A DISTORÇÃO INTENCIONAL.

A DISTORÇÃO INTENCIONAL.

A glória da individualidade humana

é o olhar criativo

que arranca nuances insuspeitadas da realidade,

cada pessoa é capaz de ter sua própria versão dela.

Há pontos em comum,

no entanto, sendo esses os mais importantes,

porque declaram a rede única de vida

em que tudo e todos comungamos.

Existir tendo plena consciência dessa rede

subverte todo o esquema de nossa civilização atual,

porque disponibiliza energia inesgotável e gratuita para todos.

Por isso há grandes movimentos intencionais

para distorcer a comunhão

e manter todos os seres humanos uns contra os outros,

evitando-se que a realidade única se estabilize na consciência,

já que o resultado seria não haver mais necessidade de bancos,

governos e forças armadas.

.

Talvez não seja possível dispor de tanto tempo para pensar, certas decisões se tornaram urgentes. Você não precisa munir-se de todas as certezas, porque essas não existem, você apenas precisa seguir em frente.

.

Contenha todos os impulsos hoje, ou se não puder pelo menos observe com atenção o resultado imediato de tomar decisões precipitadas, de modo que no futuro você reconheça a necessidade de conter os impulsos.

.

Você não precisa ter em mãos todos os argumentos convincentes, você pode avançar guiando-se pela intuição, que aponta uma luz sem necessariamente reconhecê-la com a clareza necessária para explicá-la. Os argumentos virão depois.

.

Rodear-se de um monte de gente não é o mesmo que ter muitos amigos. Melhor buscar a qualidade e não a quantidade, porque bons amigos não se fazem industrialmente, é necessário garimpar para encontrá-los.

.

O egoísmo é um vírus altamente contagioso. Quando alguém toma uma atitude excessivamente egoísta isso parece dar início a uma onda pela qual todas as pessoas competem para ver quem toma a atitude mais egoísta.

.

Você não precisa anular todos os obstáculos de uma tacada só nem tampouco pretender eliminar todas as adversidades com uma só decisão. Faça amizade com o tempo e aprimore seu caminho a cada momento da existência.

.

Nem sempre há um tesouro por trás de toda aventura. Há aventuras que só servem para você se desviar do caminho que conduziria ao melhor objetivo de forma segura e relativamente tranquila. Veja bem no que está se metendo!

.

Deixe a recompensa nas mãos do mistério da vida. Enquanto isso, faça o que você deve sem pensar no fruto, aprimorando-se a cada momento para que o próprio ato de fazer seja a melhor recompensa de todas.

.

De vez em quando as idéias embaralham e o que outrora parecia certo e compreensível se torna incerto e confuso. Não se importe demais com isso, o estado mental alterado passará e não deixará rastros.

.

As alterações que perturbam o ritmo cotidiano não precisam ser combatidas, pode ser que por trás dessas haja algo que interesse a você. Por isso, mantenha um tanto de flexibilidade e aceite o que vier por aí.

.

Aproximar-se não significa chegar lá, mas talvez seja suficiente para aliviar a ansiedade. Melhor um pouco de entusiasmo apesar de o caminho não ter acabado do que o desânimo de ver que ainda falta muito.

.

Nem muito para lá nem tanto para cá. Você não precisa nem arriscar-se excessivamente nem tampouco andar o tempo inteiro pelo caminho mais seguro possível. Pegue uma dose de cada e se reinvente o tempo inteiro.

.

Fonte: Quiroga

Anúncios

~ por arauto do futuro em junho 28, 2010 segunda-feira.

Uma resposta to “A DISTORÇÃO INTENCIONAL.”

  1. É muito fácil dividir para governar seres que já se encontram cindidos dentro de suas próprias naturezas. Isso é amplamente aplicado neste mundo. As mídias, que fazem as interconexões entre o coletivo, sua memória e suas projeções, se esmera em reforçar o medo e a violência, usando como válvula de escape a sexualidade sem amor ou a banalidade, porque isso cria um rebanho fácil de se controlar, dividir e governar.
    Mesmo pessoas mais cultas e articuladas, vamos dizer, mesmo o gado especial e de raça, é bem cooptado e recompensado dentro do esquema, perpetuando-o diligentemente, mas ainda assim é gado, diante das possibilidades que teria, caso não tivesse tanto medo de perder o status privilegiado.
    Os melhores caçadores de escravos eram, frequentemene, ex-escravos e ninguém explora e despreza tanto o pobre, quanto o novo rico, que nasceu pobre.
    Quero dizer que coisas foram bem amarradas dentro de nós mesmos e que é preciso coragem e decisão para se libertar delas. Cada elo opressivo que cai, já é um vislumbre da conexão real entre todos os seres e a abundância.
    De modo que espero o momento da travessia, mas não se trata de algo externo, mas interno primeiramente. Não deixa de ser árduo, longo e profícuo o caminho por causa disso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s