma teimosia burra envolvida, que se recusa a enxergar as limitações que deveriam ser respeitadas necessariamente. A persistência não é assim.

.

Alguns assuntos devem ser evitados mesmo, pois comentá-los significaria complicá-los também. Este é o momento de conter a língua e guardar os segredos para que as coisas não se compliquem. Perturbar é desnecessário.

.

Ainda que você tenha idéias magníficas de como fazer tudo melhor, no momento você ainda conta com os mesmos instrumentos de sempre e com a responsabilidade de atender as tarefas com esses. Prefira a praticidade.

.

Se as circunstâncias resistem a sua tentativa de dominá-las, reaja com bom humor, dê uma risada sonora para desbaratar isso que parece uma conspiração. Quanto melhor seja seu humor, mas rápido passará essa fase.

.

É uma raridade as pessoas concordarem em tudo, pois mesmo que o façam elas insistiriam em entoar suas opiniões como se fossem diferentes e melhores do que já foi acordado. O egoísmo, na prática, é uma viagem na maionese.

.

O impossível se torna possível através da força de vontade. Porém, essa tem de ser forte mesmo, pois todas as circunstâncias são adversas e impõem, ou parecem impor determinado rumo. A vontade, porém, está disponível.

.

Onde houver pessoas haverá também ciclos alternados de concordância e discordância, mas tanto um estado quanto o outro revelará haver sintonia. Pense, não haveria discordância se não houvesse interesse mutuo.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

RACIONALIDADE?

•janeiro 23, 2012 segunda-feira • Deixe um comentário

RACIONALIDADE?

A racionalidade de que tanto se gaba nossa humanidade

ainda é apenas uma potencialidade,

um estado virtual de coisas,

a possibilidade de um dia, num futuro desconhecido,

nossa espécie chegar a ser quem é capaz já mesmo de ser,

mas não é.

Na prática contemporânea nossa humanidade é passional,

uma criança birrenta que joga a sujeira no ventilador

toda vez que seus caprichos não são satisfeitos,

o que acontece na maior parte do tempo.

Alguns jogam a sujeira imediatamente,

outros a reservam para depois,

mas inexoravelmente a birra marca os dias e as noites

de nossa humanidade. Racionalidade?

Ainda é um exercício eventual,

poucos adultos verdadeiramente o são,

demonstrando seu crescimento

pela capacidade de superar frustrações

e de não se vingar do mundo inteiro por causa dessas.

.

Alguns argumentos são tão bons que legitimam qualquer disparate. Porém, na prática continuarão sendo disparates, dessa vez maquiados com argumentos geniais. Reconheça o momento de recuar e dar o braço a torcer.

.

Agarrar-se às conquistas feitas e defendê-las com todas suas forças significa, na prática, começar o inevitável processo de derrota. Mais importante do que defender o conquistado é continuar avançando.

.

Quanto mais força você fizer para combater seus inimigos, mais você alimentará as circunstâncias desfavoráveis que eles e elas provocam a você. Comece um novo ciclo de luta, dessa vez usando a arma da indiferença.

.

Voltar atrás e arrepender-se seria o melhor a fazer neste momento. Porém, o orgulho ferido sempre evocará respostas duras e selvagens, parecendo ser essa a única opção. Não é! Voltar atrás seria sinal de coragem.

.

Ainda que suas certezas sejam firmes como rochas, nem toda hora é propícia a fazê-las valer. Considere que há outras pessoas no mundo e que elas também têm suas certezas, muitas vezes contrárias às que você professa.

.

Qualquer assunto pode servir para iniciar uma discussão daquelas. Tudo é favorável a isso acontecer, mas não parece ser essa a melhor opção, a não ser que você queira perder tempo e recursos preciosos.

.

Continuar negociando o que evidentemente terá de ser sacrificado e deixado para trás seria uma perda de tempo. Quanto antes você se livrar do peso excessivo de projetos que nunca decolarão, melhor para todo mundo.

.

Para quem anda meio irritado, sobrarão motivos para alimentar esse estado, porque na prática deseja irritar-se, deseja ficar descontente, mas não conseguindo assumir seu desejo encontra culpados por todos os lados.

.

Melhor confiar mais no seu próprio raciocínio nas próximas semanas do que continuar pedindo conselhos. Use sua mente, se aprofunde no necessário conhecimento que desvende os enigmas que você precisa resolver.

.

Você pode usar o tempo que quiser para realizar seus desejos, e usá-lo já, agora mesmo. Porém, você também pode se responsabilizar por outros deveres e tomar a decisão de protelar a satisfação desses desejos.

.

Prefira transitar por trás dos bastidores do que se expor em demasia nos próximos tempos. Assim, com maior discrição você poderá ter mais segurança em tudo que fizer e, também, influenciar melhor o mundo.

.

Muitas coisas terão de ser refeitas, mas não veja isso como um atraso e sim como um processo de aprimoramento. A perfeição nas obras não é algo que possa acontecer logo na primeira tentativa, sempre é necessário repetir.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

A SOMBRA

•janeiro 22, 2012 domingo • Deixe um comentário

A SOMBRA

Todos somos guiados pela pretensão de levar uma vida normal;

pagar nossas contas, progredir, divertir-se e realizar desejos.

Porém, somos tentados o tempo inteiro

a levar uma vida selvagem também,

há um lado obscuro em todos nós que subverte essa ordem

e nos lança a dimensões perigosas da existência.

Dominar o lado selvagem é a própria substância da civilização,

ser dominados por esse lado

com maior frequência do suportável

é o início de toda decadência.

Se você tenta anular o obscuro que há em você,

certamente será vencido e acabará criando uma dimensão

em sua vida sobre a qual não terá nenhum controle.

Não faça isso, se quiser vencer o lado obscuro,

em primeiro lugar o aceite e lhe dê espaço,

pois vai acompanhar você como sua sombra,

nunca vai desgrudar.

A obscuridade é uma parte de nossa vida.

.

Além de preservar o pensamento positivo, dê também todos os passos necessários para que esse ambiente positivo tenha reflexos objetivos na prática. Pensar positivo sem agir nunca vai ser algo bom para ninguém.

.

O sucesso alheio só vai contribuir para seu sucesso em particular também. Por isso, quando surgir aquela ponta de inveja, considere que essa seja uma atitude autodestrutiva. Colabore com o sucesso alheio.

.

Aqui na Terra tudo seria sofrimento se a Vida tivesse vontade de nos castigar, o que é um equívoco. A Vida se manifesta graciosa e gloriosa, pronta a derramar suas graças através de quem a glorificar também.

.

Fazer com que sua vontade prevaleça não deve se transformar num grosseiro exercício de imposições. Considere que sua vontade não é a única que está em jogo, a vontade alheia também deve ser respeitada, há lugar para ela.

.

Evidentemente, sem persistência não seria possível conquistar resultados. Porém, é evidente também que a persistência precisa ser melhorada com flexibilidade, para saber reconhecer a mudança de condições.

.

O teor e dinâmica dos relacionamentos é o sinal mais claro do andamento do destino. Enquanto sua alma muda e progride, os relacionamentos vão mudando também, porque as outras almas progridem e mudam.

.

Cuide para não se comprometer com mais tarefas das que seja capaz de administrar. Tenha em mente que o entusiasmo não faz você pensar no futuro, apenas desfrutar de seu impulso inerente enquanto esse se manifesta.

.

Um dos privilégios da condição humana é o de não ter de se envolver em todas as experiências concretas para reconhecê-las. A mente é capaz de antecipar os resultados e, assim, poupar tempo e sofrimento.

.

Ainda que tenha assuntos importantes para tratar em particular, se o destino trouxer até você um pedido de colaboração, não hesite, atenda-o com entusiasmo e boa vontade. Isso vai melhorar tudo.

.

A generosidade está vinculada à prosperidade, pois quanto mais generosas forem as atitudes de uma pessoa, mais o Universo parece prover a ela. A abundância nunca dependerá de atitudes mesquinhas ou contidas.

.

Em certa medida, as circunstâncias devem ajudar você a se divertir. Porém, no caso da atualidade seria melhor você não ficar dentro dos limites que as circunstâncias proverem, mas se esforçar para ir além.

.

Siga em frente sem grandes preocupações, mesmo que a ajuda esperada não tenha acontecido ou que as circunstâncias não sejam as esperadas. O destino, sempre misterioso, resolve as coisas através de outros canais.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

BEM-ESTAR E CONFORTO.

•janeiro 21, 2012 sábado • Deixe um comentário

BEM-ESTAR E CONFORTO.

Bem-estar não é o mesmo que conforto.

O bem-estar promove dinamismo

e evoca contínua boa vontade

para continuar agindo de acordo

com o que a necessidade determinar,

sem queixas nem lamúrias.

O conforto, por sua vez, é enganoso,

pois se revestindo do argumento de ser necessário ao bem-estar

acaba promovendo a indolência.

Na prática, o conforto torna as pessoas embotadas e indolentes,

faz com que elas tenham mais dificuldade para agir.

Se você pensa que esta seja uma apologia do desconforto

como meio de libertação, você errou.

Quero apenas advertir que a busca de bem-estar é legítima,

mas que ela acaba se confundindo tanto com o conforto

que é imprescindível discernir o quanto as duas condições

diferem e conduzem a caminhos irreconciliáveis.

O bem-estar é necessário, o conforto é dispensável.

.

Aja com naturalidade e entusiasmo, como se a Vida fosse um imenso campo de brincadeiras no qual você só obterá recompensas. Pense positivo e aja de forma positiva também, isso fechará o ciclo de realizações.

.

Pense menos em si e mais nas pessoas próximas. Trabalhe mentalmente com a certeza de que um exercício desses nunca será em vão nem tampouco fará você perder tempo ou recursos. Pelo contrário, só ajudará.

.

Bons ventos podem soprar provindos de adversidades. Por isso, não se precipite em fazer cara feia quando acontecerem situações que não lhe agradam, pense que o destino sempre quer seu melhor e não o contrário.

.

Quanto menos você dependa de circunstâncias para que seus planos prosperem, melhor será. Na prática isso significa que sua vontade deve prevalecer, sem que isso, porém, se transforme num ciclo de imposições.

.

A persistência é importante e necessária, porém, é necessário também ter um mínimo de flexibilidade porque as condições e circunstâncias podem mudar a qualquer momento e será importante você se adaptar.

.

Uns relacionamentos se desintegram enquanto outros se renovam ou surgem novos por aí. Assim são as coisas, as pessoas vão mudando, você inclusive, e os relacionamentos acompanham inevitavelmente esse processo.

.

O entusiasmo sempre será muito bom, mas em algum momento você precisará dominá-lo, pois de outra forma e pelo impulso inerente a esse, você acabará se comprometendo com mais assunto do que seria capaz de administrar.

.

Você não precisa experimentar tudo concretamente para saber se serve ou não ao seu caminho. É para isso que a mente funciona, para conseguir antecipar-se à experiência concreta sem ter de participar em todas.

.

Transmita sua alegria com a mesma intensidade com que em outro momento, e em outro estado de ânimo, você teria transmitido seu enfado. As pessoas precisam reconhecer que sua intensidade abrange todos os ânimos.

.

Vale a pena agir com generosidade mesmo que não haja agradecimento por isso. Aliás, o princípio da generosidade não depende do agradecimento, porque o ato é gracioso em si mesmo. Nunca contenha a generosidade.

.

Os bons momentos podem acontecer espontaneamente, mas no caso da atualidade será melhor você não depender da sorte, porém, fazer a própria. É propício você se divertir sem esperar que as circunstâncias façam tudo por você.

.

A ajuda esperada pode não ter acontecido, mas o misterioso destino continua em marcha e essa chegará através de outros canais e pessoas. Por isso, não deve haver motivo de queixa. Siga em frente sem preocupações.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

TUDO É NECESSIDADE.

•janeiro 20, 2012 sexta-feira • Deixe um comentário

TUDO É NECESSIDADE.

Sol ingressa em Aquário.

Você pode não ter pensado nisso ainda,

mas um dia a idéia tomará sua mente.

O Universo é produto do acaso

ou há por trás da aparente desconexão de tudo

um Plano Mestre ou Inteligência Superior

que governa o Infinito?

A meu ver é irrelevante produzir polêmica,

mas quem a preferir que se esbalde nela.

Importante apenas é compreender que

pelo mero fato de essa ideação ocorrer

inevitavelmente a todo ser humano pensante

já é indicativo suficiente de ser necessário pensar nisso.

E a necessidade, prezado ser humano, é a mãe do destino.

Tudo é necessidade, tudo que acontece,

do nível atômico ao cósmico, responde a este impulso básico,

a necessidade.

Observe a Vida e comprove a afirmação, mas principalmente

defina suas necessidades,

isso vai facilitar bastante e evitará a dispersão.

.

Sempre haverá um momento em que será necessário pensar mais em si do que nas pessoas próximas. Apesar de isso parecer um exercício egoísta, se a necessidade o determinar então sua alma não se limitará pelos resultados.

.

Ouça com atenção as pessoas, tente compreendê-las em vez de julgá-las. Esse é um exercício de nobreza e de humanidade, mas apesar disso poucas pessoas se dedicam a esse com o afinco que merece. Agora é a sua vez.

.

Durante as próximas semanas tente agir com maior discrição do que a habitual, expressando o menos impulsivamente possível suas emoções e pensamentos. Dessa forma, com certeza, evitará muito estresse inútil.

.

Seus assuntos são importantes, mas a mesma importância todas as pessoas outorgam aos assuntos delas. O que resulta disso? Normalmente uma competição desenfreada, mas o caso só se resolveria através de colaboração.

.

Negocie tudo, nada deve ser aceito do jeito que for oferecido. Negocie tudo porque este é o momento em que você deve se empenhar em proteger seus interesses. Negocie para não pagar além do devido.

.

Quando chegar o momento em que sua alma considerar que não tem mais nada a perder, será também o momento em que a coragem necessária para avançar surgirá de dentro de você, capacitando a tomar as atitudes pertinentes.

.

O surgimento de inúmeras possibilidades é fator de entusiasmo, mas inspira cuidado também, porque no fim sua alma pode se dispersar tanto que acabe acontecendo absolutamente nada, o que seria uma pena.

.

Saber mais responsabiliza sua alma por fazer mais também. Muito conhecimento e pouca prática não é uma forma inteligente de viver. Por isso, comece agora a colocar em prática tudo que já sabe antes de adquirir novo conhecimento.

.

Toda alma tem um lugar de poder aqui na Terra, um espaço físico onde se sente melhor e de onde pode comandar sua própria e criativa realidade. É necessário que você defina esse lugar e o arrume da melhor forma possível.

.

Certamente, você sentirá mais força, a qual poderá ser revertida em empenho para que seus projetos decolem ou se mantenham em bom andamento. Aproveite intensamente as próximas semanas e não tenha receio de agir.

.

A hora é propícia ao divertimento! Por isso, ainda que tenha muitas tarefas em andamento, considere ser necessário responsabilizar-se também pelo divertimento, para que a alma obtenha alegria, nutrição básica de todo o resto.

.

Quanto mais complexo ficar o panorama, mais sua alma deverá se empenhar em organizar tudo, hierarquizando as prioridades e estabelecendo metas que precisem ser cumpridas à risca. A complexidade é auspiciosa.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

OS PATRÕES DEVEM SERVIR.

•janeiro 19, 2012 quinta-feira • Deixe um comentário

OS PATRÕES DEVEM SERVIR.

Por enquanto, a mente o corpo da humanidade

são os patrões da consciência,

dão as ordens e a consciência obedece

fantasiando que é livre para escolher. Pois sim!

Se você não acorda na hora necessária,

se você come exageradamente

ou ingere alimentos reconhecidamente ruins,

se você não consegue suprir a necessidade prioritária

porque a preguiça não deixa,

se você não consegue sustentar um raciocínio determinado

por um bom tempo na tentativa de solucionar um problema,

pois logo a mente se dispersa,

por esses e tantos outros motivos

você precisa reconhecer que sua consciência não manda nada,

por enquanto.

Em algum momento você terá de aceitar a disciplina

em nome de fazer de seu corpo e de sua mente

as ferramentas que servirão para moldar o caminho,

aí sim mediante o livre arbítrio de sua consciência.

.

Culpas e glórias devem ser compartilhadas, porque nenhum caminho é isolado e todas as coisas acontecem através de relacionamentos. Porém, ninguém quer compartilhar culpas nem glórias, por razões opostas.

.

É desnecessário bagunçar tudo só para satisfazer algum pequeno desejo. Em primeiro lugar cumpra seus deveres e tarefas e verá que sobra tempo suficiente para satisfazer os pequenos prazeres. Comprove isso na prática.

.

A vontade de mitigar o sofrimento alheio é uma boa forma de você se orientar. Ainda que para isso você tenha de sacrificar alguns assuntos pessoais, perceberá que na prática nada se perderá e muito se ganhará.

.

Por trás da irritação se encontra disponível uma força de ação que serviria para ir além dessas condições que parecem estar aí só para irritar. Uma mudança assim de perspectiva só pode acontecer por boa vontade.

.

Poucos conselhos teriam aplicação universal e eterna, todos são necessários de acordo ao tempo e situação e, por isso, você deve revê-los mentalmente antes de usá-los para orientar seus passos ou atitudes.

.

As pessoas são sempre os ingredientes imprevisíveis de todos os planos, pois você nunca poderá saber antecipadamente se elas vão mudar de rumo no meio do caminho. É isso que faz da vida uma eterna aventura!

.

Empreenda todas as ações necessárias para garantir sua liberdade e pense nela a longo prazo, não apenas no plano imediato. Comprometer-se com fofocas e mentiras, ainda que pequenas, ameaça a liberdade.

.

Será impossível decolar sem antes ter organizado todos os afazeres e tarefas corriqueiras. Por isso, evite começar a viajar em projetos grandiosos antes disso, pois dessa forma você acabaria com a alma desorientada.

.

O necessário nunca será ruim. Eventualmente, agir de acordo com a necessidade poderá causar polêmica, já que as pessoas preferem se apoiar na preguiça ou ser simpáticas, ainda que para isso devam ser hipócritas.

.

O que você precisa talvez não seja o que você deseja. Nossa humanidade perde muito tempo em caprichos que poderiam ser anulados ou satisfeitos em outros momentos, quando não houvesse questões cruciais em andamento.

.

A vida é um imenso campo de experiências onde nossa humanidade pode e deve brincar alegre e leve. Se as coisas não são assim é porque fomos convencidos de que aqui deveria ser um lugar de sofrimento. Saia dessa!

.

Quem devia colaborar acaba atrapalhando, mas isso não acontece por ser má pessoa. Talvez as prioridades não ficaram claras o suficiente para evitar a dispersão, a verdadeira culpada pelas trapalhadas que ocorrem.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

REMÉDIO CONTRA A INDOLÊNCIA.

•janeiro 18, 2012 quarta-feira • 1 Comentário

REMÉDIO

CONTRA A INDOLÊNCIA.

Lua será Vazia das 16h32 até 17h30, horário de verão de Brasília.

A indolência é a inimiga de todo ser humano

minimamente interessado em conquistar progresso e bem-estar.

A indolência se alimenta de argumentos sofisticados

para legitimar-se, mas na prática é a mesma de sempre.

Ela nutre a disparatada idéia de que as coisas deviam acontecer

e, por isso, os humanos fazem o mínimo possível

e esperam o máximo.

Assim passa o tempo

e a fantasia da mente vai esmagando a alma,

ressentida porque a Vida não lhe dá o que deseja.

O remédio é lutar,

em primeiro lugar porque a indolência é uma inimiga mortal

e em segundo lugar porque lutar não é se armar até os dentes,

mas agir sempre respondendo à necessidade.

Resolver o que a necessidade determina

a cada instante existencial

é o remédio contra a indolência.

.

Cuide para não se esbaldar excessivamente nessa viagem ilusória da culpa, porque a tendência é que o peso fique tão grande que talvez perturbe sua vida por um longo tempo. É irrelevante argumentar com a culpa.

.

Você já percebeu que a preguiça sempre se vincula ao cumprimento dos deveres e nunca à satisfação de quereres? A compreensão dessa realidade deve dar argumento suficiente para você conseguir resolver seus dilemas.

.

Refaça os planos, aproveite as contrariedades. Em vez de lutar contra essas contrariedades, aceite-as e se renda a elas, aproveitando-as para refazer os planos. Você não precisa ver nelas um castigo divino.

.

Nada de desânimo! Nada de irritação! Essas condições precisam ser exorcizadas sumariamente, pois só servirão para que tudo seja ainda mais difícil. Melhor preservar o humor lá em cima e a boa vontade bem disposta.

.

Os amigos também podem produzir contrariedades e isso não vai significar que eles tenham traído você ou se transformado em pessoas más. A vida será sempre muito mais complexa do que qualquer um imaginar.

.

Há coisas que só poderiam acontecer por pura persistência, teimosia mesmo. Nada garante que sua alma seja bem sucedida, pois o processo da teimosia parece ser um prazer em si mesmo, independente do resultado.

.

A fofoca nunca será inofensiva, pois o próprio princípio de sua existência é viciado. A fofoca acontece porque as pessoas se dão o direito de falar com perícia da vida alheia quando nem sequer conhecem a si mesmas.

.

Nada de sofisticação por enquanto! Em primeiro lugar assuma a responsabilidade sobre as questões mais simples de sua vida, organizando-as ao ponto de não ter mais que atendê-las. Sofisticação? Só depois disso.

.

A necessidade deve se tornar prioridade, pois é ela que comanda a realidade. Por isso, se for necessário colocar ordem e para isso tomar atitudes firmes e severas, não tenha receio de assumir essa postura.

.

A ajuda nem sempre vem na forma de uma mão amiga que alivia o peso. Às vezes a ajuda vem na forma de uma contrariedade qualquer que, se bem aproveitada, deixa sua alma em estado de atenção, propensa a usar o discernimento.

.

Brincar e preservar a alegria diante de tudo, adversidades e favorecimentos, esse é o espírito fundamental que todo ser humano deveria ter! Esta é a oportunidade de você fazer sua parte, brincando com a vida e nela.

.

Enquanto não ficar absolutamente claro quais são as verdadeiras prioridades, tenha certeza de que as pessoas que deveriam colaborar com seus planos continuarão dispersas, o que na prática significa que vão atrapalhar.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.