A LEI

.

A lei

.

A aversão que nossa humanidade sente em

relação à Lei tem conotações muito

mais amplas e profundas do que se

poderia pensar. Não afirmo

isso para declarar que nossa

humanidade inteira seja marginal e

criminosa, mas no sentido de que

a Lei pesa sobre sua consciência

a fazendo imaginar constantemente

que essa seja mera limitação

de sua liberdade. Contudo, a Lei

pressupõe uma Ordem Maior

que protege e incentiva

a liberdade, promovendo-a para

o maior número possível de pessoas,

em detrimento dos caprichos

particulares que ameaçariam

o bem comum.

A revolta de nossa humanidade

contra a Lei é puramente egoísta,

sendo a medida desse egoísmo

a que distingue os criminosos

dos de postura adolescente,

sendo todos, porém, egoístas.

Só quando a ideia do bem comum

cria raízes, o humano passa a

brandir a Lei com dignidade.

.

O clima festivo que o entusiasmo propõe é algo que não pode ser desprezado nem diminuído com o bom senso, quando acontecer é melhor participar e ponto final. Mas sempre haverá o dia seguinte, quando o bom senso retornará.

.

A firme vontade é um ótimo primeiro passo para garantir sucesso, porém, não é suficiente. Você precisará agregar longas horas de planejamento e, também, o estudo do momento mais propício para iniciar a empreitada.

.

Agora que você entende melhor algumas questões que até aqui perturbavam bastante, chegou a hora de se organizar melhor e ajustar as suas principais atividades a esse estado de maior compreensão. Vida mais leve.

.

Reserve um tempo para as atividades que não são compartilhadas com ninguém, pois representam questões que ainda você não poderia expor sem provocar tumultos que, agora, seriam inúteis e contraproducentes.

.

É possível mudar o curso do rio? Tecnicamente sim, mas o esforço necessário para isso só compensaria se o objetivo em vista fosse algo que de outra forma não poderia ser obtido. O processo é arriscado, mas possível.

.

Ser impossível, por enquanto, ter tudo que você deseja não há de tornar-se motivo de frustração, mas de incentivo para você continuar se organizando e planejando a melhor forma de executar o que for necessário.

.

Outrora você teria tido tanto cuidado ao falar que no fim provavelmente não teria dito o que deveria dizer. Neste momento, esse pudor parece ter desaparecido, o que torna o momento propício para pôr a boca no trombone.

.

Tudo que aconteceu nos últimos meses teve um efeito muito importante em você, colocou em suas mãos a mudança e, também, o reconhecimento de que essa mudança precisa começar na própria vida interior.

.

Planejar e organizar nunca será perda de tempo, é melhor compreender isso, pois se você busca resultados próximos da perfeição, esses só serão obtidos submetendo a execução a um longo processo de planejamento.

.

Resista o menos possível aos apelos que as pessoas fazem a você, elas parecem ser tomadas de entusiasmo excessivo, o que deixa sua alma ressabiada, mas o tempo se encarregará de mostrar que tudo estava certo.

.

Às vezes é necessário um empurrãozinho final para fazer o que precisava ser feito, mas que por ter sido tão delicado acabou sendo protelado muitas vezes. Às vezes, esse empurrãozinho é chato, mas necessário.

.

.

http://www.estadao.com.br/horoscopo/

http://www.facebook.com/astroquiroga

Anúncios

~ por arauto do futuro em outubro 14, 2012 domingo.

2 Respostas to “A LEI”

  1. A LEI é a do amor, mas firme e claro, nada a ver com dependência sexual aliada á uma carência infinita, fruto do desconhecimento de si mesmo.
    O amor firme e lúcido é a própria tecitura do universo, e é através dele que podemos ter força para fazer qualquer coisa realmente útil.
    Digo isso sem pretensão, descobrir a essência das coisas é só uma parte do trabalho. Fixá-las em si mesmo e operá-las, aí é que está o verdadeiro trabalho.

  2. Isso merece maiores explicações. Posso dizer que nada nem ninguém realmente se move sem amor, porque este é o real combustível das realizações, além de ser o componente que as equilibra. Mas ao contrário do que a maioria pensa, requer coragem, desprendimento e lucidez, porque é uma inserção consciente na Realidade, o mundo onde as coisas realmente acontecem e estão longe de serem ilusórias. Parabéns pra quem chegou nisso, porque acabo de chegar e percebo que antes só patinava na lama espessa e grudenta onde a gente se debate muito, mas realiza pouco.
    Por detrás das maiores ilusões, discórdias e lutas, existe a necessidade – mal esclarecida, é verdade, – do amor. Tudo o que as pessoas fazem, estando certas ou erradas, é porque estão à procura dele, o alimento da alma, embora na maioria das vezes não saibam disso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s