CONTINUA VALENDO A PENA.

•dezembro 28, 2011 quarta-feira • Deixe um comentário

CONTINUA VALENDO A PENA.

No que depender do desempenho dos humanos

obrigados a se acotovelar em praias abarrotadas,

estradas lotadas e hotéis incapazes de atender todos os pedidos,

realmente não vai parecer que continua valendo a pena

se esforçar para consertar o mundo,

a alma fica tentada a confiar de que talvez

seja a hora de dar fim ao mundo.

Ainda bem que não temos esse poder!

Só seremos deuses quando consigamos pensar com amor

que todos os seres,

os que apreciamos e também os que desprezamos,

constituímos no espaço infinito um só corpo cósmico.

A estupidez que nos enoja é produto do oposto,

de cada humano se achar o dono da verdade,

de empurrar seus semelhantes ao perigo

só para salvar a si mesmo.

A despeito desse panorama que enoja e, talvez, por sua causa,

continua valendo a pena o esforço para consertar o mundo.

.

Segure a onda, tudo vai dar muito mais certo sem precipitações tolas. O tempo não é inimigo, pelo contrário, quanto mais você usar para amadurecer a louca vontade de aventurar-se, melhor será o resultado.

.

Melhor dedicar-se a pequenas tarefas sem reclamar de absolutamente nada. Se a realidade não é brilhante e magnífica como deveria, tenha certeza que essa é apenas uma condição passageira. Tudo vai mudar.

.

Neste momento será melhor não responder a nenhuma provocação. Mesmo que sua alma se sinta tentada a responder a alguma, pensando que com isso defenderia princípios fundamentais, melhor será você resistir e silenciar.

.

Preserve a elegância e assim você não se precipitará, correndo o risco de estragar o que de por si seria bom demais. A pressa, a precipitação e a impulsividade são suas verdadeiras inimigas neste momento.

.

Ainda que haja motivos para isso, não seria propício você reagir com força exagerada aos acontecimentos. Melhor tratar tudo com divina indiferença, pois essa será a forma mais eficiente de anular os acontecimentos.

.

A ambição é legítima, mas neste momento é melhor mandá-la descansar, pois de outro modo afetaria negativamente os relacionamentos, fazendo você se aproximar das pessoas erradas e rejeitar as certas.

.

O futuro se desenha assim, só se poderá ganhar mais concedendo uma boa margem às perdas. Perder para ganhar, esta é a lei do futuro, porque não se pode ingressar nesse carregando vícios do passado.

.

A prudência será uma boa conselheira neste momento em que tudo parece legitimar o atrevimento. De contrassensos e paradoxos será sempre feito seu caminho; o atual, entre prudência e atrevimento, só é mais um.

.

Para preservar a paz de espírito, melhor você se dedicar a uma boa leitura, a algo que renove a percepção de que os seres humanos são capazes de inventar coisas maravilhosas e formular idéias muito elevadas.

.

A vida deve ser aventura. Para isso é essencial reconhecer que nenhuma alma aventureira poderia lançar-se ao desconhecido sem experimentar temor. Porém, significa também que esse sentimento não detém os passos.

.

Lidar com gente significa, nestes dias, lidar com bombas que podem explodir a qualquer momento. Este é um período em que todas as pessoas parecem ter se transformado em terroristas, inclinadas a detonar a realidade.

.

Certamente, ainda restarão tarefas difíceis para administrar nesses dias. Melhor você encará-las com infinita boa vontade, pois assim conseguirá anular o efeito tóxico que trazem em seu ventre. Tudo passará.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

Anúncios

A TEMPORADA.

•dezembro 27, 2011 terça-feira • Deixe um comentário

A TEMPORADA.

Está aberta a temporada

de constrangimentos e intimidações,

os humanos estão à solta em estradas, praias, resorts,

serras e lugares onde supostamente

deveria haver motivo de sossego, paz e felicidade.

Tecnicamente, todas as condições para isso estão dadas,

a não ser pelo detalhe de o humano

não ser condicionado pelo ambiente,

ele é a influência marcante que dá o tom da situação.

Assim, considerando a ansiedade,

o peso de vários meses de convivência passiva e ativa

com a insanidade durante 2011,

a equivocada idéia de que com o dinheiro acumulado

se deveria impor o direito a ser tratado de forma especial,

tudo isso associado ao curto entendimento

sobre o que é realmente valioso na vida

acaba resultando em despudoradas manifestações

de quão brutal e estúpido pode ser o humano.

.

Você não perde nada por esperar, é desnecessário precipitar-se para satisfazer a louca vontade de participar de uma grande aventura. No momento, seria sábio aguardar por condições mais propícias e seguras.

.

Tenha certeza de que toda pessoa que tente sentir-se superior intimidando as outras faz isso apenas para mascarar o profundo sentimento de inferioridade que a destrói intimamente. Nada é o que parece.

.

A cobiça gera a ira e a ira gera a destruição de tudo que é fundamental para que a convivência humana seja auspiciosa. Esse vírus psicológico que se chama cobiça é o germe da destruição de tudo que é civilizado.

.

Se o desejo for legítimo não há razão para você se precipitar, guiando seus passos pelo temor de perder a oportunidade. Nenhuma oportunidade que nutra desejos legítimos poderia nunca se perder. Nada tema.

.

As coisas não acontecem, se você analisar bem encontrará sempre os rastros da responsabilidade humana que, motivada pelo livre arbítrio, provoca os acontecimentos. Assuma sua responsabilidade e tudo será mais fácil.

.

Melhor rodear-se de pessoas sinceras, com as quais você sinta vontade de expressar seus sentimentos de forma transparente e sincera. Melhor também afastar-se das pessoas com as quais sua alma se sinta constrangida.

.

Quanto mais você se agarrar ao que é seu e com mais força o proteger, mais chamará a atenção da cobiça alheia. Desenvolva uma relação natural com os objetos que você cultua, essa seria a verdadeira proteção.

.

O atrevimento é bom, sem esse seria impossível transformar nada na vida. Porém, quando o atrevimento não é propício, ou seja, é uma atitude tomada fora da hora certa, o resultado sempre é contrário ao esperado.

.

Toda sedução envolve mentiras, porque no afã que motiva as pessoas a conquistarem as outras elas são capazes de inventar as histórias mais belas que, depois, não conseguirão sustentar. Esta é uma realidade.

.

Destrua os conceitos que guiaram seus passos até aqui e agora, o futuro não poderá ser desfrutado carregando peso morto do passado. Abra os braços às inovações e não tema entrar no futuro sem saber do que se trata.

.

Redobre a dose de boa vontade, especialmente com as pessoas familiares, que tendem a trazer situações para lá de esdrúxulas nestes dias. Boa vontade para ajudá-las a manter a cabeça no lugar e tratar tudo com sabedoria.

.

A leveza que este momento requereria se foi embora e não deixou nenhuma pista, em seu lugar surgem situações que provocam tensão e apreensão. Porém, trate tudo com firmeza e elegância, não se deixando abalar.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

O FECHO DE OURO.

•dezembro 26, 2011 segunda-feira • Deixe um comentário

O FECHO DE OURO.

O fecho de ouro para um 2011 insano

só poderia ser uma semana insana também.

Está em marcha uma ampla, geral e irrestrita

demonstração de quão estúpido, grosseiro e brutal

pode ser o humano quando tenta provar

que é melhor que seus semelhantes,

mas ao mesmo tempo se encontra no cativeiro

de estradas lotadas, praias abarrotadas,

hotéis e resorts completamente tomados e, de repente,

percebe que ainda que tenha dinheiro,

por mais que tenha se esforçado

e pago muito mais do que as coisas valem,

mesmo assim nada o protege contra a estupidez.

Ao se olhar esse panorama com compaixão

só se pode perdoar os humanos,

pois realmente não sabem o que fazem.

Porém, causa vergonha na alma

testemunhar a brutalidade que o egoísmo provoca.

.

Essa vontade louca de abraçar uma grande aventura talvez deva esperar por um momento mais seguro. Acontece que neste momento a insanidade corre solta e aventuras inocentes poderiam transformar-se em perigos absurdos.

.

Sempre haverá por aí pessoas loucas o suficiente para intimidar as outras e se sentir superiores. Lide com isso da maneira mais sábia possível, que consiste em ignorar o acontecimento, tornando-se indiferente a esse.

.

Se o mundo anda louco o suficiente para esquecer as regras mínimas de civilidade, está aí mais um motivo para você redobrar o cuidado com tudo, mas especialmente com a forma com que tratará as pessoas próximas.

.

A pressa é inimiga da perfeição e a ansiedade aniquila a satisfação. Tenha tudo isso em mente nos dias próximos, pois sua alma está prestes a se precipitar indevidamente, ainda que na direção de satisfações genuínas.

.

As circunstâncias e as pessoas devem dar motivos de sobra para você reagir com força total, com ira em alguns casos também. Porém, os resultados dessa reação não tendem a ser benéficos para ninguém.

.

Prefira aproximar-se das pessoas que deixem você à vontade e que emitam bons sentimentos. Não seria digno nem sábio aproximar-se de pessoas com segundas intenções ou com a alma motivada por interesses materiais.

.

Proteja seus interesses, mas cuide para fazer isso com elegância e consideração para com os interesses alheios também. Deve haver lugar para todas as pessoas entre o céu e a terra, ninguém deve ser excluído.

.

Tratar assuntos corriqueiros com atitudes radicais só vai piorar um quadro que já está para lá de complicado. Tenha em mente que as pessoas andam enlouquecidas e que por isso não medem as consequências de nada.

.

Prefira uma verdade dura e contundente a uma mentira confortável e gostosa. Este não é um momento em que seria propício emburrecer ocultando-se das verdades que, na prática, poderiam libertar sua alma.

.

Observar a ignomínia e testemunhar a infâmia são condições que podem amargar o coração, mas isso não deve acontecer. Resista! Ainda que você seja testemunha do pior imaginável, mesmo assim não amargue seu coração.

.

Prepare-se para viver dias intensos, que exigirão de você extremo cuidado e, principalmente, que mantenha a cabeça no lugar, recusando-se a reagir com exagero, ainda que as circunstâncias assim pareçam inclinar.

.

Descanso? Só se for em outro mundo, porque nesse sua alma será requisitada como se este período fosse qualquer outro do resto do ano. Perante esse panorama, você decide o que fazer e como reagir. Use seu livre arbítrio.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

UNIVERSAL.

•dezembro 25, 2011 domingo • Deixe um comentário

UNIVERSAL.

Eventualmente, você pode não fazer parte da tribo cristã

e a data de hoje não passar, por isso, de um feriado a mais.

Porém, acreditando ou não,

é inegável que a passagem de Jesus, o Cristo,

pelo nosso planeta, deixou marcas indeléveis.

É a partir de sua presença e ensinamentos

que se promove o início da globalização.

A Igreja Católica, cujo nome grego

“katholikós”

define o universal,

a meu ver só cometeu um erro, grave,

no processo dessa universalização de nossa humanidade,

trocou o poder da palavra pela imposição da espada.

De tempos em tempos, e por puro amor,

o Altíssimo envia seus representantes com novos ensinamentos.

Andamos precisando disso.

Precisamos de novas instruções

para substituir nossa paixão pelo domínio

pelo amor gracioso

que se distribui livremente pelo oceano infinito de Vida

que é o Universo.

.

Sempre circulam por aí os espíritos de porco que pretendem diminuir os semelhantes, destacando defeitos e fazendo isso como se fosse uma piada. Evite reagir e verá que a piada de mau gosto se volta contra eles.

.

Ocupe pouco lugar, fale menos do que o normal, evite a pretensão de querer brilhar mais do que o resto das pessoas. Assim, numa postura aparentemente inferior, você acabará brilhando discretamente, sem pisar na jaca.

.

Reunir pessoas é, na prática, aceitar o panorama incongruente que isso significa. As pessoas não apenas são diferentes como também adoram exaltar as diferenças, o que na prática significa ninguém se entender com ninguém.

.

Nunca perca a elegância. Leve isso em conta especialmente quando sentir que a tensão tiver atingido níveis insuportáveis e sua alma busque alívio urgentemente. É nesses momentos que a elegância é indispensável.

.

Um pouco mais de liberdade e margem de manobra seria ideal, porém, a realidade está cheia de formalidades e sua alma parece ter sido escolhida para dirigi-las. Desempenhe essa função da melhor forma possível.

.

Colabore para que as pessoas que se esforçam para brilhar conquistem esse objetivo. Tentar eclipsá-las vai, eventualmente, redundar numa imagem negativa para você. Deixe o mundo e as pessoas brilhar à vontade.

.

A configuração da realidade de hoje é impecável, não se pode criticá-la. Porém, ao mesmo tempo sua alma se sente restrita a ela e, assim, por perder um pouco da liberdade essa realidade não parece tão boa assim.

.

A realidade precisa ser mudada com urgência, mas isso precisa ser feito com a alma indo positivamente na direção do que deseja conquistar, e não negativamente desprezando o que não lhe interessa mais.

.

Preserve a dinâmica, transite pela maior quantidade possível de lugares no dia de hoje, pois através do movimento você aliviará a tensão e não correrá o risco de dizer o que não deveria ter sido dito.

.

Conversando as pessoas entusiasmam umas às outras com idéias de possível realização futura. Isso é muito bom, mas de entusiasmo o mundo já está cheio. Falta mais boa vontade para realizar um mínimo desse entusiasmo.

.

A realidade ficou muito complicada para todas as pessoas, mas em momentos como o atual se torna claro que todos sobrevivemos e também vamos além disso, passamos a usar as adversidades para aprender a viver melhor.

.

Pense todas as situações de hoje da forma mais prática possível, inclusive fazendo isso com sua própria presença. Tente ser útil, facilitar, prestar serviço para que tudo corra da melhor forma possível.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

COSMO É ORDEM, CAOS É SACERDÓCIO.

•dezembro 24, 2011 sábado • Deixe um comentário

COSMO É ORDEM,

CAOS É SACERDÓCIO.

O Cosmo em que nos movimentamos e somos

é absoluta e meticulosamente ordenado,

em seu ventre está o Princípio de Vida

que se distribui graciosamente através de tudo e de todos.

Esta é uma Lei Eterna e Universal.

Por aqui as coisas são diferentes porque há muito tempo

uma turma bem sórdida descobriu que produzindo caos

e incentivando-o de todas as formas possíveis

os humanos se esqueceriam do acesso livre e desimpedido

ao Princípio de Vida,

mas ansiosos por ter esse contato e perante o caos disseminado

exaltariam a figura dos sacerdotes

como promessas de que a ordem retornaria.

O Cosmo é Ordem, o Caos é Sacerdócio.

Esta é e ideologia que está no fundo de nossa civilização,

que produz sistematicamente muito caos

para que a casta de sacerdotes produtores de soluções

continue se desenvolvendo e prevalecendo.

.

Silêncio e discrição, quanto menos força você faça para se destacar e, pelo contrário, se mantenha numa postura que mimetize sua presença ao ambiente, melhores e mais edificantes serão os resultados de hoje.

.

Sem grandes pretensões, este momento pode ser magnífico. A magnificência oculta nos pequenos assuntos e tarefas pode ser evocada e manifesta. Porém, para isso você deve anular quaisquer outras pretensões.

.

Reunir pessoas e se familiarizar um pouco mais com esse tipo de evento, isto você deve aceitar como uma tendência. Sua alma se estressa na presença de pessoas, mas isso vai passar. É tudo uma questão de treino.

.

Seria impossível aliviar a tensão de muitos meses em poucas horas. Essa pretensão acabaria tornando a situação mais tensa ainda, já que por impossível, as pessoas acabariam se sentindo numa saia justa demais.

.

Parece que a realidade depende de você neste momento, é como se a sua alma tivesse inadvertidamente sido escolhida para ser a Mestra de Cerimônia. Assuma essa posição de forma descontraída e a desempenhe bem.

.

Alguns encontros serão edificantes, outros enfadonhos. Porém, de todos você conseguirá tirar algo positivo, só que para isso sua alma deverá estar tomada pela maior das boas vontades e com ótima disposição e humor.

.

Querer muito faz as pessoas se arriscarem a se frustrar muito também. Quando os desejos são fortes e prementes, ainda que os presentes sejam magníficos se corre o risco de olhar para eles com desprezo.

.

Por enquanto, a realidade continua a mesma, porém, sua alma não é mais a mesma de antes. O processo de reinventar essa realidade e transformá-la em outra, que se adapte melhor à necessidade, está em pleno movimento.

.

Entre sorrisos e agrados, talvez você sinta vontade de dizer algumas verdades não tão simpáticas assim. Pense melhor, será que a hora é propícia? Uma boa verdade dita fora da hora se voltaria contra você.

.

É hora de aprofundar-se nos conceitos e razões que normalmente não seriam questionados. Para isso será propício aproveitar qualquer diálogo que surgir espontaneamente e que conduza ao aprofundamento dessas questões.

.

A mente está cheia de projetos, mas nada disso importa agora. Só a reunião desinteressada e desprovida de segundas intenções será valiosa agora. Faça isso e perceberá que todo o resto virá por agregado.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

 

O CÂNCER DO MUNDO.

•dezembro 23, 2011 sexta-feira • Deixe um comentário

O CÂNCER DO MUNDO.

O dinheiro domina o mundo,

alguém se atreveria a questionar isso?

Provavelmente sim, mas com a alma motivada

apenas pela paixão das argumentações, pois na prática,

é só testemunhar algumas horas o desempenho da civilização

para comprovar em torno do quê se movimenta o mundo.

Acontece que na raiz de todo processo de domínio

se encontra a falta de amor, ou melhor dito,

para o mundo ser dominado pelo dinheiro

foi imprescindível sacrificar o amor por nós mesmos

e também aquele amor

sem o qual todos os relacionamentos se tornam corrompidos.

Por acaso nossa humanidade imaginou

que isso seria para sempre?

Esse invento de prolongado domínio é como um câncer,

freneticamente destrutivo e burro o suficiente

para não perceber que, no fundo, só faz é destruir a si mesmo.

Assim se dá o fim de nossa civilização.

.

Você fará o que tiver vontade, mas será necessário agir com discrição para que os resultados sejam o mais satisfatórios possíveis. Do contrário, caindo na tentação de compartilhar os eventos, a satisfação sumirá.

.

Antecipar-se às tarefas e achar que são pequenas demais para seu tamanho e posição é programar-se para o enfado. Se a necessidade requer sua intervenção, então atenda ao chamado do destino sem levantar queixas.

.

A inércia da preguiça é tentadora e sugere que só idealizando e programando a mente se poderia realizar os grandes sonhos. Desse jeito a única coisa que se consegue é uma enorme frustração, e bem garantida.

.

Agir por impulso não é sua praia, mas nos últimos tempos a tensão tem sido tamanha que pareceria justo agir por impulso, nem que for para se aliviar. Porém, a impulsividade sempre anda de mãos dadas com a tolice.

.

Quanto menos atenção você der à ansiedade, que sugere acelerar o passo, melhor será o resultado. Tenha certeza, suas vontades serão realizadas, mas o tempo necessário parece ser diferente do imaginado.

.

Prefira pessoas qualificadas, umas cuja companhia seja inspiradora. Essas são raras, não andam por aí oferecendo amizade, pois não são carentes, agem de acordo com a necessidade. Seja alguém necessário a elas.

.

Parece castigo ter de se dedicar às tarefas quando o desejo é descansar despreocupadamente. Porém, o castigo viria depois se a escolha fosse insistir no descanso despreocupado, negligenciando as tarefas necessárias.

.

A melhor forma de lidar com a eventualidade de constrangimentos e saias justas é evocar o bom humor e com uma risada cristalina desarmar a tensão. Mantenha esse humor, não deixe a adversidade abater você.

.

Promova relacionamentos corretos, você saberá quais são esses por facilitarem sua vida. Os relacionamentos incorretos produzem complicações e promovem a mentira. Então, não será nada difícil reconhecê-los.

.

Seria arriscado tentar agradar todo mundo e ainda por cima manter a discrição. Este é um momento que requer decisões e escolhas, a despeito de sua alma não querer desagradar ninguém. Aja de acordo com a possibilidade.

.

Transmita calma e domínio, as coisas tendem a ficar um tanto exaltadas demais e facilmente se poderiam cometer algumas precipitações desmedidas nesse clima. Caberá a você manter a cabeça no devido lugar.

.

Você pode obter o que deseja agindo de forma ordenada e lenta, porém, você também pode tomar atitudes caóticas e aproveitar os golpes de sorte para o mesmo fim. Você escolhe o caminho, a responsabilidade é sua.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

 

O FIM.

•dezembro 22, 2011 quinta-feira • Deixe um comentário

O FIM.

O tempo do prolongado domínio da corrupção

sempre existiu no ventre do tempo infinito do Altíssimo e,

por isso, está consumindo a si mesmo.

Os erros são sempre transitórios,

só que às vezes duram tanto que nossa humanidade

se acostuma com a realidade,

imaginando que realiza sua pretensão de ser maior

do que o Universo em que vive.

O tempo do prolongado domínio do erro

de criar um mundo corrupto e miserável está no fim,

mas o que parece uma catástrofe é na verdade o fim dela.

Catastrófico foi viver durante séculos

sob o domínio de uma perspectiva sórdida,

mediante a qual o livre trânsito pelo planeta

e usufruto de seus recursos foi limitado

em nome de acumulações indevidas.

Que isso chegue ao fim é motivo de celebração.

.

Tudo irá muito bem na mesma medida em que você conseguir agir com absoluta discrição. A falta dessa será também a medida dos problemas que serão gerados. Conter a língua será crucial num momento como este.

.

Entre explicar o que deve ser feito e arregaçar as mangas e fazê-lo, não tenha dúvida, prefira a segunda opção. Este não é um momento que comporte medidas teóricas, a necessidade precisa ser suprida com urgência.

.

Tudo que você quiser e muito mais ainda! Porém, se ficar esperando que as coisas aconteçam por si sós o resultado será o contrário, ou seja, nada do que você queria e menos ainda! Arregace as mangas.

.

Pareceria tolice conter os impulsos e deixar de aproveitar a situação. Porém, quando as consequências vierem você saberá que a tolice maior teria sido não conter os impulsos. Mantenha a mente funcionando.

.

Você não precisa virar o universo inteiro de ponta cabeça para realizar suas vontades. É só seguir o curso natural dos acontecimentos, sem precipitar-se e sem tentar acelerar o que de todo modo aconteceria.

.

A coisa não se limita a chegar lá, mas se estende a que no caminho de chegar lá você se reúna com as pessoas qualificadas, aquelas cuja companhia seja inspiradora e cheia de graça. Isso não é muito fácil.

.

Prefira continuar dando conta das tarefas, ainda não chegou a hora propícia para se dedicar a descansar sem nenhuma preocupação. Parecerá que é castigo ter de se dedicar às tarefas, mas não é. Só é necessário.

.

É provável que seus bons sentimentos encontrem dificuldade para se manifestar, ou provavelmente quando o fizer não será o momento adequado. Como resultado, vários constrangimentos e saias justas. Isso passa, porém.

.

Peça ajuda, mas só depois de ter feito todas as tentativas que estiverem ao seu alcance. Pedir ajuda antes disso significaria levar um sonoro não, já que parecerá que você pede ajuda por preguiça e não por necessidade.

.

As idéias são boas e há margem para colocá-las em andamento. Porém, há uma onda desorganizada que não quer ir embora e que resulta em demoras além da conta. No fim, as boas idéias devem continuar esperando.

.

A loucura alheia não deve contaminar você, mas isso não será fácil. Na prática, essa loucura virá maquiada de entusiasmo e boas intenções, mas se você analisar direito perceberá que não passa de loucura mesmo.

.

Há um caminho ordenado e lento para você conseguir o que deseja, mas há também disponível uma via impulsiva e caótica. Até agora não há definição de qual dos dois caminhos seja mais propício. Você escolhe.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.