“Tsunami” no Pântano do Sul? ólhólhó nunca vi dissu…

*

“Tsunami” no Pântano do Sul?

“ólhólhó nunca vi dissu ô rapazi…”

*

(As imagens são de celular. Fonte: aqui)

Pois não é de hoje que estão ocorrendo, desde que as chuvas ‘procelares’ assolaram Santa Catarina em 2008 já vem se observando e sentindo que aquele ponto extremo da Ilha de Santa Catarina que reúne o sonho das belezas do mar aberto tão perto da bucolidade das montanhas também está mandando seu recado…

E recentemente a praia de mar calmo, em sua costa esquerda já habituada as marés altas que tomam sua extensa areia desta vez foram surpreendidas por uma onda ‘tsunamica’ delatada por sua característica  de ‘recuo’ intenso antes da derradeira onda que invadiu literalmente as ruas chegando até a igrejinha local, levando consigo não apenas as embarcações, bateras e botes, mas também os carros, as mesas, cadeiras, decks e tudo o mais que estivesse na areia, adentrou casas e restaurantes sem pedir licença, e isso tudo ” ainda bem”  que não foi em um fim de semana, quando a praia está cheia de locais e turistas…

Essa onda foi observada e fez muitos estragos em outras praias não apenas na Ilha mas em todo litoral sul desde o Uruguai até Paraná com muita intensidade.

Mas, infelizmente, não é só isso, vejam que este mês de novembro, salvo alguns raros dias com intenso calor e sol forte, já tem novos recordes de chuvas, inundações, ventos fortes, tempestades, raios, temporais, granizada, entre outras intempéries e que se mantém em uma constância desde agosto/2009

Pântano do Sul - Bar do Arantes

Pântano do Sul - Bar do Arantes - antes

19/11/2009 Pântano do Sul - Bar do Arantes

19/11/2009 Pântano do Sul - Bar do Arantes - depois da 'onda esquisita''

Esses ‘enfeites’ pendurados são ‘recados’ colados nas paredes e no teto, este restaurante é todo decorado pelos visitantes que deixam registrada sua visita no local.

.

Oceanógrafo diz que chance de onda que atingiu Florianópolis se repetir é muito pequena

Fenômeno assustou moradores e turistas do Pântano do Sul

A onda que assustou quem estava na praia do Pântano do Sul, em Florianópolis, na tarde de quinta-feira, não deve provocar pânico tão cedo aos moradores e visitantes do Sul da Ilha de Santa Catarina. De acordo com o oceanógrafo da Epagri Carlos Eduardo Salles de Araújo, esse foi um fenômeno pouco comum na capital catarinense, embora esteja ficando mais frequente em diversas regiões do mundo.

A onda de pelo menos três metros de altura avançou sobre a areia, arrastando canoas e carros que estavam na orla.

Carlos explica que há mais probabilidade dessa onda se formar onde há presença de ventos fortes, o que deixa o mar agitado. O oceanógrafo a caracteriza como umafreak wave (onda esquisita).

— Ela foge dos padrões. A onda esquisita rouba energia das outras ondas e vai ganhando força. Por fim, ela cresce em altura e fica íngreme, como um paredão — afirma Carlos.

O oceanógrafo diz que, dependendo da intensidade, o fenômeno pode chegar a destruir navios. Ele também salienta que há chances da freak wave se formar em dias de ressaca e vento forte.

— Nesses casos, vale se prevenir e evitar ficar muito próximo do mar ou deixar veículos na praia — recomenda Carlos.

Confira a reportagem sobre a onda na RBS TV

Veja mais imagens da onda no site da RBS TV

Onda gigante assusta em SC

As tormentas também castigaram os catarinenses. Ventos com até 100km/h e chuva forte provocaram estragos na tarde de ontem, deixando mais de 500 mil pessoas sem energia elétrica.

Em um dos casos mais preocupantes, uma onda de pelo menos 3 metros de altura atingiu a praia do Pântano do Sul, em Florianópolis, e causou pânico.

Com isso, o improvável aconteceu com o corretor Robson Leal,48 anos. O carro dele se chocou com um barco. A onda arrastou as embarcações que estavam na praia e fez os carros flutuarem. Um barco acertou o ceículo do corretor que foi lançado contra a porta do Bar do Arante, onde ele fazia uma refeição.

Assim como todos, clientes e funcionários, Robson correu para o fundo do estabelecimento enquanto a água entrava. Os sinos da igreja tocaram para a colônia de pescadores correr até o mar e ajudar a reparar os estragos.

Os barcos ficaram espalhados pela praia. Pelo menos 30 sofreram danos. Os sete restaurantes à beira mar foram inundados.

Além da Grande Florianópolis, o sul catarinense também foi atingido com gravidade. Em Criciúma, a cobertura do Estádio Heriberto Hülse foi arremessada pelo vento. No porto de Imbituba, três trabalhadores caíram no mar com a queda de um guindaste. Eles sofreram lesões graves e foram hospitalizados.

Aqui no Arauto:

 


~ por arauto do futuro em novembro 20, 2009 sexta-feira.

6 Respostas to ““Tsunami” no Pântano do Sul? ólhólhó nunca vi dissu…”

  1. Olá, gosto muito do seu blog, são muito interessantes seus textos, sou sua seguidora no meu blog.
    É mesmo assustador o que está acontecendo no Sul, existe um livro que nos leva a pensar de forma diferente com relação aos acontecimentos no estado que vem sofrendo desde o ano passado essa fúria da natureza, é Batalha Final do Agnaldo Paviani, é muito interessante, fala sobre a batalha espiritual que está acontecendo no Astral e a influência nos encarnados, é bem mais simples que Legião, mas bem interessante.
    Se você autorizar, gostaria de usar algumas matérias suas, registrando sempre a fonte.
    Um abraço

    • Olá Ravena,

      Fique a vontade para publicar ou divulgar qualquer assunto postado no Arauto, este é o motivo de existirmos.

      Multiplique e Compartilhe!
      Tudo aqui reproduzido está assinado, sempre que conhecida, apontaremos a fonte.

      A mensagem divulgada, é de inteira responsablidade dos autores.

      O fato de estarem aqui reproduzidas, é porque contêm algum conhecimento que consideramos relevante e enriquecedor.

      Se lhe servir, use, se não lhe for útil, descarte.

      Essa é a mágica do livre-arbítrio.

      Não aceitamos ou concordamos com tudo por completo ou passivamente, tampouco duvidamos.

      Sinta-se a vontade para reproduzir o que encontrar aqui, mas cite sempre a fonte original divulgada no artigo.

      Quando se tratar de artigos escritos e assinados pela equipe Arauto do Futuro use:

      http://www.arautodofuturo.wordpress.com

      Multiplique e Compartilhe!

      Somos Gratos!
      Agradecemos a participação!

  2. Isso não é culpa de “batalha de espíritos”, é culpa de nós mesmos. Pelo bem da Civilização Humana, sejam racionais e usem a lógica.

    • Olá Marcster.

      Isso não é ‘culpa’ de nada, nem de ninguém, não existe culpados, muito menos é ‘culpa’ de qualquer imaginária ‘batalha de espirítos’, isso é responsabilidade de todos, ou a falta da responsabilidade de cada um e de todos nós que falhamos na ‘habilidade de responder’ por nossos atos.

      Além disso, e precisamente, é também parte de uma grande mudança, e não é que ainda vá acontecer, já está acontecendo.
      Quem tenha olhos de ver, que os mantenha bem abertos e atentos.

      Diríamos que, sejam intuitivos e usem o amor, ‘ser racional e usar a lógica’ não tem demonstrado muita eficácia ao longo dos últimos séculos, basta perceber no resultado ao redor ‘a olhos nús’, e se exista uma ‘culpa’ talvez esteja justamente no excessivo uso da razão e da lógica como se estas fossem as únicas e exclusivas ‘donas das verdades e de todas as respostas’.

      Larguemos o medo, aprendamos a confiar, a colaborar, respeitar, amar, afinal todos habitamos a mesma ‘nave-mãe’ Terra que existe independente de nossa ‘razão ou lógica’, pois tem sua própria razão e lógica seguindo seus ciclos, mesmo que os desconheçamos.

      Agradecemos a participação!

  3. Que bom que podemos compartilhar.
    Muito obrigada. Dê uma passadinha no meu humilde blog, se algo te interessar sinta-se a vontade também.
    Obrigada.
    http://evoluindo-sempre.blogspot.com

  4. Gostaria de retificar algo que talvez tenha ocasionado um mal entendido, como pude observar no comentário de Marcster.
    Não disse que o que está acontecendo no Sul é “culpa dos Espíritos”, até porque seria uma irresponsabilidade da minha parte, designar culpa a quem não têm. Estava apenas indicando um livro que fala do lado espiritual que estamos vivendo e que por ocasião fala também dos momentos de dificuldades que o estado do Sul está vivendo, o lado espiritual dos acontecimentos. Não disse que essas dificuldades são ocasionadas por tais batalhas.
    O lado espiritual, outras dimensões existem, e talvez o que impede um maior progresso da humanidade até hoje, é viver somente usando a lógica. Deixar um pouco a lógica de lado e usar mais o coração, a intuição, deixar germinar a semente do amor que existe em todos nós, com certeza nos levará a enxergar tudo a nossa volta através das duas maneiras: a lógica e o espiritual em harmonia, porque precisamos dos dois pra viver num mundo onde a maioria ainda só percebe tudo com a lógica.
    Faço minhas as palavras do arauto no comentário acima, até agora a lógica não têm dado muito resultado, por isso estamos passando por essas mudanças.
    Querendo ou não, é hora do despertar. Vamos abrir a nossa mente, pra recebermos as oportunidades que estão nos sendo impostas por amor Divino.
    Mais uma vez, parabéns pelo trabalho arauto.
    http://evoluindo-sempre.blogspot.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s