POR TRÁS DAS PERTURBAÇÕES.

•dezembro 4, 2009 sexta-feira • Deixe um comentário

Momento de grande impacto na

consciência de nossa humanidade.

Preste atenção ao desenrolar

dos fatos mundiais que

influenciam a história.

Faça parte deste movimento de

acordo com suas possibilidades

e alcance,

evitando pensar que as coisas

seriam muito distantes

para afetar sua vida pessoal.

Hoje em dia nada é distante,

tudo é ao alcance do pensamento.

Lua CHEIA em Gêmeos, 2 de dezembro às 5h30, horário de verão de Brasília.
• Período de influência: De 27 de novembro a 5 de dezembro de 2009.

POR TRÁS DAS

PERTURBAÇÕES…

Uma onda de elevada qualidade espiritual

se aproxima velozmente e nossa humanidade

não está preparada devidamente para um evento

dessa magnitude, o que provoca distúrbios e perturbações

domésticas e institucionais.

Com a mente presa à percepções formais,

nossa humanidade só consegue enxergar as perturbações,

sem notar que essas são apenas sinais que confirmam

a emergência de algo inusitado, Vida mais abundante

circulando através de nossas consciências.

Todos os aparelhos foram feitos para suportar determinada

tensão elétrica, o que acontece se a tensão aumenta?

Os aparelhos pifam.

De avaria em avaria nossa humanidade irá reconhecendo

a Vida mais abundante que acena

por trás das aparentes perturbações e distúrbios.

.

Os bons conselhos que você pode oferecer às pessoas só serão os que forem calcados na própria experiência, consagrados por você tê-los posto em prática e facilitado tudo com os mesmos. O resto é puro blábláblá.

.

Normalmente, nossa humanidade não presta atenção às palavras que diz, mas sempre há alguém por perto que dá importância excessiva ao que for dito. Por isso, se não quiser cobranças, melhor dar valor às próprias palavras.

.

Para estar dentro dos moldes da normalidade, seria necessário limitar as atitudes para ajustá-las dentro das regras do pudor. Porém, se isso fosse constante sua alma nunca evoluiria nem nunca aconteceria nada novo.

.

Sua alma é a única responsável por tudo que acontece, pois nada surgiu por si só, você interveio diretamente na promoção dos acontecimentos atuais. Se quiser algo diferente, então faça um jogo diferente também.

.

Nesta parte do caminho talvez não seja possível contar com a ajuda necessária, até muito pelo contrário, pois provavelmente acontecerá de as pessoas que supostamente deveriam ajudar atrapalharem bastante.

.

Você não vai ficar sem aqueles momentos de intensidade passional que tanto busca, mas por alguns instantes seria bom mudar o foco da consciência e atender as tarefas cotidianas que precisam de organização.

.

Será emocionalmente compensador reunir as pessoas que foram se afastando ao longo do tempo. Reuni-las não será uma tarefa fácil, mas com certeza todas elas responderão positivamente, porque este é um destino necessário.

.

Nenhum desejo é impossível de realizar, mas nossa humanidade acha que o destino deve acontecer por si só, sem sua intervenção. Assim os desejos parecem impossíveis de realizar, porque nada acontece automaticamente.

.

Este é um momento de alívio, mediante o qual sua alma poderá aproveitar uma brecha mediante a qual colocar em marcha sentimentos que ficaram represadas por longo tempo. Este alívio significará muito.

.

É nas épocas de maior complexidade que a alma vê a oportunidade de evoluir com maior rapidez. Porém, nem sempre a alma está com esse ânimo todo para aceitar a dose de dificuldade que vem junto a momentos assim.

.

Nada obriga você a carregar assuntos complicados para o ano que vem, nada! Por isso, a oportunidade de abrir o jogo e conversar seriamente sobre esses assuntos se torna disponível a partir de agora. Só falta aproveitá-la.

.

O olhar da confiança permite que as pessoas se sintam livres e desimpedidas e, por isso, se vejam motivadas também a oferecer o melhor delas. Vale a pena investir na confiança, única capaz de promover bons relacionamentos.

.

Fonte: Quiroga

”A História Secreta da Rede Globo”

•dezembro 3, 2009 quinta-feira • Deixe um comentário

O Livro Proibido

Sinopse:


Trata-se de uma rara publicação, difícil de encontrar nas livrarias, mas  está disponível gratuitamente na internet. Apresentada pelo jornalista Daniel Heiz, como tese de mestrado Universidade de Brasília em 1983, ”A História  Secreta da Rede Globo” aborda o problema da introdução de tecnologias de comunicação no Brasil. O melhor do livro, porém, é a explicação de como a Globo, que foi construída com capital estrangeiro, chegou ao que é. Com um poder tal, que é capaz de fazer presidentes – desde que eles façam acordos que lhe convém. A Globo, se quiser, pode ainda manipular a Bolsa de Valores, interferir nas ações policiais e em CPIs e ainda fazer bandidos e mocinhos a quem lhe convier. E é óbvio que suas novelas e certos programas de auditório têm sempre o mesmo objetivo: alienar os jovens e destruir a estrutura familar. […]

Download aqui.

Fonte: aqui.

O AUTOR
Daniel Heiz
A história secreta da Rede Globo
“SIM EU SOU O PODER”
Roberto Marinho
Nascido a 29/12/54 em Porto Alegre. Jornalista, formado pela UNI. SINOS (RS) em 1977. Diretor do Jornal Informação, semanário da imprensa independente que circulou no RS de 1975 a 1976. Correspondente do jornal Movimento de 1975 até seu fechamento. Trabalhou de 1975 a 1978, nos jornal Diário de Notícias e Folha da Manhã.
Cursou mestrado na Universidade de Brasília (UnB) em 1979/80, concluído em 1983, com a apresentação da dissertação “A introdução de comunicação no Brasil: tentativas de implantação do serviço de cabodifusão, um estudo de caso”, aprovada por banca composta pelos professores Mário Ramos (coordenador) e Helene Barros e pelo jornalista Carlos Chagas. Foi professor e chefe do Departamento de Comunicação da Universidade Federal de Santa Catarina, de 1980 a 1984. Foi membro da comissão de Coordenação e um dos articuladores da Frente Nacional de Luta por Políticas Democráticas de Comunicação, criada em 1984 e que reuniu dezenas de entidades e personalidades. Atua como pesquisador e colaborador de revistas e publicações especializadas do Brasil e da América Latina.
Mais, aqui no Arauto:

“Not Evil Just Wrong”

•dezembro 3, 2009 quinta-feira • 4 Comentários

“Not Evil Just Wrong”

(não perverso, apenas errado)

Filme

O post a seguir é uma tradução livre do blog: agfdag.wordpress.com da sinopse do documentário . Para ver a original, clique aqui. O lançamento mundial foi no domingo, dia 18/10

O custo real da histeria sobre o aquecimento global

Alarmistas do aquecimento global querem que os norteamericanos em particular e o mundo em geral acreditem que nós, os humanos, estamos matando o planeta. Mas “Not Evil Just Wrong” (não perverso, apenas errado), o novo documentário de Phelim McAleer e Ann McElhinney, prova que as únicas ameaças de Al Gore e seus aliados do extremismo ambientalista para o mundo são a ciência falha e a retórica de que “o céu cairá sobre as nossas cabeças”.

O filme conduz o extremismo ao campo das realidades. “Desligue as luzes. Desligue a calefação quando chegar o frio. Desligue o ar-condicionado quando chegar o calor”, diz um homem na rua. “E então pense sobre isso”.

“Not Evil Just Wrong” avisa os norteamericanos de que os seus empregos, seus estilos de vida ‘modestos’ e os sonhos para seus filhos estão em jogo. Indústrias que dependem de combustíveis fósseis continuarão a ser prejudicadas se o governo deles impuser regulamentos que acabarão com empregos em uma economia em recessão. Pequenas cidades do interior, como Vevay, no Estado de Indiana, passarão a ser bastiões do desemprego e da pobreza. Chefes de família como Tim McElhany em Vevay perderão seus empregos – e terão de começar a pedir dinheiro emprestado outra vez para comprar pão para as suas famílias.

Os danos que serão causados não se justificam pela ciência. “Not Evil Just Wrong” expõe as decepções que os especialistas, os políticos, os educadores e os meios de comunicação têm impingido como alimentação forçada ao público durante anos. A poluição produzida pela atividade humana não está derretendo as calotas polares. O nível do mar não irá subir de 6 a 7 metros em um flash. E só estão morrendo por causa do homem os ursos polares que tentam comer homens.

McAleer e McElhinney desmascaram o que, por um tempo, foi a arma mais poderosa de desinformação do movimento ambientalista, o infame gráfico que atribuía uma impressionante elevação supostamente única de aquecimento no Século XX ao homem. Eles também quebram o mito de que os anos mais quentes nos Estados Unidos foram de 1998 a 2006. O ano mais quente foi 1934 e a década mais quente foi a década de 1930 – quando havia a metade das pessoas e não haviam SUVs ou jatos Jumbo.

Mas ambientalistas como o ator Ed Begley Jr. e Leo Murray, de “Plane Stupid”, que aparecem no filme, não vão dizer isso. Em vez disso, Begley derrama lágrimas falsas para ex-presidiários para os quais são oferecidos empregos “verdes”, e Murray desacredita o transporte aéreo como a pior indulgência do mundo moderno. Suas reivindicações histéricas têm enganado muitas pessoas a acreditar que o dióxido de carbono, um elemento que é essencial à vida, é um veneno.

Organizações como o Greenpeace, cujos excessos são severamente condenados em “Not Evil Just Wrong” por um de seus fundadores, Patrick Moore, persistentemente utilizam o mesmo tipo de propaganda com a qual os líderes mundiais solicitaram a proibição do DDT. Eles acreditaram em cenários apocalípticos como o da ambientalista Rachel Carson sobre o mata-mosquitos, e o resultado é que milhões de crianças no Terceiro Mundo podem ter sido infectadas pela malária e morrido.

As notas documentais mostram que a Organização Mundial de Saúde levantou a proibição sobre o DDT em 2006, mas Al Gore e seus aliados não aceitam o veredito mais do que eles vão aceitar a “ciência” e alguns descontos em suas teorias sobre o aquecimento global. Eles estão determinados a por a culpa por tudo nos seres humanos.

Fonte e tradução livre do blog: agfdag.wordpress.com da sinopse do documentário . Para ver a original, clique aqui. O lançamento mundial foi no domingo, dia 18/10

Já publicamos no Arauto:

  • O escândalo cientificista
  • ‘Aquecimento Global é terrorismo climático”
  • HOAX – Aquecimento global!
  • ‘CRASH’ CLIMÁTICO – E AGORA?
  • Aquecimento ou Resfriamento Global ?
  • Escurecimento Global
  • A GRANDE FARSA DO AQUECIMENTO GLOBAL
  • Ciclo Solar e Chuvas Tropicais
  • O escândalo cientificista

    •dezembro 3, 2009 quinta-feira • 9 Comentários

    O escândalo que expõe as chagas desse modelo ‘cientifascista’ político que ronda a humanidade faz jus um tribunal mundial isento, que  julgue  crimes contra a humanidade. Da mesma maneira como (ainda no âmbito da manipulações climáticas) os chemtrails e o Haarp, os ataques de bioterrorismo (gripe falsa, vírus fabricados, vacinas mortais para o sistema imunológico) ou os ataques de falsa bandeira como o 11 se setembro, também merecem o banco dos réus, junto com cada um dos responsáveis por cada um destes crimes contra a humanidade e de todos que tenham participação nestes atos,  julgados por todos os malefícios passados e atuais impugnados a humanidade presente e às gerações futuras.

    A tal farsa do aquecimento muda o foco da questão principal ao imputar a humanidade uma culpa a qual não lhe compete, as emissões de CO2 , o suposto ‘vilão’ dessa presepada toda, tampouco é o maior inimigo do aquecimento, posto que o aquecimento não se dá por causa do aumento das emissões mas o contrário, as emissões aumentam por causa do calor , e, como será demonstrado nos links a seguir tanto as emissões como o calor estão a arrefecer. Voltar o foco para a solução ou minimização dos impactos que as reais alterações do clima já estão causando é mais importante e urgente do que, na tentativa de achar ‘culpados’ dentro da esfera terrestre, taxar impostos sobre emissão de CO2, que sairá do bolso de cada cidadão.

    Não precisamos pagar mais impostos e taxas, mas sim, o que já pagamos precisa ser melhor gerenciado, provendo os recursos para os quais se destinam. Não é preciso relembrar que 200 milhões dos 700 emprestados a banqueiros e afilhadas corporações  seria suficiente para debelar a fome do mundo para sempre.

    Recomendamos a leitura atenta dos links que postaremos a seguir, apenas com as chamadas para não tornar a postagem extensa e cansativa, porém insistimos, necessário se faz visitar todos os links, a menos que queiram continuar acreditando em ‘verdades convenientes e coniventes”…

    Começamos com o jornal português Expresso que fez uma reportagem digna de nota, ainda sem similar em outras mídias convencionais:

    O escândalo do ‘Climategate’ e a Conferência de Copenhaga

    O caso Climategate, onde se manipularam dados para provar o aquecimento global, é um dos maiores escândalos científicos da História, pelo modo como afecta a credibilidade pública da comunidade científica e sobretudo pelas suas implicações económicas e políticas.

    Link Veja aqui mais informações sobre o confronto entre os relatórios-base do IPCC e os SPM

    Clique para aceder ao índice do DOSSIÊ TUDO SOBRE AS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

    Do blog agfdag.wordpress.com de Mario de Carvalho Fontes Neto, engenheiro agrônomo, não conseguimos escolher apenas um artigo, recomendamos todos os recentes a seguir, merecem uma leitura atenta, um trecho inicial do primeiro link:

    Às vésperas da Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas em Copenhagen, que, diga-se de passagem, realizar-se-á debaixo de muita neve e frio, gostaria de fazer uma revisão sobre o tema: verdades e mitos sobre o aquecimento global.

    Muita gente fala com preconceitos sobre aquecimento global e, na verdade, não sabe sobre o que está falando. Dizer que ocorre um “aquecimento global” significa dizer que as temperaturas médias no planeta deveriam estar aumentando. Mas não é isso o que está ocorrendo… (continua: Aquecimento Global)

    Para quem domina outras línguas a página de links recomendados  neste blog também é uma fartura de informações contundentes e irrefutáveis:  http://agfdag.wordpress.com/links/

    Dentre os quais chamo atenção para o blog espanhol “CO2” de Anton Uriarte:  http://antonuriarte.blogspot.com/ do qual reproduzimos com tradução livre o post mais recente:

    Intensidad de carbono

    CO2
    Evolução da intensidade de carbono nos EUA

    Dentro de pouco mais de uma semana, se o frio e a neve não impedirem, se reunirão em Copenhague dez mil políticos, ecologistas, jornalistas e acompanhantes. Ainda que um pouco tocados pelo escândalo recente do “climategate”, o momento álgido do paripé se produzirá com a chegada de Obama. Nos dirá que se há chegado a um acordo histórico para salvar o planeta, a humanidade e ao universo (NT: vejam que tamanha presunção humana). Apresentarão como um grande triunfo da concórdia planetária que China e a Índia se tenham somado à cruzada, coisa que por culpa de Bush foi impossível fazer.

    Na realidade, ao que os governos chinês e indiano se comprometerão, tal e como já o tenham comunicado, é a reduzir a chamada “intensidade do carbono”, que é um índice que se obtém ao dividir as toneladas de CO2 emitidas entre o produto interno bruto.

    Qualquer país que se desenvolve economicamente tende a que esta taxa se reduza, pela simples razão de que com a mesma energia se produzem cada vez produtos mais caros. Para tais não faz falta nem Kyoto, nem Copenhague. Como amostra, coloco acima a evolução em porcentagem do índice da “intensidade de carbono” nos Estados Unidos desde 1980 até 2003.

    ps. segundo Google há mais de 13 milhões de páginas na web que citam o “climategate”.

    ref.:

    Também outro blog, O caipira http://ocaipira.wordpress.com/ inspira e provoca a pensarmos por nós mesmos, e ao fazê-lo podemos nos guiar por nossas próprias decisões. Com as versões disponíveis da realidade cada um escolhe a que lhe convém, ao custo da sua consciência.

    A ditadura do CO2 foi desmascarada!

    Emails foram revelados e denunciam a farsa do aquecimento global em suas entranhas. Será que irão “adiar” a reunião de Copenhague e colocar na cadeia aqueles que produziram esta farsa?

    É muita arrogância ignorar estudos que comprovam que o clima muda ao longo dos anos e que o sol tem um papel preponderante nestes fenômenos naturais; e acreditar que a atividade humana é capaz de comprometer algo que é anterior à própria existência humana na Terra.

    Mesmos cientes de que uma parcela considerável da população sabe da verdade, eles são persistentes e não desistem. Ainda desejam criar um governo global, desta vez em nome da “sustentabilidade”. Afinal, o clima, agora, não mais está “aquecendo”, está “descontrolado” devido às nossas ações “insustentáveis”. Isto foi o que eu ouvi de uma representante do BID que está em visita ao Brasil; e que inclusive esteve em meu estado concedendo empréstimos criminosos, assinados pelo governador Alcides Rodrigues (Sim, eu sei!).

    Ora, ora, vejam só: quem está a nos dar conselhos é do BID! Um organismo internacional especializado na destruição de economias em todo o mundo.

    Segundo os estelionatários ecológicos e assassinos econômicos, “salvar o planeta” requer o aumento da tributação e a introdução de taxas.

    Que palhaçada é esta?

    Saiam do meu país neo-liberais/socialistas! Vocês da ONU, do BID e do FMI não são bem vindos aqui!

    A mascara caiu! Entendam que o povo não cai mais na conversa da mídia controlada por vocês e dos governantes.

    PS: O socialismo e o neo-liberalismo desejam a mesma coisa, mas fazendo de maneiras diferentes. Em síntese, ambos facilitam o assalto aos nossos recursos naturais e a existência de oligopólios e com eles se conurbam por interesses pessoais, endividam o Estado, aumentam impostos, prejudicam as pequenas e médias empresas, inibem a geração de empregos e reduzem a renda do trabalhador. Eles destroem a economia local e regional, fazendo a festa dos bancos e das multi-nacionais, e rezam a cartilha da ONU. E assumem publicamente: O modelo econômico e de governar chineses são as meninas dos seus olhos.
    Blog O Caipira – Cavando as trincheiras da Liberdade.

    ****************************************************************

    A verdade é uma só,

    mas é como um diamante,

    tem inúmeras facetas.

    Cada ser humano enxerga a faceta

    que for capaz de compreender.

    O problema é as pessoas acharem

    que uma só faceta

    seria a verdade completa.

    Muita gente ainda tem medo de enfrentar e reconhecer as duras e cortantes facetas do diamante da verdade.

    O medo é alimento dos algozes e tiranos, por isso produzem e incitam tanto medo na humanidade através das ‘doces’ mentiras, divulgadas principalmente nas ‘programações’ de tv e cinemas, mantém presas fáceis.

    ‘Programações de tv e cinemas’,  o próprio termo fala por si.

    ‘Desprograme-se’.

    Continuamos aqui a divulgar o que não está na ‘programação’ nem local, nem global. Assim como aquele passarinho do conto que carregando água no bico entre o riacho e o incêndio da floresta sabe que não vai apagar o fogo, mas mesmo assim, faz sua parte, a que lhe está ao alcance doando o melhor de si.

    Já publicamos no Arauto:

  • ‘Aquecimento Global é terrorismo climático”
  • HOAX – Aquecimento global!
  • ‘CRASH’ CLIMÁTICO – E AGORA?
  • Aquecimento ou Resfriamento Global ?
  • Escurecimento Global
  • A GRANDE FARSA DO AQUECIMENTO GLOBAL
  • Ciclo Solar e Chuvas Tropicais
  • ‘Aquecimento Global é terrorismo climático”

    •dezembro 3, 2009 quinta-feira • 8 Comentários

    aquecimento global

    aquecimento global

    Essa semana fomos pesquisar mais sobre o assunto que está tomando todos os meios independentes de informação na internet, o Climategate, que andou provocando ‘apagão’ em artigos de algumas mídias não tão ‘independentes’ apesar de sustentarem em seu título tal denominação, o que nos causou surpresa e espanto foi o ocorrido com o primeiro artigo a seguir, que cede seu título a este post do Arauto.

    Alguns pesquisadores e cientistas brasileiros, a nosso entender, sensatos profetizavam sobre o alarmismo e a farsa (hoax) do aquecimento antropogênico há alguns anos, demonstrando suas posições sobre o porque e quais interesses se escondem por trás do terrorismo climático. Em homenagem a este pesquisador brasileiro iremos publicar aqui, sem censuras, as entrevistas encontradas na internet, pois como cita um comentário de uma das matérias a seguir, e na qual concordamos plenamente:

    Que bom que sempre tem alguém que pensa diferente, a ignorância que faz todos seguirem a maré anida vai matar a humanidade. ” Tomé de Pádua – 18/09/2009 15:36

    *                                                                    *                                                                                  *


    Aquecimento Global é terrorismo climático
    Fontes: Isto é Independente e Brasil acima de tudo
    Entrevista concedida a Rodrigo Rangel  em 07 de julho de 2007
    Pesquisador diz que tendência dos próximos anos é o esfriamento da Terra e que efeito estufa é tese manipulada pelos países ricos.
    Por Rodrigo Rangel (*)
    O professor Luiz Carlos Molion é daqueles cientistas que não temem nadar contra a corrente. Na Rio 92 (ou Eco 92), quando o planeta discutia o aumento do buraco na camada de ozônio, ele defendeu que não havia motivo para tamanha preocupação. Numa conferência, peitou o badalado mexicano Mario Molina, mais tarde Nobel de Química, um dos primeiros a fazer o alerta.
    Agora, a guerra acadêmica de Molion tem outro nome: aquecimento global. Pós-doutor em meteorologia formado na Inglaterra e nos Estados Unidos, membro do Instituto de Estudos Avançados de Berlim e representante da América Latina na Organização Meteorológica Mundial, esse paulista de 61 anos defende com veemência a tese de que a temperatura do planeta não está subindo e que a ação do homem, com a emissão crescente de gás carbônico (CO2) e outros poluentes, nada tem a ver com o propalado aquecimento global. Boa notícia? Nem tanto, diz. Molion sustenta que está em marcha um processo de resfriamento do planeta.
    “Estamos entrando numa nova era glacial, o que para o Brasil poderá ser pior”, pontifica. Para Molion, por trás da propagação catastrófica do aquecimento global há um movimento dos países ricos para frear o desenvolvimento dos emergentes. O professor ainda faz uma reclamação: (Nota do arauto: isso é um prenúncio a nosso entender, agora confirmado pelo vazamento dos emails no ‘climategate’) diz que cientistas contrários à tese estão escanteados pelas fontes de financiamento de pesquisa.
    ISTOÉ – Com base em que o sr. diz que não há aquecimento global?
    Molion – É difícil dizer que o aquecimento é global. O Hemisfério Sul é diferente do Hemisfério Norte, e a partir disso é complicado pegar uma temperatura e falar em temperatura média global. Os dados dos 44 Estados contíguos dos EUA, que têm uma rede de medição bem mantida, mostram que nas décadas de 30 e 40 as temperaturas foram mais elevadas que agora. A maior divergência está no fato de quererem imputar esse aquecimento às atividades humanas, particularmente à queima de combustíveis fósseis, como petróleo e carvão, e à agricultura, atrás da agropecuária, que libera metano. Quando a gente olha a série temporal de 150 anos usada pelos defensores da tese do aquecimento, vê claramente que houve um período, entre 1925 e 1946, em que a temperatura média global sofreu um aumento de cerca de 0,4 grau centígrado. Aí a pergunta é: esse aquecimento foi devido ao CO2?
    Como, se nessa época o homem liberava para a atmosfera menos de 10% do que libera hoje? Depois, no pós-guerra, quando a atividade industrial aumentou, e o consumo de petróleo também, houve uma queda nas temperaturas.
    ISTOÉ – Qual seria a origem das variações de temperatura?
    Molion – Há dez anos, descobriu-se que o Oceano Pacífico tem um modo muito singular na variação da sua temperatura. Me parece lógico que o Pacífico interfira no clima global. Primeiro, a atmosfera terrestre é aquecida por debaixo, ou seja, temos temperaturas mais altas aqui na superfície e à medida que você sobe a temperatura vai caindo – na altura em que voa um jato comercial, por exemplo, a temperatura externa chega a 45 ou 50 graus abaixo de zero. Ora, o Pacífico ocupa um terço da superfície terrestre. Juntando isso tudo, claro está que, se houver uma variação na temperatura da superfície do Pacífico, vai afetar o clima.
    ISTOÉ – O IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática, da ONU) está errado?
    Molion – O painel não leva em consideração todos os dados. Outra coisa que incomoda bastante, e que o Al Gore [exvicepresidente dos EUA e estrela do documentário Uma verdade inconveniente, sobre mudanças no clima] usa muito, é a concentração de CO2. O IPCC diz claramente que a concentração atingida em 2005, de 339 partes por milhão, ou ppm, foi a maior dos últimos 650 mil anos. Isso é uma coisa ridícula. Eles usam uma série iniciada em 1957 e não fazem menção a medições de concentração de gás carbônico anteriores. É como se nunca ninguém tivesse se preocupado com isso.
    O aumento de CO2 não é um fenômeno novo. Nos últimos 150 anos, já chegou a 550, 600 ppm.
    Como é que se jogam fora essas medidas? Só porque não interessam ao argumento? O leigo, quando vê a coisa da maneira que é apresentada, pensa que só começaram a medir nos últimos 50 anos. O Al Gore usou no filme a curva do CO2 lá embaixo há 650 mil anos e, agora, decolando. Ridículo, palhaço.
    ISTOÉ – Esses temores são cíclicos?
    Molion – Eu tenho fotos da capa da Time em 1945 que dizia: “O mundo está fervendo.” Depois, em 1947, as manchetes diziam que estávamos indo para uma nova era glacial. Agora, de novo se fala em aquecimento. Não é que os eventos sejam cíclicos, porque existem muitos fatores que interferem no clima global.  Sem exagero, eu digo que o clima da Terra é resultante de tudo o que ocorre no universo. Se a poeira de uma supernova que explodiu há 15 milhões de anos for densa e passar entre o Sol e a Terra, vai reduzir a entrada de radiação solar no sistema e mudar o clima. Esse ciclo de aquecimento muito provavelmente já terminou em 1998.
    Existem evidências, por medidas feitas via satélite e por cruzeiros de navio, de que o oceano Pacífico está se aquecendo fora dos trópicos – daí o derretimento das geleiras – e o Pacífico tropical está esfriando, o que significa que estamos entrando numa nova fase fria. Quando esfria é pior para nós.
    ISTOÉ – Por que é pior?
    Molion – Porque quando a atmosfera fica fria ela tem menor capacidade de reter umidade e aí chove menos. Eu gostaria que aquecesse realmente porque, durante o período quente, os totais pluviométricos foram maiores, enquanto de 1946 a 1976 a chuva no Brasil como um todo ficou reduzida.
    O aumento de CO2 não é novo. Nos últimos 150 anos, já atingiu 600 ppm. Mas o Al Gore usou a curva do CO2 de 650 mil anos atrás.
    ISTOÉ – No que isso pode interferir na vida do brasileiro?
    Molion – As conseqüências para o Brasil são drásticas. O Sul e o Sudeste devem sofrer uma redução de chuvas da ordem de 10% a 20%, dependendo da região. Mas vai ter invernos em que a freqüência de massas de ar polar vai ser maior, provocando uma freqüência maior de geadas. A Amazônia vai ter uma redução de chuvas e, principalmente, a Amazônia oriental e o sul da Amazônia vão ter uma freqüência maior de seca, como foi a de 2005. O Nordeste vai sofrer redução de chuva. O que mais me preocupa é que, do ponto de vista da agricultura, as regiões sul do Maranhão, leste e sudeste do Pará, Tocantins e Piauí são as que apresentam sinais mais fortes. Essas regiões preocupam porque são a fronteira de expansão da soja brasileira. A precipitação vai reduzir e certamente vai haver redução de produtividade.
    Infelizmente, para o Brasil é pior do que seria se houvesse o aquecimento.
    ISTOÉ – A quem interessaria o discurso do “aquecimento”?
    Molion – Quando eu digo que muito provavelmente estamos num processo de resfriamento, eu faço por meio de dados. O IPCC, o nome já diz, é constituído de pessoas que são designadas por seus governos. Os representantes do G-7 não vão aleatoriamente. Vão defender os interesses de seus governos. No momento em que começa uma pressão desse tipo, eu digo que já vi esse filme antes, na época do discurso da destruição da camada de ozônio pelos CFCs, os compostos de clorofluorcarbonos. Os CFCs tinham perdido o direito de patente e haviam se tornado domínio público. Aí inventaram a história de que esses compostos estavam destruindo a camada de ozônio. Começou exatamente com a mesma fórmula de agora. Em 1987, sob liderança da Margaret Thatcher, fizeram uma reunião em Montreal de onde saiu um protocolo que obrigava os países subdesenvolvidos a eliminar os CFCs. O Brasil assinou. Depois, ficamos sabendo que assinou porque foi uma das condições impostas pelo FMI para renovar a dívida externa brasileira. É claro que o interesse por trás disso certamente não é conservacionista.
    ISTOÉ – Mas reduzir a emissão de CFCs não foi uma medida importante?
    Molion – O Al Gore no filme dele diz “nós resolvemos um problema muito crucial que foi a destruição da camada de ozônio”.
    Como resolveram, se cientistas da época diziam que a camada de ozônio só se recuperaria depois de 2100?
    Na Eco 92, eu disse que se tratava de uma atitude neocolonialista. No colonialismo tradicional se colocam tropas para manter a ordem e o domínio. No neocolonialismo a dominação é pela tecnologia, pela economia e, agora, por um terrorismo climático como é esse aquecimento global. O fato é que agora a indústria, que está na Inglaterra, França, Alemanha, no Canadá, nos Estados Unidos, tem gases substitutos e cobra royalties de propriedade. E ninguém fala mais em problema na camada de ozônio, sendo que, na realidade, a previsão é de que agora em outubro o buraco será um dos maiores da história.
    ISTOÉ – O sr. também vê interesses econômicos por trás do diagnóstico do aquecimento global?
    Molion – É provável que existam interesses econômicos por detrás disso, uma vez que os países que dominam o IPCC são os mesmos países que já saíram beneficiados lá atrás.
    ISTOÉ – Não é teoria conspiratória concluir que há uma tentativa de frear o desenvolvimento dos países emergentes?
    Molion – O que eu sei é que não há bases sólidas para afirmar que o homem seja responsável por esse aquecimento que, na minha opinião, já acabou. Em 1798, Thomas Malthus, inglês, defendeu que a população dos países pobres, à medida que crescesse, iria querer um nível de desenvolvimento humano mais adequado e iria concorrer pelos recursos naturais existentes. É possível que a velha teoria malthusiana esteja sendo ressuscitada e sendo imposta através do aquecimento global, porque agora querem que nós reduzamos o nosso consumo de petróleo, enquanto a sociedade americana, sozinha, consome um terço do que é produzido no mundo.
    ISTOÉ – Para aceitar a tese do sr., é preciso admitir que há desonestidade dos cientistas que chancelam o diagnóstico do aquecimento global…
    Molion – Eu digo que cientistas são honestos, mas hoje tem muito mais dinheiro nas pesquisas sobre clima para quem é favorável ao aquecimento global. Dinheiro que vem dos governos, que arrecadam impostos das indústrias que têm interesse no assunto. Muitos cientistas se prostituem, se vendem para ter os seus projetos aprovados. Dançam a mesmamúsica que o IPCC toca.

    ISTOÉ – O sr. se considera prejudicado por defender a linha oposta?
    Molion – Na Eco 92, eu debati com o Mario Molina, que foi quem criou a hipótese de que os clorofluorcarbonos estariam destruindo o ozônio. Ele, em 1995, virou prêmio Nobel de Química. E o professor Molion ficou na geladeira. De 1992 a 1997 eu não fui mais convidado para nenhum evento internacional. Eu tinha US$ 50 mil que o Programa das Nações Unidas havia repassado para fazer uma pesquisa na Amazônia e esse dinheiro foi cancelado.
    Em 1987, sob Thatcher, países subdesenvolvidos foram obrigados a eliminar os CFCs. Foi uma das condições impostas pelo FMI.
    ISTOÉ – O cenário que o sr. traça inclui ou exclui o temor de cidades litorâneas serem tomadas pelo aumento do nível dos oceanos?
    Molion – Também nesse aspecto, o que o IPCC diz não é verdade. É possível que, com o novo ciclo de resfriamento, o gelo da Groenlândia possa aumentar e pode ser até que haja uma ligeira diminuição do nível do mar.
    ISTOÉ – Pela sua tese, seria o começo de uma nova era glacial?
    Molion – Como já faz 15 mil anos que a última Era Glacial terminou, e os períodos interglaciais normalmente são de 12 mil anos, é provável que nós já estejamos dentro de uma nova era glacial. Obviamente a temperatura não cai linearmente, mas a tendência de longo prazo certamente é decrescer, o que é mau para o homem. Eu gostaria muito que houvesse realmente um aquecimento global, mas na realidade os dados nos mostram que, infelizmente, estamos caminhando para um resfriamento. Mas não precisa perder o sono, porque vai demorar uns 100 mil anos para chegar à temperatura mínima. E quem sabe, até lá, a gente não encontre as soluções para a humanidade.

    PS:

    A ‘Fonte’ original, “Isto é ‘independente’ ” no melhor estilo Orwelliano retirou  do ‘ar’ o link com o artigo na noite de 02/12/2009 (última vez que acessamos o link original), atualmente só é possível acessar a página através do ‘cache do google’: (link) , “um instantâneo da página com a aparência que ela tinha em 28 nov. 2009 04:09:55 GMT de onde fizemos um ‘print’ que segue, da primeira página da entrevista.


    A pergunta é, porque ??? Qual o interesse em ocultar bombástica, profética e reveladora entrevista concedida em 2007?

    Salve São George Orwel!!!


    Em outra palestra proferida na UFSC em 2007 o Professor Molion também debatia contra a maré do alarmismo do aquecimento antropogênico:

    “Mudanças Cíclicas

    Contrariando as previsões anteriores, o professor Luiz Carlos Molion, da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), mostrou vários gráficos defendendo mudanças cíclicas no clima global, com períodos quentes e frios alternando desde a década de 1920.

    Confrontando os dados apresentados anteriormente e de outras instituições de pesquisa, Molion questiona: “Se nos últimos 500 anos a temperatura se manteve baixa, por que agora o aquecimento deve ser atribuído à atividade humana? Demonstrou que a partir de 1946 tivemos um acentuado aquecimento no planeta maior que temos hoje, período em que a emissão de gases era inexpressiva comparada à atual.

    Além das pesquisas climáticas, o professor mostrou à platéia três capas da revista Times, com a publicação norte-americana alertando sobre o tempo: “Em 1945 estávamos derretendo, em 1977 congelando e em 2006 novamente morrendo de calor”.

    O pesquisador ainda deteve-se a apresentar várias falhas nos modelos de previsão meteorológica, criticando a mídia pelo fato de seguir as mesmas tendências. Projetou que até 2020 o sol produzirá menos energia. Portanto, sustentou que o clima deve esfriar nos próximos anos. Para ele estamos vivendo um período de resfriamento desde 1998.

    O professor alagoano criticou o discurso do aquecimento global antropogênico: “Quem tem interesse nisso? Provavelmente o americano Al Gore que recebeu 200 mil dólares do Banco Itaú para fazer suas palestras no Brasil”, criticou.

    Molion acha temeroso dizer que o homem é responsável pelo aquecimento do clima, defendendo como um fenômeno normal o aquecimento que ocorreu na última década.

    A fonte e a íntegra das palestras está no Jornal da Ciência onde pode ser lida as informações já conhecidas proferidas por outros palestrantes da linha alarmista.

    A terceira e última reportagem que postaremos com o doutor em metereologia está neste link , para evitar possíveis ‘sumiços orwellianos’ reproduziremos na íntegra.

    Cientista diz que aquecimento é farsa para eleger Al Gore

    Estudioso afirma que próximos 20 anos serão de resfriamento do planeta.

    05/11/2007 16h34min

    O aquecimento global não passa de uma farsa montada por grandes grupos financeiros que dominam a economia mundial. E mais: não há indícios científicos que comprovem essa teoria. Ao invés de aquecimento, o planeta começou a entrar numa fase de resfriamento, que deve durar 20 anos. Essas polêmicas idéias são defendidas pelo doutor em Meteorologia pela Universidade de Wisconsin (EUA), o brasileiro Luiz Carlos Baldicero Molion, representante da América Latina junto à Organização Meteorológica Mundial.

    Molion não teme represálias por defender uma idéia que garante ser produto de profundos estudos e afirma que os alarmistas de plantão montaram uma fraude científica cujo objetivo principal seria eleger o ex-vice-presidente norte-americano Al Gore para a presidência dos Estados Unidos. Gore ganhou no mês passado o Prêmio Nobel da Paz por sua luta contra o aquecimento global.

    Para o brasileiro, o aquecimento global acabou em 1998. O termômetro da temperatura global é o oceano Pacífico, que ocupa 35% da superfície terrestre. Ele passa 30 anos aquecendo suas águas e outros 30, resfriando. De 1977 a 1998, o oceano esteve mais quente. Esse período coincide com o aumento da temperatura média do planeta. Mas, desde 1999, o Pacífico dá sinais de que está esfriando. Como o sol também vai produzir menos energia, a conclusão de Molin é uma só:

    – Nos próximos 20 anos acontecerá o período de resfriamento da Terra.

    A prova de que esse resfriamento já está chegando, conforme o pesquisador, foi que no sul do Brasil e da América do Sul, o inverno foi extremamente rigoroso entre os meses de julho e agosto passado.

    Em relação ao consumo de petróleo e à queima de combustíveis fósseis no ar, o Brasil é o 16º colocado, porque grande parte do nosso consumo de energia sai de hidrelétricas. Mas, se o país adicionar a isso a queima de florestas saltamos para o quarto lugar. Entretanto, segundo Molin, mesmo com a destruição de 20 mil quilômetros quadrados por ano de florestas na Amazônia, cerca de dois milhões de hectares, ainda assim a região lança na atmosfera 300 milhões de toneladas de gás carbônico, e não 600 milhões como afirmam entidades internacionais.

    Estou comparando o que homem lança na atmosfera com os ciclos da natureza. Se eu pegar os oceanos, os pólos e mais a vegetação do planeta, isto soma um total de 200 bilhões de toneladas de carbono por ano que saem desses reservatórios naturais. O homem coloca no ar seis bilhões de toneladas. Seriam 3% da contribuição humana nisso que muitos cientistas chamam de aquecimento global avalia.

    Aos interessados de plantão, outro link com artigos de Molion:

    http://www.cimm.com.br/portal/noticia/exibir_noticia/2298-cientista-diz-que-aquecimento-farsa

    Nos Blogs parceiros a pesquisa também foi aprofundada: (click nos títulos)

    Do blog Evoluíndo Sempre apresentamos o link sobre a:

    Tese do Resfriamento Global na Band

    Pela primeira vez, uma rede de televisão brasileira apresenta de maneira séria e sem rodeios, a visão de um cético do aquecimento global antropogênico. Não é pouca coisa. Será o começo de uma mudança na postura da grande mídia? Assista e comprove.
    Fonte:
    http://videos.band.com.br/s_10_jornalismo.htm

    Do blog A tribuna:
    Bomba!!! Documentos da ONU mostram planos para usar cientistas…

    Do site Prison Planet.com com tradução do blog Revelatti:

    Créditos de: A Nova Ordem Mundial

    Pra finalizar o extenso post de hoje, dois vídeos que estão no blog Revelatti:

    Vídeo: Al Gore sendo confrontado em Chicago por fraude da mudança climática

    O aquecimento global derreteu

    Aguardem, que estamos traduzindo um artigo que em breve publicaremos junto a outras atualizações sobre mais este grande golpe contra a humanidade.

    Já publicamos no Arauto:

  • HOAX – Aquecimento global!
  • ‘CRASH’ CLIMÁTICO – E AGORA?
  • Aquecimento ou Resfriamento Global ?
  • Escurecimento Global
  • A GRANDE FARSA DO AQUECIMENTO GLOBAL
  • Ciclo Solar e Chuvas Tropicais
  • TEMPO CÓSMICO VS. TEMPO CIVILIZADO.

    •dezembro 3, 2009 quinta-feira • Deixe um comentário

    *

    TEMPO CÓSMICO

    VS.

    TEMPO CIVILIZADO.

    Lua Cheia

    Lua Cheia será Vazia das 8h29 até 14h02, horário de verão de Brasília.

    Enquanto isso, aqui na Terra

    nossa humanidade civilizada enfia os pés pelas mãos,

    porque insiste em organizar seu tempo produtivo

    através de calendários desvinculados dos movimentos

    estelares que os originaram. Ao longo do tempo,

    nossa humanidade ergueu sua Torre de Babel nos calendários

    e hoje em dia raríssimas são as datas que ainda registram

    a sintonia necessária entre as atividades terrestres e celestes,

    a imensa maioria são datas e horários artificiais.

    Isso parece inofensivo, mas não é, porque fingir que a vida

    aqui na Terra é uma coisa enquanto o céu lá em cima seria

    outra é instituir uma vida exilada da própria Vida,

    uma loucura!

    Em tempos de Lua Vazia, por exemplo, nossa humanidade

    nunca deveria trabalhar, mas descansar.

    .

    Conselhos são dados levianamente por todas as pessoas, sem perceber as consequências nem muito menos responsabilizar-se pelas mesmas. Porém, conselhos só deveriam ser dados quando a experiência os confirmasse.

    .

    Palavras são promessas. Por isso, melhor silenciar do que falar levianamente, porque alguém tomará suas palavras por promessas e em algum momento do futuro fará as devidas cobranças. Se a intenção não é prometer, melhor silenciar.

    .

    Este é o sagrado momento em que as dificuldades que tanta pressão exercem sobre sua alma podem converter-se em soluções. Porém, para isso acontecer será necessário agir com ousadia e absoluta falta de pudor.

    .

    Será o que você quiser e nada além. Por isso, o mais importante agora é você reconhecer com absoluta sinceridade a verdadeira natureza de seus desejos, porque serão estes os que guiarão seus passos.

    .

    Coloque seus planos em marcha, mas faça movimentos discretos, que não chamem a atenção daquelas pessoas que estão de olho para atrapalhar. Nada de barulho, nada de propaganda, só pequenos movimentos eficientes.

    .

    Apesar de que sua alma busca algo mais do que a simples normalidade confortável, seria sábio de sua parte consagrar algumas horas do dia de hoje para organizar os afazeres domésticos e as tarefas cotidianas.

    .

    Você é a alma escolhida dessa vez para esforçar-se no sentido de congregar as pessoas que se afastaram por causa das circunstâncias adversas do passado. Essa tarefa não será fácil, mas será compensadora.

    .

    É tudo uma questão de oportunidade e de você ter ousadia de aproveitá-la. Os desejos você já conhece, porque são repetidos à exaustão na mente e coração. Agora só falta você se lançar à aventura de realizá-los.

    .

    Aqueles sentimentos que ficaram engasgados por tempo demais encontram uma brecha por onde manifestar-se. No início, a situação não será muito tranquila, leve em conta que represar sentimentos não é algo muito natural.

    .

    Você tem em mãos todos os ingredientes necessários para fazer com que a vida renda aqueles frutos deliciosos com que sua alma tanto sonhou. Porém, a receita não é fácil, os ingredientes não combinam facilmente entre si.

    .

    Ainda que as festas de fim de ano tornem obrigatória a etiqueta, tornou-se necessário abrir o jogo a respeito de assuntos difíceis e complexos. Melhor fazer isso logo para que a alma sinta o alívio merecido.

    .

    Dê total liberdade às pessoas com que você se relaciona e colherá os frutos mais deliciosos que já tiver imaginado algum dia. Temer a liberdade alheia e por isso restringi-la é o mal que assola os bons relacionamentos.

    .

    Fonte: Quiroga

    O ERRO SERÁ SUPERADO.

    •dezembro 2, 2009 quarta-feira • Deixe um comentário

    O ERRO SERÁ SUPERADO.

    Nosso planeta e nossa humanidade ainda se encontram

    num estágio que dificulta a livre circulação de Vida

    que é a própria estrutura do Universo.

    Este fato se comprova pelo vício comportamental

    a que nos dedicamos constantemente,

    tentando nos apropriar do que não é nosso.

    Através dessa atitude de apropriação indevida

    dificultamos e estagnamos a livre circulação de Vida.

    Este é um erro que praticamos ativamente e que nos coloca

    em situação de culpa perante o Universo de que somos feitos.

    Porém, todo erro atinge o momento de sua superação,

    que é o que vem acontecendo nos últimos dois mil anos,

    atingindo o clímax em nossa época atual.

    Inexoravelmente, nossa civilização está em processo

    de ruptura e reinvenção, o que é motivo de celebração.

    .

    Nenhum movimento complicado ou compra de algo valioso substituirá o regozijo de se pensar parte integrante de um infinito oceano de Vida. O melhor não se compra com dinheiro, se experimenta na intimidade.

    .

    Para que dar tantas explicações? Ou você pratica sua liberdade, ou você a perde em explicações. Afinal, se você tiver de dar explicações a respeito de sua independência é porque nem sua própria alma acredita nisso.

    .

    A espera é cheia de ansiedade, mas não se poderia fazer outra coisa a não ser isso, esperar. Enquanto isso, todo mundo vocifera pois pensa que a ansiedade é justa e sábia, sem perceber que na prática é tudo o contrário.

    .

    Nenhuma conquista nunca teria sido feita por você se a todo momento você tivesse optado pelo caminho mais seguro e confortável. Neste momento, novas chances de progredir aparecem. O que você fará desta vez?

    .

    A inquietação pode transformar-se em energia ativa, fácil de resolver-se com você se envolvendo em alguma tarefa concreta. Porém, a inquietação que conduzir à preocupação se transformará facilmente em angústia.

    .

    A urgência resulta da intensidade emocional que você experimenta na vida íntima. Porém, não se pode exigir que as pessoas acompanhem esse ritmo, melhor respeitá-las para não estragar relacionamentos bons.

    .

    A liberdade sempre foi importante, mas no momento atual tornou-se urgente praticá-la e, também, tomar atitudes que facilitem o usufruto da mesma pelas pessoas próximas. Todo mundo livre, isso sim seria uma beleza!

    .

    Será fácil envolver-se em discussões acaloradas, mas se você observar bem a situação, logo perceberá que tudo é infrutífero, que se faz muito barulho por nada. Melhor sair logo dessa e arrumar algo mais interessante para fazer.

    .

    A liberdade é essencial em todo relacionamento, mas poucas são as pessoas que têm ousadia suficiente para atrever-se a praticá-la. Em geral, liberdade é uma palavra que enche a boca, mas que não resolve a prática.

    .

    Enfrente com criatividade e ousadia a necessidade de tomar decisões a respeito das quais sua alma não tem certeza nenhuma. A incerteza não é negativa, mas a ansiedade e tensão em torno dela são bastante incômodas.

    .

    Amplie seus horizontes absorvendo mais conhecimento. Porém, tenha a delicadeza de aprofundar-se no conhecimento, porque saber um pouquinho de tudo não é conhecer, mas opinar apenas. O conhecimento amplia os horizontes.

    .

    A realidade adquiriu uma complexidade inesperada e, por isso, você não precisa agir de acordo aos moldes normais. Em situações complexas, vale a pena agir com a maior criatividade possível, sem pudores nem temores.

    .

    Fonte: Quiroga

    SÓ ORANDO E MEDITANDO.

    •dezembro 1, 2009 terça-feira • 1 Comentário

    SÓ ORANDO E MEDITANDO.


    Enquanto isso, aqui na Terra nossa humanidade,

    antena senciente, recebe impressões que não sabe traduzir,

    mas que lhe parecem conspirações ameaçadoras.

    É que aproxima-se velozmente uma onda espiritual

    de elevadíssima qualidade e nossa humanidade aqui na Terra

    não está devidamente preparada para o evento,

    acostumou-se com o calabouço existencial e esqueceu

    sua verdadeira origem e destino, acomodando-se numa

    sintonia aquém de sua real capacidade.

    A aproximação desta onda espiritual provoca distúrbios

    e perturbações domésticas, institucionais e de infra-estrutura,

    porque nenhuma de nossas grandezas terrestres

    está à altura dos requerimentos cósmicos da onda espiritual.

    Só orando e meditando se chega lá.

    .

    Pense bem, por acaso não é excitante viver entre o céu e a terra, fazendo parte de um infinito oceano de Vida que circula livremente? Aproximar-se deste conceito um pouco mais todos os dias é tudo que a alma precisa.

    .

    Lutar pela independência é uma forma de perdê-la, porque sua alma fica atrelada à batalha em vez de desfrutar o caminho desimpedido. Lutar pela independência é enganoso, melhor praticar logo a liberdade e nada mais.

    .

    O tempo é amigo, mas as pessoas o temem e por isso acham que tudo deve ser decidido com a maior rapidez possível. Para exercer a sabedoria de suportar a pressão será necessário esperar e, depois, esperar mais ainda.

    .

    Para que sua alma não se acomode na mesmice, pensando ter tudo sob controle, algumas situações inesperadas tendem a garantir tensão suficiente para você ter de agir com máxima criatividade. A bagunça vem por bem.

    .

    Envolver-se em discussões sobre boatos é uma verdadeira perda de tempo, inclusive porque dessa forma você acabaria fortalecendo as informações ainda que essas forem mentiras. Melhor calar e conceder.

    .

    O tempo está ao seu favor, mas com toda essa intensidade experimentada intimamente fica difícil convencer-se disso. Contudo, melhor será que você faça amizade com o tempo para não estragar o que ainda daria frutos.

    .

    Os tempos mudaram e, assim, a fórmula dos relacionamentos precisará ser ajustada para que todas as pessoas envolvidas tenham maior margem de manobra e tomem decisões importantes. Liberdade, hoje em dia, é fundamental.

    .

    Nenhum relacionamento pode andar para frente quando as pessoas envolvidas não se dão ao trabalho de fazê-lo funcionar bem. Relacionar-se dá trabalho, é um constante exercício de ajustes e reorientações.

    .

    As pessoas não são objetos e, por isso, não podem ser possuídas como se fossem carros ou móveis. Teoricamente, todo mundo sabe disso, mas na prática o exercício do ciúme faz com que todos se tratem como objetos.

    .

    Agora é quando a alma precisa tomar algumas decisões sem por isso ter certeza nenhuma dos resultados. Evidentemente, este é um fato gerador de tensão e ansiedade, mas que vale a pena enfrentar com criatividade.

    .

    Faça diferente, em vez de entrar naquela turma dos que fazem propaganda do que fariam, mas na prática nada fazem, tome a iniciativa de resolver com suas próprias mãos e conhecimento os assuntos que ficaram empacados.

    .

    Neste momento, você não precisa fazer força para as pessoas enxergarem seu verdadeiro Eu. Neste momento, será melhor assumir um personagem eficiente para você garantir os resultados à altura de suas pretensões.

    .

    Fonte: Quiroga


    DEZEMBRO – O que observar no céu

    •dezembro 1, 2009 terça-feira • Deixe um comentário

    DEZEMBRO

    O que observar no céu

    No início da noite, Júpiter será visível na direção oeste; põe-se no horizonte oeste as 22h. Marte será visível a partir das 23h na direção nordeste; de madrugada, poderá ser avistado na direção norte. Saturno nasce a 1h da madrugada na direção leste, permanecendo visível até o amanhecer. Os planetas Mercúrio e Vênus não poderão ser vistos facilmente.

    Lua: Cheia dia 02; Quarto-Minguante dia 08; Nova dia 16; Quarto-Crescente dia 24; Cheia dia 31 (Lua Azul).

    Especiais: Em 31/12, último dia do ano, ocorrerão 2 fenômenos astronômicos de nota: um eclipse parcial da Lua, visível somente do nordeste brasileiro, e a Lua Azul. Os observadores nordestinos poderão ver apenas o final do eclipse, que terá seu máximo as 16h13m, quando a Lua ainda não nasceu. Quanto a Lua Azul, é simplesmente a denominação que se refere a segunda Lua Cheia do mês (a Lua não aparece azul!).

    Fonte: aqui

    A SEGUNDA DE TRÊS.

    •novembro 30, 2009 segunda-feira • Deixe um comentário

    A SEGUNDA DE TRÊS.

     

    Esta é a segunda das 3 Luas Cheias

    que culminam com o satélite eclipsado no dia do réveillon.

    A primeira aconteceu no dia 2 de novembro

    e trouxe consigo sinais como um oficial de alta patente

    dos Estados Unidos abrir fogo contra seus colegas

    dentro do quartel e o apagão inexplicável aqui no Brasil.

    Por favor, não me confundam com um alarmista qualquer

    que levanta frases instigantes para infundir medo.

    Ao apontar os sinais afirmo que se aproxima

    uma onda de qualidade espiritual tão elevada

    durante estas 3 Luas Cheias

    que aqui na Terra nós temos grande dificuldade de digeri-la,

    o que provoca perturbações e distúrbios de todo tipo,

    dos domésticos até os institucionais e de infra-estrutura.

    Orar ou meditar é o único antídoto para isso.

    .

    Ser ou ter, eis a questão! Quando a alma é insegura demais, exercita desenfreadamente a necessidade de ter mais de tudo, mais de mais. Quando a insegurança cai, a experiência de ser entre o céu e a terra se torna excitante.

    .

    O grau de liberdade ou independência não se mede pelo desprezo, mas pelo afeto. Quando sua presença se tornar brilhante o suficiente para infundir respeito amoroso, então você terá certeza que se tornou independente.

    .

    As críticas e as pressões devem se converter em bons sinais para você, porque confirmam que sua presença exerce influência e que muitas pessoas dependem de seu exemplo para tomar decisões. No mais, o tempo continua passando.

    .

    A bagunça é a forma mais eficiente que o destino encontra para mobilizar as pessoas a darem o melhor de si. Quando tudo está muito tranquilo e controlado, as pessoas tendem a se acomodar na mesmice e ser menos do que são.

    .

    Melhor não cair na tentação de responder aos boatos sobre você, porque dessa maneira você os fortaleceria. Melhor deixar que as pessoas falem livremente sobre o que não sabem e sobre o que supõem, isso passará.

    .

    A intensidade experimentada intimamente tem dificuldade de se expressar através dos relacionamentos, o que cria um impasse. Sua alma deseja respostas à altura da intensidade experimentada, mas as pessoas olham para outro lado.

    .

    A tensão que invadiu os relacionamentos mais importantes não é mera coincidência, é o fiel retrato dos reajustes que se tornaram urgentes. Agora só falta colocar em prática tudo que sua alma já reconheceu.

    .

    Para brilhar socialmente sem que isso se volte contra você, será melhor munir-se de conhecimento real e transmiti-lo com palavras simples e verdadeiras. Só assim o brilho irradiará influência e protegerá você.

    .

    Para você conseguir o que deseja será necessário manobrar da forma mais criativa possível, pois através dos meios comuns tudo encontrará obstáculos. Melhor usar caminhos diferentes para chegar ao mesmo lugar de sempre.

    .

    Se todas as decisões pudessem ser feitas em cima de certezas, então a vida seria fácil, sem dilema nenhum. Porém, você sabe que na prática as coisas não são assim e que muitas decisões precisam ser feitas no escuro.

    .

    Saber fazer não é suficiente, é imprescindível demonstrar conhecimento através de obras excelentes. Há pessoas que não alardeiam conhecimento, mas na prática conseguem resolver tudo. Elas são imprescindíveis.

    .

    Ainda que você prefira um pouco de solidão para descansar, não será agora que essa oportunidade acontecerá. O momento é de aparecer, de circular com leveza e alegria pela roda frenética do movimento social.

    .

    Fonte: Quiroga

    REALIDADE COM MULETAS.

    •novembro 29, 2009 domingo • Deixe um comentário

    REALIDADE COM MULETAS.

    Enquanto isso, aqui na Terra cresce a certeza de que

    apesar de tudo parecer bem, nada está assim.

    As celebrações têm ar suspeito, o que cria o constrangimento

    de parecer que se duvida delas por pura inveja,

    o que não é verdade.

    A suspeita é intuitiva,

    se refere ao ato de conferir na realidade mais próxima,

    a cotidiana, se o ar de celebração se aplicaria a ela,

    o que não acontece de jeito algum.

    Algo está errado no reino dos brasileiros,

    mas esse erro nem é privilégio regional,

    algo está errado e podre no mundo civilizado.

    A civilização de hoje parece muito com um quadro psicodélico

    de Salvador Dali, no qual os relógios moles se mantém erguidos

    com a ajuda de muletas.

    A realidade da civilização está mole e erguida com muletas.

    .

    Salvador Dali – Persistência da memória, 1931

    (Surrealismo) -Os famosos relógios moles, nascidos de um sonho como um camembert que escorre.

    Ficheiro: Dali003.jpg – 145 KB

    Clique para ampliar

    .

    Certas pessoas pretendem provocar insegurança e incerteza, justo num momento onde decisões importantes precisam ser tomadas. A ajuda delas é de duvidosa reputação, mas pode servir para você fortalecer suas idéias.

    .

    Ainda que você sinta essa urgência toda para satisfazer desejos específicos, terá de ser valorizado o ambiente em que isso aconteceria, de modo que você não atropele nada nem ninguém em seu caminho.

    .

    Siga em frente importando-se o menos possível com as críticas recebidas. Tome as críticas como bons sinais de que você está fazendo a coisa certa. Sua alma preferiria elogios, mas no momento é melhor receber críticas.

    .

    Tudo que de melhor poderia acontecer em pouco tempo corre o risco de demorar muito por causa da ansiedade. É que ela sopra conselhos insidiosos no ouvido, fazendo você acelerar quando na verdade devia frear.

    .

    Ainda que você tenha razão, mesmo assim será necessário discutir e confrontar todas as opiniões diversas para se chegar a um consenso. Certamente, o consenso não será fácil, mas tudo o mais depende do mesmo.

    .

    Os afazeres cotidianos não impedem que você levante vôos maiores, porque você sempre irá precisar deles. Por isso, preserve a rotina, justamente para ter maior margem de manobra e levantar os grandes vôos.

    .

    Cuide para não ser você o principal fator de caos em sua própria vida. O excesso de objetivos perseguidos simultaneamente rara vez resulta em algo produtivo. No geral, este panorama provoca distração e só isso.

    .

    Para que repetir o mesmo repertório de sempre quando há disponíveis possibilidades inovadoras de satisfação? Trabalhe mentalmente com a certeza de que tudo que for novo resultará na ampliação da consciência.

    .

    Nada do que deu certo outrora garante atualmente a mesma satisfação. Pelo contrário, com muita rapidez os velhos canais de expressão estão tornando-se ineficientes. Você só vai mudá-los quando assim o decidir.

    .

    Nada seria estressante se a alma fosse flexível para aceitar as mudanças de rumo propostas pela mão misteriosa do destino. É necessário inovar, por isso a bagunça. Quando há resistência, há também estresse.

    .

    Quando você não gostar do que ver, em vez de ater-se a criticar tudo faça diferente, faça algo prático para mudar o que parece estar errado. O impulso da ação resolverá o que a mera crítica só complicaria.

    .

    Seria melhor se você dominasse sua própria mente, de modo que esta não confundisse sua alma com excesso de pensamentos que, com certeza, apontam caminhos discordantes entre si. Melhor pensar menos, mas como fazê-lo?

    .

    Fonte: Quiroga

    ‘CRASH’ CLIMÁTICO – E AGORA?

    •novembro 29, 2009 domingo • 7 Comentários

    ‘CRASH’ CLIMÁTICO

    E AGORA?

    Agora é tratar de dar o ‘nome aos bois’, que o aquecimento globalnão seja antropogênico,  provocado pelo poluidor malvado e usurpador ser humano, não significa isso agora ‘carta branca’ para poluir e devastar mais o planeta, bem ao contrário, mais que nunca a preservação do ambiente em que vivemos é necessária e urgente, pois fato é que as alterações climáticas que observamos acontecer nos últimos anos existem, e, tais alterações no clima do planeta que estão a ocorrer cada vez mais freqüentes e com maior intensidade merecem ser analisadas corretamente, sem mentiras como a do “Climategate” para que a partir da investigação científica  idônea possa haver uma compreensão e preparação para enfrentar o que esse princípio de crash climático’ ainda pode provocar.

    Nos chama a atenção a quantidade de chuvas, tempestades, tornados acima da média observada em muitos lugares (wwdeolhonotempo.blogspot.com/ , http://www.metsul.com/blog/),  a quantidade de terremotos (http://www.iris.edu/seismon/) cada vez mais intensos e freqüentes,  vulcões ‘despertando’ (Vulcão Stromboli registra forte erupção na Itália), meteoros/meteoritos/asteróides não detectados que passam de ‘raspão’ ou que adentram a atmosfera terrestre (Asteroide se aproxima, mas alerta chega tarde)…

    No meio disso tudo o principal satélite que faz a previsão do tempo aqui no Brasil está prestes a ser desativado (Principal satélite que monitora o Brasil será desativado).

    Serviço de Informação e Monitoramento Mundial:  http://hisz.rsoe.hu/alertmap/index2.php

    AQUECIMENTO, RESFRIAMENTO OU ESCURECIMENTO GLOBAL?

    As inverdades estão sendo desveladas, os ‘reis estão nús’…

    Com toda essa ‘manipulação fraudulenta’ envolvendo cientistas agindo em tese, em conluio com indústrias e com políticos e seus interesses econômicos, não dá pra deixar de pensar que possam estar usando o Haarp em ação com Chemtrails como ‘controle remoto’ e causando todo esse ‘caos’ no clima do mundo. E por falar em manipulação,  o que dizer então da tal gripe? (Vírus e Vacinas). Ou de outros ataques de falsa bandeiras como o foi o 11/9? Alguns exemplos para refletir quem realmente esta conspirando…

    Com tudo isso acontecendo começam a aparecer ‘os nomes dos bois’, quem são os verdadeiros conspiracionistas que acusam de fraudulentos àqueles que buscam a informação que foi mascarada e escondida por interesses escusos, dizendo destas serem ‘teorias’, claro, as conspirações são deles.

    As farsas e mentiras tem perna curta…

    Um apanhado com algumas informações recentes sobre o ‘Climategate’ recolhidas na internet:

    BLOG MITOS CLIMÁTICOS

    • A tragédia do Climategate
    • o correio electrónico, os ficheiros e os códigos informáticos sacados pelos hackers valem uma autêntica fortuna pois revelam a extensão conspirativa dos que tramaram o mito do aquecimento global. O material revelado cobre algo mais do que uma dúzia de anos (de 1996 a 2009). Seria desejável saber como todo este material foi tornado público e porque o foi. Uma dissidência interna de cientistas que se mantêm escrupulosos?Curiosamente, os hackers tiveram o cuidado de explicitar o objectivo da sua acção ao escreverem no cabeçalho do arquivo a seguinte nota explicativa:
    • «Pensamos que, actualmente, a ciência do clima é demasiado importante para que se mantenha secreta. Por isso, tornamos público correspondência, códigos e documentos escolhidos aleatoriamente. Esperamos que isto abra os olhos para se ver em que ponto está esta ciência e como ela é utilizada por estes responsáveis.»

      Outra curiosidade reside na designação que os hackers deram ao nome do arquivo que é um tesouro informático: FOI2009. Não foi por acaso que se escolheu este nome. Para os anglo-saxões FOIA é o acrónimo de Freedom of Information Act, a lei da liberdade de informação. Deste modo, os hackers, sabedores de que violavam uma lei sobre pirataria informática, quiseram dar a entender que, antes deles, o CRU violou uma outra lei, a lei da liberdade de informação, uma lei sagrada para os anglo-saxónicos. Dado o cuidado com que o pacote informático foi preparado para divulgação pública na internet, tudo leva a concluir que oshackers são pessoas dentro dos meandros de toda esta questão. Será algum cientista da própria Universidade de East Anglia, do CRU ou mesmo do Hadley Center? Seja quem for, é alguém que ficou deveras chocado com os procedimentos sem escrúpulos dos “cientistas” envolvidos neste processo: a maior impostura científica de toda a história da Ciência.

    • Algumas conclusões sobre o Climategate
    • “Ainda Orwell”
    • Apanhados com a boca na botija (em inglês)
    • Apanhados com a boca na botija (em francês)
    • Fanático pede a cabeça de Phil Jones
    • A face oculta do alarmismo climático
    • ClimateGate

    http://mitos-climaticos.blogspot.com/

    BLOG STARVIEWER

    “O escândalo do “ClimateGate”, como já se conhece nos EEUU, graças ao New York Times, escandaliza ao mundo inteiro. A CNN, finalmente trouxe hoje 26 de Novembro o escândalo à luz. Algo que surpreende gratamente, por sua rapidez, havida conta da vinculação governamental de tal meio informativo.”

    http://starviewer.wordpress.com/

    BLOG PRISIONPLANET – ALEX JONES

    BLOG RAFAPAL

    O escândalo da ‘conspiração do aquecimento global’ chega à televisão russa (em inglês)

    Tudo indica que se aproxima o momento esperado

    .

    "Igreja da Climatologia - taxas de carbono para salvar nossa terra"

    Em meio as muitas notícias surpreendentes que estão aparecendo nas últimas semanas, urge situar-se na situação atual.

    1-O sistema de informação e de crenças, sustentado nos meios de comunicação  há se estilhaçado em mil pedaços. Não bastasse o baque da suposta pandemia, anunciada com estardalhaço pela Organização Mundial da Saúde, convertida em uma gripe comum, os meios de comunicação tem ocultado a verdadeira pandemia extendida pela firma Baxter que pelo centro da Europa que tinha matado a mais de 400 pessoas quando escrevi estas linhas. As conseqüências serão fulminantes: o ministério de saúde mundial que é na realidade a OMS tem perdido qualquer tipo de credibilidade (igual aos ministérios de saúde dos países), de maneira que a confiança nas crenças sobre a saúde já tenham desaparecido por completo. Logo ninguém mais poderá dizer “o médico quem disse” ou “disseram na televisão” como sinônimo de que algo é verdadeiro porque se poderá replicar certeiramente “e com a gripe A?, que? Não diziam que seria tão perigosa?”. Quase tão importante como isto, o cartel das grandes companhias farmacêuticas tem seus dias contados porque companhias como Novavax ou Baxter estão diretamente implicadas neste envenenamento massivo e outras, como Glaxo, já tiveram que reconhecer que sua vacina era perigosa, retirando-a do mercado (Canadá). As ações na bolsa destas companhias despencarão quando comece uma investigação sobre sua responsabilidade.

    2-Umas poucas semanas antes da reunião sobre o clima que, sob a desculpa do aquecimento global, iria estabelecer a NovaOrdemMundial, um grupo de hackers expõe ao público os correios eletrônicos da Universidade East Anglia da Inglaterra, que era o centro fervente da” igreja do CO2″, deixando claro um arsenal de corrupção, falácias e pervertida prática científica que acaba, de uma vez  e para sempre, com o mito de que o ser humano tenha conseguido por si só todas as mudanças climatológicas que estamos vivendo. o movimento ecologista, começando com Greenpeace, está ferido de morte e as saídas de sócios em todo o mundo quando se conheça mundialmente a verdade o conduzirá, inexoravelmente, a sua desaparição em um espaço de seis meses. Digo ‘quando se conheça’ porque, apesar de que na Inglaterra e Estados Unidos o assunto está aparecendo na mídia, em países como Espanha se está ocultando generalizadamente… o qual será outro dos motivos para o imediato desaparecimento dos grandes grupos de comunicação, participes desta ocultação à cidadania.

    3-Uns poucos dias depois de que se revelaram estes emails  sobre o “climagate” e coincidindo com os prolegómenos do juízo  do 11-Setembro, saem à luz outro arsenal de mensagens de celulares das perssoas que estiveram nas torres gêmeas aquela fatídica data. A coincidência de ambos fatos me leva a pensar que estamos diante de uma revelação bem organizada por elementos leais à Humanidade dentro de organismos e serviços de inteligência. Curiosamente (e todavia deixa ver mais claramente a censura da anterior notícia) esta vez sim aparece nos meios de comunicação españoles, porém ao ler as informações em diferentes jornais do mundo fica patente que os redatores estão fazendo um “copiar e colar” de uma notícia de agência, quer dizer, que não tem lido as mensagens dos emails divulgados. O que colocarão? Pois, com toda segurança, dado que são militares e policias, relatarão as explosões ocorridas nas Torres, principal argumento para desmentir a teoria oficial, o que nos colocará inevitavelmente diante da verdade do ataque .

    Reunindo todas estas peças do quebra cabeças, com a evidência de que há um grupo de pessoas nas altas esferas que tenhan decidido eliminar a uma parte da Humanidade por meio de vírus, Barack Obama vai enfrentar a entrega do prêmio nobel da paz en Oslo sob os rumores de um anúncio sobre vida extraterrestre.

    Ninguém sabe o que pode ocorrer porém o que sim, posso dizer é que agora sim se dão as condições para que isso ocorra, pois a falsa crise econômica e resgate dos bancos, o ataque bioterrorista por parte das companhias farmacêuticas, a fraude da mudança climática e esta posterior revelação de informação sobre o 11-S pode deixar a opinião pública mundial disposta a ACREDITAR EM QUALQUER COISA QUE NÃO SEJA O QUE DIZ A TV, incluído o tema extraterrestre.

    As cartas estão em cima da mesa. A janela de oportunidade para um Novo Tempo está aberta. O que vai ocorrer? Quem sabe… O único que se pode dizer é “qualquer coisa”.

    PD: Me conta um amigo que trabalha na Televisão Espanhola que as saídas por depressão e, inclusive, intentos de suicídio, são muitos neste meio de comunicação. A consciência cobra a conta, e saber que estás mentindo (e que tua família e amigos sabem) é algo que teu sistema nervoso cobra caro…

    Fonte e autoria: http://www.rafapal.com/

    Com tradução livre: Arauto do Futuro

    No Brasil:

    Saiu uma notinha ínfima no Estadão

    Climategate print estadão - clique para ler

    Em Portugal: Expresso / Pt

    Aquecimento global: polêmica sobre manipulação de dados científicos sobe de tom

    Já lhe chamam Climategate e uma semana depois de ter rebentado, a polémica científica sobre a alegada manipulação de dados para exagerar o aquecimento global sobe de tom.

    Virgílio Azevedo
    20:15 Sexta-feira, 27 de Nov de 2009

    A história começou por se espalhar na blogosfera a 20 de Novembro, mas no mesmo dia as edições online da BBC News e do Wall Street Journalfizeram a sua divulgação e, desde então, a notícia tem corrido Mundo e alimentado polémicas científicas.

    Clique para aceder ao índice do DOSSIÊ TUDO SOBRE AS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

    Hackers acederam, através de um servidor da Universidade de East Anglia (Reino Unido), a centenas demails trocados entre conhecidos climatologistas britânicos e norte-americanos, onde aparentemente se discutem formas de manipular dados científicos para combater os argumentos dos cépticos e suportar a tese da origem humana do aquecimento global.

    A Unidade de Investigação Climática da universidade foi “assaltada” a 19 de Dezembro pelos piratas informáticos, que conseguiram descarregar mais de mil mails e três mil outros documentos trocados entre cientistas de 1996 a 2009, publicando-os na Internet.

    Este centro de investigação é considerado um dos melhores do Mundo na área do clima e os seus cientistas tiveram uma participação determinante no último relatório de avaliação do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas (IPCC) da ONU.

    O relatório, publicado em 2007, tem servido de base científica às negociações climáticas que vão conduzir à assinatura de um tratado internacional que substitua o Protocolo de Quioto a partir de 2013.

    A Reunião de Copenhague, que decorre de 7 a 18 de Dezembro, é uma etapa crucial neste processo, embora dele só irá resultar, na melhor das hipóteses, um acordo político, prevendo-se que seja necessário mais um ano, até à Reunião do México em Dezembro de 2010, para se alcançar um tratado vinculativo (jurídico) semelhante a Quioto.

    Entretanto, o senador norte-americano James Inhofe afirmou esta semana, em entrevista ao Washington Times, que vai exigir uma investigação na Comissão do Senado para o Ambiente e Obras Públicas sobre a actividade científica do IPCC e da ONU, a propósito do Climategate.

    Fonte: http://aeiou.expresso.pt/alteracoesclimaticas

    Outras notícias:

    O BOM SENSO NÃO É MAIS O DE OUTRORA.

    •novembro 28, 2009 sábado • Deixe um comentário

    foto: arauto do futuro - 26/11/2009

    foto: arauto do futuro - 26/11/2009

    O BOM SENSO

    NÃO É MAIS O DE OUTRORA.

    Normalmente, a persistência seria o conselho sensato que se

    ofereceria aos que enfrentam adversidades no caminho

    que conduz ao objetivo ansiado.

    Porém, a normalidade foi para o espaço há muito tempo

    e nossa humanidade não encontra no velho e bom senso

    a mesma segura orientação de outros tempos.

    Afinal, o bom senso, ou senso comum,

    é o que resulta da experiência bem sucedida

    de um número oculto de seres humanos.

    Acontece que faz muito que as atitudes consagradas

    de outros tempos não garantem mais o sucesso de outrora,

    mas ainda não temos número suficiente de sucessos

    com as inovações que experimentamos.

    Por isso, temos um vazio de bom senso.

    Enquanto isso continuar, vale a pena atrever-se

    a experimentar todo tipo de inovação.

    .

    É impossível explicar algo a quem não deseja mudar de opinião. Por isso, neste momento em que sua alma é alvo de críticas, melhor seria que você nem perdesse tempo tentando justificar suas atitudes e idéias.

    .

    Nenhuma mudança verdadeira pode acontecer do dia para a noite. As reais inovações são amadurecidas ao longo do tempo para que quando sejam levadas à prática encontrem a menor quantidade possível de limitações.

    .

    As críticas serão os bons sinais que confirmarão o caminho certo. Você preferiria elogios, mas se estes viessem significaria que você anda pelo caminho adequado, o que não seria a melhor escolha da atualidade

    .

    Tudo daria muito mais certo sem ansiedade, mas como dominá-la? Pois é! Se você ainda não sabe como dominá-la, ou pelo menos como acalmar a ansiedade, será melhor começar a concentrar esforços nesse sentido, viu?

    .

    Qual seria o tempo de validade dos segredos? Seriam, por acaso, eternos? Ou chegaria uma hora em que não haveria problema em se desfazer dos segredos? Estas perguntas precisam ser feitas pelas almas que carregam segredos.

    .

    Ainda que você sinta medo de decepcionar-se ao experimentar na prática alguma idéia, isso será melhor do que continuar se iludindo com que certos desejos aproximariam sua alma de uma vida melhor, mais brilhante e bela.

    .

    A distração é fácil, mas vale a pena resistir, porque está em andamento uma onda inovadora que só será aproveitada com foco. Mantenha em mente os objetivos que você mais valorizar e guie seus passos com esses.

    .

    Prefira experimentar o novo em vez de acomodar-se no que sabidamente daria certo. Este é um tempo que requer ousadia de experimentar para que a experiência indique vias mais sofisticadas de satisfação.

    .

    Em vez de usar os canais consagrados pela experiência procure inovar dessa vez. É urgente que você encontre outras vias de expressão e manifestação antes de as antigas começarem a decair e perder a eficiência.

    .

    A bagunça provoca um estresse emocional desnecessário. Pense que ela vem por bem, pela necessidade de todas as pessoas encontrarem métodos inovadores para garantir os resultados. Passe pelo estresse rapidamente.

    .

    Há uma onda de renovação circulando pela sua alma e, por isso, você enxerga os mesmos assuntos de sempre com outros olhos. No início, isto se manifestará através de críticas, mas logo você começará a agir para mudar tudo.

    .

    Pense menos, o que não é tarefa fácil. Talvez você pense menos fazendo atividade física, talvez os pensamentos diminuam seu ritmo vertiginoso se você correr bastante. Lance mão de quaisquer recursos para pensar menos.

    .

    Fonte: Quiroga

    É PROPÍCIO MUDAR OS PLANOS.

    •novembro 27, 2009 sexta-feira • Deixe um comentário

     

    foto: arauto do futuro - 26/11/2009

    foto: arauto do futuro - 26/11/2009 - Como um arco íris após a tempestade...

    É PROPÍCIO MUDAR OS PLANOS.

    Enquanto isso, aqui na Terra é propício

    mudar todos os planos quando a voz da intuição,

    com a ajuda das circunstâncias, indicar essa tendência.

    Em geral, a persistência seria o conselho sensato que se daria

    perante as adversidades que aparecem no caminho

    de quem deseja realizar algum objetivo em particular.

    Porém, o bom senso não se aplicaria a este momento,

    pois a mesma persistência que seria útil em outros tempos,

    no atual provocaria danos e prejuízos.

    Agora é propício mudar tudo, mas de novo,

    isso se a voz da intuição se manifestar.

    É fácil ouvir a intuição,

    é só valorizar a afirmação inicial perante um obstáculo,

    a primeira opinião que a mente emite antes de entrar

    no labirinto de espelhos enfrentados que é o raciocínio lógico.

    .

    Por enquanto, tudo é mera possibilidade, porque nada concreto aconteceu nem vai acontecer imediatamente. Por isso, é aconselhável não precipitar-se, mas continuar preservando o que já se encontra em andamento.

    .

    A necessidade de experimentar algo diferente pode até ser urgente, mas o desejo não é condizente com o que as circunstâncias oferecem. Por isso, é aconselhável não precipitar-se na direção de mudanças ainda imaturas.

    .

    Desejos que se contradizem entre si habitam a mesma alma. Desse jeito não haverá como andar pelo caminho sem desorientar-se! Por isso, o mais importante, agora, será escolher qual de todos os desejos privilegiar.

    .

    Considere a ansiedade sua única verdadeira inimiga, porque ela lhe sopra conselhos insidiosos. A ansiedade é ambiciosa, porque pretende ser maior que o tempo, que faz amadurecer planos e objetivos com sabedoria.

    .

    Conversar de assuntos íntimos é uma necessidade, mas também um perigo, porque nem as pessoas mais confiáveis são garantia de que, depois, não haja vazamento de informações. Este é um dilema de difícil resolução.

    .

    Sobram idéias, mas falta espírito prático para realizá-las. Quando a alma experimenta este desequilíbrio, corre-se o risco de sofrer congestão mental, por excesso de idéias, mas nenhum canal eficiente de experimentação.

    .

    Antes de oferecer conselhos, medite sobre as palavras e orientações que você daria. Melhor fazer isso para não se tornar responsável, depois, por eventuais erros ou danos que acontecerem, não lhe parece?

    .

    Fazer muita coisa ao mesmo tempo é quase sinônimo de não fazer nada bem. Porém, há casos excepcionais em que isso resulta num panorama produtivo e criativo ao mesmo tempo. Esses casos são raros, mas acontecem.

    .

    Para você satisfazer seus desejos será necessário experimentar vias pouco comuns, porque os canais consagrados estão todos tomados pelos hábitos e, por isso, eles diminuíram sua margem de manobra.

    .

    As discordâncias acontecem para que todas as pessoas envolvidas desistam de seus métodos tradicionais e particulares, passando a encontrar, todas juntas, inovações que façam tudo andar por um caminho mais criativo.

    .

    Muitas pessoas opinando sobre o mesmo assunto é garantia de desorientação. Melhor você pedir opinião só a quem tiver sabedoria. Se por acaso esta pessoa não existir, então melhor será não pedir a opinião de ninguém.

    .

    Antes de qualquer outra coisa, acalme sua própria mente, porque o excesso de idéias só pode resultar em confusão. Muitas dessas idéias acenam sedutoramente com a perspectiva de ser soluções definitivas, mas ainda não são.

    .

    Fonte: Quiroga

    Cientistas da Búlgaria afirmam: “Já estão entre nós!”

    •novembro 26, 2009 quinta-feira • 1 Comentário

    Estão entre nós a muito tempo!

    Cientistas do Governo Búlgaro são os primeiros a declarar oficialmente que estão em contato com extraterrestres.

     

    Deixamos para apreciação dos leitores a notícia divulgada hoje, 26-11-2009, no diário Britânico Telegraph.co.uk:

    ‘Estrangeiros’ do espaço já estão entre nós na Terra, dizem cientistas do governo búlgaro que afirmam estar em contato com vida extraterrestre.

    O trabalho de decifrar um complexo conjunto de símbolos que lhes foi enviado está em andamento, disseram os cientistas do Instituto de Pesquisas Espaciais do país.

    Alegam que os ‘estrangeiros’ estão a responder a 30 perguntas formuladas pelos responsáveis no governo, desde o Instituto de Investigações Espaciais da Academia Búlgara de Ciências.

    Lachezar Filipov, vice-diretor do Instituto de Pesquisas Espaciais da Academia de Ciências da Bulgária, confirmou a investigação.

    Ele disse que os investigadores do centro de análise foram 150 círculos em plantações de todo o mundo, que eles acreditam que responder as perguntas.

    “Os estrangeiros estão atualmente ao redor de nós, e estão nos observando o tempo todo”, disse à imprensa Filipov búlgaro.

    “Eles não são hostis a nós, em vez disso, eles querem nos ajudar, mas não temos nos desenvolvido o suficiente a fim de estabelecer contato direto com eles.”

    Filipov disse que até a sede da Igreja Católica, o Vaticano, concordou que os estrangeiros existem.

    Ele disse que os seres humanos não estão sendo capazes de estabelecer contato com os extraterrestres através de ondas de rádio, mas que este contato se estabelece através do poder do pensamento.

    “A raça humana, certamente vai ter contato direto com os estrangeiros nos próximos 10 a 15 anos”, disse ele.

    “Extraterrestres são críticos do comportamento imoral do povo referindo-se a interferência dos humanos nos processos da natureza.”

    A publicação dos pesquisadores relatório ‘BAS’ sobre a comunicação com os estrangeiros vem em meio a uma controvérsia sobre o papel, a viabilidade, e da reforma da Academia de Ciências da Bulgária.

    Na semana passada, foi conduzido um debate acalorado entre o ministro das Finanças da Bulgária, Simeon Djankov, e presidente Georgi Parvanov.

    Print da página da notícia

    Estão entre nós!

    Estão entre nós!

    Fonte: Telegraph.co.uk

    .

    Óbvio é que as imagens usadas são e sempre serão àquelas que querem imprimir a idéia de seres ‘alienígenas’ assustadores, que a décadas são usadas, provavelmente criadas por alguma mente de imaginação fértil dos governos e dos cinemas…

    Vejamos o que mais nos espera com esta informação…

     

    A MÃO MISTERIOSA DO DESTINO.

    •novembro 26, 2009 quinta-feira • Deixe um comentário

    A MÃO MISTERIOSA

    DO DESTINO.

    Enquanto isso, aqui na Terra

    hoje é um desses dias em que pode acontecer tudo,

    os planos e acomodações mentais de nossa humanidade

    são subvertidos pela mão misteriosa do destino,

    perante a qual essa mesma humanidade finge ser

    a grande controladora do passado, presente e futuro.

    Pois sim! Há muito tempo que lá no alto

    das cúpulas governamentais tudo está ao deus dará,

    porque ninguém domina absolutamente nada,

    está tudo fora de controle. Porém,

    continuamos vendo os figurões mundiais posando

    de controlados e de que sabem o que fazem,

    ao passo que num dia como hoje, por exemplo,

    a mão misteriosa do destino deita e rola

    sobre a empáfia humana.

    Melhor não desafiar o destino,

    melhor aceitar as reorientações que ele propõe.

    .

    O mundo em que você sonha viver não é utopia, mas corre o risco de tornar-se inatingível se você não arregaçar as mangas e fizer o necessário para realizá-lo. Todo dia é dia de avançar concretamente nessa direção.

    .

    Este é um ótimo momento para você concentrar-se na produtividade, porque este foco fará com que eventuais discórdias sejam superadas na prática, em torno da necessidade de valorizar mais o bem comum.

    .

    Será difícil convencer quem quer que seja através de palavras e promessas. Neste momento, você precisará usar o exemplo para que o convencimento seja eficiente. De outra forma, tudo não passará de uma conversa agradável.

    .

    Ainda que sua alma esteja coberta de razões para suspeitar de tais ou quais pessoas, melhor será aproveitar o momento para avançar um pouco mais no terreno prático de algumas questões. As suspeitas não devem atrapalhar.

    .

    Você não precisa manifestar todas suas certezas, porque na maioria dos casos essa atitude criaria conflitos e discussões desnecessárias. Apenas tenha em mente suas certezas e permita que elas guiem seus passos.

    .

    Suas certezas são discordantes com as das pessoas mais próximas. Vale a pena discordar, porque na melhor das hipóteses isso evocará a criatividade, mas a pior das hipóteses também é possível, o ressentimento.

    .

    Concentre seu poder de fogo emocional no mundo prático, dedicando-se com afinco a resolver problemas e avançar no caminho que conduziria você até a realização de algum desejo em particular. Hoje dá para fazer muito!

    .

    Mantenha a objetividade. Nem sempre isso será recomendável, mas no momento só essa atitude garantirá foco e capacidade de atuação, a despeito dos sentimentos desencontrados que transitam pelo âmbito subjetivo da alma.

    .

    Ainda que a orientação que você receba de outras pessoas não seja condizente com sua visão da realidade, não seria demais nem de menos você permitir que a mesma conduza seus passos. Experimentar novos caminhos é bom.

    .

    As atitudes radicais que certas pessoas tomam encontram eco e alimento nas atitudes que você também toma. Ninguém é culpado, ninguém é vítima, tudo é uma coreografia na qual participam ativamente todas as pessoas.

    .

    Pedir a opinião de outras pessoas significaria você ter de ouvir idéias que contrariam sua visão dos fatos. Porém, isso não significa que sua visão esteja errada, apenas que as outras pessoas não a enxergam.

    .

    No fim, tudo será feito de acordo com o desenho de sua vontade. Porém, perceba, só no fim isso acontecerá, porque no transcurso haverá desvios e distorções, tantos que você duvidará de as coisas seguirem o curso de sua vontade.

    .

    Fonte: Quiroga

    O BEM COMUM.

    •novembro 25, 2009 quarta-feira • Deixe um comentário

    O BEM COMUM.

     

    Enquanto isso, aqui na Terra nossa humanidade

    poderá declarar-se evoluída e avançada

    quando for capaz de celebrar o sucesso alheio

    como se fosse o próprio, porque nesse momento

    sua consciência estará intimamente afinada

    com o bem comum.

    O bem comum não é uma teoria nem metáfora,

    é a mais clara tradução da comunhão em que

    nossa humanidade existe.

    Não há dor ou sucesso que seja alheio, todas as dores

    e todos os sucessos são compartilhados.

    Porém, nossa humanidade, que é mágica e criativa,

    inventou um jeito de represar os sucessos

    e confiná-los atrás de muros altos enquanto

    as dores e tragédias são todas socializadas.

    O desequilíbrio assim produzido é uma bomba relógio

    que a qualquer momento explodirá porque a

    harmonia é necessidade maior.

    .

    Respeite as regras, pelo menos dessa vez. Certamente, não seria sábio seguir regras que não servem ao propósito desejado. Porém, não se pode, tampouco, viver quebrando todas as regras o tempo inteiro, não é mesmo?

    .

    Ninguém saberia o que é criativo senão houvesse regras e normas. A criatividade é a capacidade de subverter todas as normas, mas nem sempre isso é necessário, só quando as regras impedem a inovação criativa.

    .

    É virtualmente impossível colocar ordem no mundo emocional, porque os sentimentos se recusam a ser dominados pela mente lógica. Porém, sempre valerá a pena o esforço nesse sentido, porque de outra forma tudo seria caos.

    .

    Para que tentar preservar uma normalidade que não existe mais? Certamente, é confortante saber que há um ritmo cotidiano normal, porém é desconfortável ter de sustentar esse ritmo quando não serve para mais nada.

    .

    Rejeite a solidão, você precisa de bons relacionamentos quase tanto quanto seu corpo precisa de oxigênio para subsistir. Sua existência isolada será sempre limitada, mas os bons relacionamentos superam isso.

    .

    Tudo pode ser negociado, mas você precisará preservar seus princípios. Pense, se você comprometesse seus princípios isso acabaria com o caminho que conduziu seus passos até a negociação em andamento.

    .

    A maior clareza e entendimento que se tornaram disponíveis responsabiliza sua alma para tomar decisões. Por isso a tensão, por isso a pressão sentida, mas não importa, você vai conseguir passar por essa.

    .

    Alguns sentimentos caducaram e não é mais necessário remoê-los na vida subjetiva. Melhor livrar-se deles o mais rapidamente possível, para dar lugar a outros sentimentos maiores e melhores. É hora de limpar a alma.

    .

    O segredo que não contaram a você é que desejar não é suficiente para que a realidade responda positivamente ao seu apelo. É imprescindível esforçar-se concretamente para que todo e qualquer desejo se realize.

    .

    Juntar-se a outras pessoas para realizar algum objetivo em especial é um processo complicado. Porém, quando você se atreve a congregar-se, sua força pessoal ganha um alcance muito maior. Agora escolha, solidão ou grupo?

    .

    Não será perda de tempo amadurecer melhor os planos antes de colocá-los em marcha. As demoras se mostrarão positivas, mas para isso você terá de frear a velocidade de seu próprio ser, que demanda precipitação e urgência.

    .

     

    Fonte: Quiroga

    A INTUIÇÃO.

    •novembro 24, 2009 terça-feira • Deixe um comentário

    A INTUIÇÃO.

     

    Enquanto isso, aqui na Terra

    nossa humanidade carente de conhecimento

    daquilo que une céu e terra pisa na bola sem querê-lo,

    mas isso não a livra da culpa de ter desatendido

    a voz de sua intuição.

    A todo momento a consciência humana

    tem várias opções disponíveis porque,

    somos ou não somos livres?

    De que vale gabar-se da liberdade

    se na hora da prática vamos tentar nos convencer de

    que não tínhamos outra opção?

    Sempre há outra opção, outra escolha disponível,

    mas para termos acesso a ela precisamos

    manter a mente flexível e atenta à intuição,

    que avisa com delicadeza,

    mas sem dar lugar a dúvidas,

    qual de todas as escolhas seria

    a mais sábia e eficiente.

    .

    Planeje e organize minuciosamente seu trabalho, porque se você fizer tudo ordenado, seguindo passo a passo as regras da situação, haverá por isso uma chance aumentada de chegar mais rápido ao fim desejado.

    .

    As emoções misturadas confundem o raciocínio, porém não se pode dar um fim a isso por decreto. Permita que a confusão emocional siga seu curso porque se resolverá por si só, sem necessidade de intervenção nenhuma.

    .

    Quando todo mundo perder a cabeça e ninguém souber o que fazer, será então que sua alma entrará em campo e manterá a cabeça no devido lugar para tomar as decisões que o resto das pessoas sequer imaginaria.

    .

    Agora é uma boa hora para se aproximar daqueles relacionamentos que ficaram perturbados por situações que ninguém se atreveu a esclarecer. Agora é bom aproximar-se das pessoas e melhorar tudo com elas.

    .

    Negocie tudo, mas não comprometa seus princípios, porque esses são a coluna vertebral da vida, o único guia seguro para que seus passos não se percam em ramificações inúteis. Negocie tudo, mas preserve os princípios.

    .

    De repente, tudo fica claro, o panorama que antes era confuso, porque faltavam informações, se torna transparente. A partir de agora você poderá tomar decisões eficientes, mas isso significará maior responsabilidade também.

    .

    Para que tudo continue correndo da melhor forma possível, é imprescindível que você faça uma limpeza interna, descartando sentimentos que se tornaram velhos e caducos para que a alma fique leve e descontraída.

    .

    Nutra e amadureça os planos que você faz em silêncio, porque não seria propício colocá-los em marcha antes de adquirirem a substância mental e emocional que os tornaria irresistivelmente eficientes.

    .

    Antes de pretender fazer tudo da forma mais criativa possível, o que em si seria uma boa intenção, comece seguindo as regras. Quando perceber que as regras anulam a eficiência, aí sim aplique o brilho da criatividade.

    .

    Desejar é só o primeiro passo, o segundo e todos os seguintes serão de esforço concreto para que o desejo se transforme em realidade. Por isso, nunca perca tempo demais no mundo subjetivo dos desejos.

    .

    Agora é tempo de organizar tudo da forma mais minuciosa possível, reconhecendo a necessidade de formar equipes e trabalhar grupalmente. Esse caminho é mais árduo e difícil, porém também é mais rico e produtivo.

    .

    É tempo de organizar, de colocar ordem em todas as coisas e relacionamentos. Certamente, o mundo sempre resistirá à ordem, porque teme que esta limite sua amada liberdade. Porém, na prática acontece todo o contrário.

    .

    Fonte: Quiroga

    HOAX – Aquecimento global!

    •novembro 23, 2009 segunda-feira • 16 Comentários

    Aqui no Arauto:

    Atualizações no final do post.

    *

    Aquecimento Global?

    HOAX

    Dá-se o nome de ‘Hoax’ (“embuste” numa tradução literal) a corrente dos boatos, das lendas e dos golpes.

    Debunkers é gente especializada em desacreditar cidadãos que investigam possíveis fraudes em processos que criam e mantêm a sociedade e, que possam estar a lesar aos cidadãos da sociedade.
    Debunkers costumam denominar de ‘teoria’ da conspiração a estas  pesquisas e investigações, justamente para desacreditar e encobrir a existência das conspirações causando dúvidas sobre sua existência.
    Neste caso, também são debunkers que em programas e documentários se usam do alarmismo para declarar ‘conspiratólogo’  quem é contra o aquecimento antropogênico …

    Efeitos, processos, objectos ou materiais antropogênicos são aqueles derivados de actividades humanas, em oposição a aqueles que ocorrem em ambientes naturais sem influência humana.

    Este termo é muitas vezes utilizado no contexto de externalidades ambientais na forma de resíduos químicos ou biológicos que são produzidos como subprodutos de actividades humanas. Por exemplo, é largamente aceite que o aumento de dióxido de carbono na atmosfera com origem antropogénica é o factor principal por detrás das alterações climáticas.

    Já foi assunto aqui no Arauto, e causa bastante controvérsias nos debates, porém sempre dissemos e afirmamos que o aquecimento global causados pela humanidade era uma farsa, como estamos num tempo onde as inverdades serão desmascaradas essa é apenas mais uma que veio a tona, dentre tantas outras que ainda virão… O Aquecimento global antropogênico é um HOAX, uma farsa para gerar lucros exorbitantes aos países desenvolvidos e suprimir o avanço do desenvolvimento dos países subdesenvolvidos, criando mais miséria para quem nada tem em troca do lucro usurário para quem tem muito mais do que precisa… e merece.

    “Você consegue imaginar isso acontecendo um ano atrás? Ou mesmo um mês atrás? Até Climategate, nós “céticos”, éramos considerados malucos – quase tão maus como negadores do Holocausto – para além dos limites da discussão equilibrada razoável. De repente, somos a norma. Climategate finalmente nos deu a oportunidade de expressar abertamente o que muitos de nós secretamente sentíamos o tempo todo:

    Essa farsa do Aquecimento antropogênico é sobre elevar impostos, aumentando o controle estatal, sobre a sagacidade de uns poucos vendedores ambulantes que já saltaram para espoliar-nos com os seus podres contribuintes parques eólicos subsidiados e de suas negociações com ‘moeda’ carbono …” Blog de James Delingpole

    .

    Com informações da Metsul

    Climategate – Uma máfia no debate do clima ?

    O escândalo já ganhou nome. Climategate. E às vésperas de uma conferência mundial sobre mudanças climáticas. Mensagens trocadas ao longo da última década entre os maiores nomes da comunidade científica que defendem a influência humana no aquecimento global revelam tentativas de manipulação de dados e sonegação de informações no que alguns cientistas já classificam como uma “conspiração” para fraudar a ciência. Tudo veio à tona após hackers terem invadido os computadores da Universidade de East Anglia, na Inglaterra, um dos principais centros mundiais de pesquisa sobre as mudanças climáticas. Mais de mil arquivos foram roubados, incluindo 1.079 emails e 72 documentos, trocados ao longo dos últimos 13 anos entre os cientistas. O material inclui mensagens de James Hansen, diretor do Goddard Institute for Space Studies da NASA; Michael Mann, famoso pelo gráfico hockey stick que produziu para mostrar que a Terra passa pelo período mais quente em mil e anos e que depois foi acusado de ser uma fraude matemática; Gavin Schmidt, especialista em modelagem climática da NASA; e Stephen Schneider, professor da Universidade de Stanford e consultor de Al Gore. Em comunicado, a universidade de East Anglia confirmou a invasão de seus computadores, mas se negou a dizer se os arquivos que passaram a circular pela internet eram autênticos.

    O jornalista Andrew Revkin, especialista em meio ambiente do jornal norte-americano New York Times, confirmou com vários dos envolvidos nas discussões a autenticidade de suas mensagens. “Estes documentos vão, sem dúvida, levantar muitas dúvida sobre a qualidade das pesquisas e das ações de alguns cientistas”, disse Revkin. Nas mensagens, existem frases que podem deitar por terra as teorias mais alarmistas relacionadas com o aquecimento global.

    Numa delas, alegadamente escrita por Phil Jones, responsável pela unidade de estudos climáticos da Universidade de East Anglia, pode ler-se sobre a necessidade de em um gráfico (acima) se “esconder a queda da temperatura no planeta” por meio de um “truque” já utilizado por Michael Mann. Procurado, Mann se negou a responder se o conteúdo do seu correio eletrônico era verdadeiro e se resumiu a qualificar a ação dos hackers de criminosa.

    From: Phil Jones
    To: ray bradley ,mann@XXXX, mhughes@XXXX
    Subject: Diagram for WMO Statement
    Date: Tue, 16 Nov 1999 13:31:15 +0000

    Dear Ray, Mike and Malcolm,

    Once Tim’s got a diagram here we’ll send that either later today or first thing tomorrow.

    I’ve just completed Mike’s Nature trick of adding in the real temps to each series for the last 20 years (ie from 1981 onwards) amd from 1961 for Keith’s to hide the decline. Mike’s series got the annual land and marine values while the other two got April-Sept for NH land N of 20N. The latter two are real for 1999, while the estimate for 1999 for NH combined is +0.44C wrt 61-90. The Global estimate for 1999 with data through Oct is +0.35C cf. 0.57 for 1998.

    Thanks for the comments, Ray.

    Cheers
    Phil

    Prof. Phil Jones
    Climatic Research Unit Telephone XXXX
    School of Environmental Sciences Fax XXXX
    University of East Anglia
    Norwich

    Em entrevista à revista australiana “Investigate”, Jones disse que não se recorda exatamente o que queria dizer há dez anos com aquela expressão, mas que não era sua intenção enganar ninguém. Em diversas mensagens de correio eletrônico, Kevin Trenberth do National Center for Atmospheric Research (NCAR) e outros cientistas discutem as dificuldades em entender recentes variações da temperatura do planeta e o caráter ‘inadequado da nossa rede de observação’.

    From: Kevin Trenberth
    To: Michael Mann
    Subject: Re: BBC U-turn on climate
    Date: Mon, 12 Oct 2009 08:57:37 -0600
    Cc: Stephen H Schneider , Myles Allen , peter stott , “Philip D. Jones” , Benjamin Santer , Tom Wigley , Thomas R Karl , Gavin Schmidt , James Hansen , Michael Oppenheimer

    Hi all

    Well I have my own article on where the heck is global warming ? We are asking that here in Boulder where we have broken records the past two days for the coldest days on record. We had 4 inches of snow. The high the last 2 days was below 30F and the normal is 69F, and it smashed the previous records for these days by 10F. The low was about 18F and also a record low, well below the previous record low.

    The fact is that we can’t account for the lack of warming at the moment and it is a travesty that we can’t. The CERES data published in the August BAMS 09 supplement on 2008 shows there should be even more warming: but the data are surely wrong. Our observing system is inadequate.***

    Em um correio eletrônico, Phil Jones pede ao seu interlocutor que sejam “destruídos” qualquer mensagem que ele tenha relacionada ao AR4, sigla para o relatório do IPCC (Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas) da ONU, publicado em 2007.

    Mike, Can you delete any emails you may have had with Keith re AR4? Keith will do likewise. He’s not in at the moment – minor family crisis. Can you also email Gene and get him to do the same? I don’t have his new email address. We will be getting Caspar to do likewise.

    A revelação dos e-mails fez a festa dos céticos quanto às teses mais alarmistas sobre a influência humana no clima do planeta. Blogs e páginas na internet dedicadas a oferecer teses alternativas às mudanças do clima, apontadas como decorrentes de causas naturais, passaram a reproduzir as mensagens e repercuti-las. Para o jornalista Andrew Bolt, do jornal australiano The Herald, um crítico de longa data das teses alarmistas, trata-se de um dos maiores escândalos da ciência moderna. “Os e-mails sugerem conspiração, conluio para exagerar o aquecimento, possivelmente destruição de informações, resistência organizada a tornar público os dados usados nas pesquisas, confidências sobre falhas em seus estudos e muito mais”, declarou Bolt. As mensagens ainda trazem uma montagem fotográfica com os rostos de pesquisadores céticos no aquecimento sobre um pedaço de gelo flutuante.

    Um dos e-mails chega a comemorar a notícia da morte de um cético de longa data, o australiano John Daly, morto em 2004. “Isso é horrível” afirmou Pat Michaels, climatologista do Cato Institute em Washington que é atacado nos e-mails desviados. “Isso é que todos temiam. Ao longo dos anos, se tornou cada vez mais difícil para qualquer um que seja descrente de que o aquecimento global seja o fim do mundo, publicar trabalhos. Isso não é prática questionável, mas falta de ética”, acusou Michaels. O pesquisador alemão Mojib Latif, do Instituto Leibniz de Pesquisas Marinhas, disse não poder acreditar que “exista uma máfia tentando impedir que trabalhos críticos sejam publicados”.

    A invasão dos computadores teria partido de um site ‘ambientalista-cético’ chamado “The Air Vent” que divulgou o material, mediante um arquivo “zipado” com 61 megabites. A página opera a partir de um servidor russo e foi encerrada algumas horas depois, quando todo o conteúdo já se encontrava disseminado na internet. O jornal inglês “The Telegraph” chama o caso de “Climategate” e considera preocupante para os investidores em energia verde. “Se você detém quaisquer ações de empresas ligadas a energias alternativas, deve começar a livrar-se delas imediatamente”, aconselhou o diário britânico. (artigo por Alexandre Amaral de Aguiar, diretor de comunicação da MetSul Meteorologia)

    Autor: Alexandre Amaral de Aguiar
    Publicado em 23/11/2009 03:02

    Com informações do Starviewer

    Na sequência, oferecemos a maioria dos links que demonstram a falácia do CO2.

    Decidimos publicar aqui para dar a maior difusão possível:

    On 20 November 2009, emails and other documents, apparently originating from with the Climate Research Unit (CRU) at the University of East Anglia.

    If real, these emails contain some quite surprising and even disappointing insights into what has been happening within the climate change scientific establishment. Worryingly this same group of scientists are very influential in terms of economic and social policy formation around the subject of climate change.

    As these emails are already in the public domain, I think it is important that people are able to look through them and judge for themselves. Until I am told otherwise I have no reason to think the text found on this site is true or false. As of today, Saturday 21 November, there have been no statements that I have seen doubting the authenticity of these texts. It is here just as a curiosity!

    Ways to use this search:

    • Enter keywords in the search box (try not to use quotation marks, the system automatically checks the words of your phrase and returns best match first
    • See the menu below, all emails are laid out in pages of 25 or you can click on the filename (if you know what you need) to simply view a single file
    • See what keywords and phrases others have been using recently and just click on those to see what is there

    Fuente:

    http://www.anelegantchaos.org/cru/

    Noticia Original, Fonte:

    http://www.nytimes.com/2009/11/21/science/earth/21climate.html?_r=3&hp

    StarVieWerTeam 2009

    Com informações de: Mitos Climáticos

    A face oculta do alarmismo climático.

    As revelações do ClimateGate permitiram entrar nos segredos dos “deuses” que têm mantido vivo o alarmismo do aquecimento global. Os milhares de emails tornados públicos por quem invadiu o sistema informático da Climatic Research Unit (Norwich, Reino Unido), da responsabilidade de Phil Jones, desvendaram a face oculta da máquina do IPCC.

    É o que Roy Spencer afirma, no seu blogue, num texto intitulado “ClimateGate and the Elitist Roots of Global Warming Alarmism”.

    Aqui no Arauto:

    Atualizações 25/11/2009:

    Suspeitos

    A história circula já faz alguns dias, mas batia num muro de gelo (ooops!) na imprensa brasileira. Havia me destinado a falar hoje a respeito e esbocei tratar do assunto no Programa do Jô, mas aí a conversa tomou outro rumo. Bem, finalmente começa a circular entre nós, embora já venha com as tintas da desqualificação.

    Mas de que diabos estou falando? Hackers invadiram os computadores da Universidade de East Anglia, na Inglaterra, e piratearam nada menos de 6 mil e-mails trocados entre cientistas especializados em clima. East Anglia é um dos mais respeitados centros de climatologia do mundo, e seus estudos são um dos pilares que sustentam a tese de que o aquecimento global é provocado pela ação do homem.

    Esse negócio de piratear dados de onde quer que seja não é bonito. Que os responsáveis sejam punidos etc etc etc. Mas o fato é que alguns dados que vieram a público parecem indicar que os especialistas em clima que sustentam a tese antropogênica para o aquecimento global são chegaditos a uma mentira e a uma propaganda enganosa. Há mensagens que sugerem manipulação de dados. A história, em detalhes, com vários trechos dos e-mails pirateados, está no blog de James Delingpole, do Telegraph.

    Num deles, Phil Jones, chefão de East Anglia, diz a seus pares, nos Estados Unidos, que tinha recorrido aos mesmos “truques” de Michael Mann, da Universidade da Pensilvânia, para “esconder o declínio” de uma série de temperaturas num período de 20 anos, de 1961 a 1981. No original:

    I’ve just completed Mike’s Nature trick of adding in the real temps to each series for the last 20 years (ie from 1981 onwards) amd [sic] from 1961 for Keith’s to hide the decline.

    Phil Jones se defende e diz que, quando os cientistas da área empregam a palavra “truque”, eles não querem dizer “truque”. Entendo… E que não falava de temperatura, mas da copa das árvores… Há outros e-mails que sugerem supressão de informação e debate sobre como tornar o aquecimento algo mais convincente, mais “quente”, entendem?, mobilizando mais as pessoas.

    Os e-mails pirateados foram hospedados num servidor da Rússia, e não se tem idéia da origem da invasão. A direção de East Anglia já confirmou que são verdadeiros. Mas, é óbvio, nega que revelem manipulação. Atribui-se tudo à gritaria dos “céticos”  – que, aliás, são tratados com bem pouca lhaneza nas mensagens. Da vontade de dar uns sopapos nos adversários à alegria porque um dos inimigos morreu – John Daly -, a ciência do aquecimento global demonstra que quente, mesmo, naquele universo, é o gosto pela fofoca e pela desqualificação de tudo o que não concorra para a tese do grupo.

    Já escrevi bastante sobre aquecimento – e meu novo livro traz frases a respeito. Não sou especialista, é óbvio. O que tenho feito é sugerir aos leitores que busquem ouvir o contraditório. Afinal, não se deve partir do princípio de que alguns querem salvar o mundo, e outros, destruí-lo. Os e-mails são provas irrefutáveis de que há manipulação? Não! Mas que cheiram mal, ah, isso é inegável. Esse negócio de que “truque”, lá entre eles, não é “truque”. Bem…  Com efeito, “truque” é a versão benevolente de “trick”, também “embuste”, “fraude” e coisas do paradigma.

    Sabem o que é mais interessante? Há um troço chamado Oscilação Decadal do Pacífico (PDO, na sigla em inglês). Não tenho como resumir. Está devidamente explicado aqui [site da MetSul]. Em suma, a temperatura do Pacífico tem grande influência na temperatura do planeta. Justamente entre 1961 e 1981, período a que se refere o tal e-mail, o Pacífico havia esfriado, assim como havia esquentado entre 1920 e 1940, depois esfriou de novo…

    E como isso poderia ter sido evitado??? Bem, isso não poderia ter sido evitado ainda que os seres humanos renunciassem à sua cultura e voltassem à fase da coleta – e, suponho, da antropofagia…Ai os bobalhões logo dizem: “Ah, você quer poluir tudo!!!” Não! Quero é que parem com o papo terrorista, escatológico, para que se estabeleçam metas realistas“. (Post de Reinaldo Azevedo em seu blog no site da revista Veja)

    Veja uma sátira do caso Climategate produzida pelo grupo Minnesotans for Global Warming. O refrão Hide the Declinerefere-se à frase de Phil Jones em e-mail para Michael Mann sobre o truque já usado por Mann que utilizaria numa série de temperatura para esconder o declínio (hide the decline):

    Com informações da Metsul



    VITÓRIAS E CELEBRAÇÕES.

    •novembro 23, 2009 segunda-feira • Deixe um comentário

    foto: arauto do futuro

    foto: arauto do futuro

    VITÓRIAS E CELEBRAÇÕES.

     

    Enquanto isso, aqui na Terra

    os festejos de nossa humanidade

    não devem ser diminuídos nunca, porém tampouco

    transformados em narcóticos que impeçam

    a percepção do avanço daquilo que contraria

    toda futura perspectiva de celebração.

    Cada vitória deve ser celebrada, mas também

    precisa ser estudada a natureza da conquista,

    para conferir a que amo serve a mesma.

    Alguém tem dúvida de que nossa civilização

    está em processo de mutação?

    Pois então, vejam que

    o que a vanguarda do atraso trouxer será também

    celebrado como vitória,

    mas será de duvidosa reputação,

    ao passo que a verdadeira conquista

    será de quem for capaz de ver além de sua presença,

    de quem pensar nas futuras gerações.

    .

    O conhecimento que provoca regozijo e felicidade é o verdadeiro, todo o resto alimenta o sem-fim de preocupações que só serve para manter nossa humanidade aquém do que merece ser. Felicidade rima com liberdade!

    .

    A boa sorte se comprova na prática. Quando sua alma se atreve a contrariar as regras do bom senso e ainda assim obtém bons resultados, essa é a prova de que a boa sorte deu aquele sorriso que todo mundo deseja.

    .

    A necessidade de viver em ambientes belos e harmoniosos não é mera superficialidade. Toda beleza é uma manifestação espiritual, porque provoca sentimento de harmonia e a certeza de que há uma ordem por trás do caos.

    .

    Os bons sentimentos, quando compartilhados, aumentam de tamanho e intensidade. No geral, as pessoas são tímidas nesse sentido, mas absolutamente extrovertidas quando o assunto é compartilhar mau humor e irritação.

    .

    Tudo que parece fácil demais é porque é fácil demais para ser verdade. Seria insensato viver com a mente tomada constantemente pela desconfiança ou pela suspeita, mas tampouco se pode acreditar no que é inacreditável.

    .

    Agregue uma dose de bom senso ao entusiasmo, porque assim os resultados serão os melhores possíveis. Nada de mal pode ser dito do entusiasmo, mas em alguns casos, na falta de bom senso, ele provoca precipitações tolas.

    .

    Refine suas palavras para que provoquem sentimentos positivos. Ainda que você tenha de dizer algumas verdades duras, melhor será para todo mundo envolvido que as palavras utilizadas sejam agradáveis e belas.

    .

    Colabore com o sucesso alheio, porque um dia, num futuro nada distante, esse sucesso poderá ser seu também. Porém, ideal seria que você ajudasse independente da ajuda ser retribuída. Isso sim seria ajudar de verdade!

    .

    Sacrificar-se para ajudar outras pessoas é muito nobre, mas essa nobreza seria inútil e contraproducente quando oferecida a pessoas que não a merecem. É muito importante escolher bem a quem ajudar.

    .

    Dar conselhos é fácil, porque esses, ainda que ótimos, sempre serão distantes da realidade concreta. Porém, se você reconhecer a limitação de todo conselho, poderá usufruir dos mesmos o melhor que podem oferecer.

    .

    Fonte: Quiroga

     

    OS FATOS

    •novembro 22, 2009 domingo • 2 Comentários

    OS FATOS.


    Ainda que cada ser humano

    monologue na intimidade de sua mente

    para convencer-se de ser único e original,

    toda nossa humanidade poderia ser dividida

    de acordo a duas tendências preponderantes:

    há os que se identificam com os relacionamentos corretos

    e tentam sustentar esta nota de acordo com seu alcance

    e possibilidades, enquanto há os que estão decididamente

    do lado da política cruel e egoísta que encontra sintonia

    e abrigo nos relacionamentos de competição.

    A esperança fica por conta da primeira turma

    e pelo lado da segunda fica a exaustão,

    o fim de toda relação civilizada.

    Nosso belo planeta está em guerra

    e não há como ficar de fora desta realidade.

    Embora se busque fugir da verdade,

    teremos de enfrentar os fatos e agir à altura.

    .

    Permita-se a manifestação do entusiasmo, porque este traz consigo uma força contagiante que atrairá as pessoas que você precisa atualmente. A manifestação das preocupações fará exatamente o contrário disso.

    .

    Você encontrará tudo que busca através da melhora dos relacionamentos. Fazendo o possível para que os vínculos de competição se transformem em laços de cooperação, você terá mais do que meio caminho andado.

    .

    O céu dispõe as oportunidades, mas você deve agarrá-las e fazer alguma coisa produtiva com as mesmas. Por isso, sua maior inimiga será a preguiça, que sugere ser melhor deitar, descansar e esquecer.

    .

    Com boa vontade e confiança, certos aspectos discordantes de relacionamentos poderão ser superados. Porém, você terá de intervir firme, mas suavemente, nessas questões, porque nada acontecerá automaticamente.

    .

    É evidente que na realidade concreta não se pode tanto quanto o que a imaginação propõe. Porém, que sabor teria a vida sem esta discordância? Afinal, é a sensação de algo faltar que movimenta a engrenagem do mundo.

    .

    Nutra e proteja seus melhores desejos, mas não deixe de fazer o necessário para vê-los realizados. Evidentemente, realização alguma é automática, porque se assim fosse nós, humanos, seríamos apenas robôs da vida.

    .

    Novas idéias surgem intuitivamente, mas os velhos hábitos se opõem firmemente, induzindo você a continuar repetindo o mesmo repertório de sempre. Abra sua mente e coração às novidades, chegou a hora de mudar!

    .

    Acostume-se com a presença e intervenção dessas pessoas complicadas que circulam por aí, porque elas vieram para ficar e, através das complicações, incentivar você a encontrar formas mais criativas de agir.

    .

    Finalize alguns assuntos antes de assumir outros, para que não fiquem pontas soltas nem depois você tenha de voltar atrás para atender o que já não despertaria mais seu interesse. Tudo em seu momento certo.

    .

    A tensão ainda é enorme, mas pelo menos sua alma consegue enxergar uma perspectiva mais ampla de manobra. Este processo já se colocou em andamento e marca um novo ritmo para os próximos meses. Assim são as coisas.

    .

    Você poderá se considerar uma alma realmente evoluída quando celebrar o sucesso alheio como se fosse o próprio. Enquanto isso, o excesso de individualidade limitará o panorama de relacionamentos e conquistas.

    .

     

    Fonte: Quiroga

    Luz sobre a Terra

    •novembro 22, 2009 domingo • Deixe um comentário

    Luz sobre a Terra

    Autor: Trigueirinho

    Furacões, inundações e terremotos têm ocorrido constantemente em várias regiões da Terra. De muitos modos esses desastres naturais podem ser encarados. De certo ponto de vista, pode-se dizer que a vida materializada nos lugares onde ocorrem é liberada para outras dimensões de existência. É uma limpeza que permite posterior renovação da Natureza, tão agredida pelo homem. Também quanto às pessoas que sofrem esses desastres, pode-se dizer que são liberadas de condições indesejáveis para o Espírito.

    A Natureza, como Entidade inteligente, é capaz de destruir tudo o que não serve, que está desatualizado ou que afronta a integridade do Espírito. O desenvolvimento da consciência planetária, como um todo, não pode ser retardado por circunstâncias criadas pela presente civilização — condições subumanas de vida, de habitação, de abastecimento; laços afetivos viciados, inferiores ao estado que as almas estão preparadas para manifestar; anseios egoístas de satisfação de desejos sem levar em conta os demais e o meio ambiente. Assim, os desastres são um meio drástico de purificação.

    Nessas manifestações da Natureza — das quais poucas áreas do planeta estão livres nesta época — não há conceitos morais ou sociais comuns; elas limpam, transformam, removem, dissolvem o que é negativo, com grande e profunda repercussão nos seres. Os principais efeitos de uma experiência forte como essa dão-se no interior das pessoas, no seu íntimo; nem sempre se revelam. Quando a destruição é vasta, pode haver profunda limpeza também no espaço etérico, com a colaboração dos ventos e das águas. Em tempos normais isso não é possível em grande proporção.

    Há lições a aprender com esses acontecimentos, cada vez mais triviais e numerosos. Uma das primeiras é que, por lei, a Natureza recupera o espaço que lhe foi usurpado pelo homem. Assim, tendem a retornar ao curso original rios cujo trajeto foi mudado em nome da comodidade, do lucro ou de maior usufruto por parte de populações que normalmente desperdiçam água e não adquirem hábitos superiores de higiene. Outra coisa que se pode observar e com a qual muito se tem a aprender: nas destruições de florestas pelos ventos, as árvores nativas têm demonstrado ser as mais resistentes. As que caem logo têm sido as transplantadas de outras regiões pelo homem, as que compõem reflorestamentos realizados quase sempre por interesses espúrios.

    As ajudas humanitárias exercidas nessas ocasiões são uma oportunidade de equilíbrio, isto é, países que espoliaram outros são levados a devolver parte dos bens em forma de doações, embora em geral essa parte seja mínima em proporção aos desvios passados. Gestos de auxílio aliviam débitos de um povo para com outro e de um indivíduo para com outro. A recuperação de áreas destruídas implica o exercício da solidariedade, e poucas ocasiões se apresentam tão propícias para o florescimento dessa virtude como as dos inevitáveis desastres naturais.

    Mas por que as pessoas não percebem internamente o perigo que se avizinha? Por que são apanhadas de surpresa, quando poderiam preparar-se melhor ou fugir desses desastres? A resposta é que, embora avisos gerais sempre tenham sido dados, embora há séculos se venham anunciando as transformações pelas quais a Terra passará e embora ultimamente tais avisos tenham chegado a detalhes, pouca importância lhes é dada. O comportamento não muda, os maus hábitos permanecem, tudo prossegue como sempre. E, por não levarem em consideração esses avisos, as pessoas perdem o direito de intuir a hora da chegada dos desastres, para que se resguardem até certo ponto.

    http://www.trigueirinho.org.br/textos/php/luz_sobre_a_terra.php

    http://www.trigueirinho.org.br/web/php/textos.php

    http://www.trigueirinho.org.br/

    Operações Secretas

    •novembro 21, 2009 sábado • Deixe um comentário

     

    *

    A natureza é sábia: a vida é a norma, não a exceção.

    Sem essa premissa, não é provável o debate de determinados temas e fazemos que seja mais fácil o desaparecimento de qualquer espécie, antes que esta possa mudar a consciência.

    Fonte: aqui

    SOMENTE O NECESSÁRIO

    •novembro 21, 2009 sábado • Deixe um comentário

    necessário,

    somente o necessário

    o extraordinário é demais…

    Uma reflexão divertida para esta tarde de sábado…

     

    Camelot

    •novembro 21, 2009 sábado • Deixe um comentário

     

    Projeto Camelot

    Projeto Camelot

    Por evelyntorrence

     

    Mais informações:

    projetocamelotbrasil.blogspot.com

    Projectcamelot.org


    A LUTA.

    •novembro 21, 2009 sábado • Deixe um comentário

    *

    A LUTA.

    A compreensão, a cooperação e o desenvolvimento de

    relacionamentos humanos corretos

    é a perspectiva de reinvenção da civilização atual,

    ainda calcada sobre o minucioso

    planejamento egoísta, a competição econômica

    e a militância da cobiça.

    Esta perspectiva de reinvenção é apoiada pelo poder da Luz,

    mas atacada pela força obscura do totalitarismo,

    o qual pretende transformar o mundo num campo armado,

    para o qual promove o crime, os movimentos separatistas e

    plantando cizânia em grupos que fazem reivindicações certas,

    mas agem de forma errada.

    A única forma de não cair na sedução do que impede

    o avanço da Luz é erradicar o medo da própria alma,

    pois enquanto houver medo não haverá como confiar na

    perspectiva de reinvenção da civilização atual.

    .

    Quando as atitudes concretas ficam aquém da força dos desejos, sobrevém uma frustração enorme. Evidentemente, você não apreciaria esta condição e, por isso, seria sábio agir à altura dos desejos que ardem em seu coração.

    .

    Ainda que lidar com pessoas seja estressante, em muitos casos dando a sensação de que seria melhor continuar sem elas, melhor será que você se acostume com a idéia de que tudo depende de bons relacionamentos.

    .

    A intuição informará você melhor do que a razão. O problema será que você não poderá ter certeza antecipada sobre a natureza dessa informação, ela terá de ser testada na prática. Até lá, os dilemas continuarão vivos.

    .

    As pessoas complicam, com certeza. Porém, sem elas você tampouco teria com quem compartilhar os momentos de sucesso e celebração. As pessoas complicam, mas nada além do necessário para o caminho humano.

    .

    Quanto mais segura sua alma se sentir, maior terá de ser o passo seguinte, para compensar, de modo que a vida prossiga na maior harmonia possível. A medida de segurança há de ser igual à medida da aventura.

    .

    Para que sua atividade profissional renda o tanto que sua alma imagina, será necessário associar-se e compartilhar as obrigações, de modo que pela divisão do trabalho as perspectivas se multipliquem.

    .

    Nada de grandes gestos, porque é nos pequenos detalhes que reside a perspectiva de tudo que você pretende conquistar. Enquanto a devida atenção for dada a esses pequenos detalhes, o grande caminho acontecerá naturalmente.

    .

    Sua alma está certa ao tentar informar você de que seria melhor guardar segredo a respeito dos mais importantes planos, porque comentá-los significaria tirar-lhes o tênue alento que os mantém vivos e em movimento.

    .

    Sua margem de manobra está em franca via de expansão, mas ainda não se pode celebrar, porque seria precipitado e faria com que você perdesse o foco da atenção. Continue se esforçando da melhor forma possível a respeito de tudo.

    .

    Fonte: Quiroga


    “Tsunami” no Pântano do Sul? ólhólhó nunca vi dissu…

    •novembro 20, 2009 sexta-feira • 6 Comentários

    *

    “Tsunami” no Pântano do Sul?

    “ólhólhó nunca vi dissu ô rapazi…”

    *

    (As imagens são de celular. Fonte: aqui)

    Pois não é de hoje que estão ocorrendo, desde que as chuvas ‘procelares’ assolaram Santa Catarina em 2008 já vem se observando e sentindo que aquele ponto extremo da Ilha de Santa Catarina que reúne o sonho das belezas do mar aberto tão perto da bucolidade das montanhas também está mandando seu recado…

    E recentemente a praia de mar calmo, em sua costa esquerda já habituada as marés altas que tomam sua extensa areia desta vez foram surpreendidas por uma onda ‘tsunamica’ delatada por sua característica  de ‘recuo’ intenso antes da derradeira onda que invadiu literalmente as ruas chegando até a igrejinha local, levando consigo não apenas as embarcações, bateras e botes, mas também os carros, as mesas, cadeiras, decks e tudo o mais que estivesse na areia, adentrou casas e restaurantes sem pedir licença, e isso tudo ” ainda bem”  que não foi em um fim de semana, quando a praia está cheia de locais e turistas…

    Essa onda foi observada e fez muitos estragos em outras praias não apenas na Ilha mas em todo litoral sul desde o Uruguai até Paraná com muita intensidade.

    Mas, infelizmente, não é só isso, vejam que este mês de novembro, salvo alguns raros dias com intenso calor e sol forte, já tem novos recordes de chuvas, inundações, ventos fortes, tempestades, raios, temporais, granizada, entre outras intempéries e que se mantém em uma constância desde agosto/2009

    Pântano do Sul - Bar do Arantes

    Pântano do Sul - Bar do Arantes - antes

    19/11/2009 Pântano do Sul - Bar do Arantes

    19/11/2009 Pântano do Sul - Bar do Arantes - depois da 'onda esquisita''

    Esses ‘enfeites’ pendurados são ‘recados’ colados nas paredes e no teto, este restaurante é todo decorado pelos visitantes que deixam registrada sua visita no local.

    .

    Oceanógrafo diz que chance de onda que atingiu Florianópolis se repetir é muito pequena

    Fenômeno assustou moradores e turistas do Pântano do Sul

    A onda que assustou quem estava na praia do Pântano do Sul, em Florianópolis, na tarde de quinta-feira, não deve provocar pânico tão cedo aos moradores e visitantes do Sul da Ilha de Santa Catarina. De acordo com o oceanógrafo da Epagri Carlos Eduardo Salles de Araújo, esse foi um fenômeno pouco comum na capital catarinense, embora esteja ficando mais frequente em diversas regiões do mundo.

    A onda de pelo menos três metros de altura avançou sobre a areia, arrastando canoas e carros que estavam na orla.

    Carlos explica que há mais probabilidade dessa onda se formar onde há presença de ventos fortes, o que deixa o mar agitado. O oceanógrafo a caracteriza como umafreak wave (onda esquisita).

    — Ela foge dos padrões. A onda esquisita rouba energia das outras ondas e vai ganhando força. Por fim, ela cresce em altura e fica íngreme, como um paredão — afirma Carlos.

    O oceanógrafo diz que, dependendo da intensidade, o fenômeno pode chegar a destruir navios. Ele também salienta que há chances da freak wave se formar em dias de ressaca e vento forte.

    — Nesses casos, vale se prevenir e evitar ficar muito próximo do mar ou deixar veículos na praia — recomenda Carlos.

    Confira a reportagem sobre a onda na RBS TV

    Veja mais imagens da onda no site da RBS TV

    Onda gigante assusta em SC

    As tormentas também castigaram os catarinenses. Ventos com até 100km/h e chuva forte provocaram estragos na tarde de ontem, deixando mais de 500 mil pessoas sem energia elétrica.

    Em um dos casos mais preocupantes, uma onda de pelo menos 3 metros de altura atingiu a praia do Pântano do Sul, em Florianópolis, e causou pânico.

    Com isso, o improvável aconteceu com o corretor Robson Leal,48 anos. O carro dele se chocou com um barco. A onda arrastou as embarcações que estavam na praia e fez os carros flutuarem. Um barco acertou o ceículo do corretor que foi lançado contra a porta do Bar do Arante, onde ele fazia uma refeição.

    Assim como todos, clientes e funcionários, Robson correu para o fundo do estabelecimento enquanto a água entrava. Os sinos da igreja tocaram para a colônia de pescadores correr até o mar e ajudar a reparar os estragos.

    Os barcos ficaram espalhados pela praia. Pelo menos 30 sofreram danos. Os sete restaurantes à beira mar foram inundados.

    Além da Grande Florianópolis, o sul catarinense também foi atingido com gravidade. Em Criciúma, a cobertura do Estádio Heriberto Hülse foi arremessada pelo vento. No porto de Imbituba, três trabalhadores caíram no mar com a queda de um guindaste. Eles sofreram lesões graves e foram hospitalizados.

    Aqui no Arauto:

     


    Meteorito em Utah

    •novembro 20, 2009 sexta-feira • 1 Comentário

    E a noite se faz dia…

     

    Meteorito em Utah iluminou a noite

    Meteorito em Utah iluminou a noite em 19-11-2009

     

     

     

    19-11-2009 Meteorito em Utah

    Fonte: Aqui

    Câmaras de vigilância filmaram o momento da queda do meteorito no Estado norte-americano de Utah, na madrugada de quarta-feira. Não há registo de vítimas. Veja o vídeo.

    Passava pouco das 00:00h de quarta-feira quando as câmaras de vigilância do Observatório de Milford da Universidade do Utah gravaram a queda de um meteorito.

    A noite escura transformou-se por momentos em dia, com as imagens a revelarem um flash luminoso, seguido do momento do impacto do meteorito no solo. O estrondo ouviu-se durante cinco minutos, mas não há indicação da existência de vítimas.

    Há várias imagens do momento, em diferentes ângulos, captadas por diversas câmaras de vigilância.

     

    Meteorito ilumina noite em Utah, EUA

    Fonte: aqui

    Um meteorito iluminou partes do céu do Estado de Utah, nos Estados Unidos, tornando a noite quase “dia”.

    A bola de fogo foi captada pelas câmaras de segurança do Observatório de Milford, no Estado do Utah.

    Os clarões de luz foram tais que, por segundos, pareceu que o dia amanheceu mais cedo. Os cientistas do Utah afirmam que o meteorito está associado à Leonid, uma chuva anual de meteoritos.

    Apesar de ser comum avistar meteoritos, este foi considerado um episódio invulgar devido à intensidade do clarão.

    Outras fontes:

     

    + Artigos aqui no Arauto:

    Astronomia

    FRATERNIDADE.

    •novembro 20, 2009 sexta-feira • Deixe um comentário

    FRATERNIDADE.

    A atração ou rejeição que as coisas, astros ou pessoas

    sentem entre si é a revelação de uma oculta afinidade,

    uma espécie de amizade, dizia Pitágoras.

    O infinito Universo é integrado em todos seus aspectos

    através do espírito de Fraternidade.

    Como no caso da consciência humana nada pode ser imposto,

    tudo deve ser escolhido e decidido,

    este espírito de fraternidade fica latente até ser vivificado

    por meio da sagrada decisão de ser posto em marcha.

    O oposto da Fraternidade é competir o tempo inteiro

    até o nível da guerra declarada.

    Do conflito aparentemente inofensivo

    até a guerra declaradamente ofensiva,

    todas as partes envolvidas perdem e se autodestroem

    enquanto se afastam do espírito de fraternidade que as une.

    .

    Ainda que o ônus das decisões seja todo seu, inúmeras pessoas dependem das mesmas e, por isso, você não tem obrigação de isolar-se e carregar tudo em suas costas. Converse, compartilhe, peça e ouça opiniões diferentes.

    .

    Tudo que de melhor você consiga imaginar para seu futuro depende de fazer alianças e estabelecer laços de cooperação com as pessoas certas. Isso deve dar a você uma dimensão clara do que vem pela frente.

    .

    Mostre apenas uma parte de seus planos, porque preservar a outra parte permitirá que você tenha uma margem de manobra à disposição, caso aconteçam imprevistos ou mesmo para você mudar de rumo quando quiser.

    .

    Agora vem aquele período em que os desejos precisam converter-se em atitudes práticas, porque de outro modo o excesso de fantasia se tornará decepcionante. Sair da imaginação e entrar no mundo concreto, este é o espírito!

    .

    As pessoas são complicadas porque elas não lidam bem consigo mesmas, são ambíguas a respeito dos próprios desejos. Imagina então o tamanho da complicação quando o assunto é reunir pequenos ou grandes grupos de pessoas.

    .

    Depois de ter ouvido inúmeras opiniões, os dilemas não diminuíram, mas aumentaram. O melhor que você pode fazer é assumir a total responsabilidade pelas decisões, agindo mais intuitivamente do que com a razão.

    .

    Negocie a participação de outras pessoas em seus projetos, porque ainda que isso traga complicações evidentes, trará também idéias e soluções que você, contando apenas com seus recursos, não teria nunca imaginado.

    .

    É legítimo celebrar o momento da conquista, porém é sábio não estender-se demais nisso para evitar que a alma estacione num regozijo que impediria a visão de outras oportunidades que surgem imediatamente.

    .

    O entusiasmo é o motivo que faltava para você tomar as decisões e seguir em frente pisando no acelerador. A vida não valeria a pena sem momentos de aventura, onde a única certeza é a que o entusiasmo traz consigo.

    .

    O sinuoso trecho das complicações foi curto, mas tão intenso que pareceu, a certa altura, que ia durar para sempre. Porém, agora o panorama se alarga e outros ventos começam a soprar. Guarde isto na memória.

    .

    Às vezes, a alma tem a sensação de que seria melhor não comentar nada a respeito dos mais importantes planos, porque fazê-lo significaria tirar-lhes o alento que garantiria sua sobrevivência e realização.

    .

    Fonte: Quiroga

    IGUALDADE.

    •novembro 19, 2009 quinta-feira • Deixe um comentário

    IGUALDADE.

    Todos os humanos somos iguais, ou semelhantes,

    mas não achamos que isso seja desejável,

    pois sermos únicos e originais é uma idéia infinitamente

    mais sedutora, é o pensamento que ocupa a maior parte

    do tempo de nossa mente.

    Na hora em que a realidade nos transforma em iguais,

    numa fila ou perante a lei,

    ansiamos merecer privilégios que nos façam sentir especiais.

    Quando somos tomados por alguma idéia luminosa,

    rapidamente nos apropriamos dela

    em vez de perceber que ela simplesmente

    se lança para ser percebida.

    Quando amamos,

    queremos que o amor seja nosso em particular,

    desprezando a idéia de que é o amor que ama

    através de nossas almas.

    Igualdade é um conceito inoportuno e incômodo

    para nossa humanidade.

    .

    Uma dose discreta de competição faz as pessoas se esforçarem mais para dar o seu melhor. Porém, a competição é sedutora e normalmente as pessoas se entregam ao seu feitiço, vivendo por ela, morrendo por ela.

    .

    Seria demonstração de sinceridade falar que você não pretende tomar nenhuma decisão agora. Isso facilitaria as coisas e, principalmente, liberaria as pessoas envolvidas para elas buscarem seus próprios caminhos.

    .

    Muita teoria e pouca prática, assim começa a decepção. É normal isso acontecer num mundo onde a palavra é valorizada em detrimento dos gestos das pessoas, mas bem que você podia fazer diferente dessa vez.

    .

    Antes de continuar montando suas armadilhas, considere o risco de sua própria alma cair nelas, ao ponto de não conseguir fugir das mesmas. Certamente, esse não é seu plano, mas é uma perspectiva que pode acontecer.

    .

    Nesta parte do caminho será melhor não pedir ajuda a ninguém, porque o risco de alguém se dispor a prestar uma ajuda fajuta seria grande demais, considerando os riscos envolvidos no momento atual. Fique na sua.

    .

    Para a força do desejo não há dúvida alguma, o assunto é seguir em frente até obter a satisfação desejada. Porém, sua alma não é escrava do desejo, sua alma é capaz de refletir e escolher se vai ou não em frente.

    .

    Uma boa reflexão sempre salvará você de tomar atitudes desproporcionais, especialmente nos momentos em que sua alma é tomada pelo convencimento de saber tudo que acontece. Tudo é uma palavra grande demais.

    .

    Na prática, a teoria pode ser outra diferente da imaginada. Por isso é de vital importância que você não se detenha a discutir antecipadamente o que a prática depois renegaria. Melhor arregaçar as mangas e trabalhar.

    .

    Quando há uma dose saudável de boa vontade, a discórdia conduz à criatividade e as pessoas envolvidas se dispõem a encontrar métodos inovadores de lidar com as mesmas situações de sempre. Porém, sem boa vontade…

    .

    Demonstre respeito ao tempo, permitindo que as coisas amadureçam antes de exigir-lhes que frutifiquem. Isso não é fácil para quem já viu o objetivo, mas confundir visão e realização não ajudará em nada.

    .

    As coisas nunca foram fáceis, mas ultimamente tem ido além da conta na complicação, não é? Mesmo assim, não desalente, porque por trás de toda essa complexidade acena, segura, a mão da criatividade propondo inovação.

    .

    Os momentos de satisfação serão proporcionais à tensão sofrida nos últimos tempos. Isso é motivo de regozijo, com certeza! Porém, a alma questiona a necessidade de as coisas deverem acontecer assim necessariamente.

    .

    Fonte: Quiroga

    LIBERDADE.

    •novembro 18, 2009 quarta-feira • Deixe um comentário

     

    Liberdade

    Liberdade

    LIBERDADE.

    Liberdade é uma palavra que enche os discursos porque tem

    alma, seu sopro vital ilumina o vazio de nossa humanidade.

    Porém, que medida de liberdade real e concreta

    cada ser humano é capaz de suportar?

    Muito pouca ainda!

    Em parte porque somos convencidos de que se deixados em

    liberdade nos tornaríamos selvagens e brutais e, também,

    por outra parte sendo ciumentos da liberdade alheia

    e controladores do destino que não seja o nosso,

    resulta tudo numa civilização que conhece

    o espírito da liberdade, mas ainda não sabe

    como encaixá-lo de forma prática em seus hábitos cotidianos.

    Não somos educados para ser livres,

    mas para ser menos do que somos.

    Eis uma distorção que está

    em pleno processo cósmico de ser consertada.

    .

    É legítimo opinar de forma diferente, para deixar clara sua posição. Porém, quando a situação não está sob seu comando, essa clareza ocuparia um terreno que não seria seu. Nessa hora, melhor calar e conceder.

    .

    Enquanto você não ficar de acordo com sua própria alma, suas atitudes continuarão ambíguas. Talvez, perante essa complexidade toda, você não queira tomar decisão nenhuma. Porém, esta seria também uma decisão.

    .

    Segredos são revelados e a oportunidade de mudar o rumo fica disponível. O próximo passo será aproveitá-la para que todo mundo adquira uma margem maior de liberdade, superando os constrangimentos passados.

    .

    Quando quiser saber o que uma pessoa realmente pretende comunicar, observe seus gestos no lugar de prestar atenção às palavras que ela diz. Os gestos são sempre muito mais sinceros e reveladores do que as palavras.

    .

    É fácil para alguém aconselhar outrem a encarar riscos, porque essa pessoa ficaria livre de quaisquer consequências. Só a própria pessoa que vai arriscar-se deve tomar para si o atributo desse tipo de decisão.

    .

    Suas razões podem ser as mais corretas do mundo, mas neste momento não haveria aceitação das mesmas. Por isso, melhor você não se envolver em discussão alguma, se quiser demonstrar uma teoria, faça-o na prática.

    .

    Todo ser humano devia sempre refletir sobre as razões que acha definitivas e irrevogáveis, porque é assim que ele ou ela põe os pés no caminho de atitudes autoritárias. A reflexão é árdua, mas ajuda muito.

    .

    Coloque sua energia à serviço do ideal mais nobre que você tiver em mente ou que puder imaginar, mas não se convença de que por ver o ideal você deveria realizá-lo imediatamente. O tempo é um fator a ser respeitado.

    .

    Por trás de toda discórdia há o aceno da criatividade para que se encontre uma nova maneira de conduzir relacionamentos e empreendimentos. Porém, a má vontade das pessoas envolvidas empaca todo o processo.

    .

    Busque o alento que precisa no espírito de aventura, porque já que todas as decisões atuais envolvem algum risco, o melhor a fazer é respirar fundo e atirar-se em alguma delas sem antecipar o que aconteceria depois.

    .

    Melhor não gastar energia excessiva na tentativa de encobrir isso ou aquilo, porque a verdade anda circulando livremente e você não gostaria, com certeza, de ver sua alma pega de calças curtas, não é mesmo?

    .

    Fonte: Quiroga

    A ESSÊNCIA DA EVOLUÇÃO.

    •novembro 17, 2009 terça-feira • Deixe um comentário

    ***

    ***

    A ESSÊNCIA DA EVOLUÇÃO.

    Aquele murmúrio mental que ocorre ininterruptamente

    na cabeça de nossa humanidade

    anda se transformando em gritaria,

    invadindo o âmbito público e subvertendo aquela normalidade

    que, de fato, não existe mais há muito tempo.

    Assim é que a humanidade mostra sua verdade interior,

    trai a si mesma através de atos falhos

    e de coincidências fortuitas que a deixam nu em praça pública.

    Quem tiver minimamente compreendido

    a oportunidade em marcha, que é a reinvenção da civilização,

    fará bom uso dessa circunstância,

    aparando as arestas de seus defeitos e indo além,

    transfigurando-os em virtudes.

    Esta é a essência da evolução,

    tornar-se consciente de que os vícios

    são virtudes desencaminhadas

    e esforçando-se para redimi-los e colocá-los na trilha certa.

    .

    Os atos falhos comprovam que a verdade nunca poderá ser oculta indefinidamente, porque a própria consciência cria armadilhas na qual ela própria cai e revela as reais intenções. Melhor levar isso em consideração sempre.

    .

    Você não precisa concordar com tudo que as outras pessoas dizem ou fazem, mas tampouco precisa manifestar sua discordância a todo momento, pois isso atrasaria o andamento de situações que não estão sob seu domínio.

    .

    Toda discórdia será rapidamente superada, contando com que as pessoas envolvidas coloquem os ideais acima dos interesses mesquinhos. Isso, é claro, não é garantido, porque depende do caráter dos envolvidos.

    .

    A discórdia é um convite da criatividade, mas normalmente as pessoas ficam aquém desta possibilidade, empacam no terreno do conflito alongando indefinidamente o que poderia ser superado com criatividade.

    .

    Agora não seria um momento bom para você dar explicações. Melhor você demonstrar suas teorias dando o exemplo com seus gestos e desempenho. Antes que suas palavras se voltem contra você, arregace as mangas e trabalhe.

    .

    Entre as palavras e os gestos, fique com os últimos para guiar seus passos e reconhecer o que as pessoas comunicam. No geral, há dissociação entre a palavra e o gesto, mas normalmente a palavra é tida mais em conta.

    .

    A arte de seduzir oculta a verdade, mas quanto tempo dura o encanto? Impossível sabê-lo, mas é absolutamente realista considerar que em algum momento o feitiço irá desaparecer e a verdade surgirá como o amanhecer.

    .

    É comum acontecer de você ter a alma convencida de certas razões e, por isso, achar legítimo tomar as atitudes pertinentes. Porém, o tempo passa e essas razões não se mostram fortes. Como consertar o feito?

    .

    Momentos intensos serão sempre reveladores, porque nas horas críticas as pessoas demonstram a verdadeira fibra de que são feitas. Assim, sua alma reconhecerá com clareza as pessoas que fazem parte do caminho atual.

    .

    Todas as decisões atuais envolvem riscos e satisfações, o que aumenta a complexidade do panorama. Melhor você se investir o mais rapidamente possível de espírito de aventura, o único que dará verdadeiro alento a você.

    .

    Fonte: Quiroga

     

    BBB2009 II – Mas, e o que provocou o curto circuito?

    •novembro 16, 2009 segunda-feira • 2 Comentários

    Boletim Blackout Brasil 2009 – II

    O apagão provocou um curto circuito ?

    Um curto circuito provocou o apagão?

    Mas, e o que gerou o curto circuito?

    Aonde? Quando, como e o porque?

    Sobre os “aondes, quando, como e porquês”!

    Informações a seguir foram recolhidas da internet.

    Itaipu: linhas de transmissão

    falharam no dia do apagão

    SÃO PAULO – Documento da diretoria técnica de Itaipu sobre a operação da hidrelétrica binacional em 10 de novembro, dia do apagão, mostrou que o sistema de transmissão que escoa a energia da usina ao Brasil já tinha apresentado problemas no período da tarde, quase 10 horas antes do blecaute que atingiu 18 Estados brasileiros. Segundo o relatório, houve o desligamento automático, às 13h31min, da linha de 765 kilovolts (kV) Itaberá/Tijuco Preto 02, “supostamente causado por descarga atmosférica, sendo ligada às 13h56min após análise das proteções atuadas”.

    A informação sobre o problema no sistema de transmissão consta no material encaminhado pela direção de Itaipu ao Ministério Público Federal (MPF) de Goiás, que abriu procedimento administrativo para apurar as causas e os responsáveis pelo apagão da semana passada.

    A diretoria técnica da usina informou ao MPF-GO que, por recomendação do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o “intercâmbio Itaipu/Eletrobrás 60 Hz (hertz) foi reduzido em até 1,4 mil MW (megawatts) médios” das 13h30min às 19h15min. Essa medida foi adotada por conta do registro de descargas atmosféricas ao longo do sistema de transmissão de 765 kV. Adicionalmente, o vertedouro da hidrelétrica foi fechado às 19h30min.

    Os porque entre meados nas entrelinhas…

    no Arauto:

    QUER AJUDAR? MUDE SEUS HÁBITOS!

    •novembro 16, 2009 segunda-feira • Deixe um comentário

    QUER AJUDAR?

    MUDE SEUS HÁBITOS!

     

    A aproximação de

    uma informação cósmica de elevada qualidade

    provoca estremecimento na consciência humana,

    colocando em relevo o que de melhor e pior

    nós inventamos por aqui.

    O que de melhor se manifesta no âmbito privado,

    sem merecer destaque nos noticiários.

    O que de pior acontece, isso sim é noticiado e propagandeado,

    porque nas entrelinhas dos relacionamentos

    há o desígnio de um conluio silencioso

    entre os consumidores de notícias e as publicações.

    Enquanto isso,

    a notícia mais importante passa despercebida,

    nossa civilização está em processo acelerado

    e aprofundado de reinvenção.

    O que é civilização?

    É o que resulta do somatório dos hábitos, sentimentos e

    pensamentos de todos os seres humanos.

    Você quer ajudar? Mude seus hábitos!

    .

    As idéias chegaram e agora será necessário reunir as pessoas competentes para realizá-las. Esta fase é mais complexa, porque todo mundo anda ocupado em seus afazeres e contas a pagar. Porém, valerá a pena insistir.

    .

    Os desejos não comportam reações ambíguas, a alma fica muito nervosa quando isso acontece. Contudo, seria tolice pensar que o mundo estaria disponível eternamente para satisfazer cada desejo que você enunciar, não é mesmo?

    .

    Os problemas ocultam soluções, mas esta perspectiva só poderá ser vista com uma dose enorme de boa vontade. Enquanto não for assim, a má vontade e o desânimo aumentarão o tamanho desses aparentes problemas.

    .

    Lute para afirmar sua necessidade de maior segurança e conforto, mas não faça disso o objetivo principal de seus dias. Há mais, muito mais para viver, há a necessidade de você manifestar todo seu potencial.

    .

    Quando os empreendimentos dão dinheiro sua alma deve prestar muita atenção, para não ser desleixada com os detalhes que preservariam a qualidade do que está em andamento. Antes da celebração vem o esforço.

    .

    Aquela vida calma e sossegada na qual você teria total liberdade de fazer o que bem entender não é um sonho que deveria ser engavetado pela impossibilidade de realizá-lo. Afinal, qualquer sonho é difícil de realizar.

    .

    Ajudar alguém com o intuito de receber algo em troca não tem mérito algum. O mérito de ajudar consiste em que a pessoa não tenha condições de retribuir sua ajuda. Essa sim pode ser considerada uma legítima ajuda.

    .

    Cada palavra que você dizer poderá ser tomada por uma promessa. Por isso, seria sábio observar a reação das pessoas ante suas palavras, para perceber o momento em que você precisaria frear a língua e fechar a boca.

    .

    É proverbial afirmar que conversando as pessoas se entendem. Porém, ninguém se entenderia, apesar de conversar, sem ouvir com atenção as razões alheias. Ouvir mais e falar menos, esta é a regra de uma boa conversação.

    .

    Fonte: Quiroga

    CONSUMINDO CRIANÇAS

    •novembro 16, 2009 segunda-feira • Deixe um comentário

    *

    CONSUMINDO (suas) CRIANÇAS

    Fonte: Revelatti

    Trata de como as grandes corporações utilizam-se da infância para gerar lucros gigantescos, vendendo todo o tipo de produtos, muitas vezes, de forma desonesta, desumana e pouco ética, tornando-as vulneráveis na idade mais delicada de suas vidas.


    Cada vez mais os brinquedos representam personagens de TV, reduzindo o poder de imaginação, deixando as crianças menos criativas, e pueris. Cada vez mais substitui-se a brincadeira de rua pela tela de TV ou computador. Com isso as crianças estão se tornando mais obesas, menos saudáveis e menos atentas. O número de casos de disfunção bipolar infantil é 4 vezes maior que há 30 anos atrás, sem falar em outras doenças crescendo assustadoramente nessa faixa etária como diabetes, autismo, depressão, hipertensão…


    Os comerciais de Fast-food, brinquedos, roupas, até mesmo automóveis para os pais são feitos utilizando-se de profissionais como psicólogos e antropólogos, desviando o  da ciência para uma única direção: o lucro.

    “Estamos criando uma geração de superconsumidores”
    (Sinopse original do docverdade)
    Download:
    Megaupload (Agradecimentos a Gabriel Miranda)

    Torrent – Legendas docverdade Pt-br
    Trailer Youtube

    Link para download:

    http://docverdade.blogspot.com/2009/06/consuming-kids-criancas-do-consumo-2008.html

    Documentário que mostra como os marketeiros nos EUA estão atingindo em massa os “tweens”, termo que se refere à idade “between”, entre criança e adolescente…10, 11, 12 anos…

    Há tempos os marketeiros no Brasil estão seguindo a mesma filosofia, é preciso tomar muito cuidado com a influência hipnotizante e idiotizante da TV sobre a população e em particular sobre o vulnerável público infantil.

    Agradecemos ao amigo Jivan que informou o link atualizado 🙂

    O que acha disso?

    O Som do Silêncio: A Antítese da Liberdade

    O VENENO AUTORITÁRIO.

    •novembro 15, 2009 domingo • Deixe um comentário

    O VENENO AUTORITÁRIO.

     

    O veneno do autoritarismo circula à solta

    em nossa civilização, que posa de moderna e sofisticada.

    Em muitos casos parece que aqueles que outrora lutaram

    ferozmente em nome da liberdade se identificaram tanto

    com seus captores que hoje sofreriam com o mal

    “Síndrome de Estocolmo”.

    Hoje em dia flertam perigosamente

    com os labirintos da ilegalidade,

    seduzidos pelo poder que teriam ao seu dispor.

    Deve haver uma ponta de boa vontade em tudo isso,

    mas nada que limite a liberdade

    de expressão e pensamento de nossa humanidade

    pode levar a algum bom destino.

    O veneno do autoritarismo é insidioso, aplicado lentamente,

    você deixa acontecer porque a cada nova inoculação

    você se convence

    de que amanhã será capaz de suportar mais

    e estará tudo bem.

    .

    A verdade é uma só, mas ela é um diamante, tem inúmeras facetas. Cada ser humano enxerga a faceta que for capaz de compreender. O problema é as pessoas acharem que uma só faceta seria a verdade completa.

    .

    O conhecimento não pode ser freado nem limitado, muito menos na época atual. Uma vez que sua alma dá de cara com certas informações, nada poderá ser feito para voltar ao patamar anterior, no qual nada era sabido.

    .

    É bastante trabalhoso elevar a alma a um patamar de maior qualidade, não se iluda a este respeito. Melhor aceitar o árduo caminho de melhorar do que iludir-se com que as coisas poderiam ser fáceis o tempo todo.

    .

    Evite iludir-se com a perspectiva de levar uma vida normal e sossegada, porque esta idéia drenará a energia vital que você precisará, no futuro, para empreender a sagrada luta de opor-se ao autoritarismo.

    .

    O ponto de ruptura foi atingido e agora sua alma terá de manobrar dentro desta perspectiva. No futuro, você olhará para trás e dirá que nada melhor poderia ter acontecido. Por enquanto, não é isso que parece.

    .

    As imposições autoritárias são a marca desta parte do caminho. É tentador reagir com imposições ainda maiores. Porém, a atitude iniciaria uma guerra que em pouco tempo assumiria proporções negativas para todos.

    .

    Tudo que você dava por sabido não faz mais sentido. Pelo contrário, tudo que você sabia perde o sentido muito velozmente. Porém, também surgem novos conhecimentos para você apreciar melhor a Vida.

    .

    Ainda que você seja voto vencido, mesmo assim é imprescindível que sua voz seja ouvida, que suas opiniões sejam manifestas com total liberdade. Qualquer limitação nesse sentido terá de ser combatida.

    .

    O senso do dever se impõe ante as circunstâncias em que você poderia, se quisesse, optar por fingir que a coisa não é com você. O senso do dever informará claramente que você pode, sim, fazer algo útil para ajudar.

    .

    Obstinar-se na realização de um desejo em particular não seria propício atualmente. Porém, como frear o avanço de um desejo? Só com muita elevação espiritual e domínio mental algo assim poderia ser feito. Você consegue?

    .

    Quanto mais complicado for satisfazer certos desejos, mais estes se tornam sedutores e atrativos. Porém, sua alma também recebe outras informações paralelas que, intuitivamente, avisam ser melhor descomplicar-se.

    .

    A obsessão que certas pessoas demonstram se tornou exemplo de como fazer para evitar que a vida se torne chata. As pessoas se tornam obsessivas porque assim o desejam e não porque não tenham outra alternativa.

    .

    Fonte: Quiroga

    Balanço Blecaute Brasil 2009

    •novembro 14, 2009 sábado • 3 Comentários

    ***

    Balanço Blecaute Brasil 2009 .

    Apagão 2009

    "BBB2009" Balanço Blecaute Brasil 2009

    Notas e Informações recolhidas na internet.

    O INPE, em seu boletim Nº 343 – 11/11/2009 informa que:

    INPE indica que a chance de raio ter

    causado blecaute é pequena

    Análise feita pelos técnicos do Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espacias (INPE), utilizando um sistema único no país, desenvolvido após o apagão de 1999, indica que as chances de um raio ter sido a causa do apagão são mínimas. Embora houvesse uma tempestade na região próxima a Itabera no sul de São Paulo com atividade de descargas no horário do apagão, as descargas mais próximas do sistema elétrico estavam a cerca de 30 km da subestação de Itabera e a cerca de 10 km de uma das quatros linhas de Furnas de 750 kV e cerca de 2 km de uma das outra linhas de 600 kV, que saem de Itaipu em direção a São Paulo. Além disso, a baixa intensidade da descarga registrada (menor que 20 kA) não seria capaz de produzir um desligamento da linha, mesmo que incidisse diretamente sobre ela, como também confirma a Rede Brasileira de Detecção de Descargas (BrasilDat), que estava no momento do apagão operando com ótimo desempenho. Em geral, apenas descargas com intensidade superiores a 100 kA, atingindo diretamente uma linha, podem causar um desligamento de linhas de transmissão operando com tensões tão elevadas como as linhas de Itaipu (duas de 600 kV e duas de 750 kV).

    Fonte: ELAT

    Portal ELAT – Descargas Atmosféricas – tempo real

    http://www.inpe.br/webelat/homepage/

    Mais:

    • Sistema brasileiro de detecção de raios é o terceiro do mundo: O sistema nacional de detecção de raios é o terceiro maior do mundo, depois dos Estados Unidos e do Canadá. Os dados colhidos em campo por essa rede, que tem 53 sensores, é que derrubaram a tese do governo de que foi uma descarga elétrica, ou três, que causou o apagão na noite da terça-feira (10).
    • A rede foi construída após o apagão de 1999, a pedido do Ministério de Ciência e Tecnologia. Na ocasião, o evento foi atribuído primeiramente a um raio. Depois é que surgiu a informação de que o blecaute foi causado por uma sobrecarga. Continua aqui na fonte.

    Nota de repúdio ao

    Ministro de Minas e Energia

    sexta-feira, 13 de novembro de 2009

    De olho no tempo repudia os ataques feitos pelo leigo, advogado e não engenheiro elétrico, Edson Lobão, tido como Ministro de Minas e Energia, mais um capacho do PT, que em uma infeliz declaração, disse que o renomado pesquisador do INPE, Dr. Osmar Pinto Jr., não poderia fazer declarações sobre a precariedade do sistema energético brasileiro.
    O INPE mantém um vasto e inteligente sistema de detecção de descargas atmosféricas em todo o Brasil e mais certo do que nunca, o instituto acertou sim em afirmar de que raios não foram os responsáveis pelo apagão, muito menos vendavais ou chuvas intensas, também testificados pelo SIMEPAR e IPMet.
    O Ministro Edson Lobão, na sua categoria infame, deveria calar-se também em admitir para todo o Brasil de que questões atmosféricas provocaram o blecaute.
    Afinal de contas, Edson Lobão, além de advogado, é meteorologista também? Tem capacidade para afirmar algo?
    Nós do De olho no tempo, que acompanhamos desde o primeiro minuto do apagão, pois em nossa cidade, não houve queda de energia, solidarizamo-nos ao pesquisador Osmar Pinto Jr. e repudiamos o que um arcaíco Ministro brasileiro pensa a respeito da ciência e, principalmente, da meteorologia brasileira.

    Fonte: De olho no tempo

    Projeto World Zeus

    Publicado em: outubro 15, 2007

    Sensor detecta raios em até 8 mil quilômetros do local da queda.

    O Brasil já conta com um sistema de sensores que medem a incidência de descargas elétricas (raios ) numa distância de até 8 mil quilômetros do local da queda, o que permite a detecção de mais de 80% dos raios que caem em território nacional.

    Detecção de raios

    O Projeto Word Zeus, que acaba de ganhar o terceiro sensor, instalado em Campo Grande (MS), é o responsável pela coleta desses dados e os disponibiliza gratuitamente via internet e em tempo real. Esses dados são úteis para a meteorologia, a aviação e até a defesa civil.

    Continua aqui na fonte

    Outra matéria sobre o Projeto Word Zeus aqui no site do governo de São Paulo:

    Projeto conta com a colaboração de pesquisador do Instituto de Astronomia, Geografia e Ciências Atmosféricas da USP.

    Projeto World Zeus (http://www.zeus.iag.usp.br/)

    Blackuot Brasil 2009

    pelo mundo:

    no Arauto:

     

     

     

    Até que ponto a vigilância pode chegar?

    •novembro 14, 2009 sábado • Deixe um comentário

    O que você acha de um caso desses? A vigilância já está a mostrar o seu lado perigoso, somos vigiados sem saber, isso não é novidade, mas imaginem que logo isso vai passar dos limites e, em certos locais, já passou… Leia esse caso divulgado nessa notícia do G1:

    Vigilância constante do governo

    incomoda cidadãos britânicos

    Governo tem poderes extraordinários para interferir na vida do cidadão.
    Caso da família Paton mostra como isso pode ser assustador.

    á é comum chamar a Grã-Bretanha de “sociedade da vigilância”, um lugar onde câmeras de segurança espiam as pessoas em todas as esquinas, uma base de dados gigantesca rastreia detalhes pessoais íntimos e o governo possui poderes extraordinários para interferir na vida dos cidadãos.

    Um relatório publicado em 2007 pelo grupo lobista Privacy International colocou a Grã-Bretanha na última posição entre os cinco países em seus registros sobre privacidade e vigilância, no mesmo nível de Cingapura.

    Porém, as invasões à vida de Jenny Paton, 40 anos e mãe de três filhas, eram assustadoras.

    Suspeitando que Paton tivesse falsificado seu endereço para que sua filha entrasse na escola do bairro, autoridades locais deram início a uma operação secreta de vigilância. Eles obtiveram registros de suas contas de telefone. Durante mais de três semanas, em 2008, um oficial do departamento de educação de Poole a seguiu secretamente, anotando, no melhor estilo agente secreto, os movimentos da “mulher e três crianças” e o “veículo-alvo” (eles eram Paton, suas filhas e seu carro).

    Descobriu-se que Paton não havia quebrado regra alguma. Sua filha foi aceita na escola. No entanto, ela não esqueceu o assunto. Seu caso, agora agendado para ser ouvido por um tribunal regulatório, se tornou símbolo da luta entre a privacidade pessoal e o poder estadual daqui, cada vez mais forte.

    O Poole Borough Council, que governa a área de Dorset, onde Paton mora com seu parceiro, Tim Joyce, e suas filhas, afirma não ter feito nada de errado.

    De certa forma, isso é verdade: de acordo com uma lei decretada em 2000 para regulamentar poderes de vigilância, é legal que as localidades sigam seus moradores em segredo. Governos locais regularmente usam esses poderes – que eles se “auto-autorizam”, sem a supervisão de juízes ou oficiais de cumprimento da lei – para investigar condutas ilegais, como despejar ilegalmente lixo industrial, agiotagem ou solicitação indevida de benefícios sociais.

    Porém, eles também usam esses poderes para investigar relatos de poluição sonora e pessoas que não limpam a sujeira de seus cachorros. Governos locais usam esses poderes para pegar pessoas que não reciclam, que colocam o lixo para fora antes do horário correto, que vendem fogos sem licença, pessoas cujos cachorros latem alto demais e pessoas que operam táxis ilegalmente.

    “Nossa privacidade significa algo?”, disse Paton em entrevista. “Não bebo há 20 anos, mas nada me fez chegar tão perto de tomar uma dose quanto esse caso”.

    A lei em questão é conhecida como Regulation of Investigatory Powers Act, ou Ripa, e também concede a 474 governos locais e 318 órgãos – incluindo o Serviço de Ambulância e a Comissão de Caridade – poderes antes possuídos apenas por poucas organizações de cumprimento da lei e serviço de segurança.

    De acordo com essa lei, os governos e os órgãos locais podem filmar pessoas com câmeras escondidas, interceptar dados de tráfego de comunicação, como ligações telefônicas e visitas a sites da internet, e convocar “agentes” disfarçados para representar, por exemplo, adolescentes querendo comprar bebida alcoólica.

    Em um relatório divulgado neste verão, Christopher Rose, diretor-chefe de vigilância, disse que governos locais conduziram quase 5 mil “missões de vigilância dirigida” de março do ano anterior até março deste ano, e que outras autoridades públicas executaram aproximadamente a mesma quantidade desse tipo de operações.

    Autoridades locais afirmam que o uso da vigilância disfarçada é justificado. O Poole Borough Council, por exemplo, a usou para detectar e promover ação penal contra a pesca ilegal em Poole Harbor. “A RIPA é uma ferramenta essencial para o cumprimento das leis pelas autoridades locais. Nós fazemos uso limitado dela, em casos adequados e quando não há outras formas de coletar provas”, disse Tim Martin, responsável pelos serviços legais e democráticos de Poole, a sudoeste de Londres.

    A agitação em torno da lei chega em um cenário de ampla preocupação pública em relação a um estado cada vez mais invasor e a circulação crescente de detalhes pessoais em vastas bases de dados compiladas pelo governo e empresas privadas.

    “Governos britânicos sucessivos vêm construindo um dos sistemas de vigilância mais abrangentes e tecnologicamente avançados do mundo”, afirmou o Comitê Constituinte da Câmara dos Lordes em relatório recente. E continua: “O desenvolvimento da vigilância eletrônica e a coleta e processamento de informações pessoais se tornaram difundidos, rotineiros e estão estabelecidos”.

    A Ripa é uma lei complicada que também regulamenta escutas telefônicas e vigilâncias invasivas realizadas por serviços de segurança. No entanto, diante do descontentamento público em relação ao comportamento dos governos locais, o Ministério do Interior anunciou, na primavera, que revisaria a legislação para deixar mais claro o que as localidades estariam autorizadas a fazer.

    “O governo não tem absolutamente interesse algum em espiar cidadãos que cumprem a lei em suas rotinas”, disse Jacqui Smith, na época secretário do interior.

    Uma das maiores críticas em relação à lei é que os alvos da vigilância geralmente não sabem que foram vigiados.

    De fato, Paton só soube o que aconteceu depois, quando autoridades a intimaram para discutir a solicitação de matrícula escolar da filha. Para sua surpresa, eles produziram um relatório sobre a vigilância disfarçada e os registros telefônicos da família.

    “Até onde sei, eles têm o direito de analisar em detalhes todas as solicitações de matrícula, mas a forma como eles conduziram a situação foi totalmente injustificável”, disse Paton. “Se eles queriam minhas informações, poderiam ter pedido.”

    Ela teria explicado que seu caso era um pouco complicado. A família estava no processo de mudança de sua casa antiga, localizada no distrito escolar, para uma nova casa, fora do distrito. Porém, eles cumpriam as exigências de residência porque ainda moravam no endereço antigo quando as solicitações de matrículas da escola se encerraram.

    Na reunião, Paton e seu parceiro, Joyce, apontaram que as evidências da vigilância eram irrelevantes, pois a operação tinha sido realizada depois do encerramento das solicitações de matrículas.

    “Eles prontamente nos conduziram para fora do ambiente”, disse ela. “Eu estava na porta quando eles disseram: ‘Vá e conte para seus amigos que esses são os poderes que nós temos’.”

    Logo depois, a filha foi aceita na escola. Paton começou a pressionar autoridades locais para obter mais informações sobre suas táticas de vigilância.

    “Eu disse que queria conversar com eles”, contou. “Quantas pessoas estavam no carro? Eles eram homens ou mulheres? Tiraram alguma foto? Isso significa que tenho ficha criminal?”

    Paton disse que ninguém respondia a suas perguntas.

    Martin afirmou não poder comentar sobre o caso porque ainda estava sendo analisado. Entretanto, Paton disse que o Gabinete dos Diretores de Vigilância, que monitora o uso da lei, descobriu que a câmara de Poole agiu adequadamente. “Eles disseram que minha privacidade não foi invadida porque a vigilância foi secreta”, disse ela.

    O caso agora está no Tribunal de Poderes Investigatórios, que observa reclamações contra a RIPA. Ele geralmente se reúne em segredo, mas concordou, segundo Paton, em ter realizar uma audiência aberta no início de novembro.

    Todo o processo é tão cheio de mistério que poucas pessoas chegam tão longe. “Ninguém sabe que tem direito a saber se está sendo vigiado”, disse Paton, “por isso ninguém reclama”.

    Tradução: Gabriela d’Avila

    SÍNDROME DE ESTOCOLMO.

    •novembro 14, 2009 sábado • Deixe um comentário

    SÍNDROME DE ESTOCOLMO.

    Quando nossa humanidade é deixada em paz,

    sem pressão e em liberdade para escolher

    o rumo que pretende dar à própria Vida,

    ela se mostra confiável em sua criatividade

    e cheia de entusiasmo pelo futuro.

    Por isso mesmo nossa humanidade não é deixada em paz

    e, atualmente, se pretende tirar dela

    o máximo possível de liberdade de expressão e pensamento.

    Durou pouco a festa em que celebramos

    o fim das ditaduras, porque os mesmos humanos

    que lutaram e deram seu sangue para terminar com elas

    foram tomados pela “Síndrome de Estocolmo”, que explica

    a razão de os sequestrados defenderem os sequestradores.

    A ditadura ressuscita hoje em dia

    através dos que lutaram contra ela.

    E vai tentar dormir à noite com uma idéia dessas na cabeça!

    .

    O destino se escreve a quatro mãos. Duas mãos são do céu, dos misteriosos desígnios estelares que provêm as oportunidades. As outras duas são as suas, que aproveitam essas oportunidades empreendendo a ação correta.

    .

    Um vínculo se torna mais forte ainda quando circula algum sentimento como o ódio. Por isso, quando as pessoas são ressentidas, cheias de ódio, elas são ainda mais próximas entre si do que quando eram simpáticas.

    .

    Ainda que os ideais sejam insensatos, mesmo assim vale a pena esforçar-se para realizá-los. Acontece que quando nossa humanidade é desprovida de ideais ela não avança nem progride, apenas repete o mesmo de sempre.

    .

    O que for mais insensato será o melhor, porque se houvesse sensatez em atrever-se a realizar sonhos a civilização teria estagnado e nunca conheceríamos as maravilhas que fazem parte de nosso dia a dia atual.

    .

    De um jeito ou de outro, a Vida traz consigo a oportunidade de todas as almas pensarem menos em si próprias e mais em seus semelhantes, comprovando-se isso através da vontade de serem úteis e amorosas.

    .

    É um erro de proporção você chamar de amigas as pessoas que caminham junto a você motivadas por interesses materiais. A amizade é desprovida de interesses ou segundas intenções. Melhor não confundir as coisas.

    .

    Só os poetas transmitem sentimentos através das palavras com mestria. O resto dos mortais precisa abster-se de usar palavras quando o assunto for transmitir sentimentos, para não complicar o que deve ser singelo.

    .

    Muito conhecer e pouco fazer é o início da congestão mental. Dessa forma, o tempo passa e suas palavras se tornam vazias, porque não servem ao propósito de levar à prática o que a mente adquiriu na forma de conhecimento.

    .

    No caso atual, você terá de ousar dar o primeiro passo, porque não conhecerá antecipadamente a medida de segurança que espera obter. Uma vez dado o primeiro passo, essa medida fluirá sem maiores impedimentos.

    .

    Preserve os bons sentimentos ainda que a dose de conflitos atual faça você duvidar dos mesmos. Os conflitos passarão, mas os bons sentimentos permanecerão. Esta é uma regra que o tempo não consegue vencer.

    .

    Pense o seguinte, voltar atrás seria mais arriscado do que seguir em frente. Por isso, em vez de alimentar sua ansiedade com dúvidas e dilemas, resolva de uma vez por todas seguir a linha proposta pela ousadia.

    .

    Fonte: Quiroga

    WORMHOLES ? STARGATES ?

    •novembro 13, 2009 sexta-feira • Deixe um comentário

    WORMHOLES ?

    STARGATES ?

    Clique aqui

    Hoje 13/11/2009, mais uma imagem intrigante no SOHO:

    SOHO 13/11/2009 às 09:18

    SOHO 13/11/2009 às 09:18

    Afinal o que é isso? Vejam que já se vem observando a muito tempo.

    Para observar as imagens antes e após a que está acima, bem como algumas outras anomalias no Soho, clique aqui selecione: LASCO C2 ou C3 preencha a data em Start and End Dates 2009-11-05       /       2009-11-11 (como exemplo)  ,  e clique em “search” espere carregar e divirta-se.  Para mais informações sobre as imagens leia na Apolo 11

    Veja também:

     

    CLIPPING: 13/11/2009

    •novembro 13, 2009 sexta-feira • 1 Comentário

    Repassando…

    Clipping: 13/11/2009

    A Notìca (SC) – Bancando SÃO PEDRO
    A neve que caiu no primeiro dia de novembro em Pequim foi incomum pela época e pela quantidade. E, segundo cientistas chineses, também por ter sido fabricada pelo homem. Na noite anterior, foram disparados 186 foguetes com produtos químicos que teriam “semeado” as nuvens. Os chineses juram ainda que, no ano passado, mantiveram o céu limpo para os Jogos Olímpicos também à base de muito foguetório.
    leia +
    Ambiente Brasil – Estudo revela derretimento da camada de gelo na Groenlândia
    Satélites e equipamentos de informação de última geração confirmam que a camada de gelo da Groenlândia está desaparecendo de forma cada vez mais rápida, segundo um estudo publicado nesta quinta-feira (12) na revista Science. Segundo Jonathan Bamber, cientista da Universidade de Bristol (Reino Unido), a perda de gelo foi constatada por ambos os processos.
    leia +
    Central RBS Meteorologia – O SÁBADO TERÁ MAIS TEMPORAIS NO RS
    Áreas de instabilidade ganham força e voltam a provocar temporais no Rio Grande do Sul a partir desta sexta-feira. Várias localidades podem receber mais de 60 mm em apenas 24 horas, isto sem contar as trovoadas, rajadas de vento na casa dos 70 km/h e queda de granizo localizada.
    leia +
    Diário de Cuiabá (MT) – MT registra a maior queda em 21 anos
    Mato Grosso apresentou a maior queda no desmatamento da Floresta Amazônica dos últimos 21 anos no levantamento anual referente a 2008-2009 do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (INPE). Os dados divulgados ontem confirmaram uma tendência de redução já esperada, de 68% em relação ao período anterior.
    leia +
    G1 Notícias – CNI pede que conferência sobre clima respeite direito ao desenvolvimento
    São Paulo, 13 nov (EFE).- A indústria brasileira anunciou hoje que pedirá à Conferência da ONU sobre a Mudança Climática, que será realizada em dezembro, para que leve em conta “o direito ao desenvolvimento das nações” e respeite o princípio de responsabilidades comuns diferenciadas.
    leia +
    Gazeta do Povo (PR) – Tempo segue abafado e instável em todo o PR no fim de semana
    As temperaturas continuam elevadas e o tempo segue instável em todo o Paraná neste fim de semana. De acordo com previsão do Instituto Tecnológico Simepar, até o domingo (15), as condições climáticas devem ser semelhantes às que mantiveram o tempo úmido e quente ao longo dos últimos dias. Na segunda-feira (16), no entanto, a passagem de uma frente fria pelo estado deixa as temperaturas amenas nas regiões entre o litoral e os Campos Gerais.
    leia +
    Grupo Cultivar – Lavouras de milho no RS estão com bom desenvolvimento
    Segundo o Informativo Conjuntural, elaborado pela Emater/RS-Ascar, aproximadamente 2% do total já semeado começa a entrar em floração, com as plantas apresentando bom aspecto fitossanitário. O plantio segue sem maiores problemas, com os produtores avançando sobre 69% da área prevista para esta safra e as sementes já germinaram sem dificuldades em 62% da área. Nas lavouras mais adiantadas, os produtores seguem os trabalhos de controle de inços e eventuais pragas, além de aplicarem adubos nitrogenados em cobertura, com o objetivo de manter o bom padrão das lavouras.
    leia +
    Jornal Cruzeiro do Sul (SP) – Mudanças climáticas ocasionam aumento na proporção de raios
    Apesar de o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) descartar desde nesta 4ª feira (11) que a queda de energia do sistema de Itaipu tenha sido causada por raios, essa explicação deverá ser cada vez mais utilizada nas panes elétricas no País. Segundo uma pesquisa inédita do Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do próprio Inpe, os Estados de São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro e Minas Gerais terão quase o dobro de desligamentos de energia causados por raios até o fim do século.
    leia +
    O Dia (RJ) – Quatro municípios da Baixada ainda sofrem com os problemas ocasionados pelas for
    Rio – Mesmo quase 48 horas após as fortes chuvas, quatro municípios da Baixada Fluminense – Tanguá, Três Rios, Natividade e Valença – continuam sofrendo com os problemas ocasionados pela enchente. Moradores de Campos Elíseos, em Duque de Caxias, ainda lutam para tentar salvar móveis e pertences submersos.
    leia +
    O Estadão S.Paulo (SP) – Desmatamento na Amazônia cai 45% entre 2008 e 2009
    SÃO PAULO – O Brasil registrou o menor índice de desmatamento anual na Amazônia dos últimos 21 anos, atingindo 7 mil quilômetros quadrados. No período 2007-2008, a devastação registrada havia sido de 12,9 mil quilômetros quadrados. O novo resultado representa uma queda de cerca de 45%.
    leia +
    O Estadão S.Paulo (SP) – ‘Não é atribuição do Inpe opinar sobre energia’, diz Lobão
    SÃO PAULO – O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, rebateu, nesta sexta-feira, 13, a declaração do pesquisador Osmar Pinto Junior, coordenador do Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). “Não é atribuição do Inpe opinar sobre energia elétrica. Ele opina sobre fatos climáticos e nada mais”, afirmou.
    leia +
    Terra Notícias – AM: fumaça faz aeroporto operar por instrumentos por 4 horas
    O aeroporto internacional Eduardo Gomes, em Manaus (AM), operou por instrumentos por cerca de quatro horas na manhã desta sexta-feira, devido a uma forte neblina de fumaça e poeira que tomou conta do céu da capital amazonense. De acordo com a direção do aeroporto, os instrumentos de auxílio à navegação aérea ficaram acionados entre as 8h e as 12h (horário de Brasília) por medidas de segurança, devido ao baixo nível de visibilidade.
    leia +
    Zero Hora (RS) – Porto Alegre registra alagamentos e vento de até 45km/h
    A Capital gaúcha e outras cidades do Rio Grande do Sul foram castigadas por uma forte chuva na manhã desta sexta-feira. Segundo o Somar, em menos de duas horas, choveu 18mm na Capital — cerca de 20% da média mensal. O principal problema enfrentado pelos porto-alegrenses foi o vento, que teve registros de 45km/h. A previsão é que esta condição climática perdure ao menos até sábado.
    leia +
    Jornalista responsável:
    Adeilda de Sousa
    DRT-DF 3896/99

    O ARGUMENTO.

    •novembro 13, 2009 sexta-feira • Deixe um comentário

    O ARGUMENTO.

    Quando os céticos afirmam que a intuição humana

    de haver uma ordem por trás do aparente caos

    seja mera ilusão,

    apesar de haver em muitos casos a boa vontade

    de libertar-se da crendice,

    isso não exime da responsabilidade pela ideologia resultante.

    Quando se afirma que não há ordem, só caos,

    afirma-se também que a natureza humana é selvagem

    e que, por isso, deve ser reprimida e dominada.

    Desta ideologia

    se aproveitam todos os movimentos ditatoriais,

    fato que é muito atual, já que há em marcha no mundo

    dito civilizado uma corrente que quer porque quer

    dominar tudo,

    justamente porque a natureza humana não seria

    merecedora de usufruir a liberdade,

    pois com ela se mostraria a selvagem que é.

    E vai dormir à noite com um barulho desses!

    .

    O serviço que você prestar a alguém será a medida do amor que seu coração será capaz de irradiar. O estabelecimento de bons relacionamentos depende de as pessoas pensarem menos em si próprias e mais nos semelhantes.

    .

    É mentira que nada cai do céu. Do céu caem constantemente as oportunidades que a inteligência humana pode reconhecer e, a seguir, empreender a ação correta para aproveitá-las. Assim se escreve o destino.

    .

    Em nome do esclarecimento é propício distinguir os vínculos desinteressados da amizade daqueles fundamentados nos interesses materiais. São duas coisas diferentes que raramente têm ponto de contato.

    .

    No mundo subjetivo há toda uma trama de ligações que conecta as pessoas, quanto mais entre as que circulam sentimentos, sejam esses positivos ou negativos. Você quer distanciar-se de alguém? Não pense nessa pessoa!

    .

    Nutra os bons sentimentos que unem sua alma àquelas pessoas com que você anda em conflito. Esta situação aparente se tornou necessária para fazer ajustes e compensações, mas os bons sentimentos devem ser preservados.

    .

    Agora as palavras complicarão enquanto os sentimentos simplificarão. Terá você presença de espírito para transmitir sentimentos através de gestos simples? Poderá você compreender os sentimentos alheios?

    .

    Você não saberá antecipadamente o resultado dos empreendimentos atuais, o destino fecha as portas da percepção para que você demonstre coragem e ousadia, apostando suas fichas no que parece insensato.

    .

    Melhor evitar entupir-se de conhecimento, pois cada assunto que você souber responsabilizará sua alma por fazer algo concreto para levar à prática o conhecimento adquirido. Conhecer, mas não fazer é a marca do fracasso.

    .

    Sem ideais a vida perderia o sabor para a espécie humana, seria apenas uma perspectiva de continuidade do que está em andamento, o tédio existencial. Sem ideais nossa humanidade é muito menos humana do que deveria ser.

    .

    Nada é seguro, mas em vez disso tornar-se alimento da ansiedade deve, pelo contrário, incentivar a ousadia de você seguir em frente, apesar das dúvidas e dilemas. Voltar atrás seria mais perigoso do que seguir em frente.

    .

    Fonte: Quiroga

    “O SOM DA PEDRA QUE BRILHA”

    •novembro 13, 2009 sexta-feira • 6 Comentários

    *

    Vamos abordar agora o evento do ‘apagão’ a partir de outra perspectiva, do outro extremo, do outro ponto de vista, mais além da problemática imediatista e que vai mexer com línguas, com os mitos e com o imaginário popular  que permeiam a existência dessa civilização humana desde seu princípio até os dias de hoje, acerca de nossos irmãos da galáxia.

    Faremos um exercício de ligar pensamentos opostos e por vezes antagônicos para criar uma visão panorâmica do momento atual da transição em que estamos inseridos.

    Começaremos observando o significado da denominação em línguagem indígena dos locais onde recentemente se precipitou o que poderemos dizer ‘sinais de alerta’  que possam estar querendo ‘chamar nossa atenção’ através destes ‘símbolos’ e suas possíveis interpretações.

    Iniciando pelo significado da palavra Índio que teriam sido assim denominados por exploradores do passado ao aportar em terras recém descobertas exclamaram que:

    Esto és un pueblo en Dios

    … isso antes que estes mesmos exploradores começassem a destruir e dominar o ‘céu que havia na terra’… A partir de então os denominavam  como  “Índios” tornando o termo pejorativo ao longo da sua dominação.

    Seguimos com o significado que designa a etnia indígena do interior da América do Sul, a palavra guaraní ou guariní ou gûarinim – palavras variantes que significam guerreiro, lutador , e tupi que significa:

    tupi (1) – povo indígena que habita(va) o Norte e o Centro do Brasil, até o rio.
    tupi (2) – um dos principais troncos linguísticos da América do Sul, pertencente.
    tupi-guarani – um das quatro grandes famílias linguísticas da América do Sul.

    Tupi-Guarani é uma família de línguas; por exemplo: eu posso falar tupi porque é uma língua, eu posso falar guarani porque também é uma língua, mas não posso falar tupi-guarani, pois essa palavra composta é na verdade uma generalização, refere-se a uma família de línguas e não é uma língua falada.

    tupi-guarani é uma família linguística do tronco tupi que congrega várias línguas indígenas sul-americanas, e que tem uma ampla distribuição geográfica. São também designadas como tupi-guarani (associadas a família linguistíca), as tribos indígenas que habitavam o litoral brasileiro, quando da chegada dos portugueses ao Brasil em 1500. (Fonte)

    Após este esclarecimento inicial sobre “tupi-Guarani’ vamos as ‘ligações ‘ relacionando o curioso fato destes recentes ‘fatos’ atuais ocorrerem em cidades com nomes em tupi guarani e que significados possa se estar tentando inserir cognitivamente em nossas mentes, ainda que não sejamos plenamente conscientes disso.

    Podemos usar como ponto de partida a ‘seta’ um símbolo claro para qualquer um, e que foi encontrado em um Agroglífo em:

    Ipuaçu,/Oeste de SC com Agroglífo em forma de uma ‘seta’ e Ipuaçu, em tupi-guarani, significa “lajeado grande, uma característica do leito do Rio Chapecó.

    Yaciretá/Paraguai Yacyretá-Apipé do guaraní jasy retã, “terra da Lua” . Dois minutos depois do sistema elétrico brasileiro entrar em pane, a usina de Yaciretá que fica no rio Paraguai entre Paraguai e Argentina também saiu do ar. Por isso o Paraguay ficou 100% sem energia (80% por conta de Itaipú e 20% por conta de Yaciretá).

    Itaipú uma ilha que existia perto do local escolhido para construção da Hidroelétrica e no idioma tupiguarani, Itaipú  significa o som de uma pedraou apedra que cantaou ainda ” o barulho do rio das pedras

    Itaberá/SP , a cidade que recebeu a rápida passagem de uma ‘ tempestade de verão’  registrou mais de 70 raios mas a cidade mal ouviu os raios e chuvas naquela noite , apenas  quem estava nos campos perto das linhas de transmissão ouviu os estrondos napedra que brilha, justamente o significado da palavra itaberá… Mas a cidadezinha, apesar de ter sido o epicentro do apagão, lá a luz não acabou.

    Ivaiporã /PR  Vem do guarani, “Ivai” + “porã”. Ivaí – Vem do guarani e significa “rio da flor ou fruta bonita“. Segundo Teodoro Sampaio, o termo derivou de “ü”ba”… frutas, flor e de “ü” (y)… rio: rio das frutas, ou “yiba”… flecha e “ü” (y)… água, rio: rio das flechas. Macedo Soares interpreta como rio das ubás, rio das canoas, das flechas, das árvores, das frutas e das uvas. (AN, FF). O termo porã significa bonito, belo, formoso. (OB)


    A Aumbandha nos levaria diretamente a associar aos arquétipos  Xangô senhor das pedras e das rochas,  Iansã a senhora dos raios e ventos, e Oxossi caçador (com seu arco e flecha-seta) o senhor guardião da floresta e de todos os seres que nela habitam, 2009 por  sincretismo também é relacionado ao ano de arcanjo Miguel que é o Anjo que cuida da luz da sua alma, não por acaso são os ‘regentes’ deste ano, que estão em ‘ronda’… O elemento é a Água.

    Destacamos Xangô, que especificamente ‘rege’ o mês de novembro
    Significado: aquele que se destaca pela força
    Dia da semana: quarta-feira
    Cores: vermelho (ativo), branco (paz), marrom (terra)
    Saudação: Kaô Kabiesilê! (venham ver nascer sobre o chão)
    Elemento: terra (pedras), Fogo (grandes chamas, raios), formações rochosas.
    Domínios: rochas que o raio quebra, Poder estatal, justiça, questões jurídicas
    Instrumento: oxé (machado de pedra de lâmina dupla)

    Xangô é o orixá cujo domínio está nas rochas, principalmente as que foram destruídas pelos raios. Na África, é chamado Jacuta, ou seja, “o lançador de pedras”.

    E também Iansã que rege o ano e as quartas-feira

    Dia da semana: Quarta-feira
    Cores: Marrom, Vermelho e Rosa
    Símbolos: Espada e Eruesin
    Elementos: Ar em movimento, Fogo
    Domínios: Tempestades, Ventanias, Raios, Morte
    Saudação: Epahei!


    O que isso tudo pode estar tentando nos alertar?

    Volteremos a escrever sobre isso, ainda tem outros fatores que estamos investigando, por hora, deixo como dica uma música de Caetano, aqui interpretado por Zé Ramalho que expressa exatamente o que penso que possa estar ocorrendo.

    Um índio descerá de uma estrela colorida brilhante

    De uma estrela que virá numa velocidade estonteante

    E pousará no coração do hemisfério sul na américa

    Num claro instante


    Depois de exterminada a última nação indígena

    E o espírito dos pássaros das fontes de água límpida

    Mais avançado que a mais avançada das mais avançadas

    Das tecnologias


    Virá

    Impávido que nem muhamed ali

    Virá que eu vi

    Apaixonadamente como peri

    Virá que eu vi

    Tranqüilo e infalível, como bruce lee

    Virá que eu vi

    Foxé do afoxé filhos de gandhi


    Um índio preservado em pleno corpo físico

    Em todo sólido, todo gás e todo líquido

    Em átomos, palavras, alma, cor, em gesto, em cheiro,

    Em sombra, em luz, em som magnífico


    Num ponto equidistante entre o atlântico e o pacífico

    Do objeto sim resplandecente descerá o índio

    E as coisas que eu sei que ele dirá, fará

    Não sei dizer assim de modo explícito


    E aquilo que nesse momento se revelará aos povos

    Surpreenderá a todos não por ser exótico

    Mas pelo fato de poder ter sempre estado oculto

    Quando terá sido o óbvio.

    ***********************************************************

     

    Inúmeras versões podem ser dadas à verdade, torcendo tanto os fatos até que pareça a verdade a mais inverossímil das possibilidades. Contudo, apesar das distorções a verdade prevalecerá, porque o tempo está ao seu favor.

    O momento é propício à ação correta, pois dela surgirão resultados auspiciosos. O céu faz sua parte provendo as oportunidades. Agora só falta você fazer a sua parte também, empreendendo a ação correta.

    Quiroga

    A MENOS CRÍVEL DAS CRENDICES.

    •novembro 12, 2009 quinta-feira • Deixe um comentário

    A MENOS CRÍVEL DAS

    CRENDICES.

    A alma humana minimamente bem intencionada

    intui haver uma ordem por trás do aparente caos.

    Ainda que os céticos vociferem e jurem de pés juntos

    que essa ordem não existe, que é mero fruto da crendice,

    não passa de crendice também essa afirmação,

    que carece de provas.

    Fato é que não seria possível intuir uma ordem

    se essa ordem não existisse.

    Por que a natureza criaria um mecanismo sofisticado como

    nosso cérebro? Só para se iludir constantemente?

    A natureza é um colossal corpo cuja fisiologia

    atende ao chamado da necessidade.

    Pois então, que necessidade haveria de intuir a ordem?

    Só para a natureza rir de nosso esforço?

    Quem me desculpem os céticos,

    mas dentre todas as crendices que conheço,

    a do ceticismo é a que me parece menos crível.

    .

    O momento é propício à ação correta, pois dela surgirão resultados auspiciosos. O céu faz sua parte provendo as oportunidades. Agora só falta você fazer a sua parte também, empreendendo a ação correta.

    .

    Os bons e maus sentimentos nem precisam ser manifestos através de palavras para atingir as pessoas a que se dirigem. O mundo subjetivo é cheio de ligações invisíveis aos olhos físicos, mas não por isso menos eficientes.

    .

    Quando as pessoas pensam excessivamente em si próprias, elas se tornam inúteis e contraproducentes em quaisquer relacionamentos. Pensar menos em si faria com que elas compreendessem a necessidade de prestar serviço.

    .

    Seus sonhos complicam a vida, porque fazem você rejeitar os acontecimentos atuais para ir a busca do que ainda não existe. Mesmo que o impulso dos sonhos provoque problemas, o que valeria a vida sem os mesmos?

    .

    Dificilmente, uma amizade verdadeira poderia nascer da comunhão de interesses materiais. Há de se fazer uma distinção sensata entre um jogo de interesses e o vínculo desinteressado que caracteriza a verdadeira amizade.

    .

    Neste momento, as palavras tendem a atrapalhar e, por isso, seria recomendável manter silêncio. Porém, como a comunicação é exigida, você tem ao seu dispor os sentimentos, que se manifestam através de gestos.

    .

    Saber, mas não atuar de acordo com o que se sabe, isso é sinônimo de fracasso. Quanto mais você souber, maior será sua responsabilidade para empreender ações que estejam à altura do seu conhecimento.

    .

    Inúmeras versões podem ser dadas à verdade, torcendo tanto os fatos até que pareça a verdade a mais inverossímil das possibilidades. Contudo, apesar das distorções a verdade prevalecerá, porque o tempo está ao seu favor.

    .

    A medida de segurança que você precisa para tomar atitudes não é tão grande quanto parece agora. O primeiro gesto nesse sentido será suficiente para ativar o espírito de aventura. Este sim é imprescindível.

    .

    Quanto mais coisas acontecem simultaneamente, mais sua alma é chamada a colocar ordem em tudo. Afinal, você é presença garantida no caos, já que só sua alma saberia como colocar tudo em seu devido lugar. Só você.

    .

    Os bons sentimentos estão ocultos por trás da maré de conflitos que caracteriza o tempo atual. Não importa! Ainda que os bons sentimentos não possam manifestar-se, por trás dos bastidores continuam em ação.

    .

    Fonte: Quiroga

    Imaginem a ‘ força poderosa’ que possa ter causado ‘tanto som na pedra, que brilha’!

    O DIA EM QUE A ‘TERRA BRASILIS’ PAROU…

    •novembro 11, 2009 quarta-feira • 4 Comentários


    *11.11.11*

    reflexões sobre

    O DIA EM QUE A

    ‘TERRA ‘BRASILIS’ PAROU…

    “ao som de uma pedra que brilha”

    Final da tarde do dia em que se sentiu um gostinho de 'prévia do apocalipse' - 11/11/2009 - foto arauto do futuro

    Final da tarde no dia em que se sentiu um sinistro gosto amargo do que pode ser uma 'prévia do apocalipse' - 11/11/2009 - foto arauto do futuro

     

    Editorial Equipe Arauto do Futuro.

    Apesar do apagão ter assombrado a terça-feira a noite, foi o dia seguinte, curiosamente *11/11/2009 (2+9=11) que o centro fervente do país sentiu os ‘efeitos cascata’ da madrugada às escuras…

    Teve quem, com bom humor, aproveitou o raro momento sem luz para conseguir ver o que a muito tempo não se enxerga nas grandes cidades brasileiras – o céu e as estrelas – que literalmente foram as ‘estrelas’ onde a noite estava límpida e desanuviada,  com lunetas nas mãos e sem energia para ficar na frente de computadores, televisores e outros ‘modernismos elétricos” alguns lembraram que ainda existe o céu deveras estrelado como estampa a bandeira brasileira.

    Claro, que muita gente se descobriu doente por falta da luz, e de seus brinquedos tecnológicos, pôde se perceber pelos comentários em redes de relacionamento o quanto muita gente anda literalmente dependente , principalmente do computador e da televisão, por outro lado a ‘piada’ do momento é ficar atento para contabilizar o aumento da população daqui a nove meses…

    Mas, quem dera fosse apenas o lado bom…

    O efeito ‘cascata’ ou ‘dominó’ não foi apenas no desligamento das redes de transmissão para evitar danos maiores nas turbinas de Itaipú, o nome “Itaipu” foi tirado de uma ilha que existia perto do local de construção e no idioma guaraniItaipu significa “o som de uma pedra“, sim , é verdade e a ressonância foi sentida mesmo no dia seguinte… o dia em a ‘terra brasilis’ parou… por causa das linhas de transmissão na cidade de Itaberá/SP que curiosamente significa ‘pedra que brilha’ e você? Conhece…

    “…o som de uma pedra que brilha” ?

    Ressoou alto, dos bancos, caixas eletrônicas aos semáforos, dos hospitais as sorveterias, shoppings, restaurantes, residências, trens, metrôs, portões eletrônicos, empresas, sistemas de segurança, e todo o sistema baseado em eletricidade foi interrompido e precisou ser reparado, inclusive o primordial abastecimento de água. Pois que sem luz a gente até passa, mas sem água…

    Apagão prejudica hospitais, escolas, creches e abastecimento de água.”

    Esse episódio leva-nos a uma reflexão profunda, além de uma ‘amostra grátis’ do que poderia ocorrer caso, por exemplo – e apenas um dos exemplos –  se as explosões solares se intensifiquem nos próximos anos como previsto pela comunidade ‘científico-astrofísica’, demonstrado o quanto somos dependentes e o quanto estamos, como sociedade, despreparados para enfrentar os eventos climáticos que já estão atualmente assolando o solo Brasil, o que dirá se tivermos que enfrentar as hipóteses que estão a nos esperar, quem vem acompanhando o blog sabe a que nos referimos, aos recém aportados nessa nau fica o convite para investigarem os artigos que temos publicado aqui e em outros sites sobre o tão falado ‘2012’ e suas possibilidade infinitas de mudanças que nos aguardam. Atenção, ao dobrar a esquina…

    Apagão foi ‘acidente’ causado pelo mau tempo, diz ministro

    Parece que não estamos preparados para lidar com os ‘acidentes’ que estão por vir… Ah é, e você pensa que estarão preparados algum dia? Imaginem, como já dissemos no post anterior, e se isso dura 3 dias? ou 1 mês?

    Ou você tem uma estratégia para enfrentar ou estará a ver navios… pois o velho é sábio ditado não é a toa que diz que “é melhor prevenir que remediar” tá esperando o que para ter água e alimento suficiente para você e sua família poder se manter por algum período sem precisar ir aos bancos? Afinal se é o que pode acontecer um plano ‘b’ não será de todo ruim… para não ficar pior.

    Tomara sejamos civilizados…

    Foi notícia hoje:

    Aqui no Arauto:

    Agradecemos todas as visitas e comentários simpáticos e sinceros que recebemos, deixamos as boas vindas a quem está chegando e convidamos para conhecer o que mais é assunto aqui no Arauto :

    CLIPPING: 11/11/2009

    •novembro 11, 2009 quarta-feira • 1 Comentário

    .

    CLIPPING: 11/11/2009

    .

    Correio Braziliense (DF) – Chuvas não vão dar trégua até a sexta-feira
    As chuvas vão continuar até a sexta-feira (13/11) em todo o Distrito Federal. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão para esta quarta-feira (11/11) é de que o céu fique nublado a encoberto com pancadas de chuva e trovoadas isoladas. A temperatura máxima pode chegar a 27 ºC e a mínima a 18ºC.
    leia +
    Correio Braziliense (DF) – Mais chuvas podem causar novas quedas de energia no DF nesta semana
    A previsão do tempo no Distrito Federal para esta semana é de mais chuvas fortes. De acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o tempo fica encoberto até sábado, com pancadas de chuva e trovoadas. A temperatura mínima é de 19ºC e a máxima de 27ºC para todos os dias. A umidade varia entre 95% e 50%.
    leia +
    G1 Notícias – No dia do apagão, meteorologistas apontam tempo instável no PR
    A causa do blecaute que afetou ao menos dez estados brasileiros ainda não foi confirmada. Mas autoridades chegaram a cogitar a possibilidade da transmissão de energia ter sido interrompida por causa do mau tempo. Meteorologistas ouvidos pelo G1 confirmam que o tempo permaneceu instável na terça-feira (10), no Paraná, mas não houve ocorrências graves na região de Itaipu.
    leia +
    Gazeta do Povo (PR) – No dia do apagão, Oeste e Centro-Oeste do PR tiveram estragos com temporal
    Fortes chuvas que atingiram as regiões Oeste e Centro-Oeste do Paraná na tarde de terça-feira (10) provocaram estragos em ao menos três cidades, segundo a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil. Ao todo, 18 casas foram danificadas e 23 árvores caíram. Apesar dos prejuízos, ninguém ficou ferido e não há registros de desabrigados ou desalojados.
    leia +
    Gazeta do Povo (PR) – 10/11/2009 – Produtores já podem fazer diagnóstico online da lavoura
    Os produtores rurais brasileiros que possuem acesso à internet não precisam mais sair da propriedade para identificar doenças e pragas que acometem a lavoura. Agora, é possível fazer isso através do site Diagnose Virtual, desenvolvido pe la Empresa Brasileira de Pesqui sa Agropecuária (Embrapa). O serviço é gratuito e pode gerar relatórios personalizados e diagnósticos à distância para as culturas do milho, feijão e soja.
    leia +
    O Globo (RJ) – Apagão foi provocado por desligamento de três linhas de transmissão de energia,
    BRASÍLIA e RIO – O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Marcio Zimmermann, informou nesta quarta-feira que o apagão que atingiu 18 estados foi provocado pelo desligamento de três linhas de transmissão de energia. Duas das linhas ligam Ivaiporã, na região central do Paraná, a Itaberá, na região sul de São Paulo. A outra liga Itaberá a Tijuco Preto (São Paulo). Segundo Zimmermann, no momento do desligamento havia condições meteorológicas adversas.
    leia +
    Último Segundo – Meteorologistas divulgaram alerta 4 horas antes do apagão
    O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou um alerta para Itaipu às 18h de terça-feira. O aviso era de que haveria chuvas intensas em Foz do Iguaçu, no Paraná, onde está localizada a hidrelétrica. Poucas horas depois, o vento na região alcançou 55km/h e houve um apagão que atingiu dez Estados. Colaboração: Daniele Alves – SCQ
    leia +
    Último Segundo – Região de Itaipu tem previsão de chuva e trovões para esta quarta-feira
    A região de Foz de Iguaçu, onde se localiza a Usina de Itaipu, deve ser atingida nesta quarta-feira por mais chuvas e trovoadas, segundo previsão do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC).
    leia +
    Zero Hora (RS) – Após temporal, aulas da rede municipal são suspensas em Coronel Bicaco
    Um temporal no final da tarde de terça-feira alagou casas e causou estragos em Cel Bicaco, no noroeste do Estado. Parte do município ainda está sem luz e sem água e 1,2 mil estudantes da rede municipal de ensino estão sem aula. A chuva forte começou às 16h e o volume de precipitações atingiu 200 mm em apenas duas horas.
    leia +
    Jornalista responsável:
    Adeilda de Sousa
    DRT-DF 3896/99

    FICÇÃO REAL.

    •novembro 11, 2009 quarta-feira • Deixe um comentário

    FICÇÃO REAL.

    A esta altura da história da civilização parece ficção

    que estejamos ameaçados por um movimento

    de natureza ditatorial, mas é isso mesmo que acontece.

    Como é costume em momentos assim,

    nossa humanidade se encontra distraída

    por ter de submeter-se a catar milho diariamente

    para pagar suas contas e satisfazer o desejo

    de adquirir novos e mais valiosos bens.

    Olhando para outro lado,

    absorta pela ilusão de levar uma vida sossegada,

    nossa humanidade finge que não vê o que vê,

    ou que permitir contravenções dos governantes

    fosse um pecado menor que não resultaria em nada grave.

    Enquanto isso, um firme movimento que pretende

    restringir a liberdade de expressão e pensamento

    continua avançando.

    O confronto é inexorável, só resta saber quando.

    .

    Os ideais devem ser incentivados, porque sem eles nossa humanidade ainda estaria dentro das cavernas. Os ideais refletem a capacidade humana de enxergar o que ainda não existe, esforçando-se para realizá-los.

    .

    É natural confundir-se com as pessoas, achando que elas são isso ou aquilo quando na verdade tudo era apenas fachada. É natural confundir-se, porém não é natural insistir na confusão depois de ter sido desmascarada.

    .

    Experimente deixar as argumentações lógicas de lado por um momento e se permitir ouvir a intuição. A lógica tem contribuído para você se distanciar de bons relacionamentos. A intuição informa outro caminho.

    .

    As melhores idéias da história nunca fizeram sentido imediatamente nem muito menos foram populares no início. Por isso, nunca rejeite essas idéias absurdas que ninguém apoiaria se fossem manifestas.

    .

    Insistir no ocultamento da verdade quando todo mundo a conhece seria uma tolice. Porém, esta tolice continua sendo perpetrada até agora, colocando em dúvida a suposta inteligência de nossa humanidade.

    .

    Aprimorar-se todos os dias, este é o maior e mais importante projeto que deve ocupar sua mente e emoção. Através do aprimoramento todo o resto virá por agregado, inclusive a melhoria dos relacionamentos.

    .

    Fonte: Quiroga

    O QUE REALMENTE PODE TER CAUSADO O APAGÃO?

    •novembro 11, 2009 quarta-feira • 25 Comentários

    10/11/2009-22hs

    O QUE REALMENTE PODE TER

    CAUSADO O APAGÃO?

    Raios! Raios Duplos! diria Vig Vigarista...

    Raios! Raios Duplos! diria Dick Vigarista...

    Ou, o que desligou as Usinas de Itaipu?

    Apesar do parecer técnico do Inmet informar que não houve raios em Itaipú as informações preliminares do secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmerman, o apagão de ontem teve origem em função das “condições meteorológicas adversas no Paraná e na região de Itaberá (SP)“.

    A pergunta que não quer calar, quando técnicos e políticos tem visões diferentes de um mesmo acontecimento, quem apresenta uma qualificação para responder com mais propriedade sobre o assunto? Clareza e transparência precisam vigorar para iluminar este episódio.

    Mas isso não é tudo…

    O DIA EM QUE A ‘TERRA BRASILIS’ PAROU…

    Atualizado 23:00 –  11/11/2009 aqui

    *Mistério resolvido? Você decide…

    *Brasil tem 90 mil km de linha; conheça o sistema elétrico que deixou o país não apenas sem luz, mas sem telefone e sem água em muitos dos 18 Estados que sofreram com o apagão.

    *América Latina precisa investir US$ 10 bi em energia elétrica, diz comissão

    *Após apagão, ministro diz que sistema de energia do país é “um dos melhores”

    *Queda de 3 linhas de energia causou apagão, diz governo

    *Itaipu diz que blecaute não começou em usina e atribui apagão a possível acidente

    *Itaipu para todas as máquinas pela primeira vez

    *Ministro confirma desligamento de Itaipu como causa do apagão

    Assessoria da hidroelétrica atribui falha a temporais na região

    *Blecaute atinge pelo menos nove Estados e Distrito Federal

    *Desligamento da Usina de Itaipu deixa Paraguai e vários Estados do Brasil

    *Apagão é destaque na mídia internacional

    As notícias informam sobre o apagão que tomou conta de meio Brasil na noite da terça feira 10/11/2009 por volta das 22 hs vc pode encontrar a notícia em qualquer mídia , mas tem outras questões que possivelmente não serão abordadas. Chegou a cogitar-se ataques de hackers aos sistemas elétricos, como os supostamente ocorridos em  2005 e 2007

    A causa ainda não pôde ser totalmente identificada, mas seguem algumas outras pistas que as notícias não divulgaram, como por exemplo observe esta seqüência sobre o ‘andamento’ deste apagão do blog de olhonotempo:

  • Blecaute atinge quase todo o Brasil
  • Raio cai em linha de transmissão e causa apagão em duas cidades de Minas Gerais
  • Imagens de satélite não confirmaram tormenta na região de Itaipu no horário do blecaute

  • RINDAT para de enviar dados sobre raios no Brasil
  • Estações automáticas do INMET não registraram vendavais sobre o Brasil no horário do blecaute
  • Outro fato que chama a atenção é que alguns sites como o da Globo/G1 estão ‘fora do ar’ …

    Os grandes portais de comunicação do Brasil, incluindo Folha,EstadãoR7 informam sobre um apagão ou blecaute .

    Por conta desse fato entre todos os grandes sites apenas a Globo.com que possui sua sede, inclusive com hospedagem própria no Rio de Janeiro está fora do ar. Há algumas horas estamos tentando acessar o portal, assim como também OGlobo.com.br e o G1.com.br.

    O site retornou ao ar no final da madrugada..

    ***********************************

    E , para coçar ainda mais aquela pulguinha atrás da orelha, estamos a investigar outras hipóteses…

    Teria isso alguma ligação com o sol???

    Clique aqui selecione: LASCO C2 ou C3 preencha Start and End Dates 2009-11-05       /       2009-11-11   e clique em “search” espere carregar e divirta-se.  Para mais informações sobre o que significam as imagens leia na Apolo11

    Lembrem do episódio em março de 1989, quando a cidade de Quebec, Canadá, teve um grande apagão por causa de uma forte tempestade solar.

    Teria isso alguma ligação com fenômeno UFO??

    Teria isso alguma ligação com HAARP?

    Perguntas que não querem calar…aguardem que devem surgir as ‘cenas dos próximos’ capítulos…

    Outra pergunta que não quer calar…

    Não seriam estes ‘apagões‘ a desculpa perfeita para acelerar a construção de PCHs ou as transposições de rios no Brasil? Contribuindo para o ‘programa de aceleração’ da destruição da natureza e da beleza cênica em diversos locais que ainda restam  preservados nesse país? Sugiro que pesquisem e investiguem sobre esse assunto e tenham suas próprias conclusões.

    .

    Por fim, utilizando a imaginação, pensem se um apagão desses dura três dias… Você estaria preparado para enfrentar uma situação dessa? Sem luz e de quebra, sem telefone, sem água, sem notícias… Indo um pouco mais além, imaginem que um basta uma ‘ataque’ a qualquer linha de transmissão de Itaupú e o Brasil se rende, em cascata ou ‘efeito dominó’…

    .

    no Arauto:

    Outro asteróide ‘indetectado’ passou bem próximo a Terra

    •novembro 11, 2009 quarta-feira • 1 Comentário

    Outro asteróide ‘indetectado’

    passou bem próximo a Terra

    Outro pequeno asteróide passou ‘roçando’ a Terra sem que ninguém o descobrisse a tempo. Foi no passado 6 de novembro e o objeto, chamado 2009 VA, foi localizado somente quando restavam 15 horas para sua chegada.

    A rocha, desta vez, somente tinha uns sete metros, muito pouco para provocar uma extinção massiva, porém basta recordar que a  apenas uns dias, na Indonesia, o impacto contra a atmosfera de outra pedra parecida de «somente» dez metros causou uma explosão equivalente a três bombas atômicas…

    2009 VA, pois, somente passou a dois raios terrestres de distância (uns 14.000 km), o que em termos astronômicos equivale a uma bala roçando o ouvido. Se trata do terceiro pequeno asteróide conhecido e catalogado justo antes de passar muito próximo da Terra. As outras duas «aproximações» registradas se referem ao asteróide de um metro 2008 TS26, que passou em 9 de outubro de 2008 a somente 6.150 km de nós, e a 2004 FU162, outra rocha de sete metros que passou em 31 de março de 2004 a apenas 6.535 km da superfície terrestre.

    Três únicas detecções. Esse é  catálogo completo que temos para objetos dessa classe. E isso apesar de que rochas como a que acaba de roçar-nos passam a distâncias parecidas de nosso planeta, como media, um par de vezes ao ano, e tem impacto, também como media, uma vez cada cinco anos.

    O asteróide 2099 VA foi descoberto por  Catalina Sky Survey umas quinze horas antes de sua máxima aproximação e sua presença foi rapidamente ratificada pelo Centro de Planetas Menores de Cambridge, Massachussets, que confirmou também que o objeto passaria, em apenas umas horas, muito próximo da Terra.

    A medida que se aproximava, a dezenas de milhões de quilômetros por hora, os técnicos do programa Near, da NASA, calcularam sua órbita e determinaram que o asteróide não chocaria contra nós.  E, se o houvesse feito, ninguém poderia fazer nada para evitar.

    Faz menos de um ano, se viveu uma situação muito parecida a esta com o objeto 2008 TC3, um asteróide que foi detectado quando apenas faltavam onze horas para sua chegada e que finalmente  impactou no norte do Sudán, por sorte longe de qualquer centro habitado. A história de sua «caça» se contou com todo detalhe neste blog.

     

    Fontes: aqui e aqui

    Tradução livre: Arauto do Futuro

    Outros ‘bólidos celestes’ que andaram ‘roçando’ a Terra recentemente…

    Em  Outubro /2009 Meteorito? Não. Asteróide!

    Em Março /2009 Asteroide perto da Terra…

    Em Março/2009 No dia seguinte o “Fantástico” falhou…

    Em Novembro/2008 METEORO NO CANADÁ

    Ao menos um foi detectado e está previsto para aproximar-se em 2014

    2014 – ASTERÓIDE A VISTA

    NO SUBTERRÂNEO.

    •novembro 10, 2009 terça-feira • Deixe um comentário

    NO SUBTERRÂNEO.

    Enquanto nossa humanidade cata milho todos os dias

    para pagar suas contas e adquirir novos e valiosos bens,

    circula nos subterrâneos das instituições,

    que supostamente deviam protegê-la,

    a idéia de concentrar poder,

    tudo o contrário do sonho de liberdade e democracia

    que tanto fez avançar nossa civilização na direção

    de um mundo melhor e mais decente.

    A qualquer momento vamos despertar

    e nos encontrar monitorados em nossas vidas íntimas

    porque não teremos mais liberdade para pensar

    o que quisermos, muito menos expressar

    o que sentimos ou idealizamos.

    Parece ficção, mas é a pura verdade,

    a democracia corre sério risco de extinção

    sob a propaganda de que para haver justiça

    há de se mandar calar a boca tudo que se opor

    ao poder vigente.

    .

    Tudo deve ocorrer na justa medida. Agora, por exemplo, que você tem tanto motivos de preocupação, porque há problemas, quanto de entusiasmo, porque há boas perspectivas, o equilíbrio é mais necessário do que nunca.

    .

    As certezas de outrora devem ser questionadas, especialmente se essas conduzirem você a preservar conflitos. Há sentimentos que se converteram em ressentimentos, uma condição que não traz bem a ninguém.

    .

    Melhor romper laços do que conservar amizades que sugerem a prática da incorreção. Num mundo profano como o atual parece normal e aceitável a prática das contravenções, mas não é saudável seguir por esse caminho.

    .

    No início, as facilidades tentadoras parecem inofensivas. Porém, com a passagem do tempo elas mostrariam os verdadeiros resultados, mas então você não teria como escapar da trama em que a alma se enredou.

    .

    Seguir pelo caminho correto seria demorado e cheio de percalços e, por isso, fazer pequenas contravenções surge como uma proposta sedutora. Pense bem antes de dar qualquer passo, pense nos resultados a longo prazo.

    .

    A ilusão de que maiores recursos materiais seriam suficientes para solucionar os problemas em andamento ainda tem poder de sedução. Porém, seria melhor você se livrar dela o quanto antes. A solução é outra.

    .

    Você poderia desistir de continuar buscando satisfação no caminho atual e passar para outra melhor o mais rapidamente possível. A teimosia não seria produtiva nem tampouco faria sentido para uma alma como a sua.

    .

    O tempo passou e alguns rompimentos foram deixados para um futuro incerto. Acontece que esse futuro chegou e, por isso, as rupturas se precipitam velozmente. Olhe além desse acontecimento, veja a realidade.

    .

    O entusiasmo não precisa ser diminuído porque há, paralelamente, assuntos que preocupam. Divida sua atenção para administrar com soltura o que entusiasma, assim como também ordenar o que preocupa.

    .

    Fonte: Quiroga