Criador da Cura Reconectiva vem ao Brasil ensinar técnica

•outubro 27, 2012 sábado • 2 Comentários

.

Criador da Cura Reconectiva vem ao Brasil

ensinar técnica

.

Doutor em quiropraxia, Eric Pearl é também escritor e criador da cura reconectiva, manifestação que ocorre quando o indivíduo se permite reconhecer e sintonizar frequências curativas de luz e energia. Pela primeira vez no Brasil, ele vai ensinar a técnica de cura. O TEMPO publica hoje primeira parte de uma entrevista exclusiva e, na próxima terça, o restante.

 

Sua história de vida é fascinante. Desde quando esse dom de cura se manifesta? Há 12 anos. Fui muito feliz como um médico quiroprata e pensei que assim seria por toda a minha vida. Até que, numa quinta-feira, fui para casa e, à noite, fui despertado por uma luz muito brilhante. Abri meus olhos para ver o que era e não era nada de espiritual ou metafísico. Aparentemente, tratava-se apenas da lâmpada da luminária que havia acendido sozinha. Ao mesmo tempo, tive a nítida impressão de que alguém mais estava na minha casa. Me armei com o que tinha à mão: uma faca, uma lata de spray de pimenta, e o meu cão da raça Doberman. Após 20 minutos de busca por toda a casa, concluí que tudo não passava de imaginação, e decidi voltar a dormir. Na segunda-feira seguinte, sete dos meus pacientes insistiam em dizer que haviam sentido a presença de outras pessoas nas salas de atendimento. A experiência que relatavam era a mesma que vivi dias antes, e eles não sabiam de nada do que me havia acontecido comigo.

E o que aconteceu? Em 12 anos de prática, ninguém havia dito nada remotamente semelhante até então. No mesmo dia, outros pacientes diziam sentir minhas mãos sem que elas efetivamente os tivessem tocado. Claro que não acreditei. Pedi que permanecessem deitados com os olhos fechados enquanto mantinha minhas mãos a diversas polegadas de distância de seus corpos, mas eles realmente diziam se sentir tocados nas partes sobre as quais minhas mãos estavam, mesmo que estivessem a metros de distância. Eram músculos e movimentos tão sutis que não podiam ser intencionais. Lábios mexiam, as línguas se moviam, olhos reviravam para frente e para trás. Dedos e pés involuntariamente se moviam em padrões sincronizados para a direita e a esquerda. Em pouco tempo, passaram a relatar curas, curas reais.

Como assim? Eles levantaram-se de cadeiras de rodas, recuperaram movimentos de braços e pernas, recobravam sentidos como visão e audição. Alguns chegaram a trazer resultados de exames clínicos laboratoriais que comprovavam o desaparecimento de tumores. Crianças com paralisia cerebral e epilepsia foram capazes de andar, correr e falar normalmente, e já não tinham convulsões, sendo dispensados do uso de remédios. Meus pacientes e seus médicos ligavam perguntando: o que você fez? “Nada”, foi minha resposta. “E não conte a ninguém!”

Qual foi sua reação? Logo começaram a me pedir para ensinar este trabalho. E eu me perguntava: “ensinar o quê? A ficar parado com as mãos no ar parecendo um idiota?”. Sugeri que o fizessem e depois saíssem por aí perguntando aos outros o que achavam disso. No entanto, mais e mais pacientes me ligavam contando ter experimentado sensações estranhas em suas mãos quando se aproximavam de familiares que apresentavam algum problema, e que essas pessoas foram curadas. Mais tarde a ciência e os pesquisadores reconheceram e confirmaram, quando você interage com essa abrangente frequência de cura, algo muda dentro de você, e lhe permite o acesso não só à sua própria cura, mas à de outros. A ciência chama esse processo de cura reconectiva.

Ocorre a cura dos sintomas físicos? A cura reconectiva não é a cura dos sintomas, pois transcende completamente as técnicas tradicionais de cura energética. Ela traz a pessoa para um pleno estado de equilíbrio. Não é uma terapia nem um tratamento, uma vez que não se dirige a meros sintomas. É algo muito, muito mais profundo e abrangente.

Como se dá esse processo? A verdadeira cura é o equilíbrio. Quando tentamos concentrar na eliminação de um sintoma, estamos nos restringindo a solucionar apenas o problema – o físico, o mental, o emocional. Mas, na cura reconectiva, aprendemos que quanto menos soubermos a respeito dos motivos que levaram a pessoa a nos procurar, melhor, porque isso evita que nos limitemos à ação das frequências de cura, àquilo que acreditamos ser ou não possível e procurando direcioná-las para o problema relatado. A cura reconectiva verdadeiramente tende a alcançar resultados mais efetivos do que as técnicas de cura energética, porque os seus facilitadores simplesmente não dão atenção aos supostos problemas ou sintomas. Em vez disso, eles apenas permitem que a ação de picos de luz, energia e informação, levem qualquer desequilíbrio a vibrar fora do quadro e a conduzir a pessoa de volta ao seu estado natural de saúde perfeita.

Como você se sente em relação às curas? Fico sempre em um estado de respeito, de esperança, sem expectativas. Tenho dedicado minha vida a difundir e ensinar esse trabalho para o maior número possível de seres humanos sobre a Terra.

O senhor é um canalizador, um instrumento da energia de cura divina? Eu me considero a porta pela qual esse dom veio. Eu não sou a dádiva, eu sou apenas a porta.

Considera esse dom uma missão de vida? Quando eu morrer esse trabalho vai continuar depois que eu deixar o corpo físico. Então, sim, essa é a minha missão na vida. E eu me perguntei por que eu que não tenho uma espiritualidade ou personalidade típicas. Eu não sou tão paciente quanto gostaria de ser; às vezes sou um tanto sarcástico, gosto de tomar uns drinks e de me divertir. A primeira resposta que ocorre é que pareço ter a capacidade de falar sobre isso a partir de um ponto de integridade, honestidade, explicando o que entendo de uma forma que as pessoas se interessem em me ouvir, baseando-me na verdade de minha experiência, e assumindo francamente o que não entendo completamente. Falo para metafísicos ou espiritualistas, para médicos ou cientistas. Eles não parecem preocupados. De alguma forma, eu encontrei uma maneira de fazer algo que parecia fora de alcance, de uma forma tão plausível quanto possível. Comecei a perceber que as coisas que eu achava que eram meus pontos fracos são realmente parte do dom perfeitamente desenhado: se esse nível de cura viesse por meio de um mestre espiritual que vive numa caverna no topo de uma montanha no Tibete, as pessoas pensariam que teriam que mudar suas vidas para atingir esses níveis de perfeição, para ser dignas de receber esse mesmo dom de cura. Ele pôde se manifestar através de mim, com todas as minhas fragilidades e imperfeições. É bastante fácil apontar para mim e dizer: “se ele pode fazer isso, então eu certamente posso fazê-lo também!”. Reconhecendo que não há nada que precisamos fazer para nos tornarmos dignos o suficiente para sermos curadores. Não é preciso fazer nada para nos tornarmos aquilo que já somos. Só o fato de termos nascido já nos faz dignos. E nós estamos aqui para aprender a experimentar compaixão não apenas com os outros, mas conosco, com nossas próprias fraquezas e falhas. E então, em verdadeira compaixão, reconhecemos que cada um de nós pode acessar o zênite, o ponto mais alto, porque estamos em nossa perfeição.

O senhor poderia explicar o processo pelo qual a energia se manifesta através de suas mãos? Eu realmente não sei como funciona, e quando estamos dispostos a não saber, de repente, todas as possibilidades e o potencial do mundo se abrem para nós.

ANA ELIZABETH DINIZ
Especial para O TEMPO

 

 

Clique na capa para ler o primeiro capítulo do livro.

ANA ELIZABETH DINIZ
Especial para O TEMPO
.Publicado no Jornal OTEMPO em 23/10/2012
.
Anúncios

AS SURPRESAS DA DEMOCRACIA

•outubro 27, 2012 sábado • Deixe um comentário

.

As surpresas da democracia

.

Quando a tirania, que toma a forma

de correntes políticas tanto quanto de

aspectos particulares,

se vê contrariada

pela opinião pública, formula

teorias de conspiração

para legitimar sua teimosia

de não perceber o óbvio,

que seu tempo acabou.

Suspeito que haja alguma conspiração real,

mas nunca saberemos qual,

nem tampouco

o verdadeiro alcance dessa realidade.

Geralmente as

teorias conspiratórias

são formuladas com inteligência,

mas são sempre

inverossímeis,

algumas em tal medida

que é hilário conhecê-las,

tal como a de que todos

os presidentes americanos

seriam membros

de uma raça

de lagartos alienígenas.

As pessoas conspiram,

mas nunca

conseguem combinar

nada que

se afirme ao longo do tempo,

porque os indivíduos

são sujeitos

de seus destinos.

Essas são as

surpresas da democracia.

.

Nem sempre os conselhos de boa vontade que as pessoas oferecem chegam a você com impacto positivo. Em alguns casos, como agora, são simples contrariedades que provocam resultados negativos e confusos.

.

Sacrificar bons relacionamentos para exer-cer sua vontade não seria um bom negócio. Porém, ao forçar para que as coisas se ajustem aos seus desejos o resultado pode acabar sendo exatamente esse. Pense nisso.

.

De vez em quando acontecem golpes de sorte, mas não se pode viver contando com eles, porque geralmente é assim que somem e não dão sinal nenhum. Melhor você contar com seu esforço pessoal e empenho para progredir.

.

Melhor você não esperar apoio e colaboração neste momento. Melhor compreender logo que esta parte do caminho é solitária e que requer que você faça o necessário a despeito de não haver colaboração nenhuma.

.

Este momento de extrema tensão haverá de passar, como tantos outros já passaram. Por isso, você precisa meditar com calma antes de se deixar envolver em confrontos cujos resultados seriam de duvidosa reputação.

.

Assuntos urgentes requerem a atenção, mas há de se ver que tudo parece urgente sempre e, por isso, não é fácil distinguir o que realmente seria urgente da-quilo que clama por urgên-cia, mas é mera banalidade.

.

Manter a calma é bom, porém, perdê-la também pode ser positivo. Em alguns momentos, a manutenção do bom senso seria irritante, dadas as circunstâncias. Melhor não temer esses momentos, mas encará-los com presença de espírito.

.

De tempos em tempos é possível avançar com firmeza na direção de seus objetivos. Agora é um desses momentos, que não precisa ser tratado com impulsividade, mas aproveitando as deixas que o misterioso destino oferecer.

.

O nível dos relacionamentos mais importantes pode ter atingido o ponto mais baixo, porém, é assim que você ganha a oportunidade de se esforçar para elevá-los novamente ao patamar onde as boas coisas podem ser compartilhadas.

.

Driblar o que seria inevitável não é uma boa atitude no momento. Neste período será melhor aceitar os confrontos, pois desses você retirará conclusões e defi-nições que ajudarão a aliviar o excesso de peso.

.

Tudo é uma grande luta, mas vale a pena se envolver com o corpo e a alma nessa, pois é muito o que está em jogo. Porém, não pense que uma vitória imediata seja o fim do caminho, esse será apenas o começo do processo.

.

É necessário intervir, e talvez seja necessá-rio aplicar uma firmeza excepcional na intervenção. Porém, cuide para não sair atirando para tudo quanto é lado, mi-re no alvo certo e use toda a força necessária.

.

.

http://www.estadao.com.br/horoscopo/

http://www.facebook.com/astroquiroga

OS TIRANOS

•outubro 26, 2012 sexta-feira • Deixe um comentário

.

Os tiranos

.

Os humanos se transformam em tiranos

quando se recusam a observar

que a realidade é multifacetada e,

ainda que motivados por boas intenções

originais, acumulam poder para eliminar

o que lhes seja diferente, pretendendo

um mundo que seja reflexo único e exclusivo

de suas ideologias. Esse processo acontece

em várias dimensões e proporções e,

século vai, século vem, sempre ressurge

também em ondas políticas que assolam o povo,

inculcando o confronto, pois, povo dividido

é povo vencido e dominado.

Os tiranos não são de extrema direita

nem de extrema esquerda, são tiranos

e ponto final, são injustos e cruéis,

são os que colocam suas vontades pessoais

acima do bem comum,

que pela sua própria natureza

deve ser multifacetado e diversificado.

.

Há situações que merecem um confronto, ainda que isso não seja agradável. É que deixar passar essas coisas que contrariam você não seria bom neste momento da vida; além do quê, isso teria de ser retomado no futuro.

.

Forçar os acontecimentos para que esses se ajustem à sua vontade é um exercício árduo, cujos resultados são imprevisíveis. Eventualmente, você consegue o que quer, mas você deve pensar bem no custo disso.

.

O progresso não acontece por obra e graça da caprichosa fortuna, você não deve apostar suas fichas nela, que é traiçoeira e cheia de truques. Aposte suas fichas no empenho e esforço cotidiano, isso é seguro.

.

A falta de colaboração é evidente, mas a despeito dessa é preciso seguir em frente e, se necessário, colocar sobre suas costas a responsabilidade de finalizar tarefas que nem sequer seriam de sua alçada.

.

A adrenalina que circula livremente na atualidade facilita os confrontos, porém, você há de tomar cuidado para não se inebriar tanto com a luta, que acabe entrando em confronto com as pessoas que são suas aliadas.

.

Invista toda a sua energia e seus recursos, porque são raras as ocasiões, como na atualidade, em que alguns sonhos podem se materializar. Esse tipo de oportunidade chega rapidamente e vai embora voando.

.

Sempre será melhor conversar de forma sensata e calma, mas haverá momentos em que a manutenção da calma será mais irritante do que colocar o grito no céu, já que as coisas terão atingido o patamar dessa necessidade.

.

O inconformismo é positivo, mas precisa ser endereçado às pessoas certas, nunca compartilhado indiscriminadamente. Quando endereçado às pessoas certas, provoca uma luta que é digna e de resultados positivos.

.

As boas coisas precisam ser compartilhadas, mas acontece que nem sempre as pessoas estão disponíveis, em muitos casos elas parecem contrariar o que de bom você teria para compartilhar com elas, parecendo desprezo.

.

Seria melhor que todas as pessoas colaborassem entre si, mas por enquanto parecem se dedicar muito mais ao confronto do que a outra coisa. Há confrontos necessários, mas há outros que só são perda de tempo e energia.

.

Os recursos precisam ser movimentados, pois sem dinâmica perderão seu valor. Acumular recursos não é a melhor forma de garantir segurança, pois tudo que perde dinâmica acaba se desvalorizando enquanto o tempo passa.

.

Quando as pessoas estacionam em suas opiniões, nada do que você puder lhes explicar as fará mudar. As pessoas só mudam de opinião se elas o decidem. Enquanto isso, aproveitarão a deixa para discutir acaloradamente.

.

.

http://www.estadao.com.br/horoscopo/

http://www.facebook.com/astroquiroga

DIA DE OBSERVAÇÃO

•outubro 24, 2012 quarta-feira • Deixe um comentário

.

Dia de observação

.

Comece seu dia com calma,

aguardando em paz que a objetividade

seja propícia novamente, o que só poderia

acontecer quando o período

de Lua Vazia terminar. A partir de então,

navegue mental, emocional e

fisicamente pela realidade observando

a mediocridade dos argumentos pífios

que circulam com grande força e barulho,

mediante os quais se tenta convencer

as pessoas de que só estacionando

num confronto inútil elas seriam alguém.

Observe isso com desapego,

compreendendo a falácia desse discurso.

A seguir, vá além, observe as necessidades

que surgirem e quanto essas podem se

opor aos seus desejos. Aceite o dilema,

porém, compreenda também que

sacrificar os desejos e suprir as necessidades

significará você pensar menos em si e

mais no bem comum.

.

Dê o seu melhor em nome do progresso, pois a combinação dessa atitude com a oportunidade estelar da atualidade garante verdadeiro avanço. Por que fazer menos do que você poderia? Desta vez faça mais, faça melhor.

.

Conclua, dê fim ao que está em andamento antes de embarcar em novas situações. É imprescindível tirar de suas costas o peso de responsabilidades que não são concluídas com a devida atenção e aprimoramento.

.

Alguns conceitos longamente venerados podem ter se tornado obsoletos e você não percebeu. Aproveite a oposição e críticas para atualizar seus conceitos, nunca tema mudar de opinião, isso é absolutamente necessário.

.

Você pode não gostar muito do que acontece, e tem todo o direito disso. Porém, certos assuntos não dependem de gosto, são produto da necessidade e, por isso, devem sempre ficar acima de gostos e desgostos.

.

Nada é eterno no mundo humano, pela simples razão de nossas capacidades serem limitadas e imperfeitas. Por isso, o que você produzir agora, pela sua própria limitação chegará ao fim. Só não se sabe quando.

.

A diversidade de opções é aparente, a necessidade de compreender que só há uma opção é mais aproximada da verdade e do real. É alegre brincar com diversidade de opções, mas o momento requer mais foco.

.

Foram seus próprios passos que trouxeram você até aqui e agora, foram suas decisões, seus acertos e desacertos. Por isso, se não gosta da situação atual, você tem pleno poder de transformá-la com os seus próprios passos.

.

Medite bem sobre as palavras que você profere, imagine a si na situação de quem as ouvir, pois assim você medirá com clareza o verdadeiro impacto dessas. Isso é muito importante neste momento, de palavras duras.

.

As coisas têm seu momento certo para ser realizadas, depois disso passam do ponto e simplesmente decaem, não valendo mais a pena o esforço de realizá-las. Para você, este é um momen-to de objetivar ideias e desejos.

.

Alguns compromissos são complicados e parece que nunca conseguirá combiná-los devidamente. Porém, será melhor insistir nesse ponto, pois a complexidade do panorama oculta a riqueza dos resultados que estão por vir.

.

O jogo está longe de ser radical a ponto de ser “tudo ou nada”, as coisas são mais leves do que parecem. Talvez tenha chegado a hora de você refletir um pouco mais a respeito de estados de ânimo alterados.

.

http://www.estadao.com.br/horoscopo/

http://www.facebook.com/astroquiroga

O MOMENTO DA VERDADE

•outubro 21, 2012 domingo • 1 Comentário

.

O momento da verdade

.

Um dia cairás sobre teus joelhos

e reconhecerás tuas imperfeições,

pois terás visto outra dimensão

mais abrangente na qual te movimentas

e experimentas ser. Nesse momento, ao

diminuíres a ti mesmo começarás a te elevar,

pois enquanto pensavas que eras maior

que teus semelhantes, apenas engrossavas

a longa linhagem de pretendentes

a ser mais que nunca conseguiram

sair do lugar. Só quando perceberes e

sofreres ao contemplar o inferno

que resultou da escalada que fizestes

na montanha da cobiça estarás

minimamente pronto para reorientar

tuas vitórias numa direção verdadeira,

que não produz efeitos

colaterais nocivos. Esse será um momento

de extrema tensão, no qual provarás a

verdadeira fibra de teu ser,

o momento em que nada

nem ninguém poderá te salvar,

quando elevarás a ti mesmo

com tua própria força.

.

Recolha-se e descanse, porque este não é um dia em que seria propício você se expor. Melhor usar este momento para recuperar energia e, se possível, fazer isso se envolvendo em tarefas solitárias.

.

Pequenos detalhes cotidianos podem adquirir dimensões desproporcionais quando tratados com irritação e enfado. Há coisas que precisam ser feitas todos os dias, independentemente de você gostar ou não delas.

.

Melhor se enxergar com absoluta sinceridade e honestidade, ainda que a imagem refletida não seja do seu agrado. Melhor aceitar que ninguém é perfeito, mas que mesmo assim a beleza universal está disponível para todos.

.

Quando perceber que as pessoas inovam, ainda que estabanadamente, abra um pouco mais de espaço para elas, porque mesmo que nada seja feito do seu agrado, toda inovação seria a semente de um bem futuro.

.

Avaliar pessoas não é algo que se possa medir através de indicadores financeiros. Avaliar pessoas é algo que somente poderia resultar de, antes de tudo, você ter enxergado sua realidade interior com sinceridade.

.

Dominar a mente é o maior desafio de nossa humanidade, o dia em que isso se tornar um exercício que resulte da educação desde a mais tenra infância, então haverá um mundo parecido com o que todos sonhamos.

.

Busque paz e alegria nos lugares que você mais frequenta, onde você passa a maior parte do tempo, mas se isso for difícil, então faça as mudanças necessárias para que esses lugares continuem garantindo paz e alegria.

.

Todo ser humano tem direito a se divertir e garantir prazer, porém, seu direito precisará ser colocado em prática com elegância e beleza, para que sua busca não atropele o direito alheio nem trate as pessoas como objetos.

.

Desejar aproximar-se de tal ou qual pessoa nem sempre encontraria um clima propício, mas hoje em particular é um dia no qual você poderia experimentar um avanço mais objetivo e firme. Experimente e verifique.

.

Agregue mais tempero à sua vida, é necessário que haja mais emoção. Como obtê-la? Pois bem, é aí que entra em jogo a sua criatividade, instrumento eficiente para inventar algo que promova essa adrenalina.

.

O mundo, definitivamente, se caracteriza pela diversidade e, por isso, os que advogam a homogeneidade de ideologias e tendências estão equivocados. É necessário preservar as diferenças sem isso ser motivo de guerra.

.

É propício criar condições para objetivar seus planos, independentemente de hoje ser teoricamente um dia dedicado ao descanso. Nem sempre a agenda da civilização está devidamente sincronizada à agenda cósmica.

.

.

http://www.estadao.com.br/horoscopo/

 http://www.facebook.com/astroquiroga

O CAMINHO ESPIRITUAL

•outubro 20, 2012 sábado • 4 Comentários

.

O caminho espiritual

.

Quando formos capazes de aceitar

nossos semelhantes como são,

belos e imperfeitos,

com suas faltas,

fracassos e vitórias,

nos identificando

com eles, então poderemos dizer

que trilhamos o

caminho espiritual.

Até lá fingiremos que

nos elevamos,

mas na prática seremos mais

um de uma longa

dinastia de egoístas

que pretendem ser mais do

que os semelhantes.

Cada ser humano deve reconhecer

sua própria vileza antes de

erguer o dedo e acusar seus

semelhantes, pois nesse

reconhecimento reside a

semente do amor

e quando essa

começa a germinar,

a mente

faz tantas conexões e

reconhecimentos

que não lhe resta

mais tempo para discursar

sermões acusadores,

se dedica o tempo inteiro

a superar as falhas em si mesma,

conhecendo que esse seria

o melhor serviço que

poderia prestar

para construir um mundo

verdadeiramente melhor.

.

Melhor aquietar-se logo porque isso poupará você de descobrir que não estava com essa bola toda no meio de uma discussão, e com sua alma totalmente comprometida em situações que exigiriam exposição e desgaste.

.

Talvez você ache injusto ter de recomeçar tudo, porém, se as coisas aconteceram assim, melhor será aceitá-las e dar início a esse recomeço com a alma cheia de alegria por ter a oportunidade de fazer tudo de novo.

.

Reconhecer as vilezas dos outros é fácil, difícil é se enxergar no espelho da alma com sinceridade e também reconhecer as atitudes e posturas de duvidosa reputação que são legitimadas por argumentos pífios.

.

Talvez a sua alma esteja coberta de razão ao tentar impor que as coisas sejam feitas do jeito imaginado, mas acontece que o mundo é cheio de pessoas que também são almas cobertas de razões no mesmo sentido.

.

O encontro mais difícil será sempre o do momento de enxergar a própria alma com sinceridade absoluta. Nesse momento você terá a oportunidade de avaliar com maior justiça todos os seus relacionamentos.

.

Pensamentos insidiosos aparecem do nada, mas tomam conta da mente e se transformam em obsessões. Como exorcizá-los? Não é fácil, mas pelo menos cuide para não alimentá-los ainda mais com atitudes irritadas.

.

Melhore as condições dos lugares onde você passa a maior parte do tempo, porque neles você precisa garantir que, quando precisar, encontrará paz, sossego e circunstâncias suficientes para promover a alegria.

.

Faça valer seu direito e demande satisfação e prazer, porém, considere que se isso requerer a participação de outras pessoas, você terá de manobrar com equilíbrio, já que as pessoas não são objetos ou ingredientes.

.

Uma boa pergunta traz consigo a resposta perfeita. Por isso, o que você quiser saber de outrem precisa ser formulado na melhor pergunta possível, pois assim a pessoa em questão não terá outra saída a não ser responder.

.

Um pouco de adrenalina aumentará o divertimento; mais emoção, mais tensão, no bom sentido, mais de tudo, mais de mais. Hoje, definitivamente, não seria um dia propício a fazer o mesmo de todos os dias.

.

Amplie o panorama de sua mente absorvendo opiniões diferentes das suas, você não precisa concordar, você não precisa discordar, você apenas precisa absorver essas diferenças para compor um panorama mais realista.

.

Sim, é possível avan-çar de forma objetiva na direção de suas pretensões, mas provavelmente não haja clima para isso nas pessoas próximas, o que levaria você a considerar um eventual e estratégico afastamento.

.

.

http://www.estadao.com.br/horoscopo/

http://www.facebook.com/astroquiroga

ATMOSFERA TÓXICA

•outubro 18, 2012 quinta-feira • 1 Comentário

.

Atmosfera tóxica

.

A atmosfera mental encontra-se

em estado tóxico porque as pessoas

emprestam seus ouvidos

a quaisquer patranhas, dando-lhes

maior impulso ao passá-las para frente

com ares de quem sabe tudo.

A fofoca é um veneno

e há quem faça uso dela

plantando ideias tóxicas que

uma legião de humanos

facilmente manipulável, mas

que se acha no comando de sua

própria realidade, se encarrega de

passar para frente. Assim estamos

como estamos, com maior dificuldade

do que a necessária para conseguir

distinguir a mentira da verdade.

E vai tentar esclarecer!

Imediatamente você será alvo

de insultos, porque essa

atmosfera tóxica é como uma droga

sem a qual essa legião já não sabe

mais como viver, sem reconhecer

que aquela sensação

no fundo da consciência

de algo estar errado

é o claro aviso de isso não ser vida,

mas decadência.

.

A renovação da esperança sempre será importante, porém, essa não deve ser tratada como o objetivo principal, mas como um instrumento inicial para que o caminho seja leve, gostoso e pleno de alegria.

.

As novidades trazem consigo um ar refrescante, porém, dentro das circunstâncias atuais seria melhor preservar o foco nas questões pelas quais você vem lutando. Manter o foco é menos divertido, porém, mais útil.

.

A mente é como o vento, parece difícil de sujeitar, mas se você não empreende o esforço de dominá-la, continuará acontecendo de sua energia vital se dispersar em tantos objetivos que nada, no fim, acontecerá.

.

O desânimo não precisa ser tratado com nervosismo, como se tivesse vindo para ficar ou anunciar que tudo dará errado para sempre. O desânimo pode ser uma forma de sua alma avisar que é propício recolher-se.

.

Talvez sua alma esteja absolutamente convencida de que a maneira com que idealizou os planos é a melhor possível. Porém, esse convencimento fecha sua mente a opiniões que, talvez, agregariam algo positivo ao caminho.

.

Agora é propício tratar dos assuntos de dinheiro, mas fazê-lo com leveza e despreocupação, sem criar condições tensas que provocariam resistências e atrasos. O dinheiro circula, esse é o seu melhor estado.

.

As alterações constantes não são boas, nem tampouco é bom se tudo ficar inalterado por tempo demais. Você precisa se empenhar para trilhar um caminho onde as mutações sejam o mais ordenadas possíveis. Isso, sim, seria bom.

.
Às vezes, quando você retorna em busca de alívio e sossego aos lugares ou relacionamentos onde normalmente você obteria essas condições, acaba acontecendo tudo o contrário do esperado. Assim são as coisas.
.
Atrapalhar-se com as tarefas que normalmente seriam desempenhadas com grande facilidade não é algo surpreendente, essas coisas acontecem e não precisam ser tratadas com enfado exagerado. Leveza é essencial.
.
A boa receptividade das pessoas aos seus apelos não é algo que deva ser tratado como algo banal, é uma oportunidade para você avançar um pouco mais na tentativa de convencê-las a fazer as coisas do jeito que você imagina.
.
Emoções desencontradas não devem ser motivo de discussão, é melhor se retirar um pouco de cena até que a vida interior se acalme para só então tomar a iniciativa de tentar discutir qualquer coisa que o valha.
.

Deixar-se levar pela opinião da maioria não é algo que defina uma postura sábia. Quando a opinião da maioria for sintonizada com os princípios de dignidade, então você deve segui-la; de outra forma, você deve combatê-la.

.
.