O DEVER E O PRAZER.

•novembro 28, 2011 segunda-feira • Deixe um comentário

O DEVER E O PRAZER.

A imensa maioria de nossa humanidade

está convencida de que o dever se contrapõe ao prazer,

mas isso é resultado de não envolver seu coração

nas tarefas que desempenha, porque não as aprecia.

Tratar com enfado e aborrecimento as tarefas

que o dever impõe é a pior maneira de encará-las,

inclusive porque enquanto o ser humano não amar suas tarefas,

e por isso as desempenhar com crescente aperfeiçoamento,

continuará amarrado a essas.

A única maneira de libertar-se das tarefas

é desempenhá-las com absoluta perfeição,

independente de essas parecerem

extremamente importantes ou banais.

Do ponto de vista cósmico, tudo é necessário,

não há distinção entre o trabalho braçal,

o intelectual, artístico ou religioso,

todos cumprem um papel no somatório.

Só há uma forma de libertar-se das tarefas,

desempenhá-las com perfeição.

.

É importante reconhecer os erros cometidos, mas não é necessário você confessá-los publicamente, inclusive porque esse ato poderia ser mal interpretado. Confesse seus erros apenas para si, no silêncio da alma.

.

Teoricamente, seria melhor ter tudo sob controle e nem ser necessário prestar atenção às tarefas cotidianas, de tão organizadas que estariam. Porém, na prática as coisas não são assim e precisam de muita atenção.

.

É necessário dominar, mas se você pensa logo que tal domínio seria uma questão de tomar o poder do mundo, você já começou o caminho de forma equivocada. O verdadeiro domínio que deve ser conquistado é sobre si mesmo.

.

Apostar todas suas fichas num palpite é a mais clara tradução de uma atitude precipitada. Eventualmente pode dar certo a jogada, mas nunca conseguirá repetir o feito no futuro. Se já aconteceu no passado, então…

.

Melhor agir de acordo com as circunstâncias a despeito de não ser essa a escolha que você faria de acordo com os desejos. Uma vez que você anule a força das circunstâncias através da ação, depois ficará liberado.

.

Fazer oposição e resistir ao apelo dramático que algumas pessoas fazem a você não seria uma postura sábia no momento. É melhor compreender e aceitar tanto os dramas quanto o sucesso alheio. Tudo é necessário.

.

Apesar do encantamento produzido pelas inúmeras possibilidades que o momento apresenta, será necessário se conter para não cair na tentação de abrir demais o panorama, mas se focar em algo em particular.

.

A alegria é uma virtude divina que sintoniza a alma com as melhores graças disponíveis. Porém, quando a mente não está devidamente purificada para essa sintonia, a alegria pode motivar muitas tolices também.

.

A pressa não é sua, é produto da ansiedade a que nossa humanidade dá rédea solta porque as festas de fim de ano são iminentes. Tente conter essa urgência sentida no íntimo não lhe dando muito valor.

.

Saber mais, no momento atual, significa sofrer um pouco mais também. É que o acréscimo de conhecimento resulta em desmascarar o jogo do mundo, um em que sua alma esteve envolvida por tempo demais enquanto parecia normal.

.

Em vez de evitar tocar nos assuntos mais delicados, faça diferente dessa vez. Enfrente de peito aberto e prefira assumir verdades nuas e cruas a continuar pintando o mundo com uma cor de rosa que não existe mais.

.

O balanço é positivo, mas a quantidade de situações tensas que se acumularam ao longo dos últimos meses superou quaisquer expectativas, inclusive as mais ácidas. Isso gerou um estresse que agora é necessário cuidar.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

Anúncios

ESPÍRITO E MATÉRIA.

•novembro 27, 2011 domingo • Deixe um comentário

ESPÍRITO E MATÉRIA.

É um engano imaginar que a prosperidade material

deva ser necessariamente oposta ao progresso espiritual.

Espírito e Matéria exercem um casamento indissolúvel

e só quem for capaz de integrar a retidão espiritual

à prosperidade material

pode considerar que progride de verdade.

A sabedoria abundante,

mas desprovida de recursos materiais,

tanto quanto a opulência material destituída de sabedoria;

ambas as condições

não são representativas de verdadeiro progresso e,

por isso, atrasam o ser humano

e não fazem dele um foco irradiador de benefícios ao mundo.

Afinal, só isso importa,

que o progresso individual seja útil

ao progresso do mundo também,

o que só poderia acontecer

enquanto Espírito e Matéria andam de mãos dadas,

não apenas na teoria, mas principalmente na prática.

.

Só através da ação sua alma será compreendida devidamente. Por isso, não se detenha a explicar nada a ninguém, especialmente não se detenha a antecipar o que você fará a seguir. Apenas faça o necessário.

.

A hora é certa, os instrumentos estão disponíveis, você conhece os métodos, está tudo em marcha. Porém, essa marcha pode patinar sem sair do lugar senão houver boa vontade de sua parte para dar início ao processo.

.

As idéias são fonte de riqueza material e espiritual. Porém, nada será assim se as idéias continuarem em potencial e abstração. Você deve se empenhar para tirá-las daí e convertê-las em realidade concreta.

.

Não é verdade que o fim justifica os meios, pois quando se utilizam meios ilegítimos, o objetivo conquistado não vale a pena para ninguém. Lute pelo objetivo pretendido, mas considere bem os meios também.

.

A necessidade deve prevalecer a sua vontade se recolher. É melhor você fazer algo que não aprecia do que impor sua vontade e depois reconhecer que muito tempo foi perdido. Melhor seguir a necessidade.

.

Algumas sugestões são ruins mesmo, porém, outras são extraordinariamente boas. Você precisa luzir seu discernimento para separar o joio do trigo, já que todas as sugestões provêm da mesma boca.

.

De que adianta ter idéias maravilhosas se depois você vai perder o foco e o tempo passará e nada será feito? Melhor você passar suas idéias pelo crivo da realidade e escolher a dedo só algumas a quem se dedicar.

.

É melhor não buscar razões para os sentimentos, isso complicaria muito a comunicação. É melhor compartilhar seus sentimentos através de gestos simples e singelos, sem tentar entender nada.

.

As pessoas que até aqui eram objeto de discórdia precisam se transformar em aliadas. Isso não vai acontecer automaticamente ou por obra divina, você terá de se empenhar em torná-las suas aliadas. Isso é possível.

.

Seria melhor se você tivesse absoluta certeza sobre os resultados, mas esse não é o caso da atualidade. Contudo, você deve se espelhar na memória de outros momentos em que a situação era exatamente a mesma.

.

Ter apreço pelas pessoas erradas não é algo fora do comum. Já disse o Bardo, o coração conhece motivos que a razão é incapaz de reconhecer. No entanto, a situação proposta por esse panorama é difícil de administrar.

.

Enquanto a desordem prevalecer nenhum benefício poderá ser usufruído por ninguém. A inércia de todas as reviravoltas que aconteceram e das que você provocou ainda é forte; porém, é necessário contra-arrestá-la.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

OS TUMULTOS.

•novembro 26, 2011 sábado • Deixe um comentário

OS TUMULTOS.

Os tumultos que desorganizam

o bom andamento dos assuntos de seu interesse

não são punições divinas

cujo objetivo seria anular seu merecido divertimento.

O raciocínio de nossa humanidade é,

no mais das vezes, simplista demais

em relação às questões espirituais,

imagina que Deus está sempre atento para punir os desvios.

Os desvios são todos nossos e são em si mesmos as punições,

não é necessário que Deus intervenha.

Além disso, os tumultos da atualidade não são punições,

mas a oportunidade de todos sustentarmos

o árduo processo de integração mundial,

uma condição que até pouco tempo atrás

não dava sequer para imaginar que seria possível.

Essa já avançou ao ponto de não ser possível recuar,

mas mesmo assim há poderes que querem isso mesmo,

o recuo, e junto com esse a destruição de tudo.

.

Tentar explicar seus motivos só vai resultar em conflito contraproducente. Neste momento seria melhor você fazer o que tem vontade sem comunicar nada a ninguém; só através da ação sua alma será compreendida.

.

Tendo um objetivo em mente e conhecendo os instrumentos necessários para conquistá-lo, só resta arregaçar as mangas e fazer o necessário. Porém, se não houver boa vontade, tenha certeza que nada acontecerá.

.

Você só tem idéias, mas não pense que isso seja pouco. Essa é a riqueza potencial, aquilo que você deverá trabalhar para arrancar da virtualidade e converter em realidade consumada. As idéias são fonte de riqueza.

.

O estresse é irrelevante, pois só interessa que você lute a favor de seus ideais e abrace a causa desses com todo fervor. Certamente haverá estresse envolvido nesse caminho, mas o que importa isso?

.

Aquilo que você não aprecia é exatamente o que precisa de mais atenção. Nem sempre dá para viver de acordo com a própria vontade, em muitos casos é imprescindível agir pela necessidade e não pela vontade.

.

Faça luzir a diplomacia, é a única forma de fazer com que as coisas andem. Haverá críticas profundas que poderiam ser feitas e pareceria oportuno fazê-las, mas isso dificultaria colocar tudo no caminho novamente.

.

Filtre todas suas vontades, passe-as pelo crivo da realidade e dos instrumentos disponíveis para você realizá-las. Dessa forma você vai se organizar melhor e como resultado perderá menos tempo também.

.

Você acostumou as pessoas a entender você através das razões e agora vai ser mais difícil compartilhar com elas seus sentimentos. Porém, é necessário empreender a tentativa, porque os sentimentos estão em alta.

.

Além de ser necessário inovar na forma de fazer as mesmas tarefas de sempre, a maior e mais importante inovação de todas e consiste em você unir esforços com as pessoas que até aqui eram objeto de discórdia.

.

As incertezas são profundas, mas afortunadamente não há tempo disponível para debruçar-se sobre essas e utilizá-las para não tomar nenhuma atitude. O tempo urge e você deve agir ainda que não tenha certeza.

.

As discórdias podem ser úteis, servirão para que sua mente fique lúcida. Se todo mundo estivesse em concordância com suas intenções, talvez alguns erros de estratégia nunca seriam descobertos nem solucionados.

.

Muitas reviravoltas aconteceram e tantas outras foram provocadas por você, porém, é necessário aquietar-se e privilegiar a ordem, principalmente porque só através dessa será possível beneficiar a todos os envolvidos.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

EQUILÍBRIO.

•novembro 25, 2011 sexta-feira • Deixe um comentário

EQUILÍBRIO.

Lua é Nova em Sagitário.

Divertir-se é necessário,

a espiritualidade não é o caminho

mediante o qual o ser humano deva renunciar

à beleza ou a quaisquer motivações alegres e prazerosas da vida.

Porém, se a diversão se converte

no assunto primordial do ser humano,

então se promove a dissipação dos recursos

e isso nunca poderia ser algo bom.

Manter o foco nos assuntos que exigem atenção e empenho

não será nada fácil,

foram longos anos sob pressão

e a iminência das festas de fim de ano

começa a exercer sua dispersiva influência.

Contudo, em nome da preservação

dos assuntos importantes que estão em andamento,

seria sábio organizar o tempo

para que sobre o suficiente para divertir-se

sem que isso anule a necessária atenção que os deveres exigem.

Assim como espírito e matéria não são inimigos,

prazer e dever tampouco devem sê-lo.

 

.

É irrelevante que sua intenção seja bem sucedida, o importante apenas é que você empreenda a ação dando o melhor de si no processo. Tal desapego fará você desempenhar ainda melhor as funções de sua competência.

.

As pontas que forem deixadas soltas na atualidade se converterão nos chicotes circunstanciais do futuro. Por isso, em vez de pretender andar rápido agora, prefira andar sobre terreno seguro, estudando cada passo e movimento.

.

Se por acaso for necessário abandonar os objetivos perseguidos, saiba que isso só poderia acontecer porque você cometeu um equívoco e perseguia quimeras em vez de possibilidades reais e verdadeiras.

.

Deixe passar, melhor evitar apresentar resistência firme que no fim resultaria em alimentar o que se tenta superar. Melhor deixar passar e ignorar os conflitos e adversidades que se interpõem no caminho.

.

A boa vontade de compartilhar suas dúvidas e dilemas interiores não dará bom resultado. Pelo contrário, as pessoas não vão compreender a atitude e criarão conflito para que você volte a liderá-las.

.

Ninguém fará melhor que você, ninguém tratará com o carinho devido as coisas que só você sabe olhar com olhos verdadeiros. Não espere ajuda, neste momento é necessário que só você seja sua própria ajuda.

.

Suas atitudes podem ser pacíficas e suas intenções generosas, mas o acolhimento de sua presença encontra resistência e provoca conflito. Melhor lidar com isso do que se questionar a razão do evento.

.

Ainda que tenha pressa, melhor tolerar a ambiguidade e indecisão das pessoas das que você depende atualmente para tomar decisões e empreender ações. Isso é inevitável e a tolerância é o antídoto perfeito.

.

Gastar ou não gastar, eis uma questão que dia sim, dia não, retorna. Você não precisa se preocupar excessivamente com o futuro, mas tampouco achar que tudo se resolverá sempre. Há um equilíbrio que pode ser conquistado.

.

A curiosidade não deve ser satisfeita necessariamente, pode apenas ser tentadora e nada além disso. Você deverá saber mais do que ninguém o alcance de sua curiosidade e o caminho que essa pretende estipular.

.

Além de movimentar-se de um lado a outro e atender um sem fim de comunicações, você terá de fazer um esforço enorme para se concentrar nos assuntos que realmente valham a pena. A dispersão está na ordem do dia.

.

É necessário andar em terreno seguro e firme, inclusive para que o espírito de aventura possa frutificar. Seria frustrante demais ter investido tanto entusiasmo em assuntos que não passavam de fogo de palha.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

Lua Nova -25-11-2011

•novembro 25, 2011 sexta-feira • Deixe um comentário

Lua Nova em Sagitário

 25 de novembro às 4h10, horário de verão de Brasília.
• Período de influência: De 22 a 28 de novembro de 2011.

As contrariedades

e demoras indesejáveis

poderão ser aproveitadas

para reformular os planos

e recolocar tudo

num caminho mais pacífico.

Por isso,

quando os primeiros sinais

dessas condições surgirem,

em vez de entregar-se à irritação,

observe atentamente

a dica que vem

embutida nessas.

Quiroga

INEXORÁVEL UNIFICAÇÃO.

•novembro 24, 2011 quinta-feira • Deixe um comentário

INEXORÁVEL UNIFICAÇÃO.

Lua Nova em Escorpião.

Os que imaginam a inexorável globalização

como a mera comunicação

entre as diversas tribos e interesses humanos,

porém, fortalecendo as diferenças e sustentando-as,

não entenderam nada,

continuam enxergando a realidade

de dentro de suas bolhas existenciais egoístas,

veem apenas o reflexo narcisista de si mesmos.

A globalização é motivada

por um processo inexorável de integração,

que é árduo

apenas porque tanto os indivíduos quanto os países,

empresas e tribos continuam sustentando o temor

de sair de si mesmos em busca da unificação.

A esta altura, o processo já avançou o suficiente

para ter se tornado irreversível

e qualquer gesto de recuo

é motivado por um tipo de destruição que,

contrariamente a quaisquer razões inteligentes arvoradas,

é burro e embotado,

porque destrói a si mesmo também.

.

Reunir pessoas que não querem se congregar é uma tarefa fadada ao fracasso. Porém, se isso estiver dentro das necessidades atuais, será melhor que empreenda a tarefa com a alma desapegada dos resultados.

.

Raramente a teimosia dá bons frutos, no mais das vezes é maior o estresse causado por ela do que o prazer conquistado. Dessa vez você poderia conter a teimosia em vez de lhe dar rédea solta. Isso é possível.

.

Reveja seus magníficos planos e não tema recuar, mas faça isso como estratégia e não para abandonar suas intenções. As circunstâncias mudaram, se tornaram mais difíceis, mas os objetivos devem ser preservados.

.

Seu lugar deveria ser aprazível e confortável, mas as circunstâncias atuais tendem a perturbar bastante. Não seria o caso de apresentar resistência dura, pois assim correria o risco de alimentar essa condição.

.

Ninguém conhecerá seus dilemas mais profundos e não seria sábio de sua parte tentar compartilhá-los. As pessoas esperam de você as normais atitudes firmes e consistentes, ninguém quer saber de suas dúvidas.

.

Veja com bons olhos essas pequenas tarefas que precisam de sua atenção. Em vez de buscar alguém que tome conta dessas, faça diferente, assuma a dianteira e se responsabilize pelo bom andamento dessas tarefas.

.

Ainda que não seja sua intenção, neste momento sua presença parece ser um ímã para a encrenca. Por isso, em vez de se questionar a razão disso, melhor enfrentar logo os conflitos que forem mais importantes.

.

O enfado que causa a ambiguidade e indecisão de certas pessoas deve fazer você refletir sobre o possível enfado que você tenha causado a outras pessoas através das mesmas atitudes. Tudo deve ser tolerado, afinal.

.

Cuide dos assuntos materiais, mas sem exceder-se na dose de preocupação, pois essa tiraria a necessária sabedoria com que devem ser tratados esses assuntos. Gastar ou não gastar, eis a questão eterna!

.

Há muitas dúvidas pairando no ar a respeito da competência de certas pessoas, o que neste momento é uma questão muito delicada, já que vários assuntos dependeriam exclusivamente delas. Vale a pena dar uma olhada nisso.

.

Neste período que começa hoje e durará algumas semanas será melhor você evitar se meter em discussões, pois no calor dessas correria o risco de fazer promessas que depois seria muito difícil cumprir.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.

O PERIGOSO RECUO.

•novembro 23, 2011 quarta-feira • Deixe um comentário

O PERIGOSO RECUO.

As circunstâncias

devem se tornar mais difíceis nas próximas semanas,

já que o mundo se mostrou ineficiente

em produzir as soluções que o sistema econômico mundial exige.

Os líderes mundiais,

atemorizados com a perspectiva que vem por aí,

começaram a recuar

em vez de continuar avançando nas reformas e modernizações.

Isso revela total falta de sabedoria,

pois é infinitamente mais perigoso recuar

do que seguir em frente.

O espírito que promoveu o lançamento de uma moeda única

na Europa foi motivado corretamente,

o futuro consiste nisso, na unificação.

As razões egoístas e mesquinhas,

todas muito inteligentes e aparentemente sensatas,

mandam recuar.

Porém, nesse recuo reside o poder destrutivo do egoísmo,

tão cego que nem sequer enxerga

que destrói também os interesses que supostamente

deveria proteger.

.

Sentimentos devem ser respeitados e nunca será perda de tempo se você tomar atitudes que chamem a atenção das pessoas que por ventura tenham passado por cima desses. O respeito aos sentimentos alheios é básico.

.

Independente de você ter certeza ou não sobre os assuntos em andamento, agora não sobra mais tempo para gastá-lo em dilemas. O assunto é seguir em frente com atrevimento e apostar no que de melhor possa acontecer.

.

As pessoas nervosas que dão bronca e criticam podem não ser companhia agradável, mas trazem consigo algo vantajoso, tiram você do devaneio e incitam à ação eficiente. Melhor fazer algo do que ficar pensando.

.

Nada merece discussão alguma, o que você deve fazer é demonstrar suas razões na prática. Discutir seria um erro de cálculo, porque o tempo se perderia em conflitos enquanto as tarefas continuariam sem atenção.

.

Vale a pena discutir para que seus pontos de vista sejam compreendidos e aceitos. Porém, essa discussão deve ter isso muito claro em mente, para que não aconteça o oposto e suas opiniões sejam rejeitadas.

.

É tentador discutir para que suas razões sejam respeitadas, até porque essa pareceria ser a melhor forma disponível. Porém, observe com atenção os resultados para medir se o estresse valeu a pena ou não.

.

Coloque todo seu potencial em marcha, não se poupe, neste momento vale a pena fazer elevadas apostas; se o mundo perceber que você tem confiança em seu taco será mais fácil as pessoas confiarem em você também.

.

Querer muito não é o mesmo que poder dar conta do recado, pelo menos não imediatamente. É necessário planejar e se munir de recursos para que quando venha a inevitável onda do querer muito você possa dar conta do recado.

.

A tarefa mais árdua ficou em suas mãos, motivar as pessoas a se unirem em torno de uma mesma causa. No início essa tarefa parecerá fácil, pelo entusiasmo, porém, a médio prazo as pessoas se dispersarão.

.

Pensar grande é motivo de atrever-se a tomar atitudes grandiosas, que na prática significam o dispêndio de enormes somas de dinheiro. Isso é bom, mas também pense no futuro a longo prazo para evitar armadilhas.

.

Fortes sentimentos exigem fortes atitudes, do tipo que normalmente você não tomaria. Porém, há algo excepcional em andamento e por isso você não precisa se repetir, você tem margem para experimentar.

.

Em vez de fazer cara feia por se ver na obrigação de cumprir tarefas que eventualmente estejam abaixo de sua capacidade, assuma a maior possível das boas vontades e cumpra o que a necessidade tiver trazido até você.

.

.

Fonte: Quiroga.

.

Acompanhe Quiroga diretamente em seu blog  Boletins  Sincronia.

.