Tempestade Magnética

•julho 7, 2009 terça-feira • 1 Comentário

Parte1

 

“Algo de estranho está acontecendo nos profundos subterrâneos da Terra, onde um líquido metálico é constantemente movimentado pela rotação do Planeta, gerando uma força invisível:  O Campo Magnético, que protege a Terra contra radiações advindas do espaço. Este campo magnético parece que aos poucos está se tornando mais fraco.

Haverá um dia de completa desgmanetização do Planeta Terra em que todos os habitantes estarão sujeitos aos efeitos da radiação cósmica e do vento solar?”

Parte 2

Parte 3

Parte 4

Parte 5

Parte 6

 

Explosão Solar

•julho 6, 2009 segunda-feira • Deixe um comentário

.

.

.

.

.

SENSAÇÕES E PREMONIÇÕES

•julho 5, 2009 domingo • Deixe um comentário

SENSAÇÕES E PREMONIÇÕES.


Data estelar: Vênus ingressa em Gêmeos;
Lua que cresce em Sagitário será Vazia das 16h18 às 23h09, horário de Brasília.


Enquanto isso, aqui na Terra a alma humana é invadida por sensações e premonições que não sabe traduzir, mas que a inquietam o suficiente para não conseguir dormir tranquila, quanto menos levar uma vida normal. A melhor atitude perante o desassossego é senti-lo e reconhecê-lo, mas evitar estendê-lo com argumentações e preocupações, porque dessa forma se perderia o controle e se abriria a porta do inferno que todos carregamos num lugar recôndito da subjetividade, lá mesmo onde mantemos acorrentado nosso ódio. Tudo parecerá conspirar para que libertemos esse ódio, argumentos não vão faltar nem motivos aparentemente justos. Porém, que tipo de justiça se poderia fazer com a mesma arma que usam aqueles que nos fazem mal?

Preste atenção ao coração, mas também não fique só nisso. Prestar atenção significa atrever-se a testar na prática tudo que o coração informe, o que significa tomar atitudes que não pareceriam nada sensatas.

Fonte: Quiroga

cordão mágico

•julho 4, 2009 sábado • 1 Comentário

Lembra disso?

vídeo

Professora ensina a brincar com barbante;

Assistir

da Folha Online

Brincar com os fios exige desafios para quem se arrisca. As crianças precisam usar a memória, pois é necessário seguir uma sequência para poder montar um desenho.

Neste videocast, a educadora Rosana Roza mostra como manusear o barbante.

Assista aqui na fonte.

Tempestades geomagnéticas causam acidentes aéreos?

•julho 3, 2009 sexta-feira • 2 Comentários

Só este ano ocorreram 6 acidentes aéreos de médio e grande porte, praticamente 1 por mês, 2 destes acidentes, os mais recentes cairam no mar, e sem causa definida porém com fortes indícios de que terem passado por tempestades geomagnéticas que tenham motivado das quedas. Isso sem incluir as turbulências que estão a nos contar as notícias.

E agora essa informação, um relatório da Força Aérea Russa emite uma aviso para todos os aviões exercerem ” extrema cautela” durante os voos em torno de uma área definida

Começa a soar os alarmes!

Leia o artigo.

Relatório Russo levanta hipótese de que tempestades magnéticas tenham provocado acidentes aéreos.

Fonte: Russos recomendam mudanças nos voos

Relatórios circulantes no Kremlin hoje (30/06/2009) estão dizendo que   Comandantes russos da Força Aérea emitiram avisos para todos os seus aviões para exercerem “extrema cautela” durante os vôos “em torno de” uma área definida como Latitude 17 Norte [Oceano Atlântico Norte] Latitude Sul 3 [Oceano Atlântico Sul], para  Latitude 8 Norte [Oceano Índico] Latitude 19 Sul [Oceano Índico] entre as longitudes de 46 Oeste, 33 Oeste, 46 Leste e 33 Leste, e que cobre a maior parte da Placa tectônica Africana.

A razão para este alerta sem precedentes, nestes relatórios estaduais russos, são a rápida formação de “tempestades geomagnéticas” emanadas das fronteiras da Placa tectônica Africana que, devido à sua intensidade, causaram a perda de dois grandes aviões de passageiros durante o mês passado deixando cerca de 300 homens, mulheres e crianças mortas.

A primeira aeronave a ser abatida por este fenômeno foi da Air France, com os passageiros do vôo 447, e o que estes relatórios afirmam é que após encontrar uma destas tempestades geomagnéticas, em 1 jun,  próximo da fronteira ocidental da Placa tectônica Africana, perto da Ilha de Fernando de Noronha no Brasil,  a aeronave foi “completamente aniquilada”, causando a morte de 216 passageiros e 12 tripulantes bem como o avião caiu em pedaços no Oceano Atlântico.

A segunda aeronave a ser abatida pelo fenômeno ocorreu na fronteira oriental da Placa tectônica Africana, hoje (30/06/2009) quando outra destas tempestades geomagnéticas golpeava o céu, um vôo do Airways iemenita para a Ilha das Comores, uma nação no Oceano Índico,  deixou apenas 1 ” criança milagrosamente”  resgatada, até o momento, dos 153 passageiros e tripulantes a bordo.

Os eventos catastróficos ocorridos na região da Placa tectônica Africana  tem sido conhecida há mais de um ano com o relato de um “novo oceano” se formando na Etiópia,  como se pode ler relatado por Nature News Service:

“Embora o nascimento de um oceano seja um fenômeno extremamente raro no maior histórico de escalas, a geofísica é atualmente, de uma tal eventualidade. Ainda mais impressionante é que isso ocorre em uma das mais inóspitas regiões áridas da Terra,  a Depressão Afar na Etiópia.

O continente Africano está literalmente ‘rasgando’, tal como a manga de uma camisa antiga, ao longo da área conhecida como “Leste Africano Rift”, que percorre do início do extremo sul do Mar Vermelho, passando por Eritréia, Etiópia, Quénia, Tanzânia e Moçambique. A lava derretida abaixo da superfície da Terra a torna fina por estar constantemente empurrando contra, o que acabou ‘quebrando’ a Terra e vertendo  a lava. “

Embora cientistas ocidentais afirmam que a formação deste novo oceano não é suscetível de ser concluído por milhões de anos, cientistas russos, inequivocamente,  afirmam que devido à atual situação inédita do Sol, o  Mínimo Solar, a nossa Terra está em risco de ser, literalmente, ” rasgada”, na pior da hipóteses, ou sofrer quase uma ” inversão total dos pólos” devido a uma, ainda inexplicada mas extremamente poderosa, força gravitacional emanadas do exterior que chega do nosso Sistema Solar que para alguns pesquisadores russos é o misterioso Planeta X, e que muitos acreditam ser um grande anã marrom, conhecido pelos antigos povos da Terra como Nibiru, e chamado pelo nome de absinto na Bíblia cristã.

Cientistas russos ainda advertem que a “obsessão” do Ocidente com a fabricação humana do  Aquecimento Global é um esforço de propaganda deliberadamente concebido para proteger seus povos  do fato de que não só a nossa Terra, mas todos os planetas do nosso Sistema Solar estão em rápido aquecimento, e como revelado, além de qualquer dúvida, pelo Doutor Cientista Habibullo Abdussamatov, chefe da investigação espacial na St. Petersburg’s Pulkovo Observatório Astronómico na Rússia, quando, em 2007 ele lançou seu achados, antecipando em 3 anos um degelo sem precedentes na categoria das calotas polares de Marte.

E, como relatado por um, de muitos, dissidentes sites de informação Ocidental, “Fotografias da fusão de duas manchas vermelhas sobre Júpiter, a prova do aquecimento sobre a maior lua de Netuno – Tritão,  aquecimento em Plutão que é “inexplicável dizem os cientistas” e, naturalmente, a tendência ao aquecimento já documentados em Marte, tudo soma para se convencer das evidências de atividade solar aumentada através do sistema  solar inteiro”.

As mais arrepiantes partes destes relatórios sobre a atual instabilidade da Placa tectônica Africana  são aquelas que, afirmam os cientistas russos, se uma poderosa força gravitacional suficiente for exercida sobre essa região [como o que ocorreria na nossa Terra com a presença de um corpo tipo o Planeta X],  lançaria esta Placa tectônica junto com os oceanos Atlântico e Índico, cobrindo completamente o que é agora conhecido como o Continente Africano, e ainda provocaria um correspondente aumento de terras que eram conhecidas dos antigos povos como os continentes da Atlântida no meio do Oceano Atlântico e da Lemuria nos Oceanos Índico e Pacífico.

Interessante a nota sobre os acontecimentos atuais é que o mais documentado psíquico da América do século 20, Edgar Cayce, previu que os dois continentes, Atlântida e Lemuria surgiriam novamente durante o fim da nossa atual idade da Terra, e que muitos no mundo atualmente acreditamos será em 2012 como previsto pelo calendário maia.

Fonte em inglês: aqui

Tradução livre, pode conter erros, se encontrar informe em: arautodofuturo@gmail.com

Esses avisos vem de encontro ao que viemos a muito comentando por aqui nos artigos sobre Tempestades Magnéticas e suas complicações, acompanhe nos links as ‘pistas’ que já publicamos sobre este assunto:

erça-feira, 30 de Junho de 2009
Reports circulating in the Kremlin today are saying that Russian Air Force Commanders have issued warnings to all of their aircraft to exercise “extreme caution” during flights “in and around” an area defined as Latitude 17 North [North Atlantic Ocean] Latitude 3 South [South Atlantic Ocean] to Latitude 8 North [Indian Ocean] Latitude 19 South [Indian Ocean] between the Longitudes of 46 West, 33 West, 46 East and 33 East, and which covers the greater part of the African Tectonic Plate. Relatórios circulantes no Kremlin hoje estão dizendo que a Força Aérea Comandantes russos tenham emitido avisos para todos os seus aviões para exercer “extrema cautela” durante os voos “e em torno de” uma área definida como Latitude 17 North [Oceano Atlântico Norte] Latitude Sul 3 [ Oceano Atlântico Sul] para 8 Latitude Norte [Oceano Índico] 19 Latitude Sul [Oceano Índico] entre as longitudes de 46 West, 33 West, 46 Leste e 33 Leste, e que cobre a maior parte do Africano tectônicos Plate.

The reason for this unprecedented warning, these reports state, are the rapid formations of “geomagnetic storms” emanating from the boundaries of the African Tectonic Plate that due to their intensity have caused the loss of two major passenger aircraft during the past month leaving nearly 300 men, women and children dead. A razão para este alerta sem precedentes, estes relatórios estaduais, são a rápida formação de “tempestades geomagnéticas” emanados das fronteiras do Africano Plate tectônicos que, devido à sua intensidade, causaram a perda de dois grandes aviões de passageiros durante o mês passado deixando cerca de 300 homens, mulheres e crianças mortas.

The first aircraft to be downed by this phenomenon was Air France passenger flight 447, and which these reports say that upon encountering one of these geomagnetic storms, on June 1st, near the western boundary of the African Tectonic Plate close to Brazil’s Fernando de Noronha Islands, was “completely annihilated” causing the deaths of 216 passengers and 12 crew members as their plane plunged in pieces into the Atlantic Ocean. A primeira aeronave a ser abatido por este fenômeno foi a Air France passageiros de voo 447, e que estes relatórios afirmam que após encontrar uma destas tempestades geomagnéticas, em 1 jun, perto da fronteira ocidental do Africano tectônicos Plate perto do Brasil, Fernando de Noronha Ilhas , foi “completamente aniquilado”, causando a morte de 216 passageiros e 12 tripulantes como o seu avião caiu em pedaços para o Oceano Atlântico.

//
//
dos 153 passageiros e tripulantes a bordo

Os fantásticos poderes do Bicarbonato de Sódio

•julho 2, 2009 quinta-feira • 74 Comentários

Um remédio que geralmente está na sua cozinha!

Quem nunca ouviu falar dos ‘poderes’ do bicarbonato de sódio? Pergunte para a vovó, com certeza ela terá muitas dicas! Na área da saúde recentemente as pesquisas avançam! Quem ganha? A vida!

Recente reportagem publica a notícia:

Bicarbonato de sódio confina tumores, sugerem pesquisas

EDUARDO GERAQUE
da Folha de S.Paulo

A importância do uso do bicarbonato de sódio para frear o surgimento de metástases tumorais ganha força com resultados recentes de experimentos feitos em camundongos. A substância eleva o pH do ambiente tumoral, o que dificulta a proliferação das células.

“Os testes em animais mostram que o bicarbonato deixa o tumor confinado”, afirma Andres Yunes, pesquisador do Centro Infantil Boldrini, em Campinas, interior paulista.

Os animais tomaram bicarbonato via oral. A acidez dentro de um ambiente tumoral (pH mais baixo) torna a doença mais agressiva, como várias pesquisas já demonstraram.

Com os dois estudos publicados no periódico “Cancer Research”, que reuniu grupos americanos (Arizona e Flórida) e um brasileiro (Boldrini), a hipótese que associa acidez a metástases fica mais robusta.

A tendência é que ela seja examinada em testes em humanos, que devem ser feitos nos EUA, no curto prazo.

De acordo com Yunes, que participou dos estudos ao ajudar a desenvolver um simulador computacional de tumor, existem argumentos para que testes clínicos com o bicarbonato em humanos possam ser feitos também no Brasil.

O modelo de computador, desenvolvido pelo engenheiro Ariosto Silva, hoje na Universidade da Flórida, corrobora a importância da acidez.

A ferramenta simulou o crescimento de um tumor de mama em três dimensões a partir de cenários reais. A substância ideal para neutralizar o tumor teria de ter um pH por volta de 7. O bicarbonato tem um pH de 6,1. Não é o ideal, mas serve.

Porém, os caminhos para frear tumores agressivos, diz Yunes, são vários. Uma saída é interferir diretamente na resistência do tumor à acidez.

“Tudo indica que essa maior resistência é por causa de uma proteína específica”, diz Yunes. Portanto, pode-se pensar em uma droga que aja diretamente sobre ela. O resultado esperado é que o ambiente ácido, antes benéfico, acabe agora se voltando contra as células tumorais.

Fonte: aqui

[bicerbonatoSódio.jpg]

Bicarbonato de Sódio

Pelo uso de

bicarbonato

contra a gripe suína

image

Mais de 150 anos atrás, Dr. Austin Igreja formou uma empresa para produzir e distribuir bicarbonato de sódio. ARM & HAMMER ® bicarbonato de sódio é derivado de um mineral natural que ocorre chamado trona. É 100% pura, segura e natural. Bicarbonato de sódio (também conhecido como bicarbonato de sódio) é uma substância que é encontrada naturalmente em todas as coisas vivas. Sua finalidade é manter o equilíbrio do pH sanguíneo, que é necessário para sustentar a vida. Devido às suas propriedades químicas e físicas, bicarbonato de sódio tem capacidades únicas de medicamentos que cada profissional de saúde, o médico eo paciente precisa conhecer.

O único problema é que Arm & Hammer bicarbonato de sódio
pode substituir muitos medicamentos mais caros e isso
não faz com que o complexo industrial médico feliz.

No mundo moderno de hoje da medicina a FDA só não vai deixar que as empresas que vendem produtos fazem reivindicações médicas sobre eles a menos que tenham sido testados em grandes despesas e aprovada como uma droga. Mas isso não foi sempre o caso e como podemos ver na informação neste capítulo, que é a partir de um folheto de 1924, [1]publicado pela Arm & Hammer Soda Company. Na página 12, a empresa começa dizendo: “O valor comprovado da Arm & Hammer bicarbonato de sódio como agente terapêutico é ainda mais evidenciada pelos seguintes elementos de um proeminente médico chamado Dr. .Volney S.Cheney, em uma carta para a Church & Dwight Empresa:

“Em 1918 e 1919, enquanto lutava contra o Flu ‘com o Serviço de Saúde Pública E.U. foi trazido à minha atenção que raramente qualquer um que tinha sido completamente alcalinizada com bicarbonato de sódio contraíram a doença, e aqueles que contraem o fez, se alcalinizado cedo , que invariavelmente tem ataques leves.Tenho desde essa altura tratados todos os casos de ‘Cold “Influenza e LaGripe primeiramente dando generosas doses de bicarbonato de sódio, e em muitos, muitos casos dentro de 36 horas os sintomas teriam inteiramente abatida. Além disso, dentro da minha própria casa, antes de Clubes da mulher e pai-de Professores das Associações, tenho defendido o uso de bicarbonato de sódio como um preventivo para “frios”, com o resultado que agora muitos relatórios estão chegando ao afirmar que aqueles que tomaram ” Soda “não foram afetadas, enquanto quase todos à sua volta tinha a gripe.”

As doses recomendadas do braço Hammer and Company para resfriados e gripes para trás em 1925 foram:
Durante o primeiro dia tomar seis doses de meia colher de chá de Arm & Hammer bicarbonato de sódio no copo de água fresca, a cerca de duas horas de intervalo.

Durante o segundo dia de tomar quatro doses de meia colher de chá de braço e bicarbonato de sódio em Hammer copo de água fresca, com a mesma periodicidade.

Durante o terceiro dia, tomar duas doses de meia colher de chá de braço e bicarbonato de sódio em Hammer copo de água fria de manhã e à noite, e, posteriormente, meia colher de chá em copo de água fresca todas as manhãs, até que o frio está curado.

“Bem, bicarbonato de sódio a cura para o resfriado e dor de garganta.
Um amigo me ligou quando eu estava lendo sobre isso, eu disse-lhe para experimentar.
Ela é arrebatado! Socorro em poucas horas, e ela foi trabalhar no
dia seguinte! E ela foi infeliz e mal conseguia falar,
[2]
tinha acabado de acordar com a faixa em diante, e estava pensando em faltar ao trabalho. “

A fim de garantir os melhores resultados com Arm & Hammer Pure bicarbonato de sódio (bicarbonato de sódio), quando tomados internamente, algumas regras simples devem ser observados. Materia Medica, Farmacologia e Terapêutica (Bastedo, página 88) define claramente as regras a seguir:

“O efeito de um alcalóide no estômago vai variar de acordo com a natureza do conteúdo do estômago no momento da administração. No período de repouso (após o alimento é digerido) de bicarbonato de sódio dissolve-se apenas de muco e bicarbonato é absorvido no sangue, aumentar a sua alcalinidade diretamente.

“No período digestivo, reduz a secreção do suco gástrico, neutraliza parte do ácido clorídrico, libera o gás dióxido de carbono carminativo, e é absorvido como cloreto de sódio.

“Em casos de fermentação ou” estômago azedo ‘pode neutralizar os ácidos orgânicos e assim resultar na abertura de um piloro espasmodicamente fechado (a abertura entre o estômago eo intestino delgado), enquanto ao mesmo tempo em que age para superar flatulência ( acúmulo de gás no estômago e intestinos).

“O tempo de administração deve, portanto, ser escolhido com um propósito definido. Geralmente para hyperchlohydria (excesso de ácido), uma hora ou duas horas após as refeições será o período de excesso de ácido prejudiciais.

“Em hyperacidity contínua e em condições de fermentação de uma dose uma hora antes das refeições tendem a preparar o estômago para a próxima refeição, ou às vezes uma dose será necessária imediatamente depois de comer, porque anormal de ácido ou base que esteve presente no início da refeição. (Para a pessoa média, meia hora após as refeições é recomendado).

“Uma dose ao deitar, tende a verificar a acidez da manhã, ou uma dose ao levantar limpa o estômago da acidez e muco antes do almoço.”

Sempre tendo uma solução de bicarbonato de soda internamente o deve ser dissolvido em água fria.

Isso tudo é informação muito valiosa vinda dos cavalos própria boca, o braço ea Hammer Baking Soda Company, que vende de alumínio de bicarbonato de sódio livre. É evidente que eles sabiam o que tinha em suas mãos cem anos atrás, e seu longo uso na medicina sustenta as sociedades publicado vista médico:

“Além de fazer o bem em infecções respiratórias, bicarbonato de sódio é de valor inestimável para o tratamento da intoxicação alimentar, Pielite (inflamação da pelve do rim), o Hyper-acidez da urina, ácido úrico distúrbios, reumatismo e Burns. Um curso de três dias ocasionais de bicarbonato de sódio aumenta a alcalinidade do sangue, auxilia a eliminação eaumenta o poder de resistir do corpo para todas as doenças infecciosas . “

Cloreto de magnésio é a única forma de magnésio que tem sido relatada para aumentar a resistência do sistema imunológico que todas as formas de magnésio devem ser contados a este respeito. Quando se adiciona o cloreto de magnésio para os banhos, coloca-o na pele como tela solar, ou leva-lo oralmente com bicarbonato de sódio uma sobrecarrega seu perímetro defensivo ou o que é chamado de anti-fator patógeno na medicina chinesa. Adicionar iodo, selênio, vitamina C e alguns exposição solar saudável ou vitamina D, e temos o coração do exército precisamos matriz viral contra os invasores. Bicarbonato de Magnésio – Ultimate mitocondrial Cocktail é o nome de um dos meus capítulos que explica porque estes dois essenciais íons minerais precisam estar presentes em concentrações suficientes.

Depoimentos:
Meu pai era um médico veterinário e tão distante que me lembro (eu nasci em 1938, assim que minha memória remonta talvez a 1943) ele ia tomar bicarbonato de sódio dissolvido em um copo cheio de água quente sempre que se sentia um frio chegando . Eu não me lembro dele sempre que descia com um frio soprado completo. Ele trataria meus sintomas frio mesmo e eu respondi igualmente bem. Ele também tratados os animais de criação para várias doenças com bicarbonato de sódio através de uma sonda gástrica e se recuperaram rapidamente. Assim que eu soube sobre os benefícios de bicarbonato de sódio na infância. Fico feliz em ver que os seus benefícios estão sendo mais amplamente elogiado. Embora o meu pai era um médico de medicina veterinária, às vezes ele se refere a si mesmo como um MD (Doutor Mule).
Dr. David Winter B, DO

Caro Dr. Sircus,

Várias semanas atrás, eu comprei seu livro sobre bicarbonato de sódio. Ele mudou minha vida. Eu acredito que Deus está trabalhando através de você e sua equipe para espalhar a palavra sobre a habilidade natural do corpo para curar-se, dado os elementos certos. Obrigado!

Estive lendo o seu boletim de algum tempo, e passou a ver o seu livro sobre o bicarbonato de sódio. Nós não temos muito dinheiro, mas eu senti que sua pesquisa pode ajudar-me. Claro o suficiente eu posso te dizer que dentro de uma semana após ler o seu livro – e praticando o que prega – Eu tenho praticamente ramificação / urticária livre.

Eu comecei com bicarbonato de sódio e água em linha reta. Eca! Eu mal podia me fazer isso. Mas eu estava indo para o equilíbrio do PH você falou. Eu li mais sobre o oral diferentes combinações e decidiu tentar o xarope de bordo e bicarbonato de sódio. 3:1, ele trabalhou muito e gosto muito grande. Eu não podia acreditar que eu podia comer muito açúcar!

Agora eu estou sorrindo e sentindo ótimo. Meu humor é bom, a minha energia está subindo e mais importante do inchaço e coceira são idos. Meu cabelo está crescendo de volta mais espessa. Minha pele parece ótimo. Eu não estou cansado o tempo todo.Eu não posso acreditar que a diferença na minha saúde. Louve a Deus pela sua bondade, inspirando o seu trabalho.

Eu recentemente adicionado de iodo Nascente depois de ler algumas dicas de vocês. Eu era realmente deficiente e que parece estar adicionando os efeitos globais bom. Meus filhos estão se beneficiando desta pesquisa também. Eu estou tão feliz de encontrar alternativas à medicina convencional.

Carter Lane,
Delaware, Estados Unidos

Caro Dr. Sircus,

Tive Morgellons há mais de seis anos – muito desagradável – e eu sei que você está ciente de nossa situação. Agora estou pronto para iniciar seus tratamentos terapêutica transdérmica de magnésio, mas primeiro tenho que lhe dizer algo.

Gostaria que você saiba que os banhos de bicarbonato realmente me ajudar. Mas, e este é um grande MAS, eu usá-lo com cerca de 3 libras de sal marinho por banho e quando eu fiz 5 Lb de bicarbonato – Eu me coloco em um estado alcalino . O alto teor de sal de alguma forma abriu minha pele para tomar o bicarbonato – ele saiu da minha pele por algumas semanas!

Obrigado,
Dunham Carola

A adição de uma xícara de bicarbonato de sódio para um banho quente após um longo dia cansativo alivia a tensão e dores musculares. Ele esfolia a pele para remover a pele morta seca deixando a pele fresca jovem brilhante para trás sem o alto custo do esfolia a pele comercial. A adição de bicarbonato de sódio para banhos de pé com ajuda cansado, pés doloridos quando se trabalha em empregos como garçonete ou outro tipo de trabalhos pesados de pé. Combinando o bicarbonato de sódio com cloreto de magnésio traz mudanças dramáticas para a fisiologia humana ea única coisa que fazer esta fórmula ainda melhor seria a adição de cerca de tiossulfato de sódio para uma completa nascentes quentes tratamento terapêutico.

Quando o sal eo bicarbonato de sódio são combinados na
banheira, a combinação pode diminuir os negativos
efeitos da exposição menor à radiação de raios-X.

O bicarbonato de sódio, o sal monossódico do ácido carbônico, é usado como um anti-ácido gástrico e sistêmica, e para alcalinizar a urina, também usado em solução, para lavar o nariz, boca e vagina, como um enema de limpeza, e como se vestir para menores queimaduras.


[2] Um testemunho deixado no meu site por Laurel da Austrália

Fonte: http://swineflu.imva.info/index.php/treatments/bicarbonate-treatment-for-swine-flu-1924/

Tradução via google.

* * * * * * * * * * * * * *

Leia o que já publicamos sobre bicarbonato de sódio no auxílio ao tratamento do câncer:

Bomba Metereológica no Atlântico Sul

•julho 2, 2009 quinta-feira • Deixe um comentário

Reconstrução e frio

Com informações da Metsul

O dia de hoje foi de reconstrução em Maldonado após a região ter sido castigada por vento com força de furacão, trazido por um ciclone extratropical duas vezes maior que o Rio Grande do Sul em diâmetro e com pressão atmosférica central tão baixa quanto a de um furacão categoria 1 que estava ontem na foz do Rio da Prata. As conseqüências da violenta tempestade no mar, como previsto, foram mais graves no país vizinho. No Litoral Sul gaúcho, foram menores os transtornos.

Conforme a prefeitura do Chuí, houve queda de árvores e postes na cidade durante a terça-feira. A CEEE passou o dia mobilizada para atender as ocorrências na região do Chuí e de Santa Vitória do Palmar. Conforme o chefe do escritório local da empresa, Cristian Vieira Duarte, foi preciso pedir reforço para Bagé a fim de atender o grande número de ocorrências. “Foram mais de 300 ocorrências, quando em um dia normal os pedidos não passam de 20”, disse. O vento derrubou e inclinou postes na região, além de ter provocado o rompimento de muitos cabos de energia. O serviço de balsa que transporta automóveis entre São José do Norte e Rio Grande teve uma viagem cancelada no começo da tarde devido à intensidade do vento. A estação meteorológica da Praticagem do Porto de Rio Grande, que voltou a abrir para operação ontem, registrou rajada de 90,7 km/h no final da manhã da terça-feira.

Em Mostardas, a estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia registrou rajadas superiores a 100 km/h durante sete horas entre a madrugada e o começo da manhã da terça-feira (117,7 km/h às onze da noite, 119,2 à meia-noite, 114,1 à uma da manhã, 111,2 às duas da manhã, 102,6 às quatro da manhã, 103,7 km/h às seis da manhã e 106,6 km/h às sete da manhã de ontem). A Marinha ainda busca um náufrago de veleiro afundado na segunda-feira durante mau tempo no mar junto à costa de Rio Grande por conta da atuação do ciclone (clique sobre a foto abaixo para ampliar)

A costa do Uruguai foi atingida por vento contínuo com força de tempestade tropical e rajadas que alcançaram o patamar de furacão em alguns momentos que espalhou destruição na orla. As regiões mais castigadas foram as dos departamentos de Rocha e Maldonado que decretou emergência. O vento derrubou árvores, postes, semáforos e causou destelhamentos. Em Punta del Este, iates de meio milhão de dólares foram jogados pela ventania contra as pedras e os molhes.

A chuva intensa alagou as ruas do balneário que estava parcialmente sem luz após o incêndio de uma estação da empresa estatal de energia UTE. As autoridades recomendaram à população que evitasse sair de casa sem necessidade. Um guindaste de 70 metros caiu com a força do vento e ficou completamente retorcido em Punta del Este, ferindo gravemente um operário de 22 anos.

Uma mulher também ficou ferida após uma intensa rajada ter derrubado a motocicleta que conduzia. Os portos de Montevidéu e Punta del Este tiveram que ser fechados e houve bloqueio de rodovia. Em Paysandú, uma morte em acidente de trânsito foi atribuída pela polícia rodoviária local ao mau tempo. Em Montevidéu, imagens do canal 12 de televisão mostraram pessoas sendo arrastadas junto à Torre da Antel, onde forma-se um verdadeiro túnel de vento pela edificação.

O ciclone se afastou rapidamente do continente nesta quarta-feira, garantindo a diminuição do vento no Uruguai. O ciclone que estava ontem a Sudeste do Uruguai era muito intenso com pressão atmosférica central de apenas 985 hectopascais. Tratou-se de uma verdadeira “bomba meteorológica”, nome dados a ciclones frios em que a pressão atmosférica sofre uma queda de pelo menos 24 hectopascais em apenas 24 horas. Tivemos sorte do ciclone ter se formado mais ao Sul porque as conseqüências poderiam ter sido muito graves tivesse ele se originado na costa gaúcha. Passados os vendavais da corrente de jato pré-frontal, da frente fria e depois do ciclone, foi a vez do ar frio tomar conta do Rio Grande do Sul. Vacaria registrou 0,5ºC abaixo de zero na madrugada de hoje. Bom Jesus registrou 0,0ºC. Cambará do Sul amanheceu com 1,4ºC e Quaraí teve 1,1ºC. Em Porto Alegre, a mínima foi de 6,7ºC na zona Norte e em Canoas a Base Aérea informou 4ºC. Em Soledade, a forte geada cobria os automóveis no final da madrugada.

O tempo seco predomina no restante da semana no Rio Grande do Sul, mas haverá maior nebulosidade na Metade Norte com chance até de instabilidade nesta quinta-feira e no sábado. Santa Catarina e Paraná terão mais nuvens nas próximas 36/48 horas com chuva em diversos locais e que deve ser inclusive forte em alguns pontos. O ar mais seco e frio do Centro para o Sul gaúcho garantirá que estas áreas apresentem as madrugadas mais frias. A baixa umidade, contudo, favorece uma acentuada amplitude térmica e as tardes são bastante agradáveis. (Fotos do El País de Montevidéu do ciclone do Uruguai, de Paulo Henrique Pinheiro de Soledade, com colaboração na produção de de Alexandre Aguiar)

Autor: Eugenio Hackbart
Publicado em 01/07/2009 16:44

Leia outras informações:

das artes de nutrir

•julho 2, 2009 quinta-feira • Deixe um comentário

das artes de nutrir…

Numa enorme diversidade, dentro da auto-sustentabilidade , a transformação da terra e a armazenagem das sementes.  Dois exemplos :

A Arte da armazenagem de grãos.

Esse vídeo têm como objetivo popularizar a prática ancestral de armazenamento de grãos.

A arte da mandala permacultural.

.

É possível, um novo mundo é possível!

Tempo de Transição

•julho 1, 2009 quarta-feira • 3 Comentários

*

Tempo de Transição

Em tempos de transição podemos ser e fazer a diferença.
A fonte original deste artigo não existe mais, para mais informação acesse o link atual dos autores: www.porque2012.com

***

“Antes de falar sobre o Projeto 2012 vamos expor, de uma forma resumida, o que acreditamos como verdades, pois assim fica mais fácil entender o motivo desta matéria…

Nota indrodutória: Nós acreditamos que…

– não estamos sozinhos no universo. Existem dimensões paralelas em nosso planeta, além de vidas em outros planetas/galá xias/universos. Estes habitantes de outras dimensões/orbes nos visitam há milênios. Isso é um segredo que é escondido dos humanos pelos governos/militares/ religiões. O objetivo deste acobertamento é unicamente manter o poder que eles exercem em cima da população de nosso planeta. A partir do momento que os humanos souberem disto, os governos/religiões perdem todo o poder de manipulação e controle em cima da população.

– existe um mundo espiritual paralelo ao nosso. A vida não é apenas isto aqui. O espírito é eterno e evolui ao encarnar em várias dimensões. Em cada encarnação ele é um personagem diferente.

– existem extraterrestres positivos e negativos no Universo, ou seja, aqueles mais ou menos evoluídos espiritualmente. Enquanto os negativos querem apenas escravizar/usar os humanos, os positivos querem a nossa evolução.

– estamos vivendo um momento único no planeta Terra. Estamos a ponto de evoluir para uma nova forma de viver, de pensar, de se relacionar um com os outros. É o que chamamos de sairmos de um “mundo de provas e expiações” onde o caos e a dor prevalece para entrarmos num “mundo de regeneração” onde o amor incondicional fará parte de nossas vidas. Também estamos perto de adquirir a consciência de que somos espiritos eternos e que possuímos um numero infinito de irmãos cósmicos. E esta transformação, mesmo que traga dor a curto prazo, será um importante passo na evolução espiritual de todos que estiverem encarnados neste momento.

Agora vamos ao nosso objetivo…

NÃO queremos convencer ninguém

NÃO queremos ganhar dinheiro nem vender nada

NÃO queremos formar uma seita/ religião

Nossa missão é:

– informar a verdade dos fatos, ou seja, o que está realmente se passando no planeta Terra nesta atual fase.

– despertar a consciência espiritual e cósmica nos seres humanos.

– despertar o ser humano das ilusões materialistas, afetivas e animalizadas criadas pelo ego e apego.


O Projeto 2012 visa apenas informar.

Nosso objetivo não é criar pânico. Nosso objetivo é informar, fazer com que o ser humano entenda o processo de transição planetária e assim consiga transformar o medo em fé, coragem e amor, pois só assim será possível atravessar esta fase que iremos passar. O entendimento destrói todo o medo.

Em nosso ponto de vista o “mundo” não vai acabar em 2012 como o maioria das pessoas prega.
Mas sim se transformar, evoluir.
É até um paradoxo. Ele vai “acabar” e recomeçar.
E esta transformação é um processo natural em nossa galáxia, nas demais e em todo o Universo.
A evolução dos mundos ocorre em ciclos. Em nossa galáxia este tempo é em torno de 26.000 anos.
Estamos chegando no fim de um ciclo de 26.000 e iremos iniciar um novo ciclo a partir de 2013.
Mas haverá uma série de dificuldades que surgirão em nossas vidas até 2013.
Mas o que está causando tudo isso?
Precisamos saber que nosso sistema solar também se movimenta ao redor da galáxia. Como já disse antes, este processo dura em torno de 26.000 anos. A civilização Maia já sabia disto e nos deixou grandes explicações sobre o movimento de nosso sistema solar.
Os Maias nos explicaram que no fim de um ciclo de 26.000 anos o planeta Terra se aproxima do centro da galáxia. E este processo cria uma transformação na Terra. Nosso planeta é bombardeado por raios cósmicos. Não só nosso planeta, mas também nosso sol. E quanto mais radiação o sol capta do centro da galáxia, mais ele transfere para nosso planeta. E isto está acontecendo agora, nosso sol está nos bombardeado com incríveis níveis de irradiação. Os próprios cientistas estão alarmados com isto, mas preferem disfarçar o problema dizendo que todos os efeitos das grandes irradiações solares são causados pelo aquecimento global, ou seja, pelo aumento na emissão de CO2 na atmosfera.
Não, o aquecimento global não é causado apenas pela emissão de CO2 na atmosfera. O ser humano pode ter agravado a situação, mas não a criou.
A razão principal do clima do planeta estar instável é a transição planetária, ou seja, a finalização de um ciclo de 26.000 e o início de uma nova era para o planeta Terra.
Mas onde quero chegar?
Bem, aqui começa a ficar sério. Porque a longo prazo, quando estivermos perto de 2012, mais e mais irradiação receberemos do sol e também do centro da galáxia. Isso vai fazer com que o campo eletromagnético da Terra se degrade, aumentando terrivelmente a freqüência vibracional do planeta. Quando chegarmos em 21/12/2012 o sol no solstício de dezembro se encontrará na borda da Via Láctea. Nós podemos chamar isto de um alinhamento a nível galáctico com o meridiano do solstício.
Como já disse, este é um evento que ocorre apenas de milhares em milhares de anos, e é causado pela precessão dos equinócios. Neste momento podemos ter grandes catástrofes, principalmente quando tivermos uma inversão dos polos magnéticos da Terra. A inversão dos polos é necessária, visto que a rotação da Terra precisa “parar” e passar a girar no sentido contrário ao de hoje. Isso fará com que a matéria na Terra seja menos densa, mais sutil, abrigando apenas corpos compatíveis com estas altas vibrações (seres mais evoluídos).
A curto e médio prazo teremos problemas também. Podemos ter distúrbios psicológicos com os seres humanos, pois já é provado cientificamente que a diminuição do campo eletromagnético da Terra afeta a consciência humana (por isso o ser humano está tão violento hoje em dia). Muitos podem simplesmente surtar, entrar em depressão, suicidar-se ou tornarem-se violentos de uma hora para outra. Teremos problemas com a nossa agricultura, já que o clima ficará ainda mais instável. Terremotos, furacões, vulcões, tornados, tsunamis serão fatos diários em nossos tele-jornais. Teremos uma crise de alimentos a nível global (já está se formando), sem contar na quebra da economia mundial e total falência dos sistema de comunicação, satélites, telefonia, internet, energia elétrica, etc. Guerras civis serão inevitáveis (já estão ocorrendo), pois os humanos mais pobres não terão o que comer.
E isto não pode ser ignorado. Você não vai ler isto num jornal ou assistir isto no tele-jornal de hoje à noite. Nenhum cientista vai falar isto para você. Nenhum político vai falar isto para você. Nenhum professor vai falar isto para você.
Mas a boa notícia é que não estamos sozinhos neste processo de transição planetária.
Nossos irmãos mais velhos, aqueles que alguns chamam de extraterrestres, estão aqui para nos auxiliar.
(nota:  Você tem total direito de discordar disto e achar que está sozinho neste processo de transição planetária)
Estes irmãos estão trabalhando a nível físico e astral neste processo que podemos chamar de tempos de “juízo final”. São eles que estão fazendo a seleção do “joio e do trigo” com quem desencarna neste período.
Os extraterrestres também estão encarregados da operação resgate. Esta operação já ocorreu em tempos atrás, como no caso do dilúvio.
Nosso planeta está a ponto de sair da terceira dimensão e entrar na quinta. E isto fará com que realmente tudo o que você vê ao seu redor deixe de existir. A Terra será destruída para depois ser reconstruída. É como um prédio abandonado, feio, sujo, e condenado que precisa ser implodido para que um novo, um mais moderno seja construído.
Nossos irmãos extraterrestres já estão ao redor de nosso planeta, com toda a tecnologia necessária para o resgate e posterior reconstrução do planeta.
Mas quem será resgatado e por que?
Todos que vibrarem de uma forma compatível com a nova dimensão, ou seja, que possuírem o padrão vibracional alto, caso necessite, serão resgatados ou simplesmente sobreviverão em algum lugar seguro.
Vibrar de forma compatível com a nova dimensão que a Terra fará parte é ter o que chamamos de consciência crística.
Um ser crístico é quem alcançou o sentimento de amor incondicional. É aquele que está acima das “trevas” e “luz”. É aquele que sente compaixão (aceitação) aos comportamentos que o ser humano comum vê como “errado” ou “mau”. É aquele que destruiu todas as dualidades do “certo” e “errado”, “verdade” e “mentira”, “bom” e “mau”, “bem” e “mal”, “feio” e “bonito”, “vida” e “morte”, etc. É aquele que sabe que é a encarnação de um espírito, não um mero ser humano. É aquele que está livre da escravidão do ego. É aquele que não liga para coisas materialistas. É aquele que sabe que a vida humana é apenas um sonho, onde ele é um personagem sonhado no sonho dos outros.
Isto é a consciência crística. Não tem nada a ver com religião, seitas, fanatismo, etc.
Todos estes não precisam ter medo diante da transição planetária. Estes estarão a salvos e no momento certo, caso seja necessário, serão resgatados pelos nossos irmãos mais velhos.
Já aqueles que não atingirem este alto padrão vibracional da consciência crística vão desencarnar e então serão exilados num planeta que está se aproximando da Terra. É o planeta que muitos chamam de Nibiru, Planet X, Hercólubus, Planeta Chupão, Astro Intruso, Absinto e tantos outros nomes.
Lá eles reencarnarão num mundo de 3D, mas muito mais primitivo que a Terra. Será como ser reprovado numa escola. Quando alguém é reprovado ele não pode ir para uma nova série, ele precisa repetir o ano, começando novamente de onde foi reprovado.. É isso o que acontecerá com a maior parte da população da Terra nesta separação do “joio e trigo”.
Vejam bem, isto não é uma punição. É apenas uma separação de espíritos com níveis evolutivos diferentes. Afinal, espíritos ignorantes e imaturos que vibram em baixa vibração e possuem corpos densos não poderão habitar a nova Terra de 5D (até mesmo o corpo astral deles seria desintegrado com a alta vibração da quinta dimensão). A nova Terra de 5D terá apenas espíritos com um certo grau de evolução que são compatíveis com as novas vibrações. Isto se chama justiça Divina, pois faz com que os dois lados tenham melhores oportunidades de evoluírem.


Abaixo segue um pequeno resumo feito pelos amigos, irmãos espirituais…
O QUE É A TRANSIÇÃO?
Transição Planetária, Juízo Final, Final de Tempos, é um balanço de fim de era ou a mudança de ciclo evolutivo. Tudo na natureza obedece a ciclos da vida: nasce, cresce, alcança a plenitude, envelhece e morre. Morrer não é bem o termo, pois como dizia Lavoisier “na Natureza nada se cria, nada se destrói, tudo se transforma”. Assim, a Terra no momento está vivendo um período de mudanças, isto é, passando de um ou ciclo para outro, o que resultará em grandes transformações, tanto na parte física como na moral de seus habitantes.
O QUE OCORRE COM O CORPO FÍSICO?
Nós vivemos na 3ª dimensão, uma dimensão que constitui uma densidade corporal mental e emocional que impõe uma série de restrições físicas, e fazem com que os nossos corpos sintam determinadas emoções e distúrbios, pela lentidão da circulação da energia psico-elétrica nos canais de força. Quando as vibrações dos corpos vão se acelerando em saltos quânticos, a pessoa começa a vibrar numa freqüência mais sutil do que a 3ª dimensão. É um processo individual em que cada pessoa se aprimora, se educa, controla os pensamentos, as emoções e começa a vibrar numa freqüência mais sutil.
COMO SERÁ ESSA PASSAGEM?
Essa passagem vai ser iniciada quando o setor do nosso sistema solar, junto à nossa galáxia, passar por um portal dimensional. A Terra se prepara para ascender à 4.ª dimensão. Quando o nosso planeta passar por esse portal dimensional, tudo que existe na superfície da 3ª dimensão irá para a superfície da 4ª dimensão, e da 4ª dimensão irá para a 5ª, e assim sucessivamente, inclusive os seres humanos.
QUEM SERÁ RETIRADO?
Quando houver a passagem dimensional, a maioria dos habitantes da Terra não suportará a vibração. Os espíritos sombrios, trevosos, que têm prazer no mal, no egoísmo, no destrutivismo, não suportarão as energias da 4ª dimensão, porque é uma energia tão alta que produziria como que choques eletromagnéticos no corpo físico das pessoas, que provocariam a morte instantânea por desintegração. Para que isso não aconteça, aqueles que não estiverem sujeitos a passar pelas severas provas, serão retirados e colocados em local seguro pelos seres vindos de outros planetas, constelações, galáxias e até mesmo universos, que por amor estão aqui para ajudar os irmãos mais atrasados, que somos nós aqui do planeta Terra; para nos ensinar o respeito às leis superiores, procurando não interferir diretamente nas nossas ações, porque sabem que temos o livre-arbítrio, nosso carma e as nossas escolhas.
COMO DEVEM SE COMPORTAR AS PESSOAS?
Muitas pessoas ao tomarem conhecimento da transição deixam de viver as realizações assumidas antes da encarnação, esperando a transição planetária aconteça. É um aspecto negativo, porque a intenção não é impedir que as pessoas vivam ao saber que grandes transformações irão marcar as suas vidas. A intenção é aliviar a dor, dando-lhes a consciência de que um mundo muito melhor do que esse, que estamos vivenciando, irá surgir no futuro muito próximo, que a nova geração irá viver, e para que as pessoas possam também ter a oportunidade de não desperdiçar o tempo em coisas puramente materiais, como aqueles que encarnaram no passado tiveram.
COMO COMPREENDER A TRANSIÇÃO?
Compreender a transição é algo que a pessoa precisa já ter dentro de si, antes de encarnar; de acreditar na transição planetária, acreditar de forma lógica, coerente, não fanática, onde, embora não perceba – mas como a vida dela está muito difícil – ela decide acreditar em algo que não sente, mas acredita sem sentir porque a vida não está fácil. A pessoa precisa buscar, sentir a mudança que está ocorrendo, sentir a mudança que está no mundo, para compreender a transição; senão só vai entendê-la, e entender só não basta porque pode levar a diversos erros: fugir à responsabilidade, alienar-se do mundo e da realidade em que vive; negligenciar a sonhos que teriam o poder de mudar muito a vida em volta da pessoa; não esperar acontecer algo externo para mudar o interno.
COMO FICA O LADO INTERIOR?
O mais importante na transição é o lado interior, e o mundo espiritual há muito tempo vem advertindo que a humanidade teve 2.000 anos para se preparar para a transição planetária. Não há esse negócio do arrependido de última hora, porque é a vibração que determina o nível evolutivo de cada Ser. O Ser não dá salto quântico por causa de medo, o medo não transforma ninguém; é a consciência, o amor que transformam as pessoas; é a compreensão da necessidade de se auto-aprimorar, não o receio de ser transferido para um mundo involuído, porque muitos seres serão transferidos para mundos primitivos, para dar curso a sua evolução; outros irão para planetas cujo nível evolutivo é semelhante à Terra de agora; enquanto uma minoria que, ao longo de séculos e milênios, se aprimorou, poderá ter a oportunidade de regressar ao planeta Terra, em corpo físico ou permanecendo espiritualmente no astral, para futura reencarnação em mundo mais aprimorado.
DEVEMOS REALMENTE ACREDITAR NA TRANSIÇÃO?
Muitos seres, através dos tempos, já se ocuparam da transição planetária. Existe uma vasta literatura sobre o assunto, que foi trazida através de médiuns, videntes, profetas, e até mesmo de religiosos. A partir do final da década de 40, tivemos Ramatís que, através de seus livros, principalmente de Mensagens do Astral tratou sobre a transição planetária, falando do planeta intruso ou higienizador, que já entrou no nosso sistema solar e está se aproximando cada vez mais da Terra. Agora, a questão de acreditar se vai acontecer ou não é muito relativa. Para alguém que não sinta, não adianta falar milhões de palavras, porque não vai aceitar, não vai acreditar; para quem sente, assim como para o bom entendedor, meia palavra basta. A transição é um acontecimento cósmico e envolverá todo o nosso sistema solar, galáxia, enfim, todo o universo, e de todos os organismos cósmicos que estão envolvidos certamente a Terra é a que está menos preparada para enfrentar essa transição. Portanto, independe de a pessoa acreditar ou não, é um evento que já está previsto e programado há milênios e nada impedirá ou mudará o curso dos acontecimentos.
QUAL A INFLUÊNCIA DO ASTRO INTRUSO NA TRANSIÇÃO?
Além dos relatos dos profetas e videntes, diversos cientistas já sabem da presença desse planeta nas proximidades do nosso sistema. Muitas pessoas nos EUA, influentes no governo, já têm até abrigos anti-atômicos, onde pensam poderem se resguardar da influência do planeta intruso, o que chega a ser engraçado, isso porque se trata de acontecimento envolvendo não apenas um planeta, mas, como já foi dito, envolve também o nosso sistema solar, a nossa galáxia e todo o nosso universo, além de um portal dimensional, e não existe nada embaixo ou acima da superfície da Terra que possa impedir uma mudança vibratória. Além disso, a aproximação desse planeta irá provocar a verticalização do eixo da Terra, ocasionando uma série de cataclismos que irão transformar totalmente a face do planeta.
QUANDO SERÁ O CLÍMAX DA TRANSIÇÃO?
Verificar-se-á com a verticalização do eixo da Terra. O momentum é algo que só o Criador sabe. Repetimos mais uma vez aquelas conhecidas afirmações feitas por Jesus a João no Apocalipse: “Desse dia e dessa hora nem eu nem os anjos (leia-se extraterrestres) sabem, mas só o Pai.” ou “Ela virá como o ladrão no meio da noite.”. Sabe-se, contudo, como já nos têm afirmado os Irmãos Extras, que está muito próximo. Não devemos nos preocupar, porém, com datas, para que não venhamos nos envolver por nenhum clima de pânico, porque senão perderemos uma oportunidade de crescimento interior, dando extrema importância ao ato externo da transição planetária. Devemos, sim, nos preocupar com a nossa reforma interior, porque se estivermos vibrando na Luz nada nos acontecerá.
DEVEM-SE ESTOCAR ALIMENTOS?
Muitas pessoas estão recebendo orientação para estocar alimentos para um período de três meses, para suprir as necessidades durante os três dias de escuridão e num período posterior. Isso vai ficar a critério de cada pessoa, se estoca alimento ou não. Deve-se ressaltar que de nada adiantará uma preparação material se a preparação espiritual não for colocada como prioridade. O mundo material está chegando ao seu fim, e dele nada restará no futuro. Então, tudo que devemos fazer é ter a consciência de que aquilo que verdadeiramente nos salvará não é a preparação material, e sim a preparação espiritual.
AS MUDANÇAS SERÃO SÓ FÍSICAS?
A transição não é apenas a mudança do planeta fisicamente, o espírito que habita este astro está evoluindo, dizem que até outro espírito irá ocupar o espírito da Terra, mais evoluído até. Porém, acima disso tudo, estamos em via de entrar em contato com o despertar da Consciência Cósmica, saindo de uma situação de exilados do mundo de Deus, para nos ligarmos a Grande Ordem Suprema que coordena os universos. Esta civilização nasce, vive e morre pensando que a vida é só comer, estudar, trabalhar, procriar, comprar coisas, usufruir coisas, morrer e tudo acabar, ou, no máximo, reencarnar. Agora com a mudança planetária teremos a oportunidade de ver que vida é mais do que isso. Portanto, a preparação para tal evento deve ser global, integral – física e moralmente. O homem deve entender que é um ser divino e que está aqui trabalhando para a sua evolução. No momento deverá tomar conhecimento das novas orientações e esclarecimentos que estão chegando através de grupos como o nosso, através de livros diversos, e de muitos que estão trabalhando nesta Cruzada de Esclarecimento, para que o homem possa participar disso tudo de maneira ativa; alevantar as pessoas para as suas missões, para a finalidade de justificar a sua existência aqui na Terra. As pessoas, por si sós, são suficientemente potenciais para fazer uma grande transformação, mas ficará mais bonito, mais venturoso se estivermos fazendo aqui agora juntos, e que nunca percamos a esperança em Deus ou na Luz que nos carrega nessas situações.
OS MOTIVOS PARA DIVULGAR A TRANSIÇÃO
Assunto extremamente delicado, que gera muita polêmica e controvérsia. É necessária uma preparação muito elaborada no Astral e uma persistência hercúlea aqui no físico para que se possa ter forças para continuar divulgando. É que as pessoas precisam continuar vivendo, realizando suas obrigações, antes que o apogeu aconteça, e quando acontecer saber que continuarão trabalhando, existindo, vivendo – alguns neste plano, outros em outro plano. Para os que trabalham pelo crescimento interno, a idéia de gerar sofrimento prematuro em qualquer pessoa é desagradável, é uma idéia perturbadora, daí todo o
cuidado que se deve ter ao passar a tranqüilidade, a harmonização. Felizmente, temos observado que no meio em que trabalhamos essa informação não gera clima de medo, de pânico, e sim de conscientização, de modo que se falássemos que a transição seria daqui a uma semana, a pessoa estaria consciente de que não iria cometer desatinos nem negligenciar responsabilidades.
O QUE OCORRERÁ COM A VERTICALIZAÇÃO DO EIXO?
O magnetismo do planeta há muito está alterando a situação original do eixo terrestre. Equipes especializadas, preparadas com esta finalidade, vêm procurando manter estável a situação do eixo terrestre neste momento planetário, para que irmãos espaciais possam atuar, possam agir, auxiliando ao maior número possível de seres encarnados e desencarnados ligados à Terra. Mas tem um prazo para a ação, não se pode manter indefinidamente esta situação. Quando ordens superiores chegarem, as equipes não mais poderão manter este estado de coisas e o eixo finalmente será liberado, entregue às próprias forças do magnetismo astralino terrestre. Aí, então, a verticalização acontecerá e a Terra reagirá às injúrias que lhe foram e que lhe são impingidas pela mente e pelo espírito infantil da humanidade terrena, que descrente desconhece a grandiosidade do presente recebido de Deus.
Que fique bem claro: não haverá “O Fim do Mundo”, mas o início de um novo mundo, de uma nova civilização, de uma nova humanidade.
Após o resgate a Terra será limpa pelos processos de ordem natural, desempenhados pelas forças da natureza deste organismo vivo que ora habitamos. Varrerão a superfície terrestre a água, o vento, o fogo. Tudo se modificará e tudo se prepara para receber os novos seres numa nova Terra que deverá ser reconstruída com bases na união fraterna, no amor entre os homens. Não haverá mais espaço para cobiças desmesuradas, para ambições, para a luta pelo poder. Uma só Terra para homens de bem que possam interagir desfrutando os benefícios que lhes oferecerá a nova Terra, oferecendo a ela o nosso
respeito, o nosso amor e nossa gratidão.
OUTROS PONTOS A CONSIDERAR
– As pessoas serão transferidas para outros mundos. Muitos chamados, poucos escolhidos… ·
– A Terra ao longo de sua história já passou por várias transformações, mas o que distingue essa mudança das anteriores é que é o ponto final de vários ciclos.
– A Criação encontra-se às vésperas de um grande salto quântico consciencial.
– Dentro do concerto cósmico a Terra estará atravessando um portal dimensional.
·
– A Separação do joio do trigo: aqueles que não atingiram um referencial mínimo. A maioria não está preparada porque não trabalhou o seu lado espiritual.
·
– O medo da morte, o apego – tanto afetivo como material – é o principal trauma na transição.
·
– As pessoas de repente não vão mais ter dinheiro no banco, emprego, carro, acaba tudo.
Lugar seguro? Não existe, não adianta comprar fazenda no alto ou fazer abrigo. ·
As pessoas precisam imediatamente cultivar o desapego material. Ter para viver e não viver para ter.
– Não encarar tudo como meu, minha, mas como empréstimo.
– Iniciar já o processo de preparo interno, não há como fugir eternamente. Não se pode continuar tirando o corpo fora, empurrando com a barriga ou ficar em cima do muro. Simplesmente porque não haverá mais muro.
– Desta vez é para valer: ou se estará do lado da Luz ou estará do lado das trevas.
– Aqueles que já tiverem contatado com o seu Eu Interno e com a Hierarquia Espiritual, e, também, praticado o desapego material efetivo terá muito menos problemas.
A HIGIENIZAÇÃO DO PLANETA
Após o resgate a Terra será limpa pelos processos de ordem natural, desempenhados pelas forças da natureza deste organismo vivo que ora habitamos. Varrerão a superfície terrestre a água, o vento, o fogo. Tudo se modificará e tudo se prepara para receber os novos seres numa nova Terra que deverá ser reconstruída com bases na união fraterna, no amor entre os homens. Não haverá mais espaço para cobiças desmesuradas, para ambições, para a luta pelo poder. Uma só Terra para homens de bem que possam interagir desfrutando os benefícios que lhes oferecerá a nova Terra, oferecendo a ela o seu respeito, o seu amor e sua gratidão.
A MUDANÇA INTERIOR
Portanto, agora é o momento de tomarmos a consciência da mudança interior, da mudança de valores, buscando compreender as leis divinas e os seus princípios. Agora é o momento de resgatarmos as nossas dívidas, sejam elas quais forem. Pois breve está o dia em que o prazo será irremediavelmente encerrado. A preparação para tal evento deve ser global, integral, física e moralmente. O homem deve entender que é um ser divino e que está aqui trabalhando para a sua evolução. No momento deverá tomar conhecimento das novas orientações e esclarecimentos que estão chegando através de grupos como o nosso, através de livros diversos, e de muitos que estão trabalhando nesta Cruzada de Esclarecimento, para que o homem possa participar disso tudo de maneira ativa, levantar as pessoas para as suas missões, para a finalidade de justificar a sua existência aqui na Terra. As pessoas, por si sós, são suficientemente potenciais para fazer uma grande transformação, mas ficará mais bonito, mais venturoso se estivermos fazendo agora aqui juntos, e que nunca percamos a esperança em Deus ou na Luz que nos carrega nessas situações.
AS FASES DA TRANSIÇÃO
1. ANTES DA TRANSIÇÃO
1.1. Os sinais (a fase que antecede as transformações):
– A mudança de clima: mutações climáticas; temperaturas elevadas, muito baixas, etc.
– As ressacas das águas do mar; a elevação do nível do mar.
– Surgimento de doenças não existentes e de fenômenos que farão as pessoas se sentirem doentes sem estarem;
– Os furacões, tufões, tornados, principalmente nos EUA – nunca em tempo nenhum se verificou tantos acontecimentos no gênero em toda a história americana;
– Abalos sísmicos, terremotos, maremotos (Irã, ano passado).
– Comportamento humano: a degradação dos costumes, sensualidade, práticas sexuais exacerbadas, onde são admitidas como autenticidade e estesia as práticas sexuais livres, enfraquecendo costumes e inferiorizando níveis sociais, o que é pura libidinosidade;
– Preferências sexuais pervertidas e condenáveis, que terminam consagradas pela imprensa e pelo povo, tal a maneira como são expostas nos meios de comunicação (TV, rádio, etc.) ·.
– Maldade, violência, corrupção de valores e moral. Insensibilidade.
2. DURANTE A TRANSIÇÃO
2.1. Os acontecimentos (a fase das transformações)
– Os três dias de escuridão: os cuidados que deverão adotar antes e durante o período;
– Aumento dos fenômenos climáticos: tufões, erupções vulcânicas; terremoto, maremoto, vendavais, desabamento, guerras;
– O período que virá após os três dias de escuridão: as transformações sócioculturais; mudanças no comportamento humano: capacidade de comunicação, telepatia, autocura – estaremos libertos de coisas antigas;
– Quebra dos valores – as pessoas que se julgam poderosas, ricas, sábias, de um dia para o outro se encontrarão ao desabrigo sem ter sequer um prato de comida;
– Aparecimento de doenças que não existiam e sintomas nas pessoas que os médicos não detectam o tipo da doença;
– O reencontro de seres afins; descobrir que entre os seus não estão as pessoas que constituem os grandes afetos de sua existência, de sua vida, e por causa de seus erros estão longe de sua família, estão vivendo noutras épocas, noutros lugares;
– O desmantelamento dos sistemas: transporte, alimentação, produção e distribuição de energia; abastecimento dos meios de transporte, etc.
– O desmoronamento do sistema financeiro, econômico e bancário, etc.
– Inundações, inicialmente pela elevação do nível das águas pelo degelo dos pólos, posteriormente pela verticalização do eixo da Terra.
– O Resgate, arrebatamento, Evacuação, etc.
– A partida de alguns para seus mundos de origem..
3. APÓS A TRANSIÇÃO·
– A acomodação do solo terreno, a transformação das terras cultiváveis;
– O surgimento de novo(s) continente(s) e o desaparecimento de outro(s);
– A descida das naves-cidades para dar o primeiro impulso à nova civilização.

AGROTÓÒXICOS

•junho 30, 2009 terça-feira • 1 Comentário

São tóxicos, o nome já diz tudo, tóxicos nos alimentos, na comida que você e sua família, seus filhos comem diariamente, é sobre isso que trata a bandalheira no Congresso Brasileiro descrita a seguir no artigo muito bem escrito de Aldem Bourscheit “Na pressão por mais agrotóxicos” nos dá a clara idéia do real papel representado por quem deveria ‘representar o povo’. Penso ser bem importante  conhecer  e divulgar, é bom considerar sobre as doenças da ‘atualidade’ e as reais causas e motivos para sua existência e tão arrebatadora consequências, essa resposta pode estar nos alimentos que estão a venda para consumo, mais que isso trata-se de segurança alimentar, a nutrição da vida.

Na pressão por mais

AGROTÓÒXICOS

Fonte: O Eco

Avião despeja venenos sobre lavoura.

(Foto: ipm.iastate.edu)

.

No primeiro semestre de 2008, empresas do ramo de agrotóxicos deflagraram ações judiciais em série contra a Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Elas tentavam impedir a reavaliação de quatorze substâncias usadas em quase uma centena de produtos. As companhias, todavia, perderam todas as disputas. Agora, frente à retomada das reavaliações, projetos de lei, requerimentos de informações e “Propostas de Fiscalização e Controle”, espécies de mini-CPIs, são direcionadas contra órgãos de saúde pública.

Essas ações tramitam em comissões como de Agricultura, Direitos do Consumidor, Meio Ambiente e da Crise Econômico-Financeira da Agricultura, na Câmara, protocoladas por deputados como Ronaldo Caiado (DEM/GO), Abelardo Lupion (DEM/PR), Luciano Pizzato (DEM/PR) e Moacir Micheletto (PMDB/PR), além da senadora Kátia Abreu (DEM/TO).

Tais medidas levam pressão política e burocrática aos órgãos reguladores, enquanto propõem, por exemplo, que o registro de produtos equivalentes ou genéricos de agrotóxicos seja atribuição exclusiva do Ministério da Agricultura, driblando as áreas de saúde e de meio ambiente, além de ampliar e facilitar a entrada de venenos agrícolas no país.

Diretor da área de agrotóxicos da Anvisa, José Agenor da Silva avalia que qualquer parlamentar ou cidadão tem direito a conhecer como é feito o trabalho da agência, mas admite que algo mudou desde o início das reavaliações. “Depois que começamos as reavaliações, há uma tentativa de se retirar legitimidade política e técnica da Anvisa. Isso existe, por parte de alguns segmentos que exercem pressão no parlamento e pelo tipo de solicitações encaminhadas por alguns parlamentares”, comentou.

Conforme Anvisa e Fundação Oswaldo Cruz, órgãos ligados ao Ministério da Saúde, as reavaliações levam ao uso de substâncias menos agressivas nas lavouras e devem ocorrer frente a novos estudos, alertas internacionais ou relatos de intoxicações. Elas podem restringir ou proibir certas substâncias e trazem mais segurança para quem aplica esses químicos. Essas medidas tem base em um decreto de 2002, que regulamentou a lei de agrotóxicos, e também em resoluções da Anvisa.

“As reavaliações não são feitas para perturbar os produtores. São baseadas em evidências científicas e visam manter a saúde dos produtores e da população”, disse a diretora do Sinitox – Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas, Rosany Bochner.

A articulação pró-agrotóxicos levou o deputado Edson Duarte (PV/BA) a questionar a conduta dos ruralistas no parlamento. Segundo ele, se as reavaliações reduzem o risco para agricultores e consumidores, “todos deveriam estar aplaudindo, principalmente os produtores e seus representantes no Congresso”. Mas o que se vê é exatamente o contrário. “É extremamente lamentável que se use do poder político para impedir que órgãos públicos façam aquilo que é a sua obrigação, que é zelar pelo interesse coletivo”, disse.

Comentando a O Eco que as medidas encaminhadas no Congresso pretendem esclarecer a atuação da Anvisa, o deputado Luciano Pizzatto afirmou ser favorável às reavaliações, “para dar mais segurança à sociedade em geral”, mas disse que os critérios para escolha dos produtos a serem reavaliados não são claros. “Já pedi e recebi informações da Anvisa, mas não me senti confortável com o que vi. Tenho notado discrepâncias entre relatórios de entidades independentes de pesquisa e da agência sobre substâncias usadas em defensivos. Isso gera uma insegurança muito grande”, disse.

Entre os questionamentos levantados pelo parlamentar, sem citar nomes ou números, estão longos prazos para aprovação de processos para liberação de agrotóxicos e tratamento diferenciado para esta ou aquela empresa no registro de substâncias ou de agrotóxicos.

“Algumas empresas têm processo mais duro do que outras. Há processos parados há quatro ou cinco anos, outros demoram mais de um ano para sair do protocolo e chegar à área técnica da agência. Há procedimentos liberados pelo meio ambiente e agricultura e ainda sem parecer da Anvisa. E há as reavaliações, em cima de justificativas meritórias, mas quero achar consistência nesses processos. Se tiver consistência técnica, não há o que se discutir”, ressaltou.

Pizzato informou que está organizando uma reunião técnica na primeira quinzena de julho para promover um debate com governo, setor produtivo e comunidade científica quanto às reavaliações.

Para o pesquisador em agricultura do Ipea – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada João Carlos de Souza Carvalho, o sistema para registro de agrotóxicos complicou-se a partir do ano 2000 pela atuação de técnicos dentro da Anvisa contrários ao uso de agroquímicos na agricultura. Ele também comentou a O Eco que batalhas judiciais são comuns no setor e que não há tentativa para se flexibilizar a legislação nacional de agrotóxicos. “A verdade é que o mercado está dominado por multinacionais, em detrimento de produtos nacionais ou genéricos. Estão sentados em cima de processos para liberação de substâncias de empresas nacionais”, disse.

Silva, da Anvisa, negou o beneficiamento de esta ou daquela empresa pela agência e comentou que atrasos na tramitação de processos são comuns pela complexidade do tema e pela falta de pessoal nos órgãos de governo. “Repilo essa declaração (do beneficiamento de empresas) com veemência porque ela não é verdade. Existem atrasos naturais para avaliação de processos, tanto aqui quanto nos ministérios do Meio Ambiente e da Agricultura. Alguns registros dependem de avaliação técnica conjunta. Desacertos internos serão resolvidos com um sistema de informações simultâneas que está sendo desenhado e que será gerenciado pela Casa Civil”, disse.

Na agência, há 149 processos em análise e outros 449 aguardando na fila para ganhar espaço em seus escaninhos.

Mercado e pressão em alta

Consumo de Agrotóxicos x Lavouras em 2008
Agrotóxicos (ton) Área plantada (ha) Agrotóxicos (Quilos / ha)
Soja 318.818 21.224.665 15
Milho 98.910 14.445.264 6,8
Cana 50.344 8.139.985 6,2
Algodão 42.366 1.057.034 40
Laranja 38.753 803.000 48
Fontes: Sindag / IBGE / Mapa

A movimentação favorável aos venenos agrícolas vem ganhando força junto com o crescimento do mercado nacional, que foi de 27% apenas entre 2007 e 2008. Com grande área plantada e baixo controle sobre produtos legais e ilegais, o consumo interno de agrotóxicos está no topo do ranking mundial, ultrapassando o dos Estados Unidos.

O faturamento líquido do mercado brasileiro de agrotóxicos chegou a US$ 7,1 bilhões no ano passado, ou mais de 14 bilhões de reais. No período, foram usadas 674 mil toneladas, mais da metade em herbicidas. Atreladas ao tamanho da área plantada (veja quadro), as maiores aplicações se deram nas culturas de soja, milho, cana-de-açúcar, algodão e cítricos. No Brasil estão liberados para uso na agricultura 1.412 agrotóxicos, elaborados com quase 500 substâncias. Os agroquímicos são apontados como necessários para manter a produção em lavouras convencionais e transgênicas. “Sem esses produtos, cada vez mais terra seria necessária para manter os níveis de produção”, avaliou João Carlos Carvalho, do Ipea.

Conforme o deputado Edson Duarte, o farto uso de agrotóxicos no Brasil revela uma “mistura explosiva” de falta de controle público sobre a produção rural com lideranças politicamente comprometidas a manter um modelo agrícola altamente dependente de agroquímicos. “Produtores e revendedores de agrotóxicos são grandes financiadores de campanhas eleitorais, permitindo a eleição de políticos com conceitos atrasados, como o de que um maior uso de agrotóxicos se traduz em bom desempenho do agronegócio”, disse.

Um mercado tão amplo e lucrativo vem cerrando fileiras para derrubar barreiras legais a um maior consumo de substâncias tóxicas. E uma delas são as reavaliações, que incidem inclusive sobre químicos barrados em outros países e regiões, como Estados Unidos, União Européia, China e Índia. Das 14 substâncias em reavaliação desde o ano passado (veja aqui), doze já foram proibidas no exterior, diz a Anvisa. “Os conhecimentos científicos avançam e vão apontando perigos antes desconhecidos de certas substâncias. Mas as reavaliações não necessariamente irão tirar os 14 produtos do mercado”, disse José Silva, diretor da agência.

Pelo menos três dessas substâncias já têm notas técnicas prontas para sua reavaliação. Seus fabricantes já pediram audiências com a Anvisa para debater a situação. Esta semana, representantes do setor foram à Casa Civil para tentar reverter os processos.

Além do uso em larga escala, preocupa a área de saúde a entrada no país de substâncias já descartadas lá fora. Isso ficou comprovado pelos últimos números oficiais sobre resíduos de venenos encontrados em alimentos. Foram verificadas substâncias proibidas no país ou acima das quantidades recomendadas em vários produtos, bem como agrotóxicos não aprovados para algumas culturas. Veja aqui.

Conforme dados oficiais, a importação dos inseticidas metamidofós e paration metílico superou nos primeiros cinco meses deste ano a registrada em todo o ano passado. Eles vêm de fornecedores como China e ilha de Taiwan, são registradas no Brasil como altamente tóxicas e usadas em vários produtos comerciais. O metamidofós foi encontrado irregularmente em culturas de alface e de morango nas últimas avaliações da Anvisa, além de em quantidade excessiva no tomate, onde tem uso permitido. O paration também foi localizado em alimentos pelo órgão oficial, mas teria sido banido na China em 2008.

“Avisamos (desde o início das reavaliações) que esses produtos acabariam vindo para cá, transformando o Brasil num grande depósito de lixo. Muitas vezes a saúde da população é colocada atrás de interesses comerciais. Além disso, usar substâncias em doses elevadas ou proibidas para algumas culturas pode fazer com que, na hora da colheita, ainda se tenha ali uma dose elevada de agrotóxico. Isso tudo porque no Brasil não se segue a legislação e se usa um modelo perverso de produção de alimentos, com monoculturas que facilitam a disseminação de pragas e aumentam a necessidade de agrotóxicos. Hoje o agrotóxico não atinge só o agricultor, ele está na mesa do brasileiro”, ressaltou Rosany Bochner, diretora do Sinitox.

Reserva de mercado

Para um novo agrotóxico chegar ao mercado interno, depende do aval das áreas de meio ambiente, agricultura e saúde. Um registro aprovado só perde a validade frente a uma reavaliação. Para comprar um desses produtos, o agricultor deve ter uma receita assinada por um engenheiro agrônomo ou florestal, com uso restrito à indicação do defensivo. Ou seja, um veneno para cada cultura. Há pressão no parlamento para que liberações comerciais dependam de avaliações simplificadas e para que os agrotóxicos possam ser aplicados em grupos inteiros de alimentos.

Hoje, cinco empresas detêm 70% do mercado global de agrotóxicos, fazendo com que a maioria das lavouras tenha seus produtos. Conforme José Silva, diretor da Anvisa, no Brasil há casos de empresas registrando agrotóxicos e não os produzindo, “fazendo reserva de mercado e onerando a agricultura nacional”. “Estamos junto com qualquer segmento que quiser mudar a legislação brasileira para acabar com o monopólio de mercado que existe em alguns produtos”, ressaltou.

Conforme Joao Carvalho, pesquisador do Ipea, a atuação dos órgãos de saúde para registro de agrotóxicos acabou elevando os preços desses produtos no Brasil. Por isso ele afirma que hoje o país é maior consumidor em preço e não em quantidade de agroquímicos. “O preço aqui é altíssimo, o que também provocou o contrabando de substâncias ilegais. Hoje os produtores brasileiros pagam cerca de US$ 2,5 bilhões acima do valor de mercado de outros países”, comentou.

O diretor da Anvisa também alertou que as reavaliações são necessárias para ajustar a produção interna aos níveis internacionais de proteção da saúde e às exigências de mercado de países que proibiram certas substâncias tóxicas. Assim, evita-se dois padrões para produção de alimentos, um para o consumo interno e outro para exportações. “Com as reavaliações estamos protegendo o produtor e o consumidor brasileiros, bem como quem vai exportar para países que vetaram algumas substâncias. Sabemos do nosso compromisso com a agricultura brasileira, mas temos que garantir que esse controle não tenha um padrão interno e outro para exportação”, disse Silva.

Efeitos colaterais

Reduzindo riscos

Para reduzir o risco de contaminação por agrotóxicos potentes como organofosforados e carbamatos, lave bem os alimentos em uma solução com uma colher de sopa de bicarbonato de sódio para cada litro de água. Isso elimina metade dos resíduos dessas substâncias. A medida não dispensa uma lavagem com vinagre e detergente, que ajudam a eliminar outros contaminantes e microorganismos. As dicas são do médico e professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Mauro Velho de Castro Faria.


Já a Anvisa avalia que, dependendo do nível de contaminação, pouco se pode fazer para driblar a ingestão de agrotóxicos. Para a agência, lavagens só adiantariam frente a bactérias. As recomendações oficias incluem retirar folhas externas e cascas dos alimentos, consumir produtos da época e de produção local, variar a alimentação para evitar exposição a riscos constantes, consumir produtos orgânicos ou agroecológicos.

O Sinitox coleta dados em 18 estados brasileiros e no Distrito Federal. Os últimos números são de 2007 e revelam cem mil intoxicações e quase quinhentas mortes no período. Os principais intoxicantes são medicamentos, animais peçonhentos e produtos de limpeza; mas a maioria das mortes é provocada por agrotóxicos, seguidos por drogas e raticidas.

“Aqui no Sinitox pegamos só a pontinha do iceberg, só as intoxicações agudas. Logo, o número de casos pode ser muito maior, pois a maioria das intoxicações é crônica e ignorada pelos médicos como sintomas decorrentes do uso ou consumo de agrotóxicos”, explicou Rosany Bochner, diretora do serviço.

Recentemente, a Anvisa definiu que até 2011 a cihexatina não deverá ser mais usada no Brasil, como já ocorreu nos Estados Unidos, Reino Unido, Japão, China e Áustria. A importação e o registro de novos produtos com a substância já estão proibidos. Ela é usada na produção de sete agrotóxicos, usados basicamente no cultivo de maçã, morango, pêssego, café e berinjela. Conforme a agência, ela pode causar má formação fetal, danos à pele, pulmões, visão, fígado e rins, além de risco de abortos e prejudicar o sistema reprodutivo.

A lista de problemas potencialmente provocados pela cihexatina é comum a uma série de outros agrotóxicos em uso no país. Conforme a farmacêutica Paula Sarcinelli, da Escola Nacional de Saúde Pública, a ingestão excessiva de agrotóxicos, inseticidas, acaricidas e herbicidas pode provocar efeitos colaterais como dor de cabeça, paralisia de membros, problemas neurológicos, câncer, infertilidade. E tudo depende das doses e do tempo de exposição aos contaminantes, através dos alimentos, água e ar.

“Poucas substâncias têm riscos toxicológicos completamente avaliados e faltam estudos sobre intoxicações crônicas provocadas por uma ou mais substâncias simultaneamente, com pequenas doses em longo prazo, associadas a uma série de doenças. Esse é o grande desafio da atualidade. Por isso, as doses possíveis para consumo diário humano têm que ser reavaliadas com frequência pelas agências nacionais e internacionais”, disse.

O público mais sensível aos agrotóxicos são crianças, com sistemas vitais em formação, idosos, com baixo metabolismo e organismo enfraquecido. Em 2007, o Sistema Único de Saúde custeou despesas de 640.325 internações hospitalares para tratamento de câncer.

Leia os comentários na fonte: O Eco

O melhor lugar é o Aqui e Agora

•junho 29, 2009 segunda-feira • Deixe um comentário

“Quero reiterar que todos os seres humanos e cada consciência encarnada na Terra atualmente está no seu lugar e seu papel, independentemente da sua idade, seja qual for a sua situação, independentemente da sua profissão ou a sua falta de atividade, ou qual sua situação familiar, independentemente da sua solidão ou a sua relação com outras consciências. Todo o ser humano está totalmente e indefectivelmente no seu lugar durante este período.  Seja quem você é.”

Mikael em Autres Dimensions –  www.autresdimensions.com

Tomara sejamos civilizados…

•junho 28, 2009 domingo • 1 Comentário

Uma entrevista

01/06/2009 – 10h06

“Tomara sejamos civilizados

quando chegar o desastre

climático”

Por Stephen Leahy*

Toronto, 1º de junho (Terramérica) – “Espero que, quando desatar o primeiro grande desastre climático, nos unamos como se estivessem invadindo nosso país”, afirma o cientista britânico James Lovelock nesta entrevista exclusiva ao Terramérica. Na medida em esquenta o clima e aumenta a concentração de carbono na atmosfera, o futuro fica muito mais nefasto do que as piores projeções do Grupo Intergovernamental de Especialistas sobre Mudança Climática (IPCC), diz Lovelock. Químico, médico e biofísico, este homem é o pai da Teoria Gaia, que descreve o planeta como um organismo vivo, um complexo sistema onde todos os componentes da biosfera e da atmosfera interagem para regular e sustentar a vida.

Frequentemente controverso, Lovelock tem amplas credenciais científicas. Como inventor, é titular de aproximadamente 50 patentes, entre elas os primeiros aparelhos para detectar clorofluorocarbonos, gases que afetam a camada de ozônio, e resíduos de pesticidas no meio ambiente. Também é autor de vários livros. O último deles, “O desaparecido rosto de Gaia – Uma última advertência”, foi publicado em abril. O Terramérica conversou com Lovelock em Toronto.

TERRAMÉRICA: Por que o senhor critica o IPCC?

JAMES LOVELOCK: Não significa que não tenham excelentes cientistas. Mas seus modelos informatizados não dão conta da resposta da biosfera ao aumento da temperatura pelo aquecimento global, nem incluem a resposta das florestas ou dos oceanos à maior concentração de dióxido de carbono. Ainda não podem modelar a autorregulamentação da Terra. Por isso suas projeções não batem. As observações detectam que o aumento do nível do mar é muito maior e que o derretimento do Ártico está ocorrendo em maior velocidade do que acredita a maioria.

TERRAMÉRICA: A Terra já passou do ponto de inflexão climática?

JL: Sim. Está passando a um estado mais quente em resposta às mudanças que provocamos ao transformar boa parte da superfície do planeta e agregar dióxido de carbono à atmosfera. Não esqueçamos que a Terra já esteve quase inteiramente coberta de florestas, que eram uma parte importante do sistema regulador da vida planetária. Seguindo a Teoria Gaia, em algum momento haverá uma mudança repentina para um novo clima que poderá ser, em média, cinco ou seis graus mais quente do que o atual. Não tenho idéia de quando essa mudança poderá ocorrer, mas estimo que teremos cerca de 20 anos para nos preparar.

TERRAMÉRICA: Como será este novo clima?

JL:
As zonas tropicais e subtropicais serão muito quentes e secas para cultivar alimentos ou manter a vida humana. As pessoas serão obrigadas a emigrar para os polos, para lugares como o Canadá. No final do século haverá menos de um bilhão de pessoas. Tomara que não deixemos de ser civilizados, e que aqueles que viverem no Norte acolham uma quantidade inimaginável de refugiados do clima.

TERRAMÉRICA:
O senhor descreve um futuro nefasto. Não há esperanças?

JL:
Os seres humanos precisam adaptar-se para sobreviver neste novo planeta mais quente. Sobrevivemos à última era interglacial, quando o gelo cobria boa parte da América do Norte e da Europa e o nível do mar era 120 metros mais elevado do que agora. O primeiro passo é deixar de acreditar cegamente que tudo o que temos de fazer é reduzir nossa pegada de carbono e começar os preparativos para nos adaptar ao que virá.

TERRAMÉRICA: O senhor está dizendo que não devemos tentar reduzir as emissões de carbono?

JL:
Não estou dizendo que não podemos fazer nada. Digo que muitas das alternativas verdes, com a energia eólica, não têm mais que um valor simbólico. Depois dos Estados Unidos, a Alemanha é líder mundial em energia eólica, e suas emissões de carbono não deixaram de aumentar. É muito difícil reduzir drasticamente as emissões de carbono. O problema é que a pegada total de carbono de quase sete bilhões de pessoas é muito mais do que o planeta pode suportar nas condições atuais. Deveríamos proteger todas as florestas que restam, retornar boa parte das terras cultiváveis ao seu estado natural, utilizar os oceanos para capturar carbono e obter nossos alimentos a partir de alguma forma de biossíntese.

TERRAMÉRICA: A energia nuclear é uma alternativa melhor à eólica ou à solar?

JL: A nuclear é a única fonte de energia prática e baixa em carbono. O fato de ser rechaçada pelos ecologistas é uma bobagem. A energia nuclear é mais segura do que as outras, e as preocupações com seus resíduos são infundadas. Os dejetos produzidos em um ano por um grande reator nuclear caberiam dentro de um automóvel. Na França, os resíduos radioativos de 25 a 30 anos estão guardados em uma área bem protegida do tamanho de uma pequena sala de concertos. O dióxido de carbono é muito mais perigoso.

TERRAMÉRICA:
O que diz da geoengenharia, que manipula o clima para enfrentar os efeitos do aquecimento global?

JL: Vale a pena examinar idéias como a injeção de aerossóis de sulfeto na estratosfera para refletir parte do calor do Sol para o espaço, a fim de esfriar o planeta. Se isso funcionar, poderemos ganhar tempo, mas não solucionará o problema.

TERRAMÉRICA: Como chegamos a uma situação em que todas as espécies estão em perigo?

JL: É como a calma que antecedeu a Segunda Guerra Mundial (1939-1945) na Grã-Bretanha, que vivi quando era jovem. Ninguém fez nada até que as bombas começaram a cair. Para a maioria, a mudança climática é algo teórico. Espero que, quando desatar o primeiro grande desastre, nos unamos como se estivessem invadindo nosso país.

* O autor é correspondente da IPS.

Crédito da imagem: Gentileza Sandy Lovelock

Legenda: James Lovelock está perto de completar 90 anos.

LINKS

Quem salvará a Terra?, em espanhol
http://www.tierramerica.net/2000/suplemento/pag%207.htm

Sondagem climática divide cientistas
http://www.tierramerica.info/nota.php?lang=port&idnews=74

Cientistas pesquisam o degelo no Ártico
http://www.tierramerica.info/nota.php?lang=port&idnews=223

Energia mais limpa ou mais eficiente?
http://www.tierramerica.info/nota.php?lang=port&idnews=453

Renasce a energia nuclear
http://www.tierramerica.info/nota.php?lang=port&idnews=542

Plano nuclear na contramão da Europa
http://www.tierramerica.info/nota.php?lang=port&idnews=578

Site oficial de James Lovelock, em inglês
http://www.jameslovelock.org/

Grupo Intergovernamental de Especialistas sobre Mudança Climática, em inglês
http://www.ipcc.ch/

Artigo produzido para o Terramérica, projeto de comunicação dos Programas das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) e para o Desenvolvimento (Pnud), realizado pela Inter Press Service (IPS) e distribuído pela Agência Envolverde.

Fonte: (Envolverde/Terramérica)

“Tomara sejamos civilizados quando chegar o desastre climático”
Por Stephen Leahy*
Toronto, 1º de junho (Terramérica) –

Planeta Voluntários – Por um mundo melhor!

•junho 27, 2009 sábado • 1 Comentário

Planeta Voluntários

Por um mundo melhor!

“Ninguém comete erro maior do que não fazer nada

porque só podia fazer pouco.”

Relatórios da miséria, fome, violência, desmatamento no planeta.

Fome:

Todos os dias, mais de 850 milhões de pessoas vão se deitar com fome; dentre elas, 300 milhões são crianças. A cada cinco segundos, uma delas morre de fome.
Todo ano no Planeta, morrem de fome cerca de 30 milhões de pessoas.

Pobreza:

Entre 55 e 90 milhões de pessoas passarão à condição de pobreza extrema ainda neste ano de 2009, devido à recessão mundial resultante da crise financeira internacional.Mais de 1 Bilhão sofrerá de fome crônica no mundo todo.
Segundo pesquisas, 53,9 milhões de brasileiros são pobres; isso significa que quatro em cada dez brasileiros vivem em miséria absoluta. Entre as 130 Nações que medem a distribuição de renda, o Brasil é o penúltimo colocado; só ganha de Serra Leoa.equivale a 31,7% da população. 21,9 milhões dessa população são muito pobres, ou 12,9% dos brasileiros.

Água Potável:

Globalmente, ao longo das últimas décadas, a quantidade de água potável disponível tem diminuído dramaticamente.
Há 1,6 bilhão de Km³ de água no mundo, mas, o que podemos beber é menos de 1% disso…
A poluição das águas mata hoje 2,2 milhões de pessoas por ano; mais de 75 % da reserva mundial de peixes é sobre-explorada;
E o aumento no nível dos oceanos causado pelo aquecimento global pode deslocar dezenas de milhões de pessoas.
Em 20 anos, mais de 60% da população mundial sofrerão com a escassez de água. Também segundo a ONU, na atualidade, mais de 1,1 bilhão de pessoas não têm acesso a água tratada.

Saneamento:

Quatro em cada 10 pessoas no mundo não têm acesso nem a uma simples latrina de fossa não asséptica, e são obrigadas a defecar a céu aberto.
Aproximadamente 2 em cada 10 pessoas – mais de 1 bilhão de pessoas – não têm nenhuma fonte de água potável segura.
80% das internações hospitalares no mundo são devidas a doenças transmitidas pela água.
Como consequência, 3.900 crianças morrem diariamente em razão desta crise humanitária, totalmente evitável, porém silenciosa.

Habitação:

Atualmente, 900 milhões de pessoas vivem em assentamentos precários (favelas e áreas de risco) em todo o mundo.
A menos que a situação mude substancialmente, 1,5 bilhão de moradores de zonas urbanas serão favelados em 2020,o equivalente à população da China.
O Brasil terá 55 milhões de favelados,o que seria equivalente a 25% da população do país.
Atualmente, quase 1 bilhão de pessoas – um sexto da população mundial – vivem em favelas.

Educação:

O Brasil tem atualmente cerca de 16 milhões de analfabetos, e metade desse número está concentrada em menos de 10% dos municípios do país.
O planeta ainda conta com 780 milhões de analfabetos.
No Brasil existem 16,295 milhões de pessoas incapazes de ler e escrever pelo menos um bilhete simples.
Levando-se em conta o conceito de “analfabeto funcional”, que inclui as pessoas com menos de quatro séries de estudo concluídas, o número salta para 33 milhões.

Aids:

No ano passado a Aids matou 3 milhões de pessoas, e outros 4,1 milhões foram infectados – mais de 8.000 por dia, e a doença hoje infecta 40 milhões, dos quais 25 milhões vivem no continente africano. Além disso, a epidemia deixou órfãos 15 milhões de crianças,
Mais de 500 mil crianças nasceram com o HIV, o vírus causador da Aids, no ano passado.
Entre elas, cerca de 20 mil crianças brasileiras.
O número de mulheres infectadas com vírus HIV aumentou em 44% no país nos últimos dez anos.
O uso de seringas contaminadas mata 1,3 milhão de pessoas por ano no mundo todo.
Somente no Brasil existe atualmente mais de meio milhão de pessoas contaminadas com o vírus da AIDS, mas elas não sabem disso.

Violência

Segundo a UNESCO, de 60 países analisados, em apenas 06 o número de homicídios é superior ao número de mortes por acidentes de trânsito.Dentre esses está o Brasil e mais três países da América Latina. Em 49 desses países, o número de suicídios é superior ao número de homicídios; dentre as exceções está o Brasil e mais sete países da América Latina. A América Latina é a região onde mais ocorrem homicídios no planeta: 30 mortes para cada grupo de 100.000 pessoas ao ano, o triplo da média mundial.
Da população mundial, o Brasil responde por 11% de todos os homicídios do planeta. É o 2º país que mais mata utilizando armas de fogo, 3º em homicídios contra jovens e 4º colocado em homicídios no geral. O Brasil é o 3º mais violento da América Latina, perdendo somente para a Colômbia e Venezuela.

Aborto:

Estima-se que são feitos 42 milhões de abortos a cada ano em todo o Planeta, e, desses, 20 milhões são ilegais ou executados clandestinamente. Segundo a OMS, abortos inseguros causam por volta de 65.000 a 70.000 mortes maternas a cada ano(1), 99% das quais ocorrendo nos países em desenvolvimento(2).
No Brasil a cada minuto, quase dois abortos clandestinos são realizados . O número é uma estimativa baseada nas internações pós-aborto pelo SUS e aponta que, desde 1999, cerca de 952 mil mulheres interromperam a gravidez por ano no país.

Desmatamento:

Dados divulgados indicam que a Floresta Amazônica perdeu 754,3 quilômetros quadrados de florestas entre novembro de 2008 e janeiro de 2009. A área equivale a metade do município de São Paulo.
O país perdeu um campo de futebol a cada dez minutos na Amazônia, nos últimos 20 anos.
O Brasil é campeão mundial de desmatamento.  Em segundo lugar está a Indonésia: 18,7 km2 por ano e, em terceiro, segue o Sudão, com 5,9 km2.  As principais causas pelo desmatamento na Amazônia são a retirada de madeira, o cultivo de soja e gado.

Nós, do Planeta Voluntários, convidamos você a servir e a apoiar os outros com devoção e compaixão. Começando com a nossa própria transformação pessoal e, mediante serviço, por fazer a diferença, é a forma como nós acreditamos que vamos chegar a essa massa crítica de pessoas que, juntas, emerge como a nova humanidade.

Serviço altruísta surge espontaneamente a partir de apenas compreendendo que somos uma humanidade. Talvez você possa escolher as atividades que podem de alguma forma contribuir para o bem estar dos outros em sua comunidade. Isso poderia ser empenho pessoal voluntariado como ajudar uma pessoa idosa, um orfanato, um abrigo, um hospital, entre outros.
Os valores e os princípios do movimento emergente para uma nova humanidade, e da Aliança, que está a tentar servi-lo, se baseiam no apoio de políticas, as causas e as ações que favoreçam o respeito pela vida, dignidade humana, a liberdade, a sustentabilidade ecológica e a paz.

Faça todo o bem que puder
Por todos os meios que puder
De todas as maneiras que puder.
Em todos os lugares que puder
Todas as horas que puder
Para todas as pessoas que puder
Enquanto você puder.
Faça a Diferença.

Artigo de Marcio Demari
PLANETA VOLUNTÁRIOS
Porque ajudar faz bem !

http://www.planetavoluntarios.com.br
A maior Rede Social de Voluntários e ONGs do Brasil !!!

15 dicas

•junho 26, 2009 sexta-feira • 1 Comentário

Multiplicando, compartilhando…

Quinze dicas para viver uma vida mais consciente, plena e equilibrada.

1.
Todos nós ao nascer ganhamos um espelho. Este espelho é, então, colado no nosso peito. E assim vivemos toda a nossa vida, refletindo o outro e vendo no (espelho do) outro o nosso reflexo. Hermann Hesse disse: “Se você odeia uma pessoa, odeia algo nela que faz parte de você. O que não faz parte de nós não nos incomoda.”
Viver considerando isto, vai desenvolvendo nossa compaixão, nossa tolerância, nossa empatia e nossa solidariedade para com as nossas fraquezas e dificuldades e as dos outros.

2.
Cem por cento do que somos e vivemos (inclusive o que supomos ser acidentes) é fruto de nossas escolhas e opções. Conscientes ou inconscientes. Desta ou de outras vidas.
Viver consciente disto desenvolve nosso discernimento e nossa responsabilidade para com a vida, com as pessoas e com nossas atitudes.

3.
Livre-se da culpa. A única função da culpa é manter sua auto-estima baixa (por isso algumas religiões fomentam a idéia da culpa para assim manter poder). Transmute a culpa por responsabilidade. Ninguém é culpado de absolutamente nada, mas todos são completamente responsáveis por tudo.
Viver assim te torna mais atento e cuidadoso para com toda a existência.

4.
Desenvolva a aceitação. Sempre que entramos em contato com alguma dificuldade ou fraqueza nossa, através de alguém ou de alguma circunstância, normalmente o primeiro impulso da mente/ego é: ou nos defendemos, negando e resistindo a entrar em contato (muitas vezes entrando na irritação e na revolta, geralmente imputando a culpa a alguém ou a alguma coisa), ou entramos na condição de vítimas, mergulhando na baixa auto-estima.
Aceite sua natureza humana como ela é e aceite também a sua sombra. Entenda que você está aqui na Terra para aprender e expandir sua existência. Um Mestre hindu falou: “Errar, ter defeitos, falhas, fraquezas, é seu direito. Trabalhar para transmutar isso tudo é seu dever”.

5.
Tudo no Universo tem duas polaridades: yin/yang, masculino/feminino, positivo/negativo, etc. As emoções e os sentimentos também têm duas polaridades: o outro lado da tristeza é a alegria, do medo é a coragem, da raiva é a energia de realização, do ódio é o amor e o perdão, da ansiedade e da angústia é a calma e o centramento, da baixa auto-estima é a confiança em si mesmo, enfim, nosso grande trabalho de transmutação é estar constantemente reequilibrando estas polaridades. Os hindus diriam que devemos estar sempre transmutando Tamas e Rajas em Sattwa, isto é, trazendo sempre os pensamentos, sentimentos e atos densos, limitadores e negativos, para as freqüências mais sutis.
Viver assim economiza um bocado de energia. Considerando que tudo na vida é passageiro, é mais inteligente procurar mudar a polaridade das coisas e dar a volta por cima do que ficar naufragando constantemente nos mesmos padrões psico-emocionais.

6.
Desenvolva a neutralidade e a observação. Os índios chamam isto de “visão da águia”: sair voando de dentro do burburinho dos eventos e, de cima, com uma perspectiva ampla, observar os acontecimentos sem identificação ou julgamentos. Ou, em outro exemplo: sair de dentro do rio caudaloso de nossa vida – onde estamos imersos até o pescoço – sentar na margem e observar. Quando dentro do rio, imersos até o pescoço, qualquer ondinha nos parece um vagalhão, mas quando nos sentamos à beira do rio, a ondinha novamente vira ondinha, e aí podemos ter uma perspectiva mais correta e um envolvimento menos sofrido com as coisas.
Isto desenvolve uma profunda consciência da relatividade dos pontos de vista e, por conseguinte, o redimensionamento da nossa identificação e envolvimento com a transitoriedade da vida.

7.
Evite as comparações. Lembra do “jardim do vizinho é sempre mais bonito” ? Ledo engano! Grande armadilha! Mal sabemos que o vizinho ao olhar nosso lado também pensa a mesma coisa sobre algum aspecto de nós…
Considerar este fato, te livra do peso dos julgamentos alheios e te torna mais centrado em teu próprio eixo.

8.
Os hindus dizem que todas as doenças que existem – sejam físicas, emocionais, psíquicas ou energéticas – derivam, de uma forma ou de outra, de uma única doença: a ignorância de nossa natureza real, a Unidade (eles chamam esta ignorância de avidya e a Unidade de Brahman).
Toda a criação é uma grande web onde tudo é interagente, interdependente e holográfico. Realmente não estamos irremediavelmente presos a tempo e espaço e às três dimensões (não só as antigas tradições, mas a física quântica atual afirma amplamente esta questão). Considerando nossa natureza una, saiba que não há nada fora de você que você precise obter que já não tenha. Está tudo dentro de você, todo o Universo. Você apenas precisa relembrar sua natureza original, que está pulsando em cada partícula do Universo, em cada pessoa, em cada ser de cada reino. Todo amor, paz e felicidade já estão dentro de você, sempre.
Você decididamente não é um pecador. Você não é uma pedra bruta que precisa ser lapidada. Você já é uma jóia pronta, maravilhosa, só que recoberta pela poeira desta ignorância primordial.
Passar a considerar estas verdades milenares em nossa vida cotidiana desenvolve nossa co-participaçã o consciente no Universo nos seus mais diversos níveis de existência.

9.
Todo o Universo é consciente! Cada pessoa, cada animal, cada planta, cada pedra, cada célula, cada átomo, cada galáxia… A consciência não é um privilégio do cérebro humano, que é apenas um dos veículos onde esta Consciência se expressa. Esta é a chamada onipresença e onisciência de Deus. Os índios têm formas sofisticadas de entrar em contato e interagir com a consciência subjacente à Natureza.
Viver considerando este fato torna tua vida muito mais respeitosa, consciente e responsável.

10.
Quando a vida nos apresenta algum evento desconfortável, algum obstáculo ou algum confronto, normalmente o que é acionado em nosso corpo/mente é o “automático” lutar ou fugir. A adrenalina está sempre pronta para desencadear ação. Mas a verdade é que na maior parte das vezes não seria necessário lutar nem fugir, bastaria relaxar e observar, e a partir daí agir com consciência, ou então deixar os acontecimentos se desenrolarem naturalmente. Vamos investir mais nas endorfinas! Faça Yoga ou TaiChiChuan!
Desta forma, em todos os níveis e setores da nossa vida, podemos integrar firmeza e simultaneamente relaxamento – só firmeza gera rigidez e só relaxamento gera moleza !

11.
Adote a pergunta: “O que é que eu tenho que aprender com isso?”. Todas (todas mesmo) as coisas que nos acontecem, vem para nos ensinar. A vida está sempre fazendo suas arrumações para que possamos aprender e evoluir. Por isso alguém já disse: “cuidado com o que você deseja pois pode acontecer!”. Nós costumamos achar que quando pedimos à Deus alguma virtude, Ele vai milagrosamente introduzir esta virtude em nossa mente e de repente ficamos pacientes, ou disciplinados, ou tolerantes. Provavelmente o que a vida fará é te proporcionar situações que vão te fazer desenvolver aquela virtude. Se você pediu paciência, provavelmente vai atrair pessoas que vão te fazer perdê-la, e aí é que estará o seu aprendizado.
Então, sempre que as pessoas ou as circunstâncias te trouxerem desconfortos ou incômodos, ao invés de se revoltar, se ofender ou se entristecer, ou ainda, achar que a culpa é do outro, pergunte à Vida o que esta situação está te obrigando a trabalhar, que virtudes e qualidades você está tendo que desenvolver para lidar com isso de forma harmônica e equilibrada.
Este procedimento com certeza vai aumentar enormemente a qualidade de nossa consciência e a conseqüente percepção dos movimentos da vida e do seu sentido.

12.
Gastamos grande tempo mental ficando angustiados por um passado que não podemos mais mudar e/ou ficando ansiosos por um futuro que ainda não chegou. Outra grande parte, ainda, gastamos sonhando acordados, delirando os nossos sonhos e desejos. E aí duas coisas ocorrem: uma: sobra pouco tempo para a consciência do aqui-e-agora, o presente, que é onde efetivamente a vida acontece; duas: quando precisamos da mente para as coisas que ela foi feita para funcionar – a nossa vida humana diária – esta mente tem dificuldade em se concentrar, em estar presente, inteira, poderosa, centrada.
Concentrando- nos no presente desfrutamos mais da vida. A meditação é um ótimo treinamento para aprender a viver no presente, nos livrando das pré-ocupações e desenvolvendo uma mente verdadeiramente eficiente.

13.
Infelizmente, ainda vivemos sob a ideologia do “ganha-perde”, ou seja, temos muito incutida em nossa cultura a idéia de que para se ganhar alguém precisa perder. É assim que se construiu, por exemplo, o sistema capitalista. Também é seguindo esta filosofia que está-se destruindo nosso planeta. E é desse ganha-perde que estão impregnadas as nossas relações (lembra da lei de Gérson?). Não só no sentido profissional e financeiro, mas também no emocional e no afetivo.
É urgente reimplantar- se o “ganha-ganha” nas relações interpessoais e nas relações do homem com a Natureza. Não existe nenhuma possibilidade de ganho real para nada nem ninguém, em nenhum setor da vida, se este ganho for obtido em detrimento da perda de alguém ou de alguma coisa. Na visão oriental, o Karma Yoga é a técnica que visa reeducar o homem e a sociedade para a verdadeira forma de ganhar.
Este procedimento simples pode transformar toda a perspectiva que temos em relação à vida, entendendo e vivendo na prática a grande lei universal de causa e efeito.

14.
Atente para a sincronicidade. Uma escritura hindu diz: “Nenhuma folha de grama se mexe sem uma razão”. Nada é casual, mas tudo é intrinsecamente causal. Um outro Mestre disse : “nós falamos com Deus através da oração, e Ele nos fala através da sincronicidade”. O Dr. Jung percebeu que era esta qualidade da Criação que fazia com que as artes divinatórias (I Ching, Tarot, Runas, Búzios) funcionassem. Todo o Universo é Um, portanto tudo é interrelacionado. E a Lei do Karma é quem disciplina este interrelacionamento . Atente para os sinais! O tempo todo o Universo está interagindo com você!
Estar atento à sincronicidade desenvolve a intuição e a expansão da percepção do movimento consciente e multidimensional do Universo.

15.

E finalmente – e sobretudo – “não faças aos outros o que não queres que te façam” ainda é a regra de ouro.
Viver integralmente assim te torna efetivamente consciente, pleno e equilibrado.

Ernani Fornari (Dharmendra)
Fonte: Observatório Cósmico Visitem!

TIA – O olho grande

•junho 25, 2009 quinta-feira • 2 Comentários

Não, não é uma tia que tem um olho grande, é bem pior… vejam o artigo publicado no Observatório da Imprensa em 2005, e imagine o futuro desta história… já estamos neste futuro…

TOTAL INFORMATION AWARENESS – TIA

O Pentágono estica seu olho

Por Elaine Tavares em 15/3/2005

Não é de hoje que a ficção se adianta ao futuro como se fosse uma antena a nos mostrar cenas do que virá. Por isso, é sempre bom ficar atento ao que diz a arte. Um exemplo disso é o filme Minority Report, estrelado por Tom Cruise. Nele, Tom é um policial do departamento de pré-crime, setor da polícia que conta com três videntes – eles próprios prisioneiros – que conseguem visualizar crimes que ainda vão acontecer. Com base nessas visões, os policiais investigam e acabam prendendo o suspeito antes que ele cometa o crime. A discussão ética que permeia o filme é: até onde essa presumida previsão pode ser certa? Não haverá, para o suposto criminoso, qualquer chance de que ele mude seu destino até minutos antes do crime? Como é possível alguém ser preso como assassino se não consumou o crime? E por aí se desenrola a trama, muito bem urdida.

Pois é, mas quem pensa que isso é só ficção se engana. O departamento pré-crime já está a todo o vapor. E funciona no único lugar do mundo onde isso seria possível: os Estados Unidos. Lá, está em andamento o projeto TIA (Total Information Awareness), que significa “conhecimento total da informação”. Este será o mais gigantesco sistema de controle social jamais imaginado, chegando a superar o ficcional Big Brother, de Orwell. O TIA é um sistema de inteligência global, planetário, que vigia o território dos Estados Unidos, mas também todo o resto do mundo.

As unidades do TIA

Segundo o jornalista Thierry Meyssan, da Reseau Voltaire [iniciativa francesa pela liberdade de expressão, em espanhol no endereço www.redvoltaire.net/], o TIA será o ápice de um processo de controle das vidas humanas no planeta que já está em andamento. Ele lembra que tudo isso começou com a invenção da internet, desenvolvida primeiramente (e sempre) com fins bélicos pela Arpa, agência do Pentágono. O sistema hoje está composto por oito unidades e é dirigido pelo almirante reformado John Poindexter, figura carimbada na Casa Branca, envolvido no escândalo Irangate [ou Irã-Contras, esquema pelo qual CIA e militares, um deles servindo na Casa Branca, vendiam armas via Israel ao Irã, apesar da proibição do Congresso americano, e o lucro era repassado aos contra-revolucionários da Nicarágua, para derrubar o governo sandinista]. Acabou condenado por cinco delitos, mas o julgamento foi anulado em 1990 por tecnicalidades jurídicas. Conselheiro de Segurança Nacional de Ronald Reagan, foi ele quem introduziu as novas tecnologias na Casa Branca.

Mesmo com todas as acusações de traficante de armas e cocaína, o almirante é hoje vice-presidente da sociedade Syntek Technologies, braço do Pentágono, a mesma que construiu o programa Genoa, capaz de espionar qualquer base de dados informatizados no mundo. Ele também dirige o IAO (Information Awareness Office), organismo oficial de investigação que controla as oito unidades de espionagem legalizadas dos EUA. Com esse sistema, os Estados Unidos podem observar os comportamentos individuais de qualquer pessoa no mundo, detectar o que chamam de “atitudes suspeitas” e os perigosos “terroristas”. Ou seja, é o departamento de pré-crime, prospectado pela ficção do filme estrelado por Tom Cruise.

No texto “Conocimiento total de la informacion”, distribuído pela Rede Voltaire, o jornalista Thierry Meyssan mostra cada pedaço do sistema e aponta os responsáveis técnicos por eles. O TIA está formado pelas seguintes unidades:

1. Projeto Genysis – Torna compatíveis entre si as informações reunidas em todas as bases de dados públicas do mundo.

2. Projeto Genoa II – Desenvolve programa de exploração clandestina nas bases de dados informatizadas.

3. Projeto TIDES – Traduz automaticamente para o inglês todas as línguas do mundo conectadas na internet.

4. EELD – Obtenção de indícios e cruzamento de dados: sistema que interpreta as informações captadas pela rede para ver quem está ligado a quem.

5. EARS – Sistema cuja missão é transformar em texto escrito as comunicações orais interceptadas.

6. Biovigilância – Sistema que coleta informações que podem indicar a dispersão de agentes biológicos.

7. HID – Identificação humana a distância – Sistema de padrões biométricos, com uso de câmeras e softwares que permitem a identificação de “suspeitos” na multidão.

8. WAE – Sistema de simulação de ambientes assimétricos.

Vidinha real

Tudo isso forma o que o governo estadunidense chama de conhecimento total da informação. Com isso, tem o controle de tudo o que se faz e se diz no planeta. Um poder avassalador sobre a vida dos seres humanos que acaba de vez com a idéia de vida privada. Assim, não se surpreenda quem fizer um panfleto engraçado para divertir os colegas de aula: pode ter a casa invadida por um comando do exército estadunidense fortemente armado. Todos agora sabem que estão sendo vigiados, e, qualquer ato considerado “suspeito” pelos estadunidenses põe a polícia do mundo em alerta nas suas sujas guerras preventivas.

Se alguém lá naquele país sonhar que alguém em Biafra disse a palavra “terrorismo” é motivo para uma intervenção de prevenção. Uma guerra.

Assim, sugiro que vejam o filme do Tom Cruise para ter alguma noção do pavor. É claro que, na ficção, tudo acaba bem. Mas, na nossa vidinha real, pode algo acabar bem? A pergunta que fica é: quem controla quem controla? Um paradoxo ou um desafio? Cabe aos povos do mundo saber e decidir!

Leia também

O olho do Pentágono – Thierry Meyssan

Em espanhol ; em francês

Here in reality – Ver canal “Meet Big Brother” [em inglês]

Keeping Track of John Poindexter – Rastreando o comandante do TIA [em inglês]

Fonte: Observatório da Imprensa

Matrix

•junho 24, 2009 quarta-feira • 11 Comentários

“Eh eh ôh vida de gado, povo marcado eh, povo feliz!” Zé Ramalho

É comum experimentar uma sensação de revelação ao assistir, pela primeira vez, o filme Matrix. Este outro vídeo fornece uma outra metáfora bastante reveladora.

O autor do vídeo, o anarco-capitalista Stefan Molyneux, é o anfitrião do show de filosofia Freedomain Radio. Vale a pena conhecer melhor os pontos de vista dele.

Tome a pílula vermelha. Acorde!

Você não tem que ser ‘gado’.

Parte 1

Errata tradução: Em 4:29 onde se lê correndo para, leia-se: se acumulando. Em 6:46 onde se lê espalham, leia-se espalhar.


Parte 2

Glossário: (Seguem algumas definições de Estadismo, sem distinguir de Estatismo como no inglês, que só tem uma palavra para isto: ‘Statism’)

[Posição que defende] um papel central do governo na direção da economia, tanto diretamente através de empresas estatais e indiretamente através de planejamento central da economia em geral.

[Ou então] um ponto de vista político “em que soberania é investida não nas pessoas, mas no Estado Nacional, e que todos os indivíduos e associações existem apenas para aumentar o poder, o prestígio, e o bem-estar do Estado. O conceito fascista de Estadismo repudia o individualismo e exalta a Nação como o corpo orgânico encabeçado pelo Líder Supremo nutrido pela unidade, força e disciplina.”

Para o vídeo original (True News 13: Statism is Dead – Part 3 – The Matrix, sem legendas em português), visite:
http://www.youtube.com/watch?v=P772Eb…

Fonte, tradução e legendas FightBadIdeas.

Asperatus

•junho 23, 2009 terça-feira • 1 Comentário

Atualizado: 23-06-2009. Aguardem que vamos postar as fotos das nuvens que estão ‘surgindo’ no Brasil, olhem para o céu, se ver estas nuvens fotografe e envie para nós arauto.do.futuro@gmail.com que publicamos no blog.

Asperatus

Daria um belo nome para uma Obra de Orquestra Sinfônica, você já deve ter visto as fotos e lido na internet, em blogs, jornais, sites, comunidades, fóruns… bem divulgado e com todo tipo de especulação, eu ‘cá com meus botões’ desconfio, sempre. Que história é essa de nuvem nova? O que mudou para ‘aparecer’ raras e anômalas nuvens? Ou, usando o modo conspiração ‘on’ : quem está com o ‘controle remoto’?

Pensando alto é interessante notar que ao categorizar rapidamente as emergentes ‘nuvens novas’ -ou qualquer outra coisa ‘nova’- esta é colocada dentro de um ‘local’ confortável dentro de nossa mente para nos dar a ‘sensação’ de segurança,  controle e domínio, “ahh os ‘experts’ da ciência metereologica -no caso das nuvens- já deram um nome bonito, apesar de assustador e com uma explicação ‘plaúsivel’ afinal são ‘os’ especialistas deve ser verdade o que dizem” e, como não poderemos confirmar então aceitamos e acatamos, e deixa de ser ‘novidade’ e passa a ser ‘lugar comum’, ganhou uma descrição ‘social’ e ponto. Não se fala mais nisso.

E daí?

Pronto, escancarou-se as portas para manipulação climática, que estavam entreabertas, sendo forçadas por dentro para que se mantivessem fechadas. Podem estar certos que logo surgirão ‘novas’ nuvens e muito mais que isso, outras espécies de ilusões, cores, luzes, dando margem a todo tipo de ‘loucura’ de ovnis a anjos, de ídolos a deuses, do tipo e gosto do cliente, leia-se, a humanidade.  Afinal a holografia, tvs de plasma e todo tipo de tecnologia sustentada por uma rede de antenas e microondas está aí!

O que, quem, como, onde, porque, para que(m)?

Quando se começa a descobrir, entender um pouco que nem 0,1% das tecnologias existentes estão disponíveis ou sequer divulgadas, o assustador deixa de ser as “asperatus” e passa a ser ” O que, quem, como, onde, porque, para que(m)?” estão agindo nos bastidores, ou, quem tem o ‘controle remoto’.

‘Áspero’ é engolir isso… É Perigoso… até pensar…

Britânicos identificam novo tipo de nuvem em 56 anos.

Fonte: Apolo 11

Especialistas integrantes da Real Sociedade de Meteorologia (Royal Meterological Society) no Reino Unido acabam de apresentar um novo tipo de nuvem. Seu nome “Asperatus” vem do latim e significa áspero.


Foto: Nuvem do tipo Asperatus, registrada sobre o céu de Hanmer Springs, na Nova Zelândia. Crédito: Merrick Davies.

A natureza surpreende quando observamos o formato da nova nuvem. Imponente e até assustador, a nova massa de vapor tem o aspecto de um manto negro e ondulado.

O novo tipo de nuvem foi fotografado na Grã Bretanha e em outras partes do mundo, como na Nova Zelândia e na Escócia e levadas à Sociedade de Meteorologia do Reino Unido para um estudo mais profundo. Segundo Gavin Pretor-Pinney, fundador da sociedade, a Asperatus é como “a superfície de um mar agitado”, vista de baixo.

A Asperatus ainda não foi reconhecida oficialmente pela Organização Meteorológica Internacional e incluída na lista de nuvens, mas especialistas defendem o seu reconhecimento. Se for aceita, essa será a primeira variedade de nuvem desde as classificações de 1953.

Meteorologistas acreditam que esse tipo de nuvem pode se formar pela mistura de duas massas de ar, uma muito quente e outra muito fria e se desenvolveria no limite de ambas.

Outros especialistas acham que esse tipo de nuvem pode ser resultado de uma turbulência no interior de uma nuvem de tormenta, as Cumulonimbus (Cb). Essas são densas e podem atingir 10 a 20 km de altura e geralmente causam grandes tempestades.

A meteorologia reconhece hoje dez tipos principais de nuvens, subdividas em outros tipos levando em conta suas formas e estruturas internas.

.

Atualização: Para ver mais fotos, sugiro que consultem algumas das seguintes fontes: BBC, BBC2,TELEGRAPH, ABC, NATIONAL GEOGRAPHIC ou DailyMail.

Atualização: o jornal “TheGuardian” publicou mais fotos sobre o tema.



2012

•junho 22, 2009 segunda-feira • Deixe um comentário

Novo trailler do filme 2012 que tem previsão de lançamento para novembro 2009.

Sinopse: A história do filme se baseia na cultura Maia que segundo suas lendas, afirmam que a terra, chegará em seu derradeiro final no ano de 2012  (fim do calendário Maia).
.
A teoria revela que o fim da terra começa com o alinhamento planetário e uma inversão dos pólos da Terra após um grande tsunami. Após isto o caos se instala e o planeta terra começa a se tornar inabitável com um grande numero de desastres naturais como erupções vulcânicas e tempestades.

….
Elenco: John Cusack, Amanda Peet, Chiwetel Ejiofor, Danny Glover, Thandie Newton, Oliver Platt, Thomas McCarthy, Woody Harrelson e Chin Han.

Solstício: Eis o Inverno!

•junho 21, 2009 domingo • Deixe um comentário

Solstício de Inverno

Já preparou o cobertor? E a lareira está acesa? Chegou o tempo de ibernar! Hoje tivemos o dia mais curto do ano e a noite mais longa… Apesar do Inverno ‘astronômico’ oficial ter lugar na madrugada deste Domingo de sol e calor, seu inicio não se dá por ‘decreto’ e metereologicamente já há um mês   alguns locais deste hemisfério sul sente na pele o frio invernal, mas enfim, hoje  ‘oficialmente’ começa a estação que,  segundo os sites de metereologia,  promete continuar bem fria este ano.

Solstício de Inverno é o solstício que antecede o inverno. O inverno não ocorre ao mesmo tempo no hemisfério norte e no hemisfério sul e portanto o Solstício de Inverno no hemisfério sul é considerado Solstício de Verão no hemisfério norte e vice-versa. Esse momento não é fixo no calendário gregoriano em função do ano tropical da terra não ser um múltiplo exato de dias.

Informalmente, diz-se que o Solstício de Inverno é o primeiro dia de inverno. No hemisfério norte, ocorre geralmente em 21 de Dezembro (podendo ocorrer em 22 de Dezembro). No hemisfério sul, ocorre geralmente em 21 de Junho (podendo ocorrer em 22 de Junho).

Para saber mais sobre Solstícios leia aqui.

Não espere…

•junho 21, 2009 domingo • Deixe um comentário

MUDE

•junho 20, 2009 sábado • Deixe um comentário

Sempre

Clarice …

O Sol – a nossa estrela

•junho 19, 2009 sexta-feira • 3 Comentários

” O Sol, nossa fonte de luz e de vida, é a estrela mais próxima de nós e a que melhor conhecemos. Basicamente, é uma enorme esfera de gás incandescente, em cujo núcleo acontece a geração de energia através de reações termo-nucleares. O estudo do Sol serve de base para o conhecimento das outras estrelas, que de tão distantes aparecem para nós como meros pontos de luz.”

Sol3D
Imagem do Sol em estéreo, obtida pelo Projeto Stereo, da NASA.

Site muito educativo e ilustrado, leia diretamente na fonte: aqui

Migrações Climáticas

•junho 18, 2009 quinta-feira • 1 Comentário

Migrações Climáticas

Relatório de cientistas ligados à ONU destaca que mudanças climáticas globais poderão provocar, até meados do século, o maior processo migratório da história.

O cenário é dramático.

Na metade do atual século milhões de pessoas poderão estar fugindo de mares que se elevam, de secas ou enchentes devastadoras e de outros desastres naturais, em busca de locais mais seguros onde possam sobreviver.

Seria o maior processo migratório na história. O culpado? As mudanças climáticas globais. O mais preocupante é que tal panorama não está em um livro ou filme apocalíptico, mas sim em um documento produzido por cientistas ligados à Organização das Nações Unidas e à Universidade de Colúmbia, nos Estados Unidos, entre outras instituições.

Divulgado no dia 10, em conferência em Bonn, na Alemanha, o relatório In search of shelter – Mapping the effects of climate change on human migration and displacement, disponível na internet, destaca que o processo migratório já começou.

Os autores do estudo ressaltam que é difícil separar os efeitos do clima de outros fatores que estimulam o deslocamento populacional, como conflitos políticos, crises econômicas, crescimento populacional, destruição de ecossistemas e esgotamento de áreas cultiváveis.

Entretanto, segundo eles, as mudanças climáticas eventualmente terão um papel dominante ao ampliar todos os demais fatores. O relatório estima que o total de pessoas envolvidas nas migrações estimuladas pelas mudanças climáticas poderá pular de 50 milhões em 2010 para cerca de 700 milhões em 2050.

“O clima é o invólucro no qual todos nós vivemos nossas vidas. O relatório dispara a sirene de alarme. Geralmente categorizamos os pobres como aqueles que sofrerão mais, mas as sociedades mais ricas também perderão muito”, disse Alexander de Sherbinin, da Universidade de Colúmbia, um dos autores do trabalho.

O relatório é baseado em um levantamento global e inédito a respeito de migrações e de mudanças ambientais. Apresenta uma série de mapas detalhados que mostram como e onde podem estar as áreas com maior risco de serem atingidas.

Entre os destaques do documento está que a falência de economias baseadas em ecossistemas, incluindo pesca, pecuária e agricultura de subsistência, será o principal fator para a migração forçada.

Outro ponto é que as mudanças climáticas deverão aumentar a frequência e a intensidade de desastres naturais, como ciclones, enchentes ou secas. A quantidade de chuvas em parte da América Central poderá cair pela metade até 2080. Agricultores no México e no norte da África já estariam deixando suas propriedades por conta das alterações nos padrões de precipitação.

O relatório aponta que o aumento no nível do mar ameaça diretamente a existência de pelo menos 40 países. A intrusão da água salgada, alagamentos e erosão poderão destruir a agricultura nas regiões densamente povoadas dos deltas de alguns dos principais rios do planeta, como o Nilo, Mekong e Ganges.

Uma elevação de dois metros, que está dentro de algumas projeções para este século, inundaria metade dos 3 milhões de hectares cultiváveis às margens do Mekong, no Sudeste Asiático. Algumas nações em ilhas do Pacífico, como as Maldivas, com cerca de 300 mil habitantes, começam a considerar planos de relocação.

Acordo sobre emissões

Os migrantes se deslocarão fundamentalmente dentro do próprio país ou para países vizinhos. Conflitos parecem ser uma consequência inevitável. “As sociedades afetadas pelas mudanças climáticas poderão ficar presas em um movimento sem volta de degradação ecológica, rumo ao fundo no qual as redes sociais entrarão em colapso, com tensões e aumento da violência. Nesse cenário, grandes populações se verão forçadas a migrar como única alternativa de sobrevivência imediata”, disse Charles Ehrhart, outro autor do estudo.

Sherbinin lembra que a estimativa é que a população mundial passe dos atuais 6,8 bilhões de habitantes para 9 bilhões em 2050. “Os países estão ficando sem locais para alocar pessoas produtivamente”, disse.

Os autores do estudo destacam que é fundamental que os países cheguem a um acordo para diminuir a emissão de gases que estimulam o efeito estufa na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas que será realizada em Copenhague, na Dinamarca, de 7 a 18 de dezembro.

Mas, mesmo que um acordo seja conseguido – e que as emissões diminuam efetivamente –, os autores do relatório ressaltam que não isso não ocorrerá a tempo de evitar todas as migrações. Por conta disso, recomendam que os países priorizem as populações mais vulneráveis e invistam em medidas defensivas, como desenvolvimento de tecnologias de irrigação que usem menos água, diversificação econômica e sistemas nacionais de gerenciamento de desastres naturais.

“Novas maneiras de pensar e abordagens práticas são necessárias de modo a enfrentar as ameaças que a migração relacionada ao clima apresentam à segurança e ao bem-estar da humanidade”, disse Koko Warner, chefe do Instituto para Segurança Humana e Ambiental da Universidade das Nações Unidas e principal autora do relatório.

O relatório In search of shelter pode ser baixado em
www.ciesin.columbia.edu/documents/clim-migr-report-june09_final.pdf.
Fonte 2: Agência FAPESP.

Quem disse que o Brasil não treme?

•junho 17, 2009 quarta-feira • Deixe um comentário

Ontem G1 noticiou: Tremor de terra 4.8  é registrado no Norte de MS

Vamos entender um pouco sobre:

Tremores de terra no Brasil

Artigo de Paulo Fabricio Moreira

1 INTRODUÇÃO

Os terremotos são conhecidos como tremores de terra ou formalmente, abalos sísmicos. O terremoto é um abalo violento do solo que dura de um a dois minutos. O chão começa a tremer e provoca o desmoronamento de casas, os móveis caem e os vidros quebram.

Eles fazem parte de um processo endógeno da Terra, na qual faz-se uma vibração na superfície devido a forças naturais no interior da crosta terrestre.

Os terremotos sempre estiveram presentes no planeta, sendo que um grande número deles ocorrem em solo marinho ou regiões desabitadas.

2 POR QUE E COMO OCORREM

A Terra é formada por camadas; a hidrosfera, a atmosfera e a litosfera. Esta última é a camada mais rígida da Terra e divide-se em partes menores chamadas placas tectônicas. As principais causas de um terremoto são:
· movimento das placas tectônicas (causa principal e que causam mais danos)
· erupção vulcânica (raros casos em que causam danos)
· impactos de meteoros (muito raro)
· desmoronamento de grandes estruturas (desabamento de cavernas, minas)

O movimento das placas tectônicas faz com que essas placas choquem umas nas outras, formando assim uma tensão nas bordas das placas. Quando a energia se concentra em alto nível e não suporta reprimir as forças acumuladas internamente, ocorre a emissão dessa energia que é liberada sob forma de ondas elásticas, chamadas de ondas sísmicas.

Essas ondas podem se espalhar em todas as direções fazendo a terra vibrar intensamente, ocasionando os terremotos. Alberto Veloso, (2006) nos dá uma definição específica sobre este fenômeno:

A maioria dos terremotos resulta de processo geológico que tem seu clímax quando ondas sísmicas sacodem o chão após uma quebra no terreno. Tal processo pode tardar dezenas ou centenas de anos para se desenvolver, e sabemos também que os terremotos se repetem; eles costumam acontecer em locais onde ocorreram anteriormente. Não é impossível que tremores fortes tenham sacudido nosso país no passado, e poderiam voltar a acontecer nos dias atuais.

3 ESCALA RICHTER

A escala Richter é um sistema criado por dois americanos, a cerca de setenta anos para medir os movimentos sísmicos na Califórnia. Charle Richter e Bueno Gutemberg desenvolveram um sistema que mede a potência de um tremor em determinado lugar.

A escala Richter é pontuada de um a nove. Cada grau corresponde a ondas dez vezes mais fortes, a uma potência trinta vezes superior. Assim, por exemplo, um terremoto de grau nove na escala Richter é 900 vezes mais potente que um tremor de grau sete.

Intensidade ou magnitude dos terremotos:
· Menos de 3,5 – não é percebido pelas pessoas;
· 3,5 a 5,4 – freqüentemente não se sente mas pode causar danos;
· 5,5 a 6,0 – causa pequenos danos, principalmente em edifícios mal construídos;
· 6,1 a 6,9 – pode causar danos graves, principalmente em lugares muito povoados;
· 7,0 a 7,9 – terremoto de grandes proporções com danos graves muitas mortes;
· 8,0 ou mais – destruição total do local atingido e afeta lugares vizinhos.

4 TERREMOTOS NO BRASIL?

A pouca incidência de terremotos no Brasil é proveniente de sua localização no centro da placa Sul-americana. Justamente por isso, acreditou-se que nosso país estivesse a salvo de terremotos, mas a recente história sismográfica brasileira nos mostra o contrário.

Confira alguns tremores registrados:
· São Paulo – 1922 – 5,1 pontos na escala Richter;
· Espírito Santo – 1955 – 6,3 pontos na escala Richter;
· Mato Grosso – 1955 – 6,6 pontos na escala Richter;
· Ceará – 1980 – 5,2 pontos na escala Richter;
· Amazonas – 1983 – 5,5 pontos na escala Richter;
· Rio Grande do Norte – 1986 – 5,1 pontos na escala Richter;
· Minas Gerais – 2007 – 4,9 pontos na escala Richter.

Segundo Ronaldo Decicino (2002): “Os tremores que ocorrem em nosso país decorrem da existência de falhas (pequenas rachaduras) causadas pelo desgaste da placa tectônica ou são reflexos de terremotos com epicentro em outros países da América Latina.”

5 FALHAS GEOLÓGICAS

Um estudo feito em 2002, coordenado pelo professor Saadi (UFMG), culminou com a apresentação do primeiro mapa neotectônico do Brasil. Nele, Saadi e sua equipe identificaram pelo menos 48 falhas-mestras no território nacional. E é justamente ao longo do traçado dessas falhas que se concentram as ocorrências de terremotos.

O professor Saadi (2002) ainda explica que:

Toda placa é recortada por vários pequenos blocos, de várias dimensões. Esses recortes, ou falhas, funcionam como uma ferida que não cicatriza: apesar de serem antigos, podem se abrir a qualquer momento para liberar energia. Se você tem um bloco recortado e o comprime de um lado e de outro, ele rompe onde já existe a fratura.

6 AS REGIÕES MAIS PROPENSAS

O maior número de falhas se concentra nas regiões Sudeste e Nordeste, seguidas pela região Norte e Centro-oeste. A região Sul é a que apresenta o menor número de falhas.

A partir da análise de mapas topográficos e geológicos, verifica-se que o Nordeste é a região que mais sofre com abalos sísmicos. O segundo ponto de maior índice de abalos sísmicos no Brasil é o Acre.

Mesmo quem mora em outras regiões não deve se sentir imune a esse fenômeno natural. Embora grande parte dos sismos brasileiros sejam de pequena magnitude, a história tem mostrado que, mesmo em regiões tranqüilas podem acontecer grandes terremotos.

7 MINAS GERAIS TREMEU

Com o auxílio do mapa neotectônico do Brasil, podemos ver que o Estado de Minas Gerais é cortado por diversas falhas geológicas: BR24, 25, 26, 27, 28, 29 e BR47. Chama a atenção à falha BR47, localizada no norte do Estado e situada à margem esquerda do rio São Francisco, exatamente abaixo da cidade de Itacarambi, onde em 9 de dezembro de 2007 ocorreu um dos maiores tremores registrados no Brasil.

O abalo derrubou 76 casas, condenou várias outras e levou a óbito uma criança, a primeira vítima de terremotos da nossa história. Este tremor de intensidade de 4,9 graus na escala Richter, não tem uma explicação definitiva, mas é provável que o agente causador seja a falha geológica localizada a cinco quilômetros abaixo da superfície.

7 CONCLUSÃO

Os terremotos sempre existiram e sempre irão existir. Não existe uma fórmula de contê-los, cabe a nós saber conviver e lidar com este fenômeno da natureza. Sabemos, por exemplo, que um terremoto pode causar: vibração do solo, abertura de falhas, deslizamento de terra, tsunamis e até a mudança na rotação da Terra.

O importante é saber o que fazer em caso de terremotos, eis algumas dicas:
· quando estiver nas ruas tente se afastar de fios de alta tensão e postes;
· não utilize elevadores, você pode ficar preso e não é raro os casos de incêndio em terremotos;
· se estiver dentro de casa, proteja-se debaixo de uma mesa e procure sair o mais rápido possível para um lugar aberto;
· afaste-se de paredes e prédios;
· o mais importante é não entrar em pânico. Tentar agir com a cabeça fria e procure sempre um lugar aberto.

8 REFERÊNCIAS

VELOSO, Alberto.Qual o Perigo de Nossos Terremotos? 2006. Disponível em:
. Acesso em: 5 out. 2008.

DECICINO, Roberto. Regiões Brasileiras e Abalos Sísmicos. 2002. Disponível em:
. Acesso em: 5 out. 2008.

SAADI, Allaoua. Falhas Geológicas Brasileiras. 2007. Disponível em: . Acesso em: 5 out. 2008.

Fonte: aqui

Seca na Argentina revela fósseis pré-históricos.

•junho 16, 2009 terça-feira • 1 Comentário

Seca nos pampas argentinos revela presença de fósseis pré-históricos

Animais viveram entre 10 mil e 2 milhões de anos atrás.

A falta de chuva deixou a paisagem dos pampas com ar de caatinga, na Argentina. Para os moradores de Roque Perez, cidade a 130 quilômetros de Buenos Aires, surgiu a chance de uma rara descoberta de fósseis.

Milhares de anos atrás, mamutes, tigres, ursos e outros mamíferos gigantes viviam na região que era uma espécie de pântano. Com a maior seca dos últimos 70 anos, o leito do Rio Salgado ficou quase sem água, e os fósseis desses animais pré-históricos foram achados na superfície.

Chamados por moradores locais, os cientistas logo chegaram e retiraram um tesouro do leito do rio: pedaços de ossos com idade entre 10 mil e 2 milhões de anos.

Entre as descobertas em Roque Perez estão nove gliptodontes – primo gigante do tatu, com três metros de altura e peso de uma tonelada e meia.

Também foi encontrado no rio um esqueleto quase completo de megatério – um bicho-preguiça de quase cinco metros de altura. Uma cabeça, que parecia de elefante, era na verdade de um Stegomastodon, um animal herbívoro.

As informações são do site G1 e do Jornal Nacional.

Fonte: aqui

leia + aqui

O MUNDO

•junho 15, 2009 segunda-feira • Deixe um comentário

O Mundo

Composição:  André Abujamra

a música “O mundo” foi composta por André e gravada por sua banda Karnak.

Deixo hoje duas versões do youtube para apreciação e reflexão.

A primeira, interpretada por Lenine, Zeca Baleiro, Paulinho Moska, Chico Cesar.

A segunda, abaixo da letra, interpretada por Nei Matogrosso e Pedro Luiz e a Parede.

O mundo é pequeno prá caramba
Tem alemão, italiano, italiana
O mundo, filé à milanesa
Tem coreano, japonês, japonesa…

O mundo é uma salada russa
Tem nego da Pérsia
Tem nego da Prússia
O mundo é uma esfiha de carne
Tem nego do Zâmbia
Tem nego do Zaire…

O mundo é azul lá de cima
O mundo é vermelho na China
O mundo tá muito gripado
Açúcar é doce
O sal é salgado…

O mundo caquinho de vidro
Tá cego do olho
Tá surdo do ouvido
O mundo tá muito doente
O homem que mata
O homem que mente…

Por que você me trata mal?
Se eu te trato bem!
Por que você me faz o mal?
Se eu só te faço bem!…(2x)

O mundo é pequeno pra caramba
Tem alemão, italiano, italiana
O mundo, filé à milanesa
Tem coreano, japonês, japonesa…

O mundo é uma salada russa
Tem nêgo da Pérsia
Tem nêgo da Prússia
O mundo é uma esfiha de carne
Tem nêgo do Zâmbia
Tem nêgo do Zaire…

O mundo é azul lá de cima
O mundo é vermelho na China
O mundo tá muito gripado
Açucar é doce
O sal é salgado…

O mundo caquinho de vidro
Tá cego do olho
Tá surdo do ouvido
O mundo tá muito doente
O homem que mata
O homem que mente…

Por que você me trata mal?
Se eu te trato bem!
Por que você me faz o mal?
Se eu só te faço bem!…(2x)

Todos somos filhos de Deus
Todos somos filhos de Deus
Só não falamos
As mesmas línguas…(4x)

Everybody filhos de God
Everybody filhos de God
Só não falamos
As mesmas línguas…

Everybody filhos de Gandhi
Everybody filhos de Gandhi
Só não falamos
As mesmas línguas…

Tome uma atitude ALEGRE

•junho 14, 2009 domingo • Deixe um comentário

.

Tome uma atitude

ALEGRE!

A alegria e a leveza são parceiras inseparáveis! Não se pode tomar uma atitude alegre e ao mesmo tempo, sentir o peso da crítica, inveja, da suspeita, do ciúme, enfim, de todas as formas negativas e pesadas de sentir. A Alegria convida ao riso e o riso é bom para o coração, para o aparelho digestivo, para o fortalecimento dos músculos, para o fortalecimento de todas as funções criativas do cérebro, e estimula as endorfinas que aliviam as dores. Quando escolhemos o caminho da alegria, todas as nossas atitudes ganham um brilho especial.

Sugestões práticas para uma atitude Alegre:

*Brinque mais! Leve a vida leve! Não leve a vida tão a sério!

*Cante mais, dance mais. Mesmo que o canto seja silencioso e a dança seja seu simples caminhar!

*Quando foi a última vez que você deu boas risadas? Se não lembrar é porque já faz muito tempo!

*Reflita o que é mais importante para você, ser feliz e alegre ou estar sempre certo e com a razão?

Extraído e inspirado no Livro das Atitudes de Sônia Café.

Escurecimento Global

•junho 13, 2009 sábado • 8 Comentários

Entenda a desculpa usada para fumegação o planeta. (Chemtrail)

Escurecimento Global

a ‘Nova’ Ameaça ao Ambiente.

“Ainda não nos acostumamos com o susto do Aquecimento Global e apareceu uma notícia um pouco pior, falando-nos de um certo Escurecimento.

Para mim foi um grande susto. Estava organizando dados para uma Palestra de Meio Ambiente quando me deparei com o novo tema. A princípio, preciso confessar, cheguei a duvidar da veracidade dos fatos e acreditar que fossem previsões do Apocalipse.

De tempos em tempos aparece algum maluco falando de fim da humanidade. Todos podem lembrar-se da virada do século quando muita gente boa preocupou-se com a chegada do novo milênio.”

Concordo com o autor do trecho acima, continue a ler a opinião dele, Alvaro Sad aqui

Segue uma parte do wikipédia citada no artigo :

” Alguns cientistas sugeriram o uso de aerossóis como medida de emergência para a redução dos efeitos do aquecimento global. O perito russo Mikhail Budyko deu-se conta desta relação desde muito cedo. Em 1974, sugeriu que se o aquecimento global se tornasse um problema, poderíamos proceder ao arrefecimento do planeta através da combustão de enxofre na estratosfera, o que criaria uma névoa seca[41][42][43].

Segundo Ramanathan (1988), um aumento do albedo planetário de apenas 0.5% é suficiente para reduzir em 50% o efeito da duplicação da concentração de CO2[44].

No entanto, ainda teríamos muitos problemas para enfrentar:

  • O uso de sulfatos causa problemas ambientais como a chuva ácida[45]

  • O uso de carbono negro causa problemas à saúde humana[45]

  • O escurecimento causa problemas ecológicos como alterações nos padrões de evaporação e precipitação[45]

  • Secas e/ou aumentos da precipitação colocam problemas à agricultura[45]

  • Os aerossóis têm um tempo muito curto de residência na atmosfera

“A ideia segundo a qual deveríamos aumentar as emissões de aerossóis para contrariar o aquecimento global tem sido descrita como um pacto com o diabo porque implicaria uma quantidade crescente de emissões para conseguir acompanhar os gases de efeito estufa acumulados na atmosfera, com custos financeiros e sanitários crescentes.”[46]”

Retirado do wikipédia, continue a leitura aqui: Escurecimento Global

Vídeo – Escurecimento Global

Parte 1 no youtube:

Vampiros de Energia

•junho 12, 2009 sexta-feira • 11 Comentários

.

Vampiros de energias

Todos nós os conhecemos, sabemos como são, como se vestem, como agem e seus propósitos: ‘sugar o sangue’ de suas vítimas, pois só assim sobrevivem. Esses são os vampiros dos filmes, seres errantes de capa preta e grandes dentes, ávidos por sangue, que andam pelas sombras em busca de suas vítimas.

Mas existe um tipo de vampiro que convivemos diariamente – os vampiros de energia. Eles podem ser nosso irmão, marido ou esposa, empregado, amigo, vizinho, gerente do banco, ou seja, qualquer um do nosso convívio. Eles ‘roubam’ energia vital, comum e abundante no universo, mas que eles não conseguem receber.

Mas, afinal, por que estas pessoas sugam nossa energia?

Bem, em primeiro lugar a maioria dos vampiros de energia atua inconscientemente, sugando a energia sem saber o que estão fazendo. Isso acontece porque elas não conseguem absorver as energias das fontes naturais e ficam desequilibradas energeticamente.

Quando essas pessoas bloqueiam o recebimento destas energias naturais (ou vitais), precisam encontrar outras fontes mais próximas, que nada mais são do que as pessoas ao redor. Na verdade, quase todos nós, num momento ou outro da vida, quando nos encontramos em um estado de desequilíbrio, acabamos nos tornando vampiros da energia alheia.

Como identificar e se proteger?

1. Vampiro cobrador: cobra sempre, de tudo e todos. Quando nos encontramos com ele, já vem cobrando o porquê não lhe telefonamos ou visitamos. Se você vestir a carapuça e se sentir culpado, abrirá as portas. O melhor é usar de sua própria arma, cobrando de volta e perguntando por que ele não liga ou aparece. Deixe-o confuso, sem tempo para retrucar e se retire rapidamente.

2. Vampiro crítico: crítica tudo e todos, e o pior que é só critica negativamente. Vê a vida somente pelo lado sombrio. A maledicência tende a criar na vítima um estado de alma escuro e pesado, que abrirá seu sistema para que a energia seja sugada. Diga “não” à suas críticas e nunca concorde com ele. A vida não é tão negra assim. O melhor é cair fora e cortar o contato.

3. Vampiro adulador: o famoso puxa-saco. Adula o ego da vítima, cobrindo-a de elogios falsos, tentando seduzi-la. Muito cuidado para não dar ouvidos ao adulador, pois ele espera que o orgulho da vítima abra as portas da aura para sugar a energia.

4. Vampiro reclamador: reclama de tudo e de todos. Opõe-se a tudo, exige, reivindica, protesta sem parar. O mais engraçado é que nem sempre dispõe de argumentos sólidos e válidos para justificar seus protestos. A melhor tática é deixá-lo falando sozinho.

5. Vampiro inquiridor: sua língua é uma metralhadora. Dispara perguntas sobre tudo e não dá tempo para que a vítima responda. Na verdade ele não quer respostas, mas sim desestabilizar o equilíbrio mental da vítima, perturbando seu fluxo de pensamentos. Para sair de suas garras, não se ocupe à procura de respostas. Reaja fazendo-lhe uma pergunta bem pessoal, contundente e procure se afastar assim que possível.

6. Vampiro lamentoso: são os lamentadores profissionais, que anos a fio choram suas desgraças. Para sugar a energia da vítima, ataca pelo lado emocional e afetivo. Chora, lamenta-se e faz de tudo para despertar pena. É sempre o coitado, a vítima. Corte suas lamentações dizendo que não gosta de queixas, pois elas não resolvem situação alguma.

7. Vampiro pegajoso: investe contra as portas da sensualidade e sexualidade da vítima. Parece um polvo querendo envolver a pessoa com seus tentáculos. Ele suga a energia seduzindo ou provocando náuseas e repulsa. Nos dois casos você estará desestabilizado e vulnerável. Invente uma desculpa e fuja rapidamente.

8. Vampiro grilo-falante: a porta de entrada que ele quer arrombar é o seu ouvido. Pode falar durante horas, e enquanto mantém a atenção da vítima ocupada, suga sua energia vital. Para livrar-se invente uma desculpa, levante-se e vá embora.

9. Vampiro hipocondríaco: cada dia aparece com uma doença nova. É desse jeito que chama a atenção dos outros, despertando preocupação e cuidados. Enquanto descreve os pormenores de seus males e conta seus infindáveis sofrimentos, rouba a energia do ouvinte, que depois sente-se péssimo.

10. Vampiro encrenqueiro: para ele o mundo é um campo de batalha onde as coisas só são resolvidas na base do tapa. Quer que a vítima compre sua briga, provocando nela um estado raivoso, irado e agressivo. Esse é um dos métodos mais eficientes para desestabilizar a vítima e roubar-lhe a energia. Não dê campo para a agressividade, procure manter a calma e corte laços com este vampiro.

Bem, agora que você já conhece como agem alguns tipos de vampiros de energia, livre-se deles o mais rápido possível. Mas, não esqueça de verificar se você, sem querer, não faz parte dessa lista, assim atraindo estes ‘vampiros’…

Autor: Vera Caballero, jornalista, orientadora metafísica e professora de bioenergias e proteção psíquica.

Recebi por email, achei interessante e repasso a vocês.

DINAMISMO

•junho 11, 2009 quinta-feira • Deixe um comentário

TENHA dinamismo em sua vida!

Não fique ai parado, de braços cruzados. Não são as belas idéias que valem, mas as ações práticas! Os pés que não caminham criam raízes.

Como Diria Dylan
Zé Geraldo canta Como Diria Dylan
Hei você que tem de 8 a 80 anos
Não fique aí perdido como ave sem destino
Pouco importa a ousadia dos seus planos
Eles podem vir da vivência de um ancião
ou da inocência de um menino

O importante é você crer
na juventude que existe dentro de você

Meu amigo meu compadre meu irmão
Escreva sua história pelas suas próprias mãos

Nunca deixe se levar por falsos líderes
Todos eles se intitulam porta vozes da razão
Pouco importa o seu tráfico de influências
Pois os compromissos assumidos quase sempre ganham subdimensão
O importante é você ver o grande líder que existe dentro de você

Meu amigo meu compadre meu irmão
Escreva sua história pelas suas próprias mãos

Não se deixe intimidar pela violência
O poder da sua mente e toda sua fortaleza
Pouco importa esse aparato bélico universal
Toda força bruta representa nada mais do que um sintoma de fraqueza
O importante é você crer nessa força incrível que existe dentro de você

Meu amigo meu compadre meu irmão
Escreva sua história pelas suas próprias mãos

SERENIDADE

•junho 10, 2009 quarta-feira • Deixe um comentário

NÃO perca sua SERENIDADE.

A raiva faz mal à saúde, o rancor estraga o fígado, a mágoa (má água) envenena seu coração. Domine suas RE-AÇÕES emotivas, suas emoção não é você, não é sua essência. Somos por essência PRÓ-ATIVOS, quando estamos ligados no ‘modo re-ativo’ abandonamos nossa essência, e nos tornamos alvo fácil das ações alheias, entregamos o comando de nossa vida. Seja dono de SI MESMO. Não jogue lenha na fogueira de seu aborrecimento, abandone o re-sentimento. Esqueça e passe adiante, para não perder SUA serenidade, seu BEM maior. Não perca sua calma, não dê a outros o poder sobre si, você é a única pessoa que pode permitir e dar o poder para que outrem seja capaz de te causar ira. Pense, antes de falar, não ceda a impulsividade. Se não puder ser construtivo  pratique o silêncio e a paciência. Não ceda a re-ação.  Haja, tome a diantera para manter-se SERENO e seja pró-ativo ao inverter uma situação desagradável.

Inspirado nos “Minutos de Sabedoria” de C. Torres Pastorino

Céus! Falsas nuvens!!

•junho 9, 2009 terça-feira • 2 Comentários

Céus!

Aguarde atualização, estamos preparando um arquivo em ppt com as fumegações avistadas nesta semana, entre 04 e 08 de junho de 2009 e outras fotos do céu com nuvens anômalas observadas e fotografadas por nós durante os últimos seis meses, e por colaboradores que estão enviando fotos para o email arauto.do.futuro@gmail.com . Não esqueça de autorizar a divulgação, e  informar dados como data, hora e local da foto e se possível o tipo de aparelho usado para fotografar.

Falsas nuvens!!

Após uma tarde inteira de fumegações uma amostra do resultado visível no final da tarde em 08-06-2009, a foto abaixo é de minha autoria:

https://arautodofuturo.files.wordpress.com/2009/06/080620092509.jpg

Cada vez mais intrigante, o que estão a fazer???

Mais informações sobre Chemtrails em ppt formatado pelo site lagoaviva.org.

Fórum SouBem sobre os chemtrails no Brasil

Chemtrails no México e gripe Suína (Lagoa Viva – 3/05/2009 12:31hs)

Artigo em espanhol de 2003 que fala sobre o HAARP , agradecimento ao Daniel que traduziu para o português quee segue logo abaixo do original em espanhol.


MAYO  2003

PROGRAMA HAARP

El Parlamento Europeo, la Duma rusa y científicos, médicos y defensores del medio ambiente de todo el mundo están unidos en la misma preocupación: el Programa HAARP. Este proyecto estadounidense oficialmente investiga la ionosfera, pero sus responsables directos son la US Navy y las US Air Force, lo cual hace suponer que los objetivos son militares. Sus posibles utilizaciones van desde alterar el clima a interrumpir todas las comunicaciones.

Para muchos científicos, las pruebas del HAARP serían responsables del cambio climático de El Niño, los aerolitos o incluso la ola de calor que hizo subir en Melilla la temperatura de 20 a 40 grados en cinco minutos.

Texto: Marta Iglesias

El clima como arma de guerra
Las investigaciones relacionadas con este proyecto existen desde los años 60, pero es ahora cuando se han retomado, reunido y dotado de fondos. Desde España el científico y Portavoz de Ecologistas en Acción para temas nucleares, Paco Castro, afirma que “el Programa HAARP, junto con otros programas de armamento, constituyen un proyecto coordinado que aparece con la Administración Bush. Están encaminados a mejorar y modernizar la industria de armamento estadounidense e introducen elementos desconocidos hasta el momento, como el disparo de radiación electromagnética”. Desde EEUU, la Dra. Rosalie Bertell va más allá al declarar que “la capacidad de la combinación HAARP/Spacelab/cohete espacial de producir cantidades muy grandes de energía -comparable a una bomba atómica-, en cualquier parte de la tierra por medio de haces de láser y partículas, es aterradora. El proyecto será probablemente ‘vendido’ al público como un escudo espacial contra la entrada de armas al territorio nacional o, para los más ingenuos, como un sistema para reparar la capa de ozono”. Lo que se refleja claramente en los artículos publicados sobre el tema es que todos los proyectos del Ministerio de Defensa estadounidense están agrupándose en uno.

¿El clima a sus pies?
En Alaska, rodeada de bosques y altivas montañas nevadas, se ubica la base de trabajo del Programa de Investigación Aurora Activa de Alta Frecuencia, o Programa HAARP según sus siglas en inglés. Un conjunto de antenas emisoras de ondas y un transmisor de potencia se encargan de enviar ondas de alta y baja frecuencia a la ionosfera. Esta capa de la atmósfera actúa como un espejo, devolviéndolas a la superficie terrestre convertidas en las ondas más bajas del espectro electromagnético. Con este sistema se pueden emitir comunicaciones más allá del horizonte sin necesidad de recurrir a los satélites, mejorar las comunicaciones con los submarinos -ya que las ondas de baja frecuencia se transmiten fácilmente en el agua-, hacer prospecciones petrolíferas o de yacimientos minerales, o detectar aviones o misiles que vuelen bajo. Todo es cierto y corresponde a la versión oficial estadounidense, que afirma que no hay nada más detrás, pero las mentes científicas y políticas apuntan otros posibles usos tras este programa. Sin ir más lejos, todas estas capacidades utilizadas como arma defensiva podrían aniquilar todas las comunicaciones, enemigas y propias. Ofensivamente inclinarían la balanza a la hora de invadir un país, tras conocer que tiene pozos petrolíferos o minerales aún sin explotar. Pero, sin duda, la conclusión más alarmante de los científicos es que este sistema puede alterar el clima, y si ello consigue hacerse controladamente, utilizarlo como un arma. De esta manera, pueden producirse tormentas, sequías o huracanes para arruinar un país. Paco Castro explica el funcionamiento de los calentadores ionosféricos que utiliza el Programa HAARP comparándolos con un gran horno microondas: “al disparar a zonas bajas producirías un calentamiento de la baja atmósfera, sería un calentamiento local y haría que el agua contenida en todos los seres vivos que estuviesen expuestos, se calentara y les produjera la muerte. Un calentamiento en la alta atmósfera es impredecible, porque estaría provocando desde una alteración local del clima hasta alterar las propiedades de ‘filtro’ que tiene la atmósfera. Con ello, los rayos cósmicos que vienen del espacio dejarían de filtrarse en la ionosfera, y harían llegar su radiación a la superficie de la tierra”. Para muchos científicos, las pruebas del HAARP serían responsables del cambio climático de El Niño, los aerolitos o incluso la ola de calor que hizo subir en Melilla la temperatura de 20 a 40 grados en cinco minutos. Aunque no hay pruebas, sí es evidente que alterar el equilibrio de la atmósfera, actuando directamente sobre ella, traerá consecuencias impredecibles.

Con este sistema se pueden emitir comunicaciones más allá del horizonte sin necesidad de recurrir a los satélites, mejorar las comunicaciones con los submarinos...

Alteraciones mentales
Si resulta escalofriante y casi de ciencia ficción imaginar que el Gobierno de Bush se prepara para dominar el clima a su antojo, más estremecedor es constatar un dato evidente: el efecto que una emisión de ondas de baja frecuencia tiene en el cerebro de todas las especies del planeta. Un documento de la Cruz Roja Internacional advierte de los efectos negativos de la energía radiada e indica las bandas de frecuencia que los produciría. Éstas se corresponden con las que puede transmitir el HAARP. Casualmente EEUU afirma que uno de los usos del Programa es localizar yacimientos minerales bajo tierra y para eso la frecuencia necesaria es la misma que produce trastornos en la mente humana, que van desde la desorientación, al despertar de capacidades paranormales. Para hacernos una idea de la influencia de las ondas en la mente humana debemos remontarnos a los estudios que el profesor Schumann hizo en los años 50, que constataban que hay un efecto de resonancia entre la tierra, el aire y la ionosfera, cuyas ondas vibran en la misma frecuencia que las ondas cerebrales humanas y de todos los mamíferos. Estas llamadas Ondas Schumann son fundamentales para la vida y cuando faltan producen graves problemas de salud, como les sucedía a los astronautas antes de que instalaran generadores artificiales de estas ondas en las naves. Sin estas ondas se producen dolores de cabeza, migrañas, desvaríos, se desajustan los ritmos cardiacos… La alteración de las mismas producen efectos más graves. En los animales uno de los efectos inmediatos sería que alteraría las rutas de migración de aves y peces, al influir sobre los campos de energía sobre los que se guían.
La preocupación que está generando este programa militar está calando más allá de los ámbitos científico y medioambiental.

El HAARP tiene la capacidad de “dañar la mente de poblaciones enteras,
utilizando ondas de muy baja frecuencia”, según la Duma rusa.

La eurodiputada sueca Maj Britt Theorin ha liderado en la UE un sector que consiguió que en 1998 la Comunidad estudiase el programa. El resultado se publicó al año siguiente y afirmaba que “pese a los convenios existentes, la investigación militar sigue basándose en la manipulación medioambiental como arma”. Se había pedido reiterativamente que EEUU mandase a alguien a explicar el programa y nunca acudió nadie. Tres años después, la Duma rusa señalaba que resulta sorprendente que tras estas conclusiones la UE no volviera a ahondar en el tema y que las informaciones no se filtraran a la prensa. Paco Castro opina que esto “tiene que ver con el hecho de que se buscan noticias espectaculares, y con que somos presos de lo que es de actualidad. No quiero pensar que existe autocensura u otra censura peor”.
De ser ciertas todas estas informaciones nos espera un futuro negro, que ya auguraba la serie -para muchos fantasiosa- Expediente X: una única potencia que domina los sistemas de comunicación, el clima y las mentes humanas; capaz de generar una guerra para hacerse con recursos mineros ocultos y sin miramientos a la hora de engañar a los ciudadanos del mundo sobre sus verdaderas intenciones. ¿Hasta dónde pretende extender su dominio el ser humano? “Yo creo que no tiene límite, mientras haya personas sin escrúpulos dispuestas a avanzar en este sentido -sentencia Paco Castro-. Podemos pensar que el ser humano avanza, que cada vez progresamos más y que vivimos cada vez en un mundo mejor, pero la verdad es que es muy discutible. Esto es evidente si observamos el siglo XX que hemos vivido, donde ha habido dos bombas nucleares, la catástrofe de Chernobil, y un montón de avances que se han usado para destruir y matar. Está claro que el avance científico no garantiza, ni mucho menos, el progreso humano, y lo digo con dolor porque soy científico. Hace falta algo más para que este tipo de programas no existan o que los conocimientos se usen para el bien común, y ese algo más está fuera de la ciencia. Está en la sociedad, en la política, en los principios éticos de la gente”.∆

fonte: http://www.revistafusion.com:80/2003/mayo/repor116.htm

Tradução para o Português por Daniel

PROGRAMA HAARP

O Parlamento Europeu, a Duma russa, e científicos, médicos e defensores do meio ambiente de todo o mundo estão unidos na mesma preocupação: o Programa HAARP. Este projeto estadunidense oficialmente investiga a ionosfera, mas seus responsáveis diretos são a US Navy e a US Air Force, o qual faz supor que os objetivos são militares. Suas possíveis utilizações vão desde alterar o clima a interromper todas as comunicações.

O clima como arma de guerra

As investigações relacionadas com este projeto existem desde os anos 60, mas agora quando retomado, reunido e dotado de fundos. Desde Espanha o cientifico e porta-voz de Ecologistas em Ação para temas nucleares, Paco Castro, afirma que “o Programa HAARP, junto com outros programas de armamento, constituem um projeto coordenado que aparece com a Administração Bush. Estão encaminhados a melhorar e modernizar a indústria de armamento estadunidense e introduz elementos desconhecidos até o momento, como o disparo de radiação eletromagnética”. Desde EEUU, a Dra. Rosalie Bertell vai além ao declarar que “a capacidade da combinação HAARP/Spacelab/foguete espacial de produzir quantidades muito grandes de energia, -comparável a uma bomba atômica-, em qualquer lugar da terra por meio de raios de laser e partículas, é aterradora-, O projeto será provavelmente “vendido” ao público como um escudo espacial contra a entrada de armas ao território nacional ou, para os mais ingênuos, como um sistema para reparar a camada de ozônio”. O que se reflete claramente nos artículos publicados sobre o assunto é que todos os projetos do Ministério de Defesa estadunidense estão se juntando em um só.

O clima aos seus pés?

Na Alaska, rodeada de bosques e altivas montanhas nevadas, esta situada a base de trabalho do Programa de investigação Aurora Ativa de Alta Freqüência, ou Programa HAARP segundo suas siglas em inglês. Um conjunto de antenas emissoras de ondas, e um transmissor de potencia encarregassem de enviar ondas de alta e baixa freqüência à ionosfera. Esta capa da atmosfera atua como um espelho devolvendo-as a superfície terrestre convertidas nas ondas mais baixas do espectro eletromagnético. Com este sistema podem-se emitir comunicações além do horizonte sem necessidade de recorrer aos satélites, melhorar as comunicações com submarinos -posto que as ondas de baixa freqüência são facilmente transmissíveis na água-, fazer prospecções petrolíferas ou de jazidas minerais, ou detectar aviões ou mísseis que voem baixo. Tudo é correto e corresponde à versão oficial americana, que afirma que não tem nada mais por trás, mas as mentes cientificas e políticas apontam outros usos para este programa. Sem ir muito longe, todas estas capacidades utilizadas como arma de defesa poderiam aniquilar todas as comunicações, inimigas ou próprias.

Ofensivamente poderiam inclinar a balança na hora de invadir um pais, depois de conhecer que tem poços petrolíferos ou minerais ainda sem explorar. Mas sem duvida, a idéia mais alarmante dos científicos é que este sistema pode alterar o clima, e se consegue ser feito de maneira controlada, pode ser utilizado como arma. Deste jeito, podem produzir tormentas, estiagens e furacões para arruinar um pais. Paco Castro explica o funcionamento dos aquecedores ionosféricos que utiliza o Programa HAARP comparando-os com um grande microondas: “ ao disparar a zonas baixas produziria um aquecimento na baixa atmosfera, seria um aquecimento local e faria que a água contida em todos os seres vivos que estivessem expostos, esquentasse e provocara sua morte. Um aquecimento na alta atmosfera é imprevisível, porque provocaria desde uma alteração local do clima até alterar as propriedades de “filtragem” que tem a atmosfera. Sendo assim os raios cósmicos vindos do espaço deixariam de ser filtrados pela ionosfera, e fariam chegar sua radiação até a superfície terrestre”. Para muitos científicos, as provas do HAARP seriam responsaveis pela mudança climática de El Niño, os aerólitos ou inclusive da onda de calor que fez aumentar a temperatura de 20 até 40 graus em cinco minutos. Mesmo não tendo provas, fica evidente que alterar o equilíbrio da atmosfera, atuando diretamente sobre ela, trará conseqüências imprevisíveis.

Alterações mentais

Se resulta assustador e quase de ciência ficção imaginar que o Governo Bush se prepara para dominar o clima ao seu gosto, mais estremecedor é constatar um fato evidente: o efeito que tem uma emissão de ondas de baixa freqüência no cérebro de todas as espécies do planeta. Um documento da Cruz Vermelha Internacional adverte dos efeitos negativos da energia radiada e indica as bandas de freqüência com as quais seriam produzidas. Estas se correspondem com as que podem ser emitidas pelo HAARP. Coincidentemente EEUU afirma que um dos usos do Programa é localizar jazidas minerais embaixo da terra e para isto a freqüência necessária é a mesma que produz transtornos na mente humana, que vão desde a desorientação, ao despertar de capacidades paranormais. Para fazermos uma idéia da influencia das ondas na mente humana devemos começar nos estudos que o professor Schurman fez nos anos 50, que constatavam que tem um efeito de ressonância entre a terra, o ar e a ionosfera, cujas ondas vibram na mesma freqüência que as ondas cerebrais humanas e de todos os mamíferos. Estas chamadas ondas Schurman são fundamentais para a vida e quando faltam produzem graves problemas de saúde, como acontecia com os astronautas antes que fossem instalados geradores artificiais destas ondas nas naves. A falta destas ondas produz dores de cabeça, neuralgias, devaneios, e desajustes dos ritmos cardíacos… A alteração das mesmas produz efeitos mais graves. Nos animais um dos efeitos imediatos seria a alteração das rotas de migração de aves e peixes, ao influenciar sobre os campos de energia nos quais eles guiam-se.

A preocupação que esta gerando este programa militar esta tocando alem dos âmbitos científicos e meio ambientalistas.

O HAARP tem a capacidade de “provocar danos de populações inteiras, utilizando ondas de muito baixa freqüência”, segundo a DUMA russa.

A Euro deputada sueca Maj Britt Theorin tem liderado na EU um setor que conseguiu que em 1998 a Comunidade estudasse o programa. O resultado foi publicado no ano seguinte e afirmava que “a pesar dos convênios existentes, a investigação militar continua baseando-se na manipulação meio ambiental como arma”. Solicitou-se aos EEUU enviar alguém para explicar o programa e nunca foi ninguém. Três anos depois, a DUMA russa assinalava que resulta surpreendente que trás estas conclusões a EU no voltasse a afundar no assunto e que as informações não saíssem na imprensa. Paco Castro opina que isto “tem a ver com o fato de que se procuram noticias espetaculares, e como estamos presos ao que é atualidade. Não quero pensar que existe autocensura ou outra censura pior”.

De ser confirmadas todas estas informações, nos espera um futuro negro, que já era augurado pela serie –Para muitos fantasiosa- Arquivos X: uma única potencia que domina os sistemas de comunicação, o clima e as mentes humanas, capaz de gerar uma guerra para conseguir recursos minerais ocultos e sem escrúpulos na hora de enganar aos cidadãos do mundo sobra suas verdadeiras intenções. Até onde pretende estender seu domínio o ser humano? “Eu acredito que não tem limite, enquanto existam pessoas sem escrúpulos dispostas a avançar neste sentido – sentencia Paco Castro-.

Podemos pensar que o ser humano avança, que cada vez progredimos mais e que vivemos num mundo melhor, mas a verdade é que isto é muito discutível. Isto fica evidente se observamos o século XX que vivemos, onde teve bombas nucleares, a catástrofe de Chernobyl, e um monte de avanços que foram usados para destruir e matar. Fica claro que o avanço cientifico não garante, nem muito menos, o progresso humano, e falo com dor porque sou cientifico. Faz falta alguma coisa para que estes tipos de programas não existam ou que os conhecimentos sejam usados para o bem comum, e este algo mais está fora da ciência. Está na sociedade, na política, e nos princípios éticos da gente”.

Visite também este link : www.lagoaviva.org

Leia o que já publicamos sobre CHEMTRAILS:

GRAFISMOS DENUNCIA clique nas imagens para ampliar.

Fonte:http://chemtrails.foroactivo.com/

And Inconvenient Truth - Al Gore por TiempoSOScuros Toro de Osborne Greenpeace por TiempoSOScuros El cambio climático de Al Gore por TiempoSOScuros
Silence ! You see contrails por TiempoSOScuros Bajad aquí cobardes ! por TiempoSOScuros La sequía en España por TiempoSOScuros

Mudança Paradigmática

•junho 8, 2009 segunda-feira • Deixe um comentário

El Cambio Paradigmático from Je Orgonite Spain on Vimeo.

http://vimeo.com/3024160

1 . El Cambio Paradigmático
por Jesús Torres Toledo

2. La guerra climática encubierta

3 . La guerra climática encubierta [reparado]

Fonte: Orgonite Gifting Spanish Report.
chemtrails.foroactivo.com

SEJA ALEGRE E OTIMISTA

•junho 7, 2009 domingo • Deixe um comentário

Não perca seu tempo em olhar para trás , para ver o que já fez. Olhe para frente e caminha confiante e alegre, praticando o bem e ajudando a todos. Dê a mão a cada criatura que se lhe aproxima, diga sempre uma palavra de conforto e carinho, tenha para todos um sorriso de bondade, um abraço só aumentam a alegria de quem oferece e pode salvar o dia de uma criatura entristecida, com pequenos atos a verdadeira felicidade passará a constituir seu clima permanente de vida.

Faça brilhar sua LUZ, apenas isso é suficiente para iluminar seu ambiente, sua  vida e a de quem passar pelo seu caminho! Pense nisso! Multiplique!

ESPALHE por todos a alegria que vive dentro de você. Seja sua alegria contagiante e viva, a fim de expulsar a tristeza de todos os que o cercam.

A ALEGRIA é o sinal de que A VIDA TRIUNFOU! A alegria É uma tocha de LUZ que deve permanecer sempre acesa, iluminando todos os nossos atos e servindo de guia aos que se chegam a nós. Se em você houver LUZ e você deixar abertas as janelas de sua alma, por meio de alegria, todos os que passarem por sua vida serão iluminados por sua contagiante alegria e sua LUZ!

Inspirado nos “Minutos de Sabedoria” de C. Torres Pastorino

Vejam só, o que recebi no email enquanto escrevia a mensagem … isso é que é ressonância…rsrsrs.. experimente fazer isso:

Libere suas endorfinas, não tenha medo de parecer ridículo desde que  seja feliz e alegre para contagiar a todos, tenha um ótimo fim de domingo e boa semana!

HOME

•junho 6, 2009 sábado • Deixe um comentário

.

HOME

.

O Mundo é nossa casa.

HOME, filme da autoria do realizador francês Yann Arthus-Bertrand, é constituído por paisagens aéreas do mundo inteiro e pretende sensibilizar a opinião pública mundial sobre a necessidade de alterar modos e hábitos de vida a fim de evitar uma catástrofe ecológica planetária.

Sugiro carregar em ‘HD’ e ao lado, selecionar a opção ‘traduzir legenda’  para português.

Site Oficial: www.home2009.com.br

O Filme é lindo, emocionante, maravilhoso!
amei a trilha sonora!
as imagens e a mensagem

Agradeço ao Sílvio que deu a dica do filme.
assistam!

Alguns comentários sobre o filme HOME:

FILME HOME

.
O filme é um documentário sobre o planeta Terra, composto inteiramente por imagens aéreas.
.
O filme mostra os danos que nós seres humanos temos causado ao meio ambiente e as conseqüências dessa atitude para o futuro da humanidade.
.
Em HOME, o diretor Yann Arthus-Bertrand apresenta os problemas ambientais causados pelos homens, mas também expõe meios e alternativas para reduzir esses problemas.
.
O filme é uma iniciativa sem fins lucrativos e será lançado em 5 continentes no dia 5 de Junho de 2009 durante o Dia Mundial do Meio Ambiente.
.
HOME – NOSSO PLANETA, NOSSA CASA é mais do que um documentário com uma mensagem. É um filme grandioso por méritos próprios. Cada tomada é espetacular e mostra a Terra, a nossa Terra, como nós nunca a vimos antes. Cada imagem parece dizer: “Vejam como a Terra é bonita, vejam como nós a estamos destruindo, e, acima de tudo, vejam todas essas maravilhas, as quais ainda podemos preservar.” Ao longo de uma seqüência única através de 54 países, toda filmada dos céus, o diretor Yann Arthus-Bertrand divide conosco sua admiração e preocupação com esse filme e finca a pedra fundamental para mostrar que, juntos, podemos fazer a diferença e salvar o planeta.

CHEMTRAILS – O que estão pulverizando sobre nós?

•junho 5, 2009 sexta-feira • 20 Comentários

Observação: Em laranja comentários equipe Arauto do Futuro.

Ontem (04/junho/2009), não pela primeira vez, observamos diversos aviões cruzando os céus e deixando seu rastro, para aqueles que observam isso parece uma ‘beleza’ algo quase mágico como o são os belos shows aéreos programados para dias festivos  e festivais da aviação, mas infelizmente a realidade mostra algo bem mais sinistro…

Durante muito tempo este assunto ficou sob o véu das ‘teorias conspiranóicas’, e agora? No reino das especulações as hipóteses são as mais variadas,  desde  ‘ajuda’ para o controle no aquecimento global, passando por tentativas de esconder ‘algo’ nos céus, até ataques com armas quimícas biológicas, mas o que ninguém discorda é que o assunto merece maior investigação, pois o fato é que estão sim pulverizando os céus do planeta, e a muitos anos…

Observem e fotografem quando estiverem testemunhando estes aviões e suas trilhas, (se quiser envie para nosso email: arauto.do.futuro@gmail.com) pois neste caso são trilhas quimicas que pulverizam o planeta a mais de 5 anos, e as consequências segundo a ONU são ‘irrisórias’, iniciamos com dois filmes do youtube para esclarecer o que é chemtrails e a diferença entre chemtrails e contrails, seguimos com um primeiro artigo de um blog em inglês ao qual reproduzo traduzido aqui, o segundo  artigo relata uma suspeita e a sua investigação e o terceiro artigo, com as confirmações da ONU, no final as fotos de minha autoria das trilhas observadas ontem,  peço perdão pela extensão do post, ficou bem longo, mas o assunto merece atenção, então, isso é o que lerão abaixo nas informações coletadas na internet sobre:

CHEMTRAILS

trilhas químicas

Uma breve introdução que explica claramente o que é um chemtrail.

Pesquise no youtube e verifique a quantidade de trilhas observadas em diversos locais do mundo.

Primeiro artigo:

“(…)As pesquisas informam que os fatos não são bons. Isto é sério pessoal. A menos que você tenha o seu próprio foguete, nave, não há fuga a atmosfera!

Chemtrails film: Não fale sobre o tempo!

Agora que vc viu alguns exemplos de chemtrails a próxima questão lógica é, ninguém tem tido uma oportunidade para determinar o que é realmente existe nelas?

A resposta é sim!

Aqui está um exemplo:

Aqui está um trecho de “Strange Days Strange Skies” (que tem um grande volume de informações em seu site. Veja, clicando aqui.

NA LINHA DO TEMPO  DOS CHEMTRAILS 1997-2009:

Você está agora RESPIRANDO muito mais que apenas AR PURO, dibrometo de etileno, nano-partículas de alumínio e bário e catiónicas, fibras de POLIMERO e outros materiais bioactivos não identificados:

“Nós, as pessoas não têm sido avisados, aconselhadas ou consultadas, mas certamente serão as mais vulneráveis aos resultados.”

“Componentes biológicos têm sido relatados em amostras anemófilos  que incluem: modelos modificados , glóbulos vermelhos desidratado e exóticas cepas de bactérias” Além disso, premiado repórter investigativo, Will Thomas, tem relatado resultados de mais de 300 tipos de fungos virais mutados nas trilhas de chemtrail . O Idaho Observer tem relatado achados de 26 de metais incluindo bário, alumínio e urânio, de uma variedade de agentes infecciosos, produtos químicos e medicamentos, incluindo sedativos em partículas radioativas de chemtrails.

Dr.R. Michael Castle relata o encontro de fibras de polímero catiônico. Dr Hildegarde Staninger e Dr. Rahim Karjoom têm relatado achados de ovos de nematóides parasitas minúsculos algum tipo incorporados nas fibras. Adicionalmente Drs.. Staninger and Karjoom têm relatado achados de auto-replicação de nano-máquinas e rios de silício a correr selvagens através dos órgãos de infectados com a Morgellons. Pesquisador Clifford Carnicom tem relatado encontrar fibras de chemtrails  que são uma correspondência exata com as bizarras fibras encontradas em pessoas que sofrem de Doença de Morgellons.

Bem-vindo ao admirável mundo novo dos céus tóxicos, controle meteorológico,  controle da mente e controle populacional através da utilização de chemtrails modulados com freqüências eletromagnéticas geradas por HAARP. (FoundingFather1776 Notas: HAARP é um todo “emaranhado de redes”. Contudo, existem  muitos os indícios de que HAARP e chemtrails  estão relacionados. Exorto-vos a todos a clicar sobre o link e HAARP, pelo menos, obter um rudimentar conhecimento de que se trata. HAARP é bastante real, mas o que o militar está realmente fazendo com ela exige algum trabalho de detetive. Aqui está uma imagem aérea da instalação HAARP no Alasca:

A nossa saúde está sob ataque como evidenciado pela skyrocketing taxas de chemtrail induz câncer de pulmão, asma e pulmonar / problemas respiratórios, bem como o aparecimento de uma estranho e assustadora nova praga, doença de Morgellons , uma infecção por um agente previamente desconhecido, que parece ser uma síntese de um biopatógeno criado em  laboratório combinada com auto-replicar nano-tecnologia. Mais de 60.000 famílias em os E.U. agora estão infectados com Morgellons. (Clique no Morgellons links para obter mais informações sobre este terrível flagelo).

Existe um main-stream da mídia para manter um ‘apagão’ , desinformação  sobre este assunto, por isso que a única maneira de obter informação é a divulgação de boca em boca. Realizado ou não as pessoas já estão morrendo de doenças relacionadas com chemtrail. As pessoas estão morrendo de Morgellons Disease. Durante este tempo de chemtrails uma chocante queda na expectativa de vida em geral os E.U. ocorreu. Esta situação representa uma ameaça imediata e séria para você, sua família e entes queridos. Devemos somar forças para acabar agora com este louco programa de pulverização chemtrail . Alguns de vocês lendo isto pode estar em uma posição de influência e poder agir de forma significativa para trazer chemtrails a um impasse. Toda a gente pode fazer alguma coisa para ajudar. Seja qual for a sua posição ou esfera de influência queira fazer tudo o possível para pôr fim ao programa conhecido como spray aerosol Chemtrails!

Chemtrail investigação links:

Para outro muito bom (em profundidade) dos recursos sobre o assunto, CLIQUE AQUI

Então confira estes outros links …

CLIQUE AQUI para ver mais vídeos sobre Chemtrails

Veja também: http://www.google.com/search?hl=en&q=chemtrails

Eu sei que estas são informações preocupantes.

Eu sei que isto não é divertido de se contemplar.

Mas, * devemos * estar conscientes deste hedionda atividade só assim que nós podemos tentar pará-la!

Nós sofremos de falta de conhecimento. Nós somos usados como cobaias humanas, suínos, sem o nosso consentimento. Mesmo  se você acredita que o Governo está a pulverizar-nos para alguns supostamente objetivo nobre, como “parar o aquecimento global” (bobagem, claro, mas estou fazendo um ponto), não eles nos devem uma explicação? Porquê o secretismo?

Se isso é tudo parte de uma “investigação” projeto, então, como sabemos que é seguro?!

Este lixo cai sobre o solo e o abastecimento de água. Afecta as pessoas, animais e plantas, ainda não há discussão sobre segurança?

O que significa dizer-lhe que os meninos e as meninas?

Você deve ter notado a nova secçaõ link “chemtrail” que acrescentei. Creiam-me, estou indo para espalhar a palavra sobre esta loucura.Caro Leitor, exorto-vos a fazer o mesmo.

Aqui é um outro olhar para aquilo que o seu Governo está a te dar …

Fonte, para ler na íntegra o artigo acima: aqui

Para traduzir os links acima copie e cole na busca do google.

Segundo artigo:

Chemtrails são rastros químicos, deixados na atmosfera por certos aviões sinistros.

Chem (chemical, químicos) Trail (trilhas, fuga, os rastros de emissões desses químicos, fugas lançadas pelos aviões ).

Consta que a diferença entre rastros normais e chemtrails é que os chemtrails  são mais densos , permanecem mais tempo visíveis no céu, aparecem em várias formas ( em cruz, em x, significando que os aviões passaram em direcções diferentes cruzando-se, outras vezes eles deixam rasto e voltam para trás e andam ás voltas no céu deixando rastos, isso não poderia ser a simples passagem de um avião comercial que segue no mesmo sentido).

Quando esses rastos químicos vão alastrando no céu, devido ao vento e a perder altitude, por vezes formam largas “nuvens cirrus” falsas.
Dizem falsas, porque as nuvens cirrus verdadeiras só se formam acima dos 20 mil pés de altitude ,consistem em cristais de gelo , precedem uma tempestade.
As nuvens causadas por chemtrails estão muito mais baixas.

Normalmente essas descargas na atmosfera são realizadas durante a madrugada.
Alguns observadores atentos  , ao amanhecer, conseguiram fotografar aviões militares Kc-135 e Kc-10 fazendo isso.
Infelizmente, no mundo há pouquíssimos aviões com capacidade de analisar essas substâncias deixadas pelos chemtrails, e voar a essa altitude para fazer análises na atmosfera, ninguém parece interessado nisso.

Suspeita-se (são apenas suspeitas) que esses rastros sejam uma tentativa de modificação atmosférica, ou guerra biológica, de facto vêm surgindo novos vírus , epidemias como a sars, e mais…

Recomendamos a continuação da leitura na fonte: aqui

Fotos das trilhas ao redor do mundo: aqui e aqui

Terceiro artigo:

Desvendado o caso dos chemtrails ?

Chemtrails são rastos químicos na atmosfera,
Muito se especulou sobre esse tema, seriam químicos para controlar a população mundial?
Adoecer as pessoas, para surgirem novas epidemias? (Quem lucrava com isso era a indústria farmacêutica, das vacinas, etc).

Surge agora um novo dado sobre esse assunto.

Afinal os rastos químicos fazem parte de um projecto “escudo solar”, (ou deep shield: escudo profundo), consiste em lançar na atmosfera grandes quantidades de aerosóis com produtos químicos, para criar assim um grande “escudo solar” ao redor da terra.

Esse “escudo” reflecte os raios solares, evitando o aquecimento do dióxido de carbono.


É uma tentativa falhada de minorizar os danos que o aquecimento-global -poluição estão causando ao planeta?

Consequências.

Esta prática tem efeitos negativos na saúde humana.

Irrisóriamente a OMS (organização Mundial de Saúde) disse que as consequências negativas seriam “mínimas”, afectando cerca de um ou dois milhões de pessoas.

Acontece que outras fontes afirmam que entre 3 a 4 biliões de pessoas seriam afectadas durante seis décadas.

Sem esse “escudo” a humanidade desapareceria dentro de 30 ou 40 anos, devido ao aquecimento global, catástrofes naturais, mudanças climáticas, etc, então eles preferem correr “riscos” lançando químicos na atmosfera, afectando “apenas” alguns milhões de pessoas.

Sintomas podems er novas epidemias, começo a desconfiar que a sars (penumonia atípica) foi fruto desses químicos na atmosfera!

Uma coisa é verdade, o planeta está á beira do colapso, as mudanças climáticas devido ao aquecimento global causadop pela poluição, estão a causar mudanças bruscas, seca nuns países, inundações noutros, tempestades, vagas de frio, terramotos, tudo.

E o Pentágno revelou num relatorio que : milhões de pessoas vão morrer devido a essas catástrofes, e vai piorando dentro de anos.

Fonte e mais fotos: aqui

Outras fontes com fotos:

A sequência as fotos que eu fiz ontem (04 junho 2009) com uma camêra digital Carl Zeiss Optics Tessar 2.8/5.6 Autofocus 5 megapixel:

Clique para ampliar

https://arautodofuturo.files.wordpress.com/2009/06/0406200923801.jpg

https://arautodofuturo.files.wordpress.com/2009/06/040620092381.jpg

https://arautodofuturo.files.wordpress.com/2009/06/040620092382.jpg

https://arautodofuturo.files.wordpress.com/2009/06/040620092383.jpg

  • Para ver mais  fotos da sequencia  clique aqui e  salve o arquivo em ppt com mais informações.


Leia o que já publicamos sobre CHEMTRAILS:

Observação: Em laranja comentários equipe Arauto do Futuro.

Web Bot Project

•junho 4, 2009 quinta-feira • Deixe um comentário

Projetos de “redes bots” (rede de computadores sob controle de um hacker) prevêem que em 2012 ocorrerá uma catástrofe sem precedentes na história da humanidade, de acordo com informações do Terra Chile.

O Web Bot Project, cujo objetivo inicial era programar um método conhecido como web spidering para navegar na rede, buscando palavras ou números que poderiam relacionar-se e desse modo prever uma alta ou baixa de ações na bolsa de valores, seria capaz de prever também acontecimentos de outros tipos.

Em julho de 2001, o Web Bot Project informou que um fato ocorreria nos Estados Unidos, modificando os rumos da política mundial. Em 11 de setembro do mesmo ano, grupos terroristas derrubaram as Torres Gêmeas de Nova York e atacaram o Pentágono em Washington.

Agora o mesmo Web Bot Project detectou que outro fato de conseqüências devastadoras pode ocorrer em 2012, mas não determina que tipo de acontecimento seria este.

Quem quiser pode ler a matéria completa publicada no site do Terra.

Leia as atualizações em português do Web Bot Project no blog CicloFinal 2012 e entenda porque o projeto ‘saiu do ar’

A Arte de Desaprender

•junho 3, 2009 quarta-feira • Deixe um comentário

A

Arte

de

Desaprender

Muita coisa aprendi,
No decurso da minha vida
Mas só no fim da vida
Aprendi a arte dificílima
De desaprender…
Desaprender os erros sem conta
Que os sentidos percebem
Na sua erudita ignorância…
Aprendera ele que os fatos externos
São a própria Realidade.
Aprendera que este mundo
Que os sentidos percebem
E o intelecto concebe,
São a realíssima
E única Realidade…
E por largos anos
Andei escravizado por essa ilusão.
Pois, que admira?
Se, por tantos séculos e milênios,
Dormira a humanidade nas trevas,
Como poderia eu, em poucos decênios,
Despertar para a luz?
Até que, finalmente, descobri
A Realidade para além das facticidades,
A alma do eterno Ser
No corpo desse efêmero parecer.
Hoje sei que os fatos são meros reflexos
No espelho bidimensional de tempo e espaço,
Reflexos da Realidade,
Que está em sentido oposto
A esses fatos refletidos
No espelho de tempo e espaço.

Mas só Deus sabe quanto esforço,
Quantos sofrimentos,
E quanta agonia me custou
Essa nova atitude,
Essa meia-volta que tive de dar
Ante o espelho do mundo das velhas ilusões,
Para enxergar o novo mundo da verdade!
Esse movimento de 180 graus,
Que dei em face do refletor,
Essa conversão dos conhecidos finitos
Para o desconhecido Infinito
Me custou o holocausto do meu ego,
Esse sangrento egocídio,
Que a verdade me exigiu.

Mas agora, de costas para os fatos
E de rosto para a Realidade,
Me sinto grandemente liberto
E jubilosamente feliz
E, em vez de amar o mundo sem Deus,
Amo o mundo em Deus
Porque vejo em cada fato efêmero
O reflexo da Realidade eterna.

Huberto Rohden

Do livro: Escalando o Himalaia – Ed. Martin Claret

Huberto Rohden (1893 – 1981)

Rohden nasceu em Tubarão, Santa Catarina, Brasil. Fez estudos no Rio Grande do Sul. Formou-se em Ciências, Filosofia e Teologia em Universidades da Europa – Innsbruck (Áustria), Valkenburg (Holanda) e Nápoles (Itália). De regresso ao Brasil, trabalhou como professor, conferencista e escritor. Publicou mais de 60 obras sobre ciência, filosofia e religião, editadas pela Ed. Vozes, União Cultural, Editora Globo, Livraria Freitas Bastos, Fundação Alvorada, Editora Martin Claret e outra editoras. Vários de seus livros foram traduzidos em outras línguas, inclusive o Esperanto; alguns existem em Braille, para institutos de cegos. Rohden não está filiado a nenhuma igreja, seita ou partido político. Fundou e dirigia o movimento mundial Alvorada, com sede em São Paulo.

Fonte: aqui

Concentre-se no Agora!

•junho 2, 2009 terça-feira • 3 Comentários

Não sofra por antecedência

Concentre-se no agora, em vez de projetar acontecimentos futuros

por Regina Restelli

Fonte: aqui

Viramos escravos de nossa mente. Mesmo com tantos afazeres, perdemos a maior parte do dia e às vezes da noite, imaginando o que vamos fazer ou o que fizemos.

Com que frequência você realmente aproveita as situações da sua vida? Intervalos ou fins de semana são feitos para descansar sua mente e recarregar as energias? Ou você continua com a mesma atividade mental? Seja muito sincero…Pois é, a maioria é assim. Nossa sociedade não nos ensina que é bom vivenciar cada coisa de uma vez.

Alguns anos atrás decidi virar minoria e comecei a mudar todos os meus hábitos mentais. Ainda estou mudando, afinal leva um tempo para reprogramar o inconsciente ou mesmo ver que posso fazer diferente. E se eu posso, você também pode ? se quiser. Vale a pena.

A primeira coisa que faz a diferença, é que cada atividade receba atenção integral. Assim meu cérebro não se cansa pensando tanto. Além disso, por estar mais presente, percebo muito melhor as novas oportunidades que surgem à minha volta. Só com esta pequena mudança, que é dificílima de manter, me tornei mais alegre, confiante e disposta. Mesmo assim, ainda me pego repetindo padrões de comportamentos que tiram energia.

Ainda hoje, por exemplo me peguei imaginando milhares de opções relacionadas ao início de uma crise familiar. Claro que quando se fala em família tudo fica ainda mais difícil. O problema inicial nem é meu, mas me afeta diretamente. As perguntas que me peguei fazendo (e que eu mesma tentava responder) eram: O que poderia estar acontecendo com os envolvidos neste momento? Como? O que vai acontecer no futuro? A partir disso, minha mente começou a criar desde soluções simples até mesmo trágicas. Veja você, que loucura! Quando finalmente me peguei, fiquei horrorizada com os sentimentos que estavam sendo vivenciados por mim. Meu coração acelerado e minha face tencionada. Eu estava criando reações químicas desagradáveis para meu corpo físico.

Pense em termos de moléculas ou células. A cada alteração química, produzida pelos meus pensamentos, tudo é alterado em meu campo energético, celular e molecular. Então, o que eu estava fazendo comigo? Sofria por antecedência. Para que, nem eu sei. Mas com certeza eu estava fazendo uma simbiose inútil, pois não poderia adivinhar os próximos acontecimentos, como nunca posso. Minha mente é sempre inadequada para prever o que quer que seja. E depois, que arrogância a minha querer resolver um problema que neste caso nem me pertence!

O estresse, a preocupação, a ansiedade são sempre medos que tem suas causas no excesso de futuro e falta de presente. A mesma coisa acontece com a culpa, o ressentimento, a tristeza. Todos esses sentimentos são causadas pelo excesso do passado e pouca presença.

Vejo diariamente em consultório a dificuldade que nós humanos temos em nos livrar dos resultados do passado e a projeção disso em nosso futuro. Se vivêssemos mais atentos com o presente, arrisco dizer que boa parte de nossos problemas ou todos eles, durariam menos ou simplesmente não existiriam. Em outras palavras, seria bem mais fácil viver.

Bom, o que tive que fazer rapidamente foi, respirar fundo, soltar o ar e admitir minha humanidade. Depois libertar minha mente, voltando o mais rápido possível para o agora. Claro que não foi de imediato que consegui silenciar o desnecessário e inadequado, mas depois de anos de treino, após alguns poucos minutos,EU voltei ! A paz e o equilíbrio também.

Como eu fiz isso? Utilizei uma técnica simples, que pode e deve ser usada sempre que você se pegar vivendo só no mental. Acompanhe:

  • 1 Comece respirando fundo.
  • 2Em seguida, preste atenção a tudo à sua volta. O que vê, cheira, toca e escuta? O que está acontecendo neste exato momento?
  • 3Agora direcione sua atenção para o seu corpo. Como ele está? O que seus olhos estão vendo? Quais sensações está percebendo?

Quanto mais firme e determinado for, mais presente estará. Garanto que após alguma insistência, você vai acabar controlando o ritmo mental e sentir-se mais calmo. Esta tranqüilidade aos poucos mostrará sua posição interna perante o que esta acontecendo. E é só isso que basta saber.

Quer fazer um pequeno teste? Esqueça todas as situações e emoções e por um instante preste atenção na sua vida agora, neste instante em que lê este texto. Perceba estes momentos que se seguem, onde a vida realmente se manifesta. Preste atenção no agora. Viver só é possível neste momento presente. O passado acabou, não existe mais. E o futuro será o reflexo do que vivemos. Então, observe o seu presente e se pergunte: como eu estou agora e o que quero para o meu futuro?

Este é o segredo do bem-estar. Aja sempre no agora.Aceite e identifique tudo que está acontecendo, para poder no próximo momento presente, transformar tudo se for preciso.

SOBRE O AUTOR

Regina Restelli

Terapeuta Energética. Combina técnicas e dinâmicas energéticas com base na Radiestesia e na Radiônica. Mantém no Rio de Janeiro o Centro de Terapias Energéticas Sanat Kumara. Saiba mais »

contato: sanatkumara.tera@gmail.com

Fonte: aqui

A chegada

•junho 1, 2009 segunda-feira • 5 Comentários

A Chegada

Um ponto de vista, ou vários, através deste documentário. Cada um que chegue as suas conclusões de acordo com o ‘inventário’ que faça parte. Aqui cumpre-nos informar o que encontramos em nossas andanças por esta imensa rede descoberta.
1
A Chegada - Parte1 - O Homem Mais Malígno do Mundo
A Chegada – Parte1 O Homem mais maligno do mundo
SpiritTvOnline
10:00

HO’OPONOPONO

•maio 31, 2009 domingo • 14 Comentários

HO’OPONOPONO

Ho’oponopono, sabe o que é?

Eu também não sabia, fomos apresentados a alguns poucos anos só sei dizer que é algo quase mágico, incrível e muito simples, é a prática do perdão.

Como muitos conheci através de um email que recebi, assinado por Joe Vitale, o mesmo que está no ínicio do livro de Al McAllister HO’OPONOPONO (clique para donwload) recomendado!

Seguem algumas passagens intertessantes para refletir neste domingo:

“Divino Criador, pai, mãe, filho em um…
Se eu, minha família, meus parentes e ancestrais lhe ofenderam,
à sua família, parentes e ancestrais em pensamentos,
palavras, atos e ações do início da nossa criação até o presente,
nós pedimos seu perdão…
Deixe isto limpar, purificar, liberar, cortar todas as lembranças, bloqueios,
energias e vibrações negativas
e transmute estas energias indesejáveis em pura luz…
E assim está feito.”
Morrnah Nalamaku Simeona
Criadora do Ho’oponopono Identidade Própria

“Ho’oponopono significa “corrigir um erro” ou “tornar certo” na língua original dos havaianos. Embora não muito conhecido no Brasil, o Ho’oponopono tradicional faz parte do sistema de cura Huna.

100% responsável

Ao fazer o Ho’oponopono você pede a Deus, a Divindade, para limpar, purificar a origem destes problemas, que são as recordações, as memórias. Você assim neutraliza a energia que você associa à determinada pessoa, lugar ou coisa.
No processo esta energia é libertada e transmutada em pura luz pela Divindade. E dentro de você o espaço vagado é preenchido pela luz da Divindade. Então, no Ho’oponopono não há culpa, não é necessário reviver sofrimento, não importa saber o porquê do problema, de quem é a culpa, nem sua origem. No momento que você nota dentro de si algum incômodo em relação a uma pessoa, ou lugar, acontecimento ou coisa, inicie o processo de limpeza, peça a Deus:

“Divindade

limpe em mim o que está contribuindo para este problema.”

Então use as frases desta seqüência:

“Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato.”

várias vezes, você pode destacar uma que lhe toca mais naquele momento e repeti-la. Deixe sua intuição lhe guiar. Quando você diz “Sinto muito” você reconhece que algo (não importa se saber o que) penetrou no seu sistema corpo/mente. Você quer o perdão interior pelo o que lhe trouxe aquilo. Ao dizer “Me perdoe” você não está pedindo a Deus para te perdoar, você está pedindo a Deus para te ajudar se perdoar. “Te amo” transmuta a energia bloqueada (que é o problema) em energia fluindo, religa você ao Divino. “Sou grato” é a sua expressão de gratidão, sua fé que tudo será resolvido para o bem maior de todos envolvidos.

A partir deste momento o que acontece a seguir é determinado pela Divindade, você pode ser inspirado a tomar alguma ação, qualquer que seja, ou não. Se continuar uma dúvida, continue o processo de limpeza e logo terás a resposta quando completamente limpo.

Lembre-se sempre que o que você vê de errado no próximo também existe em você, somos todos Um, portanto toda cura é auto cura. Na medida em que você melhora o mundo também melhora. Assuma esta responsabilidade. Ninguém mais precisa fazer este processo, só você.”

Fonte: www.hooponopono.com.br – Al McAllister

HO’OPONOPONO (clique para donwload)

Ho’oponopono – MANIFESTAR A IMAGEM VERDADEIRA

•maio 30, 2009 sábado • 4 Comentários

“Nem torre de pedra, nem paredes de estanho batido,
Nem o calabouço abafado, nem fortes correntes de ferro,
Podem reter a força do espírito.”
William Shakespeare, Dramaturgo

Ho’oponopono

MANIFESTAR

A IMAGEM VERDADEIRA

“Deus é Espírito. Por esta razão, todas as coisas do céu e da terra criadas por este Espírito são também em sua essência espirituais e não existe nada que seja constituído de matéria. Como o homem nasceu como suprema realização de Deus, é perfeito e saudável ainda que o corpo carnal esteja manifestando doença, o homem em si, que nele habita a Vida de Deus, é existência espiritual e de nenhuma forma adoece.

A este saudável aspecto original é que se dá o nome de Imagem verdadeira.

Desta forma, todas as pessoas  são saudáveis.
Toda a humanidade é saudável e vive em perfeita harmonia. A Imagem Verdadeira do homem é Realidade espiritual.

É filho de Deus.

É um ser imaculado que transcende doença, ou a morte, qualquer que seja o estado do corpo carnal, que esteja manifestando.
A partir desse momento, toda a Humanidade como filhos de Deus manifesta pensamentos de amor, cordialidade e afetividade.
Por isso, não existe a possibilidade de alguma coisa ser capaz de prejudicar o Homem filho de Deus.

MUITO GRATO!

Descubra Ho’oponopono

Aqui está o seu e-book, cortesia de:

www.hooponopono.com.br

www.hooponopono.forumativo.com

www.crescent.com.br

Clique no link abaixo para baixar para seu pc:

DOWNLOAD

É preciso o Adobe Acrobat Reader instalado para abrir estes arquivos.

El libro Ho’oponopono en español. Aqui”

Matrix

•maio 29, 2009 sexta-feira • Deixe um comentário

“Escolhes a pílula azul e a história termina.

Acordas na tua cama e acreditas no que preferires.

Escolhes a pílula vermelha e ficas no País das Maravilhas.”

Morpheus em Matrix

‘Barragens’ para usura humana

•maio 29, 2009 sexta-feira • Deixe um comentário

///////////////

‘Barragens’

para usura humana…

Você conhece alguma poderosa ‘barragem’ para usura humana? algo que interrompa em definitivo essa ganância que destrói o que está pronto pela obra da Natureza, uma ‘barragem inquebrantável’  para essa ‘síndrome-de-macaco-imitador-de-criador’ que se abateu sobre esta insaciável insana sociedade ‘moderna’???

Isso faz lembrar a canção Sobradinho:

Mas, ‘barragens’ não eram para ser “seguras”, ou deveriam ser ??? Ao menos não é isso que dizem os “entendidos-científicos-sabidos-engenheiros-empreiteras-políticos”  e todos os que ‘levam sua parte’ quando querem construir as tais barragens, hidrelétricas ao custo da vida (e natureza) alheia … não é  isso mesmo?? Prometem mundos e fundos, última tecnologia, praque? Será quanto ainda falta para que se compreenda que o que a Natureza fez o homem não deve, não pode destruir?

E não venham com discursos de que é o ‘progresso’, isso tá mais com cara de um grande ‘regresso’, ou encontramos a um equilíbrio entre ‘modernidade’ em harmonia com a natureza de fato, por bem, ou encontraremos pelas mãos da própria Natureza…

É o que dá-lhe mudar, ”ajeitar” e ignorar códigos ambientais, continua-se a remexer as entranhas da Terra, sugar o seu sangue na amarga ilusão que podem porque são ‘ótoridades’, óh óh ignóbeis seres que ignoram,  ‘esquecem’ que existem Leis  acima das leis da ‘palavra morta’, estas que não obedecem ‘otoridades’, antes, estes que deveriam aprender a respeitá-las…

Pena não haver ainda ‘barragens’ para a usura humana. Basta,  Não a hidrelétricas, barragens…. sejam que tamanho tenham, existem maneiras mais viáveis e menos impactantes ambiental, cênica e socialmente.

A barragem rompeu e tirou 600 famílias de suas casas

A barragem rompeu e tirou 600 famílias de suas casas
27 de maio de 2009
Francisco Gilásio/Divulgação

Yala Sena

Direto de Teresina – notícias Terra

O rompimento da barragem Algodões I gerou no final da tarde desta quarta-feira pânico no município de Cocal, a 268 km de Teresina (PI). Mais de 600 famílias foram retiradas de suas casas, em plena escuridão, de forma emergencial, devido à elevação do rio Pirangi com as fortes chuvas. O desastre deixou casas inteiras debaixo d´água e a cidade ficou totalmente sem energia. Até agora, não há registro de vítimas fatais.

Mais notícias e informações sobre barragens ‘rompidas’:

Clássico de Sá, Rodrix & Guarabyra – Sobradinho (ao vivo By P.R. Records)

O homem chega já desfaz a natureza
tira gente, põe represa, diz que tudo vai mudar
o São Francisco la pra cima da Bahia
diz que dia menos dia vai sumir bem devagar
e passo a passo vai cumprindo a profecia

do beato que dizia que o sertão ia alagar

o sertão vai virar mar,

dá no coração

o medo que algum dia

o mar também vire sertão

adeus remanso, casa nova, Sento-Sé
adeus pilão Arcado vem o rio te engolir
debaixo d’água lá se vai a vida inteira
por cima da cachoeira o gaiola vai subir
vai ter barragem no Salto do Sobradinho
o povo vai-se embora com medo de se afogar.

7.1 em Honduras

•maio 28, 2009 quinta-feira • Deixe um comentário

7.1 em Honduras


Fenômenos Naturais – Terremotos


Forte terremoto atinge Honduras

e provoca avisos de tsunami

Pesquisando nas notícias recentes no site da Apolo11, os recentes terremotos:

Segunda-feira, 25 mai 2009

Segunda-feira, 18 mai 2009

Segunda-feira, 27 abr 2009

Quarta-feira, 22 abr 2009

Sexta-feira, 17 abr 2009

Sexta-feira, 17 abr 2009

Quinta-feira, 16 abr 2009

Continua aqui na fonte : Apollo11

Pico Solar em 2013

•maio 28, 2009 quinta-feira • 5 Comentários

Fonte aqui : Apolo11

Editoria: Astronomia

Quinta-feira, 28 mai 2009
Astronomia

Cientistas prevêem que pico do

ciclo solar ocorrerá em 2013

Todos que acompanham as notícias sobre as tempestades solares sabem que o nível atual de atividade do Sol está bem baixo, o que significa poucas tempestades geomagnéticas aqui na Terra. Agora, uma comissão internacional de pesquisadores lançou uma nova previsão de atividade, prevendo um número de manchas solares abaixo da média.

O estudo, elaborado por dezenas de cientistas de nove instituições diferentes prevê que o atual ciclo solar 24 deverá atingir seu pico em maio de 2013, com aproximadamente 90 manchas solares, o menor valor desde 1928 durante o ciclo solar 16, quando o número de manchas solares atingiu o máximo de 78

“Apesar dos modelos indicarem ser este um ciclo solar fraco ou abaixo da média, não significa que a atividade solar seja fraca”, disse Doug Biesecker, diretor da comissão e cientista chefe do Centro de Previsão de Tempo Espacial, da Universidade de Boulder. “Mesmo os ciclos abaixo da média são capazes de produzir severas tempestades solares. A grande tempestade geomagnética de1859, por exemplo, ocorreu em um ciclo da mesma magnitude do que estamos prevendo para 2013”, disse o pesquisador.

Nova Previsão
A atual previsão é uma revisão daquela divulgada em 2007, quando os pesquisadores acreditavam que o mínimo solar ocorreria em março de 2008, seguido por um forte máximo em 2011 ou um fraco máximo em 2012. Na ocasião, diversos modelos computacionais geraram previsões, deixando os pesquisadores em dúvida sobre os valores corretos.

“Isso nos mostrou que nenhum dos modelos estava correto”, disse Dean Pesnell, que representa o Centro Espacial Goddard, na Nasa. “O Sol está muito estranho e se comportando de maneira inesperada, mas de um jeito muito interessante“, disse Pesnell.

Desde 2007 o Sol está anormalmente quieto, com pouca ou quase nenhuma atividade eletromagnética. No entanto, nos últimos meses pequenas manchas, ou proto-manchas, parecem surgir com maior frequência no disco solar e enormes correntes de plasma na superfície estão ganhando intensidade. Emissões eletromagnéticas, apesar de fracas, também já estão sendo detectadas pelos radiotelescópios. No entender de Pesnell esses sinais são uma clara evidência de que o Sol está acordando e dão maior sustentação às previsões, que agora são quase unânimes entre os cientistas.

Entendendo
Para quem não sabe, a cada 11 anos o Sol passa por momentos alternados de alta e baixa atividade eletromagnética, conhecidos por mínimos e máximos solares. Esse período é chamado de ciclo solar ou de Schwabe e desde que as observações começaram a ser feitas já foram contados 23 ciclos até o ano de 2007.

Durante o máximo solar, grandes manchas e intensas explosões ocorrem quase diariamente. As auroras surgem nas latitudes médias e violentas tempestades de radiação danificam os satélites em órbita. A última vez que isso ocorreu com tal intensidade foi entre os anos de 2000 e 2001.

No Mínimo Solar ocorre o contrário. Quase não existem flares solares e podem passar semanas sem que uma única mancha quebre a monotonia do disco solar. É exatamente esse o momento atual que estamos passando, o início do ciclo solar 24.

A mais intensa
A tempestade geomagnética mais intensa que se tem registro foi denominada Evento Carrington e ocorreu entre agosto e setembro de 1859. A intensa tormenta foi testemunhada pelo astrônomo britânico Richard Carrington, que observou o fenômeno através da projeção da imagem do sol em uma tela branca. Na ocasião, a atividade geomagnética disparou uma série de explosões nas linhas telegráficas, eletrocutando técnicos e incendiando os papéis das mensagens em código Morse.

Relatos informam que as auroras boreais foram vistas até nas latitudes médias ao sul de Cuba e Havaí. Nas Montanhas Rochosas, no oeste da América do Norte, as auroras eram tão brilhantes que acordavam os camponeses antes da hora, que pensavam estar amanhecendo. As melhores estimativas mostram que o Evento Carrington foi 50% mais intenso que a supertempestade de maio de 1921.

Inverno Implacável
O mínimo mais longo da história, o Mínimo de Maunder, ocorreu entre 1645 e 1715 e durou incríveis 70 anos. Manchas solares eram extremamente raras e o ciclo solar de 11 anos parecia ter se rompido. Esse período de silêncio coincidiu com a “pequena Era do Gelo” uma série de invernos implacáveis que atingiu o hemisfério Norte.

Por razões ainda não compreendidas, o ciclo de manchas solares se normalizou no século 18, voltando ao período de 11 anos. Como os cientistas ainda não compreendem o que disparou o Mínimo de Maunder e como pode ter influenciado o clima na Terra, a busca por sinais de que possa ocorrer de novo é um trabalho constante nas pesquisas.

Veja mais:
Acompanhe a atividade solar


Fotos: No topo, imagem feita com o telescópio imageador de ultravioleta extremo, a bordo do telescópio espacial Soho. A cena mostra a atmosfera solar sondada no comprimento de onda de 304 nanômetros (ultravioleta). Neste faixa, o material mais claro situa-se entre 60 mil e 80 mil graus Kelvin. Na sequência, gráfico mostra a atividade solar desde 1610, com destaque para o Mínimo de Maunder, de 70 anos de inatividade.Acima, fenômeno da aurora, provocado pelo choque das partículas eletricamente carregadas vindas do Sol contra as moléculas das camadas elevadas da alta atmosfera. Acima, Créditos: Soho/Esa/Nasa/Mike Hollingshead/Spaceweather/Apolo11.com

O que já publicamos sobre o assunto: ASTRONOMIA

Paradoxo deste tempo

•maio 28, 2009 quinta-feira • Deixe um comentário

George Carlin

Nós bebemos demais,

gastamos sem critérios.

Dirigimos rápido demais,

ficamos acordados até muito mais tarde,

acordamos muito cansados,

lemos muito pouco,

assistimos TV demais e

raramente estamos com Deus.

Multiplicamos nossos bens,

mas reduzimos nossos valores.

Nós falamos demais,

amamos raramente,

odiamos freqüentemente.

Aprendemos a sobreviver,

mas não a viver;

adicionamos anos à nossa vida

e não vida aos nossos anos.

Fomos e voltamos à Lua,

mas temos dificuldade em cruzar a

rua e encontrar um novo vizinho.

Conquistamos o espaço, mas

não o nosso próprio.

Fizemos muitas coisas maiores,

mas pouquíssimas melhores.

Limpamos o ar,

mas poluímos a alma;

dominamos o átomo,

mas não nosso preconceito;

escrevemos mais, mas aprendemos menos;

planejamos mais, mas realizamos menos.

Aprendemos a nos apressar e não, a esperar.

Construímos mais computadores

para armazenar mais informação,

produzir mais cópias do que nunca,

mas nos comunicamos cada vez menos.

Estamos na era do ‘fast-food’ e da digestão lenta;

do homem grande, de caráter pequeno;

lucros acentuados e relações vazias.

Essa é a era de dois empregos, vários divórcios,

casas chiques e lares despedaçados.

Essa é a era das viagens rápidas, fraldas

e moral descartáveis,

das rapidinhas, dos cérebros ocos

e das pílulas ‘mágicas’.

Um momento de muita coisa na vitrine e

muito pouco na dispensa.

Uma era que leva essa carta a você,

e uma era que te permite dividir essa reflexão ou

simplesmente clicar ‘delete’.

Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama,

pois elas não estarão aqui para sempre.

Lembre-se dar um abraço carinhoso em seus pais,

num amigo,

pois não lhe custa um centavo sequer.

Lembre-se de dizer ‘eu te amo’ à sua companheira(o)

e às pessoas que ama, mas, em primeiro lugar,

se ame… se ame muito.

Um beijo e um abraço curam a dor,

quando vêm de lá de dentro.

Por isso, valorize sua familia

e as pessoas que estão ao

seu lado, sempre.

Caixa Mágica

•maio 27, 2009 quarta-feira • 1 Comentário

Eis porque hoje em dia não mais se sabe conversar, há caixa mágica em todo lugar, ora tv ora a computar…

campanha anti-guerra

•maio 26, 2009 terça-feira • Deixe um comentário

Excelente

campanha anti-guerra.

Não comeces uma guerra,

que ela pode se voltar contra ti.

Fonte: aqui

Revista Beija Flor

•maio 25, 2009 segunda-feira • Deixe um comentário

LER EDIÇÃO ATUAL Click aqui

Recebi por email e divulgo esta iniciativa!